Review Bond: Tagima Vulcan

    Autor Mensagem
    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # abr/14


    Galera vou fazer um breve comentário dessa guitarra, só um breve ressalto antes de tudo, a tagima MUDOU a floyd para uma licensed de 2013 pra cá, então quem comprou ou testou essa guitarra antes disso, ou modelo antigo, pode acabar discordando de muitos aspectos.

    1º: Acabamento
    A Guitarra é simplesmente sensacional, eu comprei uma Vulcan CT na cor sunburst, eu particularmente não achei nenhuma outra com essa pintura, nem mesmo no site da tagima mostra essa cor, ate mandei um email pra tagima, pra confirmar se n era falsificação, mas é original, tem algumas cores que realmente não aparecem no site.

    questão de qualidade, a pintura é excelente, bem acabada, mas as ferragens vieram algumas ja com alguma oxidação, e os parafusos da floyd, os que "soltam" e "seguram" a corda, eles sao todos pintados de preto, mas um deles veio oxidado, entao foi erro na montagem.

    2ºFloyd Rose
    a floyd da vulcan não deixa a desejar, ela realmente é muito boa, segura a afinação MUITO bem, particularmente gostei, o modelo dela é a licensed, não é de se esperar durabilidade de décadas com ela, mas você vai ficar um bom tempo usando ela sem nem sequer pensar em trocar. Ela ao contrario dos modelos antigos, ja vem com as ferragens decentes, entao não vai ter aqueles problemas nos Saddles

    3º Captadores
    Aqui foi um ponto chato pra mim no começo, que não estava gostando muito do som dele, estava quase comprando um captador novo pra ponte, mas por incrível que pareça, foi só colocar um jogo elixir e o timbre da guitarra mudou drasticamente, e a qualidade sonora foi suficiente pra eu não comprar novos caps.

    4º Construção da guitarra
    Galera aqui agora vai alguns contras da guitarra.

    1º trastes enferrujados e desnivelados ( nada que um luthier n resolva)
    2º Parte Elétrica mal acabada, o meu knob de Tone simplesmente não funcionava, o push-pull sim, mas o tone não fechava. (novamente, nada que um luthier ou você mesmo não faça)
    Posiçao do LockNUT Este item sem duvidas foi o mais complicado, o Braço da guitarra vem com todos os trastes em suas posições corretas, perfeitas, mas o meu locknut estava com a furação um pouco pra fora, ou melhor explicando:

    a posição do nut estava mais longe do 1º do traste, do que deveria estar, então foi necessário tampar o furo no braço, e refazer ele um pouquinho mais pra dentro, corrigindo o problema. ahhh e o parafuso que segurava o nut, um deles estava quebrado, então precisei comprar outro parafuso.

    5º Sonoridade
    a guitarra como tem o sistema push-pull, permite alem das 3 posições chaveadas usando o Humbucker, +3 usando single-coil, o que da uma variedade maior em questão de timbre, e realmente funciona, o som realmente fica como single, não é cilada!

    6º Conclusões finais
    A guitarra é boa, vale o preço que se paga, eu paguei 950+frete, comprei nova de uma loja pelo mercadolivre, a guitarra chegou inteira, veio ate na caixa original da tagima.

    Upgrades possíveis com o tempo, seriam mais os captadores, e a ponte se a sua começar a apresentar algum problema, de resto, acho que é uma guitarra confiavel, muito bem construida, tanto que é usada pelo rafael nery, a dele ele so colocou um seymour e uma floyd gotoh rs.

    no Final é isso galera, obrigado a quem leu ate aqui, PROMETO fazer depois um video mostrando tanto aspecto quanto timbre.Se você esta lendo porque pensa em compra essa guita, nessa faixa de preço NOVA eu acho que nao tem melhor custo beneficio!!

    Nefelibata
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Lucaz Oliveira

    Cara, entendo que vc esteja feliz com sua guitarra. Mas veja:

    1º trastes enferrujados e desnivelados ( nada que um luthier n resolva)
    2º Parte Elétrica mal acabada, o meu knob de Tone simplesmente não funcionava, o push-pull sim, mas o tone não fechava. (novamente, nada que um luthier ou você mesmo não faça)
    3º Posiçao do LockNUT Este item sem duvidas foi o mais complicado, o Braço da guitarra vem com todos os trastes em suas posições corretas, perfeitas, mas o meu locknut estava com a furação um pouco pra fora, ou melhor explicando:

    a posição do nut estava mais longe do 1º do traste, do que deveria estar, então foi necessário tampar o furo no braço, e refazer ele um pouquinho mais pra dentro, corrigindo o problema. ahhh e o parafuso que segurava o nut, um deles estava quebrado, então precisei comprar outro parafuso.


    Isso TUDO aí não combina com: A guitarra é boa, vale o preço que se paga, eu paguei 950+frete, comprei nova de uma loja

    Por esse preço vc compra uma Cort, LTD, Ibanez GIO, Shecter, Strinberg e outras, novas que nunca vi sair de fábrica com tantos problemas.

    Pra consertar isso tudo, os luthiers q eu conheço cobrariam no mínimo 200-300 contos, jogando isso sobre o valor final, dá pra comprar uma variedade de guitarras legais e sem defeitos.

    Desculpe ser chato ou estraga prazer, só estou tentando te mostrar a maneira que acredito que 99% do pessoal aqui vai pensar.

    Mas tudo bem, comprou, arrumou, gostou. Tá tocando legal, timbrou bem? Ótimo, agora o mais importante é estudar e treinar pra ser feliz como guitarrista!

    Abração

    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # abr/14
    · votar


    Nefelibata
    é cara sao problemas que eu ja esperava, como nivelaçao de trastes, mas eu comprei a guitarra pela internet, eu tinha garantia, e quem comprar nova dela, principalmente se morar em sampa n vai ter problema pq ta cheio de luthier da tagima....mas eu precisava enviar pra sao paulo pro luthier pra colocar novos trastes e regular certinha, ou ate msmo trocar o braço, bom eu preferi pagar pro luthier dar uma retificada, mas no ponto do lock nut, o luthier disse que nao era nada anormal, que é comum em muitas guitarras virem com a posiçao errada, e que se eu nao arrumasse nao ia ser fatal a ponto de nao afinar as notas, mas eu mandei ele fazer pq sou bem meticuloso nos detalhes, e qualquer coisinha imperfeita ja me dxa agoniado....

    mas cara, eu acho que uma guita com floyd boa, com caps normais, otimo acabamento, pra uma guitarra nova sair a 950 reais (isso o modelo CT, a guita preta é + barata ainda) eu achei um exelente custo beneficio... claro que da pra pegar uma cortzinha usada, ate uma ibanez, mas eu particularmente entre a vulcan e a ibanez rg das mais comuns, eu prefiro a tagima.... e n é pq eu tenho nao HEUHAUHA mas é q o pessoal vai muito na modinha, so pq tem o nome ibanez acha que É a guitarra... e ja vi nego tocando de strinberg que tirava timbre e fazia absurdos na guita.... acho que vai mais do gosto...

    enfim, galera eu esqueci de deixar meu email, se alguem tiver interessado em adquirir essa guita, mas quiser alguem que esteja disposto a falar mesmo, mostrar a guita, ate fazer um som, so mandar um email, q eu passo facebook skype e auxilio no que eu puder!!!

    email: lucaz1212@hotmail.com

    krixzy
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Lucaz Oliveira

    Amigo, vou postar um comentário aqui, sem querer ser chato, mas a verdade tem que ser dita, aconselho vc a não ler o resto pq pode não deve fazer bem pra vc.




    Veja bem, o cara pagou 950+frete numa guitarra "NACIONAL" com esses defeitos todos:

    1º trastes enferrujados e desnivelados ( nada que um luthier n resolva)
    2º Parte Elétrica mal acabada, o meu knob de Tone simplesmente não funcionava, o push-pull sim, mas o tone não fechava. (novamente, nada que um luthier ou você mesmo não faça)
    3º Posiçao do LockNUT Este item sem duvidas foi o mais complicado, o Braço da guitarra vem com todos os trastes em suas posições corretas, perfeitas, mas o meu locknut estava com a furação um pouco pra fora, ou melhor explicando

    É bom deixar bem claro, uma guitarra "NACIONAL" (Livre de impostos de importação, feito no brasil com custos muito menores) o cara pagou 950 + frete, e a guitarra ainda veio cheia de problemas, se os caras não tiveram nem o cuidado de colocar um LockNut direito, imagina quantos pedaços de madeira não tem pelo corpo dessa guitarra, e a qualidade da madeira usada, se brincar tem até pedaço de cadeira velha misturado ai, sem falar na qualidade da colagem que deve tá isso ai por baixo da tinta, porque se os caras não colocaram um LockNut corretamente que é algo visível, imagina o que eles não fizeram com o corpo da guitarra que vc não pode ver.

    Agora veja bem, só aproveitando os fatos expostos aqui pra mostrar como chega a ser ridículo o mercado nacional de instrumentos, veja essa Cort:

    http://www.musitechinstrumentos.com.br/p-3140/Guitarra-Cort-KX-5-FR-BK M.html

    Veja bem, ela é uma guitarra IMPORTADA, (Custos de importação incluídos no preço que vc paga por ela + lucro da loja) e a guitarra custa nada mais que R$ 988,20, e com certeza vem muito melhor construída que essa Tagima ai, a galera aqui do forum conhece bem as guitarras da Cort e sabe que tem um excelente custo x beneficio.

    Agora pare e pense, como uma guitarra nacional custa o mesmo preço de uma importada e ainda é de má qualidade?

    Isso é extremamente ridículo! As empresas começam a fabricar um produto e já coloca a preço de importado, mesmo o instrumento não valendo nem 20% do valor, e isso acontece com quase todos os equipamentos de música, pagamos preço de importado em produto nacional, e de qualidade inferior, já vi muitos pedais nacionais por ai a preço de importado, inclusive já tive um, o timbre era muito bom, mas a construção, simplesmente a tinta largava sozinha e um potenciômetro ficava travando quando passava na região de 9h, isso num pedal de R$ 330,00. vendi ele e comprei um importado de R$ 170,00 com qualidade tanto de timbre quanto de construção melhor.

    Se um dia eu comprar algum outro produto nacional, será captador, pois existe um fabricante nacional que cobra o preço real que o produto vale, e tem um som muito bom, ou até um amp valvulado hand made que tem um preço razoável.

    O resto, não digo que são ruins, existe coisas boas sim, mas simplesmente NÃO vale o preço que se pede, tem coisas que vc praticamente paga uns 3 e leva 1.

    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # abr/14
    · votar


    mas a guita se nao me engano é made in china, mas caramba, o q era pra ser um review so pro pessoal poder escolher, derrepente pq tava pensando em compra... provavelmente ja vao ate desistir depois de ler tudo isso... cara a guitarra é boa, derrepente os defeitos da maneira q eu coloquei ficaram muito fortes, mas nao sao cara... sao coisas normais que qualquer guita vem...

    mano, o locknut ficou cerca de 1mm fora de posiçao, o luthier me disse que muita guitarra vem assim, e que nao era nada extravagante... eu mandei arrumar pq cmo ja disse sou meticuloso, mas essa guita eu nao vendo por nada...

    Nefelibata
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Lucaz Oliveira

    sao coisas normais que qualquer guita vem...

    Olha, na verdade não. Isso é coisa de marca/guitarra ruim. Já tive quatro guitarras novas de várias marcas, fora a de amigos que passaram na minha mão, de preços que vão de 600 reais a 8000, e nenhuma tinha tantos problemas.

    provavelmente ja vao ate desistir depois de ler tudo isso...

    E é pra desistir mesmo. Empresa que põe produto ruim no mercado ou se mexe e melhora ou vai a falência, pq o sofrido consumidor brasileiro não merece isso.

    Uma das maiores intenções de um review é mostrar a realidade do produto e se vale a pena, para alertar as pessoas que é possível comprar coisa melhor com o mesmo dinheiro quando não vale a pena.

    O mercado tá coalhado de guitarra chinesa, coreana e indonésia bastante boas que é só comprar, mandar regular e sair tocando. Não tem q "refazer a guita no luthier".

    Abraço

    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # abr/14
    · votar


    mas amigo, eu postei justamente para os outros verem, e quando forem olhar a guitarra, se atentarem a esses detalhes, eu nao comprei de loja, mas tinha a garantia da guitarra, o unico problema é que eu nao levei ela na garantia, por ser longe demais... senaum ela estaria alem de reguladissima por um luthier profissa da tagima, sem nenhum custo adicional...

    vc diz que tem que comprar a guita e ja sair tocando, mas o interessante é que aqui mesmo no forum todo mundo fala, que a primeira coisa a se fazer é levar num luthier...

    agora outro ponto, vc ja pegou nessa guita e ficou tocando?? pq TODOS os meus amigos musicos, prof, pegaram essa guita na mao, e so ouvi elogios de "nossa como é macia, pocha que braço confortavel, nossa essa ponte segura as alavancas mesmo"

    e vieram de gente que vive de musica.

    krixzy
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Lucaz Oliveira
    Normal vc defender a guitarra que comprou, e o que o Nefelibata quis dizer é que quando se compra uma guitarra ela tem que estar pronta (construída) ou seja, vai pra luthier apenas pra regular, e não "reformar" que foi o caso da sua.

    É doloroso, mas vc pagou caro de mais nessa guitarra, existem varias melhores na faixa de preço que já vem pronta pra tocar de fabrica, sinto muito, mas a verdade tem que ser dita.

    Nefelibata
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    krixzy

    Obrigado krixzy, vc entendeu os meus posts.

    Lucaz Oliveira

    Amigo, não me leve a mal, só tou dizendo aqui o que 99% dos usuários do fórum vão pensar, mas boa parte não posta pois sabem que o risco de se indispor com o dono da guita é grande.

    vc diz que tem que comprar a guita e ja sair tocando

    Na verdade eu disse: O mercado tá coalhado de guitarra chinesa, coreana e indonésia bastante boas que é só comprar, mandar regular e sair tocando. Não tem q "refazer a guita no luthier". Repare no mandar regular. Mandar, no luthier, regular. Regular não é consertar.

    agora outro ponto, vc ja pegou nessa guita e ficou tocando?? pq TODOS os meus amigos musicos, prof, pegaram essa guita na mao, e so ouvi elogios de "nossa como é macia, pocha que braço confortavel, nossa essa ponte segura as alavancas mesmo"

    Eu não discuti em nenhum momento como sua guitarra ficou depois dos consertos, não duvido que depois de passar por um luthier competente ela tenha ficado boa. A discussão é se vale a pena pagar caro numa guita que vc ainda tem q gastar mais um monte pra deixar boa. Ainda, que compensa pegar uma Cort X6 ou viva gold (tem novas por mil reais), que nem nome tem pra não falar de ibanez de segunda linha que na realidade é fabricada pela própria cort.

    Então, pra finalizar meus coments aqui. Por favor entenda que não é pessoal nem nada. Somente estou expondo minha humilde opinião de maneira objetiva, que creio refletir a de muitos aqui. Também não disse que sua guitarra é ruim, antes ou depois. A questão é que ficou cara demais.

    abração e keep rockin!

    WilliamJunior
    Membro
    # mai/14
    · votar


    Por esse preço vc compra uma Cort, LTD, Ibanez GIO, Shecter, Strinberg e outras, novas que nunca vi sair de fábrica com tantos problemas.
    Verdade, um amigo tem uma strinberg de entrada e nunca deu bronca, a minha cort veio perfeita ai mandei prum luthier "bom" que me trocentos me indicaram aí ela ficou ruim, nmas veio de fábrica zero bala.

    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # mai/14
    · votar


    "imagina quantos pedaços de madeira não tem pelo corpo dessa guitarra, e a qualidade da madeira usada, se brincar tem até pedaço de cadeira velha misturado ai, sem falar na qualidade da colagem que deve tá isso ai por baixo da tinta, porque se os caras não colocaram um LockNut corretamente que é algo visível, imagina o que eles não fizeram com o corpo da guitarra que vc não pode ver."

    cara acho exagero seu, lock nut nao é uma coisa visivel, ele estava exatamente na posiçao onde devia estar, bem colocado na quina do braço, mas estava um pouquinho mais longe do que deveria estar do primeiro traste, mas nao mudaria completamente nada, o luthier disse que nao precisava afzer pq era coisa minima de mais, e que a maioria das guitarras vem com essa imprecisao

    agora se falar que a madeira é cadeira velha cara kkkkkkkkkkkkk

    se tiver soando bem? que mal tem???

    a guitarra é muito bonita tem uma floyd decente, soa muito bem, ta legal a cort pode ter um otimo custo beneficio, mas 40% aki do forum tem uma cort xX, eu nao vejo graça e ter uma guita que todos tem, prefiro pegar uma epiphone custom e socar caps ferragens e dxar ela top, do que uma gibson studio.... que geral compra por ser gibson, mesmo nem sendo tao bonita assim... ou entao pegar uma fender mex, so pra falar que tem uma fender, se voce compra a guita pelo nome e nao pelo que voce gosta, vc ta mais preocupado em se aparecer para os outros do que tocar realmente em si... Minha opniao, obvio que n estou comparando a tagima com a gibson, mas por mil reais uma guita que vai te satisfazer e que voce gosta dela, nao vejo porque nao comprar....

    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    so dando um up, trokei recentemente o tone push pull pra gotoh, e o som da guitarra melhorou absurdamente, o luthier que trocou o nob, disse que a eletrica da guitarra estava boa, e bem feita, que nao precisava fazer nada nela!

    e ate hoje a ponte nao me deu trabalho nenhum, segura a afinaçao igual desde que comprei.

    Joe Gomes
    Membro
    # out/14
    · votar


    Toquei há algum tempo numa Tagima Vulcan de um amigo, adorei o design dela (acho que todas as peças criam uma visual bem harmônico entre si), a pintura e acabamento eram bem feitios, o braço é bem confortável (mas prefiro as quinas um pouco mais arredondadas) e o lock nut e ponte estavam bem alinhados, ao contrário do que ocorreu na sua (devem ser deslizes que ocorrem na fabricação, mas o controle de qualidade deveria agir pelo menos).
    A floyd eu achei um pouquinho dura, mas acho que foi a regulagem que meu amigo deixou (e não estou muito acostumado com floyd pra opinar, não sou chegado).
    No geral, achei uma guitarra boa, maaas... Realmente concordo que dá pra achar no mercado outras com as mesmas qualidades e com preço igual ou menor. Eu mesmo tenho uma Schecter Omen 6 Diamond Series, paguei 850 e é tudo impecável, desde acabamento, ganho absurdo dos captadores de fábrica e conforto do braço. A minha, porém, não tem floyd, o que retorna o fato de que basta pesquisar pra achar a guitarra do seu gosto e necessidade.

    E pra finalizar, um acréscimo ao conteúdo do tópico, meu amigo tocando um cover usando a Tagima Vulcan:
    www.youtube.com/watch?v=bW_eg6GKIc4

    Tudo de bom à vocês. ;)

    Guitar_L
    Veterano
    # out/14
    · votar


    Lucaz Oliveira
    Me desculpe a sinceridade cara, mas você ainda não tem conhecimento técnico pra fazer um review com credibilidade. Agradeço a contribuição por todos daqui, mas estude mais (todos nós devemos nos aprimorar sempre!), pegue mais intimidade com o instrumento e assim, com a experiência, você consegue avaliar bem sobre o que está falando.
    Abraços

    Lucaz Oliveira
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    vei o topico é do começo de abril... so nesse meio tempo peguei outras 2 guitarras ja HAHAHAHA.... ela sinceramente é uma das guitarras q eu pretendo por uns caps tesla extreme e comprar um bom case e segurar ela ate uns 50 anos.. ate nao aguentar mais tocar! o unico "defeito" é q eu nao consigo usar essa guitarra pra tocar de pé, preciso ver se uma correia boa com uns straplock ajuda.. pq ta doendo o pulso... mas sentando pra fazer gravaçao e video, ta uma delicia! ahaha

    rond
    Veterano
    # 30/mar/20 23:09
    · votar


    Tô com uma guitarra dessa aqui fiz a blindagem das cavidades mais ela ainda tem muito ruído será que esses captadores são parafinados que em comparação com minha guitarra condor com captadores Sergio rosar é muita diferença de ruído.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Review Bond: Tagima Vulcan