Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Tipos de madeira e som que elas proporcionam

      Autor Mensagem
      makumbator
      Veterano
      # 31/ago/18 15:43
      · votar


      Delson

      Influência da madeira no som de instrumento sólido é o equivalente na guitarra a acreditar na Terra plana. Haha!

      Discípulo do fogo preto
      Membro Novato
      # 31/ago/18 18:53
      · votar


      makumbator
      Isso só confirma que a madeira influencia!

      Ramsay
      Veterano
      # 01/set/18 00:00
      · votar


      É óbvio que a madeira influencia e ela é o principal componente do som de uma guitarra.
      Aí vão dizer, tem guitarras de acrílico que soam muito bem, e eu acredito, mas, o braço delas é feito de que? de acrílico? não, mas, sim da boa e velha madeira.

      Por isso a maior parte do som de qualquer guitarra é sempre gerada no braço, tipo uns 60%, ficando os outros 40% em 25% com a madeira do corpo e uns 15% no máximo com os captadores.

      Quanto aos captadores, ao invés de 15% eles podem chegar até uns 25/30% do som da guitarra se eles forem instalados numa guitarra com a madeira certa pra eles.

      Ou seja, um captador que soa muito bem numa guitarra de alder, pode soar muito mal numa guitarra de mogno e soar de forma mediana numa guitarra de basswood, mas, não existe uma regra.

      JJJ
      Veterano
      # 01/set/18 08:40 · Editado por: JJJ
      · votar


      ^
      ^
      ^
      "principal componente do som de uma guitarra"


      Não falei, Rochaff?... Olha aí nosso colega Ramsay no terceiro time! hehehe

      Delson
      Veterano
      # 01/set/18 08:46
      · votar


      makumbator
      Influência da madeira no som de instrumento sólido é o equivalente na guitarra a acreditar na Terra plana. Haha!

      Caro makumba, eu sou um dos que acreditam que a madeira tenha alguma influência no timbre do instrumento sólido. E nunca vi a borda do planeta também, KKKKKKKKKKKKKK

      Ramsay
      um captador que soa muito bem numa guitarra de alder, pode soar muito mal numa guitarra de mogno e soar de forma mediana numa guitarra de basswood, mas, não existe uma regra

      Isso pra mim é perceptível. Posso ser vítima do efeito placebo, mas que eu percebi diferença, percebi sim. Mas não é algo que eu classificaria como bom ou ruim, mas apenas diferente.

      felipe bento pereira
      Membro Novato
      # 03/set/18 13:46
      · votar


      espera ai!...
      estão falando de guitarras de corpo solido ou não??
      é...
      li uns absurdos aqui agora!!! kkkkkkkkkkkk

      felipe bento pereira
      Membro Novato
      # 03/set/18 13:50
      · votar


      https://youtu.be/3kQ7upws9A8

      esse link!!! assista esse video pra ter uma noção real!!

      makumbator
      Veterano
      # 03/set/18 17:45
      · votar


      Ramsay

      Nem tudo que é óbvio é verdadeiro. E eu já toquei em baixo elétrico todo de fibra de carbono (braço também). Tinha som igual aos de madeira.

      E pasmem, um ex professor meu de contrabaixo acústico já tocou nos EUA em um acústico feito todo de fibra de carbono (apenas o cavalete era de madeira). E ele adorou! Haha.

      Ramsay
      Veterano
      # 03/set/18 18:47
      · votar


      Nem tudo que é óbvio é verdadeiro. E eu já toquei em baixo elétrico todo de fibra de carbono (braço também). Tinha som igual aos de madeira.

      E pasmem, um ex professor meu de contrabaixo acústico já tocou nos EUA em um acústico feito todo de fibra de carbono (apenas o cavalete era de madeira). E ele adorou! Haha.

      makumbator
      Em baixo elétrico até se entende que isso ocorra pq envolve basicamente graves.
      Mas, numa guitarra, o mais importante é a qualidade dos médios e agudos e os harmônicos pares gerados, o que só se consegue numa guitarra de ponta com madeiras de ponta, principalmente a(s) do braço.

      Tem uma guitarra de ponta recém lançada para um guitarrista conhecido cujo braço é feito de nada menos que 13 partes de 3 materiais diferentes. Imagina o som monstruoso que essa guitarra deve ter.

      makumbator
      Veterano
      # 03/set/18 18:51 · Editado por: makumbator
      · votar


      Ramsay

      É? E como você explica um contrabaixo acústico todo de fibra de carbono? E tocado com arco (que favorece os harmônicos superiores, ao contrário do pizzicato). Sendo que o contrabaixo é justamente um dos instrumentos mais profícuos em harmônicos.

      E no caso desse professor, ele foi tocar repertório de solista, tudo no agudo no instrumento (que é justamente a mesma região média da guitarra).

      E tem guitarra toda de fibra de carbono. Até de papelão tem no youtube.

      Ramsay
      Veterano
      # 03/set/18 19:18
      · votar


      E tem guitarra toda de fibra de carbono. Até de papelão tem no youtube.
      makumbator
      Eu acredito, mas essas guitarras nunca terão o som de uma com madeira de qualidade.

      Drinho
      Veterano
      # 03/set/18 22:58
      · votar


      Todo objeto de desejo resulta em discussão por caminhos mais curtos para se alcança-lo.

      Estudar guitarra dá trabalho, portanto é mais fácil falar de equipamento.

      Comprar uma guitarra decente custa caro e as pessoas em sua grande maioria além de serem preguiçosas e não estudarem são pobres, portanto é mais fácil sair falando que guitarra tagima feita de bambu com som de nada tem o mesmo de som de uma fender de 10 mil dolares se colocar captador tal... (adoro sair falando isso)

      Adquirir um corpo legal na academia exige muito trabalho, então é mais fácil o gordo e o magrelo procurarem soluções milagrosas perguntando pros bombados qual o melhor suplemento....

      Comprar uma mercedes de 600 cavalos é caro, então é mais fácil preparar um golzinho e sair falando por aí que deu pau em carrão.....


      O mundo é assim..... é bacana ....

      JJJ
      Veterano
      # 04/set/18 08:04
      · votar


      Drinho

      Concordo com tudo que você falou. Mas tem um detalhe: guitarra não é algo tão complexo que não se possa, com boas partes, muito esmero e um tanto de conhecimento de causa, montar uma decente. Por mais que sejamos fascinados e obcecados por esse instrumento (e somos!), não é "ciência de foguete", como dizem os americanos. Não há como compará-lo, nem de longe, com a complexidade de uma Mercedes de 600 cavalos.

      Buja
      Veterano
      # 04/set/18 09:45
      · votar


      Acho engraçado muita gente engrandecer madeira de instrumento como se isso definisse instrumento bom.

      É como ouvir alguem falando que a casa é boa porque o cimento é cauê ou a tubulação é tigre. O ser humano as vezes tem muito a ideia de 8-80. Nunca tem um conjunto de fatores, nunca tem um equilibrio. Ou é tudo lindo, ou é tudo lixo.
      Isso fecha ainda mais as mentes ja ignorantes.

      É obvio que uma menphis de 300 contos nao vira uma fender de 6000, apenas trocando o corpo de basswood por um de alder.
      Isso qualquer inergumeno sabe.
      Mas agora pegue uma menphis, troque TUDO (bote tudo fender), mas deixe o corpo de basswood, e diga se nao se aproxima de uma fender. Isso tambem é indiscutível.
      Fica igual, obvio que nao.
      Nem fica "dando pau em muita fender" (isso é marketing de mercado livre)
      Mas fica mais proximo.

      Nao é a madeira que define som de instrumento nenhum. A madeira do corpo é apenas parte do timbre que é formado por um todo, madeira, ferragens, cabos, cordas, amplificador, volume, ambiente, ESTADO EMOCIONAL no momento....
      É muita variavel que nao tem aparelho pra medir.

      Simplesmente penso que qualquer coisa na vida que se enxerge com extremismo, 8 ou 80, direta ou esquerda, lula ou bolsonaro, calor ou frio, futebol ou volley, madeira influencia ou nao...é igual a visão de cavalo com viseira....uma visão limitada, atrasada e burra.

      felipe bento pereira
      Membro Novato
      # 05/set/18 18:29
      · votar



      Acho engraçado muita gente engrandecer madeira de instrumento como se isso definisse instrumento bom.

      É como ouvir alguem falando que a casa é boa porque o cimento é cauê ou a tubulação é tigre. O ser humano as vezes tem muito a ideia de 8-80. Nunca tem um conjunto de fatores, nunca tem um equilibrio. Ou é tudo lindo, ou é tudo lixo.
      Isso fecha ainda mais as mentes ja ignorantes.

      É obvio que uma menphis de 300 contos nao vira uma fender de 6000, apenas trocando o corpo de basswood por um de alder.
      Isso qualquer inergumeno sabe.
      Mas agora pegue uma menphis, troque TUDO (bote tudo fender), mas deixe o corpo de basswood, e diga se nao se aproxima de uma fender. Isso tambem é indiscutível.
      Fica igual, obvio que nao.
      Nem fica "dando pau em muita fender" (isso é marketing de mercado livre)
      Mas fica mais proximo.

      Nao é a madeira que define som de instrumento nenhum. A madeira do corpo é apenas parte do timbre que é formado por um todo, madeira, ferragens, cabos, cordas, amplificador, volume, ambiente, ESTADO EMOCIONAL no momento....
      É muita variavel que nao tem aparelho pra medir.

      Simplesmente penso que qualquer coisa na vida que se enxerge com extremismo, 8 ou 80, direta ou esquerda, lula ou bolsonaro, calor ou frio, futebol ou volley, madeira influencia ou nao...é igual a visão de cavalo com viseira....uma visão limitada, atrasada e burra.


      depois desse comentário acho que a discussão se encerra por aqui né?!!

      renatocaster
      Moderador
      # 06/set/18 08:22
      · votar


      felipe bento pereira

      depois desse comentário acho que a discussão se encerra por aqui né?!!

      Hahahaha! Pode continuar sonhando que essa discussão se encerra por aqui...

      Insufferable Bear
      Membro
      # 06/set/18 08:37
      · votar


      Tem teste cego em que flautista virtuoso não consegue diferenciar o som de uma flauta de ouro com uma de plástico.
      E outros onde violinistas não curtem o som do stradivarius.

      Influência do material de produção em guitarras e baixos elétricos: nenhuma.
      Em instrumentos de verdade: mínima.

      Construção e técnica é o que define o som, parem de ser putinhas consumistas e vão estudar.

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 06/set/18 08:50
      · votar


      Insufferable Bear
      Construção e técnica é o que define o som, parem de ser putinhas consumistas e vão estudar.

      É igual o caso de um amigo que tinha uma guitarra mais ou menos, não era ruim, mas longe de ser top; era boazinha.

      Um dia ele viu em algum site que o serial do braço da guitarra remetia à uma guitarra da década de 70 ou 80, algo assim, e milagrosamente ela virou a melhor guitarra do mundo, porque era "vintage".

      Buja
      Veterano
      # 06/set/18 09:23
      · votar


      Construção e técnica é o que define o som, parem de ser putinhas consumistas e vão estudar.

      Agora sim a discursão encerrou kkkk

      JJJ
      Veterano
      # 06/set/18 09:58
      · votar


      Construção e técnica é o que define o som

      E os captadores, o amplificador (MUITO), as cordas...

      Tudo bem que o ampli é externo à guitarra, mas pra mim, se for considerado como parte do setup, é o que mais modifica, e de longe!, o som de um instrumento elétrico.

      Ligue uma guitarra ultra mega blaster monster top num ampli nheco-nheco e o som sairá uma merda.

      Ligue uma guitarra nheco-nheco num ampli ultra mega blaster monster top e o som sairá bem melhor que no caso anterior, talvez até bonito...

      Conclusão: nunca negligencie a amplificação.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 06/set/18 10:02 · Editado por: Felipe Stathopoulos
      · votar


      JJJ

      Ligue uma guitarra ultra mega blaster monster top num ampli nheco-nheco e o som sairá uma merda.

      Ligue uma guitarra nheco-nheco num ampli ultra mega blaster monster top e o som sairá bem melhor que no caso anterior, talvez até bonito...


      Falou tudo.. Pra mim ampli, se não é tudo, chega bem perto disso...

      Aliás, o cara pode até tocar mal (meu caso rsrs): se estiver plugado num amp foda vai soar legal pra 99% dos ouvintes...

      renatocaster
      Moderador
      # 06/set/18 10:11
      · votar


      Influência do material de produção em guitarras e baixos elétricos: nenhuma.
      Em instrumentos de verdade: mínima.


      L-A-C-R-O-U

      makumbator
      Veterano
      # 06/set/18 12:54
      · votar


      renatocaster

      Instrumento de corpo sólido é brinquedo perto dos instrumentos de verdade. O Gui tem razão.

      Ah, e achei na internet um contrabaixo acústico todo de fibra de carbono (com exceção do cavalete) parecido com o que meu ex professor tocou nos EUA:


      https://luisandclark.com/product/bass/

      felipe bento pereira
      Membro Novato
      # 06/set/18 18:16
      · votar


      pra mim uma guitarra de madeira boa rígida também tem o proposito de aguentar todo aquele metal!! tipo; imagine uma guitarra com uma madeira de baixa qualidade tendo que aguentar a pressão de 4 molas na caixa de molas?
      ou um braço de madeira mole! não tem tensor de titânio que aguente!
      mas como nosso colega la em cima falou; amplis cabos pedaleiras tem um papel super importante no resultado final!
      madeiras nobres são tudo de bom mas só encarecem o produto mais ainda!
      vcs entenderam né?!kkkkkkk

      BrotherCrow
      Membro Novato
      # 06/set/18 18:29
      · votar


      E mais: tem guitarra "ruim" que soa bem. O exemplo clássico é o das Danelectro antigas, que cortavam custos por todo lado e acabaram chegando em um som característico que tem sua aplicação e virou por si mesmo emblemático.

      JJJ
      Veterano
      # 07/set/18 13:02 · Editado por: JJJ
      · votar


      renatocaster
      makumbator
      Insufferable Bear

      ^
      ^
      ^
      Participaram da passeata contra a guitarra elétrica... (se não eram vivos ainda, já deviam estar, pelo menos, no saco escrotal dos pais).

      Que mané guitarra e baixo elétricos não são "instrumentos de verdade"?!? Que bobagem...

      master_splinter
      Membro Novato
      # 07/set/18 13:27
      · votar


      [gif do michael jackson comendo pipoca]

      makumbator
      Veterano
      # 07/set/18 14:36
      · votar


      JJJ

      Pistolou!!!

      Ramsay
      Veterano
      # 07/set/18 23:04 · Editado por: Ramsay
      · votar


      A verdade dos fatos é que se a qualidade da madeira não influenciasse no timbre, as Custom Shop da Gibson, Fender e outros fabricantes não existiriam, simples assim...
      E, no caso, a Gibson não perderia anos de seu tempo colecionando mognos de altíssima qualidade e especificações diversas tipo A2, A3, A4 para colocar nas suas guitarras Les Paul Custom Shop de ponta caríssimas e que soam muito melhor que as Les Paul Standard.

      Quanto a soar bem, até guitarras feitas de ferro apresentam um som aceitável, mas, a diferença na qualidade sonora para uma guitarra feita com madeiras nobres é considerável.

      Pela minha experiência, colocar captadores de ponta em uma guitarra com madeira ruim ou mal projetada é jogar dinheiro fora, fato esse que aconteceu comigo diversas vezes, pq o som da guitarra não melhora em nada!!
      Daí que eu parei de comprar guitarras baratas pra pôr captador de ponta.

      E essa discussão não vai acabar nunca, pq sempre tem alguém (sem noção) que insiste em afirmar que guitarras feitas com materiais de qualidade inferior vão soar tão bem quanto uma Custom Shop da Gibson, por exemplo.

      makumbator
      Veterano
      # 08/set/18 01:45 · Editado por: makumbator
      · votar


      Ramsay
      as Custom Shop da Gibson, Fender e outros fabricantes não existiriam, simples assim...

      Elas existem para cobrar mais e ter um produto premium oras bolas, não por conta de diferenças de timbre devido a madeira.

      colocar captadores de ponta em uma guitarra com madeira ruim ou mal projetada é jogar dinheiro fora

      Não acho. Captador é algo fácil de se levar de uma guitarra a outra. Aliás é a parte mais fácil de se aproveitar de um instrumento a outro. E também é fácil de se vender separadamente se for um captador bom.

      pq sempre tem alguém (sem noção) que insiste em afirmar que guitarras feitas com materiais de qualidade inferior vão soar tão bem quanto uma Custom Shop da Gibson, por exemplo.

      Não é sem noção, é simplesmente fruto dos testes cegos e pesquisas com caráter mais científico que atestam a pouca ou nenhuma interferência da madeira nos instrumentos sólidos. A guitarra (custom shop ou não) não se tornou um instrumento inferior só por conta disso.

      Madeira pra instrumento sólido pra mim só tem valor estético e também valor de durabilidade (ou seja, uma madeira e ou acabamento que esfarele, rache, estufe entre outros problemas não é desejável) . Fora isso, eu não estou nem aí.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tipos de madeira e som que elas proporcionam

      306.083 tópicos 7.902.083 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital