Lari Basilio, e mulheres que tocam de verdade.

Autor Mensagem
Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16 · Editado por: Wuju Wu Yi


Tava navegando pela internet, e achei essa mulher que toca guitarra pra caramba, e toca de verdade. Até mesmo cheguei a pensar 'caramba, faz tempo que n vejo uma música boa que nem essa'.

Parte da biografia do site dela:

Lari Basilio tem se destacado pela sua técnica e versatilidade, inovando a música instrumental com seu estilo de tocar diferenciado, prova disso, é o reconhecimento público do seu vídeo postado para o 1º Concurso Cultural Santo Angelo de Música Instrumental Gospel, que obteve a maior visualização em tempo recorde.

Foi também vencedora do Samsung E-Festival 2014, na categoria Instrumental.

Além do seu trabalho autoral, Lari Basilio é produtora musical e arranjadora. Compôs e gravou as novas trilhas da 89 FM – A Rádio Rock (de São Paulo).


Ou seja, não é uma mulher que toca de brincadeira ou pra apelar pros peitos e pra imagem. Vejam:





É excepcional. Estou impressionado com a mulher. É linda, sem apelação, toca muito indiferentemente de sexo, tendo um enorme bom gosto, técnica, e tudo o mais.

As feministas tem que aprender com ela, como se mostra o Girl Power da maneira correta. kkk

Isso ai gente, comentem sobre ela, sobre como as mulheres guitarristas são vistas, sobre as que apelam, sobre as que são realmente boas, que realmente impressionam, etc...

makumbator
Veterano
# jul/16 · Editado por: makumbator
· votar


Wuju Wu Yi

No rock isso ainda é visto com certa surpresa, mas em outros estilos a presença de mulheres é comum.

A pessoa que mais me ensinou música é uma mulher (professora de contrabaixo acústico). Além de excelente em ensinar ainda é uma verdadeira virtuose. Na música erudita é a coisa mais normal do mundo. E sem apelar para sex appel.

flora_
Veterano
# jul/16
· votar


Sobre as "mulheres que apelam pros peitos e pra imagem", será que esse "fenômeno" não tem justamente a ver com o fato das mulheres serem segregadas a essa posição? Ou será que se acredita que à mulher são oferecidas as mesmas oportunidades e espaços que ao homem?

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16
· votar


makumbator

estava pensando nisso. vejo muitos videos de mulheres tocando violão, violino, flauta, piano, bastante virtuoses, realmente parece algo limitado ao rock, fusion, blues, jazz etc...

flora_

tenho dificuldades para rodear então direi minha opinião sem travas na linguá, certo? espero que não julgue ofensivo.

bom, eu penso que mulheres competentes, como está cuja qual dediquei o tópico, e outras como o makumbator citou do meio erudito, sempre tem espaço e oportunidades, indiferentemente do sexo. e as que apelam para sex apel apenas não atingem o padrão necessário e tentam compensar. Ou as vezes atingem e tentam conseguir ainda mais visibilidade com esse recurso. não acredito em segregação da mulher, ao contrário, as vejo mais integradas do que nunca e em qualquer campo. O que vejo é, em campos específicos, mulheres pouco interessadas em atingir altos padrões a ponto de adquirir prestígio. Na música erudita por exemplo é algo comum, como o makumbator disse.

por exemplo, parece piada você se perguntar se isso aqui merece prestígio certo?



o prestígio é conquistado pelo altíssimo nível claro e evidente, indiferentemente de sexo, a própria capacidade da musicista abre as portas para ela. e acredito que as mulheres competentes estão na verdade tirando o lugar de homens em vários campos. certas empresas por exemplo tem preferências estabelecidas em contratar mulheres.

e até mesmo nós homens possuímos esse tipo de preferência. pois entre ver uma mulher tocando e um homem tocando, se ambos tocarem igual, preferimos a mulher pois torna o conjunto da obra, para nós enquanto homens, mais agradável.

acredito que o que limita as mulheres nessa questão é puramente falta de capacidade criativa e técnica. e quando digo isso não me refiro a todas as mulheres, na verdade é uma crítica as que não buscam se aperfeiçoarem nisso. você pode notar a minha surpresa de encontrar uma mulher competitiva em nível geral, com a minha criação deste tópico por exemplo.

é extremamente louvável aparecerem mulheres competitivas e competentes, que atingem altíssimos níveis em suas áreas, a história é cheia delas.

creio que é um contra-pensamento a vitimização da mulher atualmente. se vitimizando a própria mulher se coloca em posição de inferioridade.

flora_
Veterano
# jul/16
· votar


Amigo, parece-me que está confundindo reconhecimento da opressão com vitimização. Ou talvez só tenhamos opiniões radicalmente diferentes. O engraçado é que esse reconhecimento é o que vem empoderando diversas mulheres, ao contrário do que você diz sobre "colocar-se numa posição de inferioridade"! Se tiver interesse em ouvir a experiência de uma exemplar desses seres estranhos que te agradam a vista e sobre as quais parece querer saber mais, te digo que é verdade sim, que somos ensinadas que nosso valor reside primeiramente no aspecto físico. Felizmente, isso está mudando, está cada dia melhor, concordo, mas por causa do feminismo, que promove, justamente, o reconhecimento do machismo sistemático sob o qual vivemos.

Agora, se você "não acredita" que exista segregação nessas áreas predominantemente masculinas, mesmo sabendo dos relatos das mulheres que sofrem desse preconceito, não me parece ingenuidade; mas que prefere não escutar.

sandroguiraldo
Veterano
# jul/16
· votar


Wuju Wu Yi
Toca muito! Mas me dá agonia ver as unhas pintadas no braço da guitarra, porque parecem que estão grandes (provavelmente não, devem estar bem baixas) mas me dá arrepio ao pensar nas unhas raspando kkkkkk

flora_
Existe um lugar lindo chamado OT onde pessoas como você sempre são bem vindas! Sugiro criar um tópico lá.

Lelo Mig
Membro
# jul/16
· votar


Wuju Wu Yi

Concordo com o nosso amigo makumbator.

Mas é preciso considerarmos um dado, não menos importante. As mulheres estão, ainda, em desvantagem... largaram mais tarde nessa "corrida".

Até os anos 70, mesmo os 80, (por incrível que pareça) muitos pais não deixavam suas filhas irem estudar guitarra, bateria, etc... Se "papai" não quer filho rockeiro, imaginem a "filhinha"?

Já, estudar piano para "entreter o marido e filhos" era predicado, aceitável e até bonito.

Hoje elas estão aí, vindo com tudo.

Azar nosso, porque do jeito que elas são competitivas, determinadas e disciplinadas, nós "tamo tudo fudido"!

renatocaster
Moderador
# jul/16
· votar


Lelo Mig

Mas é preciso considerarmos um dado, não menos importante. As mulheres estão, ainda, em desvantagem... largaram mais tarde nessa "corrida".

Até os anos 70, mesmo os 80, (por incrível que pareça) muitos pais não deixavam suas filhas irem estudar guitarra, bateria, etc... Se "papai" não quer filho rockeiro, imaginem a "filhinha"?


Acho que isso é mais aqui no Brasil...Lá na década de 50 já tinham guitarristas femininas de "nome", como Sister Rosetta Tharpe, Mary Ford...





Lelo Mig
Membro
# jul/16 · Editado por: Lelo Mig
· votar


renatocaster

Não é só no Brasil não amigo.

Mesmo lá na gringa, é uma mulher para cada 1.000 homens. Coisas como Sister Rosetta Tharpe, Mary Ford e etc. foram exceções.

É o mesmo caso de Lucinha Turnbull no Brasil, considerada primeira guitarrista profissional feminina do Brasil.



Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# jul/16
· votar


Mulheres são seres humanos. E como tais, dotadas de todos os atributos de nossa espécie (para o "bem" e para o "mal"), e mesmo que hajam diferenças (e elas existem sim!), prefiro pensar nas mesmas como complementaridades dentro da nossa espécie.

renatocaster
Moderador
# jul/16
· votar


Lelo Mig

Mesmo lá na gringa, é uma mulher para cada 1.000 homens. Coisas como Sister Rosetta Tharpe, Mary Ford e etc. foram exceções.

Mas ser exceção naquela época não era nada fácil...

Sei lá, continuo achando que isso que vc falou de que mulher não podia tocar guitarra é mais comum aqui no Brasil sim. É coisa da típica mentalidade tacanha da maioria dos pais daquela época.

Não é complexo de vira-latas não, mas vc deve saber muito melhor do que eu que nossa sociedade é mais atrasada em relação a outras em vários aspectos...e esse é um deles.

Felipe Stathopoulos
Membro Novato
# jul/16 · Editado por: Felipe Stathopoulos
· votar


Powtaqueoparilis, só uma palavra:

S E N S A C I O N A L!!!

Pode até existir guitarristas (mulheres) tão ou mais competentes que essa moça, mas, no Brasil, EU não conheço. Baita feeling dos infernos!

____________

A verdade é que a competência sempre se estabelece, em qualquer atividade humana, seja homem, seja, mulher, seja transgênero, seja o diabo que for. Quem faz bem feito vai lá, faz e arregaça a boca do balão.

O resto é converserê de derrotado(a); de quem busca justificar o próprio fracasso na vida culpando os outros ou, pior ainda porque ainda mais covarde, um coletivo qualquer à escolha: "os homens", "a direita", "os americanos", "a elite burguesa", "a mídia golpista", etc.

Desculpas todo mundo tem, inclusive este um que tecla aqui... Mas não culpo ninguém pelas minhas derrotas e meus erros.

____________

Abçs.

PS: o riff de "A Million Words" é uma das coisas mais "grudentas" (no bom sentido), que ouvi nos últimos tempos...

PPS: alguém reparou no baixo, que espetáculo? Muito bem bolado, muito certinho, um espetáculo à parte.

PPPS: não consigo parar de escutar, kkkk...

PPPPS: ahaha, agora que notei: tem duas horas do vídeo que a mão dela vai pra alavanca, mas a tele num tem, rsrs

Calime
Veterano
# jul/16 · Editado por: Calime
· votar


Felipe Stathopoulos

Kra, guitarrista mulher tem muitas, mas vou te mostrar uma atual, que tbm tem crescido mto nesse meio e acho que vai curtir tbm. Das novas, fico bem dividido entre ela e a Basilio: Juliana Vieira. Saca só o naipe da guria:



Interessante mostrar, pq acho que aqui no fórum só tem video dela bem antigo, que ela focava mais em covers...e de uns anos pra cá dá pra perceber mto claramente a evolução dela como musicista, já tá como sideman de alguns cantores por aí. Compositora de mão cheia, de bom gosto(nada de notas "soltas" e sem sentido), técnica e timbre muito bom. Qdo vejo alguém novo assim já fazendo som "de gente grande" fico mto, mas mto feliz, e tentando imaginar como será qdo atingirem o ápice artístico(se é que já não o fizeram). Nessa leva aí, além dessas duas minas, acrescento o Mateus Asato.

Calime
Veterano
# jul/16
· votar


Mais um:



Beelzeboss
Veterano
# jul/16
· votar


Mais uma ae



brunoeZ
Membro Novato
# jul/16 · Editado por: brunoeZ
· votar


Lari Basilio toca demais, selouco.

Sobre mulheres que "apelam para o sensualismo", qual o problema?? Não vejo ninguém de mimi quando um monte de macho feio toca sem blusa, quando os caras do RHCP ficaram nus. Cada um se veste do jeito que quiser.

+1



Calime
Veterano
# jul/16
· votar


Beelzeboss

Pohan, curti mto o som dessa guria aí!

Beelzeboss
Veterano
# jul/16
· votar


Calime
Cara eu encontrei ela no instagram, aquela página da pickupjazz se não me engano que compartilhou ! Essa menina ai ta representando bem também, sonzeira !!

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16 · Editado por: Wuju Wu Yi
· votar


flora_

penso que você tentar diminuir todo o esforço e competência de inúmeras mulheres mundo afora (que foi o real responsável pelo reconhecimento feminino saltando em 1200%) em conquista e empoderamento feminista, um verdadeiro insulto as mulheres que se esforçam para atingir seus objetivos. estou sendo franco com você querida.

como assim querida, o homem só reconhece a beleza feminina? pois eu não estou criando um tópico reconhecendo e prestigiando a competência dessa esforçadíssima mulher? e você acha que é por causa do feminismo? e você acha que apenas eu reconheço esses esforços? acha que não é visível para qualquer homem como essa mulher é competente no que faz? e você acha que isso tem algo a ver com empoderamento?

querida, o feminismo nunca fez nada pelas mulheres, apenas prejudicou a imagem delas. todas as supostas conquistas que se atribui ao feminismo, nunca tiveram nada a ver com ele. tratar as mulheres como crianças onde é necessário mobilizações para reconhecer suas capacidades é vitimismo sim. no mundo atual para uma mulher ser reconhecida só precisa ser boa no que faz. não graças ao feminismo, mas graças ao capitalismo e ao cristianismo. então não se iluda com retórica feminista, pois o feminismo na prática, em seus ativismos e protestos, só toca em pautas deturpes para a mulher, seguindo mais uma ideologia marxista e progressista como um todo do que visando o que realmente é importante para a mulher. feministas mal sabem o que fazem, por assim dizer.

se você quiser continuar a discussão. vamos para o OT. a citação ao feminismo na minha introdução foi apenas uma piada. o foco do tópico é o reconhecimento de mulheres realmente esforçadas que existem por ai.

sandroguiraldo

a moça se cuida. hehe, achei uma verdadeira coisa linda em todos os sentidos. geralmente prefiro unhas naturais, mas não consigo criticar uma moça que toca tão bem. kkkk

Lelo Mig

concordo. provavelmente é isso mesmo. o rock teve períodos complicados, e eu até entenderia porque um pai não deixaria a filha se envolver, mas hoje, as coisas estão diferentes, rock tornou-se até mesmo algo para apreciadores selecionados. rs e existe maior seriedade por trás dele. não consigo visualizar dessa mulher nada além de paixão e empenho no que faz por exemplo. rs

Felipe Stathopoulos

foda né cara? hsuahus

minha reação foi bem semelhante. concordo muito com o que você falou. para o reconhecimento existir só é necessário enorme competência. e talvez um pouco de carisma, mas mesmo assim quando alguém é competente, é notável, não importa o que a pessoa seja. rs

também achei super viciante o riff da a million words. hasuhsau

Beelzeboss

mocinha toca bonito eim. rsrs

brunoeZ

essa eu conhecia. ela se inspira no alex hutchings que gosto muito. o que consequentemente faz eu gostar bastante dela. hahaha

Calime

coisa linda ver essas moças arregaçando né?

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16
· votar


a primeira vez que vi uma moça arregaçando foi quando tava começando a aprender tocar guitarra, e vi esse vídeo:



até hoje é um dos melhores funkeados que eu já vi. kkk

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16
· votar


Outro video dela.



Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16
· votar


Não posso me esquecer huauhs:



feeling.

marcelosz
Membro Novato
# jul/16
· votar


Lari Basilio detona!!!!

Mais:



And the oscar goes to:



flora_
Veterano
# jul/16
· votar


"...no mundo atual para uma mulher ser reconhecida só precisa ser boa no que faz. não graças ao feminismo, mas graças ao capitalismo e ao cristianismo." -Yi, Wuju Wu, 2016

É, acho que dá pra parar por aqui

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# jul/16
· votar


Wuju Wu Yi
Você simplesmente não sabe do que está falando (pior, pensa que sabe...).
Mas, como disse a moça acima...
Parei aqui...

daimon blackfire
Membro Novato
# jul/16
· votar




Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16 · Editado por: Wuju Wu Yi
· votar


Mauricio Luiz Bertola

considerando que a ideologia marxista esta impregnada na maioria das universidades, sua perspectiva não me surpreende. imagino como o feminismo deve ser ensinada nelas.

tem um doutor e professor em ciências sociais aqui da minha cidade que tem um vlog só falando coisas deturpes. chega ser impressionante como ele consegue juntar tanta ideia errada, mesmo sendo doutor. a perspectiva da maioria dos universitários torna-se enviesada por pessoas como ele, e pela maneira que os temas são abordados nas universidades em geral.

então não ficaria nada surpreso se você fizesse uma enorme dissertação demonstrando sua perspectiva de como o feminismo foi útil e produtivo para a sociedade, com o seu viés.

veja o pirullão dos youtubes por exemplo. o cara é graduado em biologia. fala um monte de coisa errada, força conclusões, etc... tudo bem enviesado pela opinião dele.

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16
· votar


flora_

querida, guarde essa frase e nunca mais esqueça, e apenas seja boa no que você faz, que você será reconhecida.

marcelosz

Rsrs. que maravilha eim.

Me lembrei dessa aqui



Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# jul/16
· votar


Wuju Wu Yi
Como disse acima: Parei aqui...

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# jul/16
· votar


brunoeZ

Sobre mulheres que "apelam para o sensualismo", qual o problema?? Não vejo ninguém de mimi quando um monte de macho feio toca sem blusa, quando os caras do RHCP ficaram nus. Cada um se veste do jeito que quiser.

mesmo motivo que se uma moça pegar no peito de um cara, será normal, e se um cara pegar nas teta de uma mulher, geral vai encher ele de porrada. kkk

o timbre sexual da mulher e do homem são diferentes, e tem valores diferentes, por assim dizer. kkk

mulher vale muito mais.

Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
 

Tópicos relacionados a Lari Basilio, e mulheres que tocam de verdade.