Trastejamento na segunda casa: trocar as cordas ou regular o braço?

    Autor Mensagem
    PedroAlbuquerque
    Veterano
    # set/12


    Eu tenho um violão de aço há um ano e meio, e faz uns cinco meses que não troco as cordas. Sei que já está na hora de trocar as cordas, eu até vou comprar um jogo hoje, mas eu quero saber se só trocar as cordas já basta para tirar esse trastejamento, ou se eu preciso mandar regular no tensor também.

    Manny Ray
    Veterano
    # set/12
    · votar


    PedroAlbuquerque

    Cara, acho que as cordas não tem muita coisa a ver não, só se tiver muito ruim, as minhas tem uns 6 meses e ainda tão boas. De qualquer forma, troca as cordas pq já passou do tempo mesmo, aí se continuar leva numa loja ou num luthier.

    py2ps
    Veterano
    # set/12
    · votar


    PedroAlbuquerque
    Troca as cordas e regula o tensor.

    rodrigo monteiro
    Veterano
    # set/12
    · votar


    *nas primeiras casas (teu caso): altura do "nut"/pestana - os "slots"/espaços deve estar defeituosos nos espaços para Ré e Sol.

    *nas casas do meio: regulagem do braço/tensor do violão; precisa afrouxar um pouco, o braço está muito perto das cordas.

    *nas últimas casas: altura do rastilho/"saddle".

    Veja bem, as cordas estão presas pelas duas pontas, certo? Imagine pegar um barbante, puxar e tocar. Esse movimento é o mesmo das cordas do violão. Ou seja, nas pontas ela não vai tanto para cima e para baixo, mais no meio - que é papel do tensor. Nas pontas é do rastilho ou do nut, no teu caso, do nut.

    Jm7
    Veterano
    # set/12
    · votar


    PedroAlbuquerque só te digo que pelo amor de Deus leve para um luthier mexer no tensor, pois se você fizer algo errado irá perder o seu violão. falô.

    marcospaullus
    Veterano
    # out/12
    · votar


    Tem também a seguinte possibilidade:
    Se seu violão tem um ano e meio e é aço, muito provavelmente os primeiros trastes estão amassados (a menos que você seja solista).

    Se for esse o caso, leve ao luthier para uma retífica de trastes e regulagem geral (não costuma ser um serviço caro, da ultima vez, paguei 120,00 e o violão ficou perfeito!)

    Outra dica: se você toca com frequência, não demore muito a trocar as cordas, pois cordas mto velhas (oxidadas) desgastam mais rapidamente os trastes...
    Tipo, eu toco pelo menos umas seis vezes por semana, troco as cordas a cada 3 meses aproximadamente.

    Isso não é regra, mas é bom trocar quando o som está perdendo o brilho e a gente começa a sentir as cordas meio "duras".

    Fica a dica!
    Abçs!!

    paulone
    Veterano
    # 03/nov/18 15:14
    · votar


    Se não tentar entender e mexer não aprenderá nunca. Coisas fáceis como regulagem é melhor fazer em casa.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Trastejamento na segunda casa: trocar as cordas ou regular o braço?