Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Tipos de madeira e som que elas proporcionam

      Autor Mensagem
      HortaRates
      Membro
      # 17/set/18 19:03 · Editado por: HortaRates
      · votar


      MatheusMX
      Em relação ao caso b, acredito que a resposta seja (como quase tudo nesse mundo) a física:
      Quando uma corda vibra, ela vibra com mais intensidade na sua frequência fundamental (que depende de fatores como comprimento da corda, massa e tensão sob a qual a corda está submetida), e com menos intensidade nas frequências harmônicas.

      Quando uma corda vibra, há pontos que se chamam "nós", que são pontos onde a corda praticamente não vibra. Na frequência fundamental, estes nós estão localizados apenas nos pontos de apoio da corda. Mas nos harmônicos, estes pontos estão localizados "no meio" da corda.
      O dead spot, acredito eu, acontece quando um destes nós está localizado exatamente em cima de um captador, fazendo com que a corda não vibre logo no ponto onde o som é captado.
      Por isso, normalmente, o dead spot está relacionado a certos modelos de guitarra (que possuem o posicionamento dos captadores e comprimento da escala iguais) e a certas notas (justamente as quais produzem harmônicos de ordem superior que geram nós em cima dos captadores).
      Sendo assim, os dead spots nada tem a ver com a madeira, mas sim com o comprimento da corda (que é o da escala, quando a corda está solta, e vai da ponte ao traste, quando a corda está pressionada) e a localização dos captadores.
      Bom, isso é o que a teoria diz. Se quiser ler um pouco mais:
      http://newt.phys.unsw.edu.au/jw/strings.html
      https://en.wikipedia.org/wiki/String_vibration

      MatheusMX
      Veterano
      # 17/set/18 20:25
      · votar


      HortaRates

      Acho que é um pouco mais complexo que isso, e não tem a ver com captador, e nem tanto com a corda em si. Afinal, nos dois instrumentos que já percebi esse problema (uma strato e um violão), determinada nota era morta, mesmo sendo tocada na sexta ou na quinta corda, e ainda que desplugado.
      Isso é bem mais evidente em instrumentos acústicos, mas também ocorre nos sólidos.
      Esse texto explica melhor o que quero dizer:
      http://www.classicalguitars.ca/resonances.htm

      Eis um trecho que transmite a ideia central:
      At a resonance a guitar is vibrating very efficiently, which means that the notes whose frequencies are near that resonance are strong and easy to produce. When you play along the strings on most guitars, you notice that some notes are slightly louder, with a faster attack and better definition. These notes are being supported by a resonance. Conversely, the notes that are quiet and sluggish (or even dead) probably don't have a resonance nearby to help them.

      In order to achieve balance and evenness, the luthier's task is to disperse the resonances so that they can support notes everywhere on the fingerboard, from the lowest bass notes all the way up to the highest frets on the 1st string. If the goal is to have a stronger treble, then the luthier tries to have more and/or stronger resonances occur at higher frequencies. And if a more powerful bass is the objective, then the resonances at lower frequencies are emphasized.

      Part of the challenge for the luthier is to locate the frequencies of the resonances close to those of the notes to be supported, but not at exactly the same pitch. Wolf notes are examples of notes that are supported too closely by a resonance. At the particular pitch of the wolf note, the resonance is allowing the guitar to work so easily that the sound is loud and honky. The solution is to move the resonance away from the note; sometimes a distance of only a few hertz is adequate.


      Casper
      Veterano
      # 18/set/18 09:08
      · votar


      Caro MatheusMX:

      Bananas e laranjas. Dead Spot é uma coisa,
      ressonância é outra.

      MatheusMX
      Veterano
      # 18/set/18 13:43
      · votar


      Casper
      Sim, já desencanei do "termo técnico", isso é irrelevante.
      O fato é que alguns instrumentos tem, por questão de ressonância, algumas notas mortas, apagadas, broxas, seja lá o que for.

      silvG8
      Veterano
      # 18/set/18 19:01
      · votar


      Qualquer madeira serve, desde que seja cara e bonitona pra esbanjar pros amigos...

      Casper
      Veterano
      # 01/out/18 20:19
      · votar


      https://www.guitarplayer.com/gear/diy-plywood-guitar-annoys-purists-wi th-its-excellent-tone

      Compensado é o futuro. Blend gourmet de madeiras,
      que extrai de cada uma a qualidade máxima.
      Cremosidade, agressividade, harmônicos,
      tudo na medida.

      Viva o futuro!

      icaro_melo
      Membro Novato
      # 02/out/18 00:15
      · votar


      Se a madeira influencia em alguma coisa no som é em um nivel muito pouco perceptível.
      É mais estética do que qualquer outra coisa.

      marcioguita
      Veterano
      # 03/out/18 03:16
      · votar


      se queres sentir a nuance de cada material, madeiras toque desligada a guitarra senaó o som sofre influencia de todo lado. tocar desligada tamcem é legal

      Casper
      Veterano
      # 03/out/18 09:34
      · votar


      Caro marcioguita:

      Ahhh, entendi. A influência da madeira
      na guitarra elétrica só pode ser percebida
      com ela desligada.

      Obrigado pela explicação.

      felipe bento pereira
      Membro Novato
      # 04/out/18 13:42
      · votar


      eu já dei uma explicação sobre isso!!... por experiencia própria!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tipos de madeira e som que elas proporcionam

      306.113 tópicos 7.902.785 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital