Aula diferente do que imaginava

    Autor Mensagem
    Altrfjr
    Membro Novato
    # 30/jan/19 22:32


    Boa noite galera, é a primeira vez que publico mas tenho lido bastante os tópicos e tem me ajudado muito, gostaria de tirar uma duvida um tanto que especifica se não é o lugar ideal me desculpem.
    Eu ganhei um violão no natal e em janeiro comecei a fazer aula com um professor, e uma coisa tem me incomodado e gostaria de saber se é normal. Eu fiz 3 aulas com esse professor ele passou alguns acordes e esta me explicando o campo harmônico até ai ok, mas nas aulas eu nem se quer toquei no violão, ele passa os acordes e explica um pouco do campo harmônico mas nem se quer pediu para ver como estou fazendo os acordes ou nem pediu pra toca -los. Nas aulas ele só escreve no caderno fala pra fazer em casa e acaba a aula, não sei se estou conseguindo um bom aprendizado com ele. É normal essa didática ?

    LeandroP
    Moderador
    # 31/jan/19 01:35
    · votar


    Altrfjr

    No começo é um pouco lento mesmo. Eu também sou mais cauteloso quando dou aulas pra iniciantes. Você está praticando os acordes conforme passado nas aulas? Esta prática exige um tempo pra que você consiga montar os acordes com maior facilidade e também na troca dos acordes. Como depende deste desenvolvimento físico, em paralelo, trabalha-se a teoria. É importante ter muita atenção nesta base teórica, a medida que a sua percepção também se desenvolve. Eu diria pra você se dedicar o máximo que puder e dar mais tempo ao professor. Depois de 6 meses é possível fazer uma análise melhor. Contudo, cada pessoa tem o seu próprio tempo, e desenvolve certos aspectos mais rápido que as outras, e outros aspectos não, compreende?!

    fontes_rio
    Veterano
    # 31/jan/19 10:47
    · votar


    Esse começo é realmente um pouco complicado.
    Você não consegue montar os acordes direito, seus dedos não respondem, está começando a formar calos nas pontas dos dedos etc. Enfim, é assim mesmo. Vai depender muito de você, do seu foco e do tempo que disponibiliza.
    Eu só estranho é falar tão cedo sobre campo harmônico. Para entender sobre campo harmônico tem que saber sobre construção de escalas e de acordes.
    De qualquer forma, vale a pena conversar com o seu professor e perguntar a ele se a execução dos acordes está correta.
    Não desanime.

    LeandroP
    Moderador
    # 31/jan/19 12:11
    · votar


    fontes_rio

    As vezes nem é campo harmônico, mas algumas progressão de acordes mais comuns, porém, tonal. O cara deve ter passado algo do tipo C, Am, Dm, G com fins mais práticos. São centenas de músicas com o uso desta progressão. Não dá pra abordar plenamente o campo harmônico sem conhecer intervalos, no mínimo.

    MatheusMX
    Veterano
    # 31/jan/19 14:00 · Editado por: MatheusMX
    · votar


    mas nas aulas eu nem se quer toquei no violão, ele passa os acordes e explica um pouco do campo harmônico mas nem se quer pediu para ver como estou fazendo os acordes ou nem pediu pra toca -los.

    Acho que isso deve ser bem desestimulante para um iniciante.
    Ainda mais quando mal se tem a noção de diferença da sonoridade de um Dó maior para um Dó menor.
    Na minha opinião tudo fica muito mais nítido quando a teoria é acompanhada da prática. Tente conversar com seu professor.

    macaco veio
    Veterano
    # 31/jan/19 14:51
    · votar


    Este professor não sabe ensinar, o ideal já na primeira aula é ensinar o posicionamento do violão com o corpo, o posicionamento da mão direita e dos dedos na corda (para fazer algumas puxadas contando de 1 a 4). Posicionamento da mão esquerda no braço do violão e começando com o dedo indicador fazer o aluno pegar uma meia barra nas cordas. O professor precisa ver como o aluno se comporta segurando o violão e o aluno deve sentir o instrumento. Ao contar de 1 a 4 o professor começa a observar se o aluno tem rtmo musical, deve pedir ao aluno para tentar sofejar uma nota de uma das cordas para observar se o aluno tem ouvido. Ensinar campo hamônico para um inciante é querer ganhar dinheiro com algumas aulas sem ensinar o violão. Já numa segunda aula já se ensina o Em. Sai fora desse professor.

    Ismah
    Veterano
    # 31/jan/19 15:57
    · votar


    Eu já vejo como metodologias...
    O únicos dois professores que conseguiram me cativar, seguiram o método do LeandroP, quando a maioria segue a escola do
    macaco veio - apesar de que isso não seja algo que dependa de aulas específicas.

    Altrfjr
    Membro Novato
    # 31/jan/19 16:23
    · votar


    Obrigado por todas as respostas me fez pensar bastante
    LeandroP Eu vou dar esse tempo e aproveitar o máximo das aulas. Porém como o MatheusMX disse realmente tem sido desestimulante pois após passar a semana inteira treinando a fio os acordes ele nem se quer pediu para ver se tinha ou não treinado fiquei desapontado pois pareceu falta de interesse dele. E acabo ficando bem confuso tentando aprender o campo harmonico pois outros assuntos como que o fontes_rio citou "consutrção de escalas" eu não sei o que é e não saberia qual a relação com o campo harmonico.
    Agradeço a todos pelas ótimas respostas, como meu primeiro contato com o forum estou muito contente pela participação de todos

    Ismah
    Veterano
    # 01/fev/19 00:33
    · votar


    Parta do óbvio... Se soubesse toda a teoria, não precisava de aulas, então não tem porque se preocupar.
    Enquanto está aprendendo a parte prática de onde cada dedo vai para formar um determinado acorde, está aprendendo a parte teórica, do que fazer com as "trocentas" posições que tu decorou, como sobre o surgimento delas.

    Beto Guitar Player
    Veterano
    # 01/fev/19 08:39 · Editado por: Beto Guitar Player
    · votar


    Altrfjr

    Eu acho a teoria importante, mas ele deveria focar mais na parte prática.
    É como a vida, primeiro aprendemos a falar e depois aprendemos gramática.
    De qualquer maneira, cada professor tem uma didática. O que eu acho que os professores de hoje em dia tem de defeito é querer que o aluno saiba sobre campos harmônicos, escalas, montagem de acordes sem nem encostar no instrumento.
    Estudar música não precisa ser algo chato, eu no seu caso, procuraria outro professor, pelo menos para ter como parâmetro de didática.

    Buja
    Veterano
    # 01/fev/19 10:06
    · votar


    Seja claro com seu professor desde o inicio. Afinal, voce é aluno, mas tambem cliente.
    Diga seus objetivos. Se voce so quer tocar umas musicas da moda com a galera, e mais nada, nao quer aprender a improvisar, nao quer compor, nao quer se lançar profissionalmente, nada disso, nao tem porque ficar aprofundando muito.

    Mas entendo perfeitamente o lado do professor e sei que ele está certo.
    É o nome dele que ta na jogada. Imagina que ele te ensine a tocar umas 100 musicas e no final de um ano, alguem lhe pergunte qual é o tom da musica X, ou diga pra tocar musica Y 1 tom acima. e voce nao sabe. Quer professor é esse, nao te ensinou nada?

    Teoria é importante. Pratica tambem. Diga pra ele que quer aliar os dois. E seja bem claro com seu objetivo final.
    Isso pode faze-lo mudar um pouco a metodologia.

    LeandroP
    Moderador
    # 01/fev/19 10:14
    · votar


    Independente de qualquer método, acho interessante a introdução à música, através da sua história e conceitos básicos.

    O programa Telecurso 2000 disponibilizou alguns vídeos (muito pouco), e considero um bom material pro aluno ir se familiarizando com a linguagem e o uso de alguns termos.

    Link da primeira aula (os demais vídeos é só seguir a sequência no próprio YouTube):

    https://www.youtube.com/watch?v=bliLagoEG5s

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Aula diferente do que imaginava