Encordoamentos e Seus Timbres Característicos (Timbre das Cordas)

Autor Mensagem
krixzy
Veterano
# nov/12


Bom, eu estava pesquisando mas não encontrei nada muito certo sobre o timbre das cordas, apenas sobre durabilidade que todo mundo já sabe que Elixir dura muito mais... Eu acredito que cada marca ou tipo de corda tem um som diferente apesar de alguns dizer que não percebe diferença, então esquecendo a questão de durabilidade, peço que ajudem postando a marca / tipo / calibre de cordas que vocês usam e uma descrição do timbre.

Eu estou usando cordas D'adario 0,12 e acho o som delas muito metálico, som de lata mesmo, sei que cordas novas tem esse som, mas a minha já faz um mês e continua com esse timbre de lata que ta me irritando...

Então galera, o que vale aqui é o timbre das cordas, acredito que vai ajudar muita gente na troca de cordas.

Migs_LesPaul
Veterano
# nov/12
· votar


krixzy
Ah, eu uso as D'addario 0,12 eu não tenho reclamação! Macia, dura bem, timbre gostoso...

TatoPetry
Veterano
# nov/12
· votar


Fala cara, eu uso ernie ball 0,11... acho o timbre dela bem equilibrado e bem definido.
Eu usei por um tempo as dean markley 0,11 e achei o timbre dela fenomenal, principalmente pra bases o som da guita ficou muito mais ardido e com a mesma definição das ernie ball. Não me adaptei bem a empunhadura então fiquei nas ernieball mesmo.

juninholiveira
Veterano
# nov/12
· votar


krixzy

Eu uso Elixir híbrida, 0,10 nas primas e 0,12 nos bordões (grossas) acho o timbre bem legal, ótimo pro que eu preciso, mais metal e rock, porem tiro muito blues e coisas calmas tb com elas. Dão um peso enorme, principakmente pra palm mute, e tem um timbre normal, nem estalado ao excesso, nem macio demais, ta no meio, bem equilibrado.

Marthin87
Veterano
# nov/12
· votar


Eu uso SG 0,10. Tem um som metálico, mas equilibrado. Pega fácil afinação, mas tem pouca durabilidade.

TheWantonSong
Veterano
# nov/12
· votar


NIG não estoura nunca. Já Ernie Ball são bem frágeis.

TatoPetry
Veterano
# nov/12
· votar


TheWantonSong
Certeza man?
Eu não entro muito nessa área de durabilidade pq uso minhas cordas até elas perderem o timbre, cerca de 2 a 3 semanas e depois troco, porém eu sou um ogro tocando e nunca arrebentei corda com as ernie ball.

BrayanBoy
Veterano
# nov/12
· votar


Daddario, XL 0,10
Macia e com o timbre mto bom, e dura até bem aqui na cidade onde tudo é corroido por maresia..

gostei da ideia do juninholiveira
e quero experimentar.

Luke Strat
Veterano
# nov/12
· votar


Uso SG 011-049 pq acho um absurdo pagar R$21,00 em um jogo de D'addario ou então R$30,00 em um jogo de Ernie Ball. De ambas as marcas comigo dura 7 dias no máximo então não vale a pena comprar corda cara hehehe E a corda da SG não é ruim, é bem regular, não perde muito para as marcas de fora. Elixir eu não gosto do timbre..
Eu gosto muito das Rotosound e da Electro Harmonix, cordas muito boas e com sons muito equilibrados!!

Whisky a Go Go
Veterano
# nov/12 · Editado por: Whisky a Go Go
· votar


Já useu Ernie Ball, D'Addario e atualmente só Elixir, e de preferência a Polyweb.

A Ernie Ball é bacana, assim como D'Addario, mas nenhuma dessas cordas tem boa durabilidade comigo, então optei pelas Exilir, pois além de terem uma durabilidade incrível, eu gosto bastante do timbre. As Polyweb tem uma sonoridade mais macia, aveludado, mas não deixando de lado o agudo, óbvio. Já a Nanoweb eu não gostei tanto assim (no timbre).

Se eu fosse recomendar encordoamento para alguém, este seria Eilixir sem pensar duas vezes.

Luke Strat
Uso SG 011-049 pq acho um absurdo pagar R$21,00 em um jogo de D'addario ou então R$30,00 em um jogo de Ernie Ball.

Meu amigo, absurdo é pagar R$ 25,00 reais num jogo de corda que vai durar no máximo 10 dias. As cordas Elixir custam em torno de R$ 30,00 a R$ 35,00 reais no Mercado Livre, quer dizer que isso é um absurdo? Tens que pensar em durabilidade, então faça as contas de quanto vai gastar comprando 3 jogos de corda em 1 mês, enquanto a Exilir tu vai gastar no máximo R$ 50,00 durando no mínimo 3 meses, e isso eu posso afirmar pois na minha guitarra estou com Elixir a 4 ou 5 meses já, e nem estão muito enferrijadas como as outras ficam.

Então, o que me diz? Quer gastar R$ 75,00 reais em 1 mês ou R$ 50,00 reais a cada 3 meses? Fica a escolha do freguês.

Cesinha Realeza
Veterano
# nov/12
· votar


Já usei Earnie ball, D´adario e Elixir. A primeira e a última são melhores no quesito afinação. Ambas seguram muito bem mesmo depois de bends cavalares. Quanto a Timbre prefiro a Earnie Ball. Já a Elixir é a única das três que não enferruja. Segundo um luthier que conversei, é a única que É DE FATO FEITA DE NÍQUEL. Por isso não enferruja.

Whisky a Go Go
Veterano
# nov/12 · Editado por: Whisky a Go Go
· votar


Cesinha Realeza
Já a Elixir é a única das três que não enferruja

Enferruja sim, e o luthier deve estar enganado. Estou com encordoamento na minha guitarra a praticamente 5 meses e agora tá meio "enferrujada", digamos, 40%. Porém, o timbre ainda continua muito bom, e nem vou trocá-la enquanto eu perceber que tá realmente ruim.

TatoPetry
Veterano
# nov/12
· votar


Whisky a Go Go
Krai man 5 meses com uma corda??
E ainda ta com timbre legal? Rapaz eu queria conseguir isso.
Desisti das elixir exatamente pq esteticamente ela não enferrujava mas o timbre ia pro espaço muito rápido alem de não gostar muito.
Bom considere-se um cara de muita sorte meu velho eu gasto cerca de 4 a 5 jogos ernie ball por mês atualmente, ta osso.

juninholiveira
Veterano
# nov/12
· votar


TatoPetry

eu fico mais de ano com a corda, sério....

Whisky a Go Go
Veterano
# nov/12
· votar


TatoPetry
Pois é cara, juro que minhas cordas estão boas, nao 100% mas bem tocaveis ainda, kkkkkkkkk. Sei lá se isso é sorte, pois eu não limpo as mão para tocar, muito menos as cordas depois, e olha que tenho flanela em.

krixzy
Veterano
# nov/12 · Editado por: krixzy
· votar


Galera lembrando que o importante do tópico é o timbre das cordas e não a durabilidade. Só pra manter o foco do tópico, mas claro que comentarios sobre durabilidade são bem vindos, só não esqueçam de comentar sobre o timbre.

TatoPetry
Veterano
# nov/12
· votar


krixzy
São dois assuntos relevantes, pq eu mesmo acho que as elixir tem uma ótima durabilidade, demoram a enferrujar e tudo mais... porém ela perde aquele brilho no timbre que só uma corda nova tem muito cedo, ja a ernie ball mantém por mais tempo.

juninholiveira
Whisky a Go Go
Rapaz vocês são guerreiros eu queria conseguir isso, se eu deixar as cordas sem trocar por conta do timbre eu arrebento elas em menos de 1 mês. E olha que eu devo tocar no maximo umas 3 horas por dia!

Luke Strat
Veterano
# nov/12
· votar


Cesinha Realeza
Com certeza a Elixir é custo benefício, mas cara, o timbre delas não me agrada nem um pouco...

Marthin87
Veterano
# nov/12
· votar


Luke Strat
Não tive a mesma impressão com Rotosound. Pouca definição das notas.

Whisky a Go Go
Veterano
# nov/12
· votar


E olha que eu devo tocar no maximo umas 3 horas por dia!
Se eu tocar 1 hora por dia, acho que é muito! kkkkkkkk
Não posso ficar muito tempo tocando guitarra.

00H2
Veterano
# nov/12
· votar


Bom, eu uso D'addario 0,10, acho o timbre muito bom, muito agradavel.
agora, na minha esse encordamento perde a cor e oxida rapido, pelo menos eu acho; da ultima vez q troquei em poucas semanas jah tava ficando preta as primeiras cordas. minha mão q soa mais do q o normal ou as D'addario são assim mesmo?
Devo trocar o encordamento pra 0,11 em breve, tou achando 0,10 mole, rs.

erico.ascencao
Veterano
# fev/15
· votar


Ressuscitando para trazer uma polêmica...

O que eu sempre achei sobre o assunto foi o seguinte:
- O timbre das Elixir Nanoweb têm menos brilho do que as D'Addario XL (as mais populares) devido à presença do revestimento polimérico anti-corrosão;
- Entre encordoamentos do mesmo fabricante e da mesma série, os mais espessos soam mais "encorpados" do que os mais finos.

Eis que vejo este vídeo e começo a repensar principalmente o segundo item citado anteriormente.



E agora, onde está seu Deus?

Disserte.

makumbator
Veterano
# fev/15
· votar


erico.ascencao

O número 1 que ele citou é muito óbvio, mas pra mim o pior nem é o timbre mais abafado, e sim que as cordas velhas a partir de certo ponto começam a dar notas falsas ao longo de seu comprimento.

E desafinação no meu conceito é muito pior que timbre abafado (que muita gente até gosta). Mas como muito guitarrista não se importa demais com afinação (basta ver as demos por aí com corda desafinada) acho que muitos nem lembram disso.

O número 2 é o mais polêmico dos 3 citados. Uma coisa que ele esqueceu de falar são diferenças dos materiais de fabricação tanto do encapamento quanto da alma que a meu ver alteram mais o timbre que qualquer coisa). Outro ponto que ele não citou foi a tocabilidade de cada corda (que variam de cada fabricante/série, e estão relacionadas também com o material). O tipo de encapamento (de é flat, round, semi round, etc... é outro item não mencionado).

Resumindo, em geral as pessoas se preocupam muito com as diferenças de timbre, mas eu considero outros fatores tão importantes quanto (tocabilidade, preço X durabilidade, durabilidade "útil", resistência à quebra, estabilidade de afinação, duração do som, o quanto aquela corda demora para "assentar" na afinação do instrumento, etc...)

No item 3 eu até concordo com ele. Mas há muito de preferência de cada usuário, que é algo que conta muito. Acho que assim como não se pode "evangelizar" sobre cordas pesadas serem o sétimo céu, também não se deve ir ao outro extremo (tratando as cordas leves como a melhor e mais indicada para todo mundo em todas as situações).

P.S. Não gosto de corda pesada em nenhum instrumento que toco. Na guitarra é 009 "padrão", no baixo elétrico de 6 cordas é o equivalente ao 040 dos modelos de 4 cordas, e no Contrabaixo acústico chego a usar corda de afinação solo (que é feita para ser afinada 1 tom acima do padrão de orquestra, ficando do grave para o agudo: F#, B, E, A ) mas afinada no normal (E, A, D, G), justamente pra ficar mais molinha.

erico.ascencao
Veterano
# fev/15
· votar


makumbator
Uma coisa que ele esqueceu de falar são diferenças dos materiais de fabricação tanto do encapamento quanto da alma que a meu ver alteram mais o timbre que qualquer coisa.

Concordo com você. Entretanto, dado que o cara não é um zé ruela, pressupus que ele fez este comentário baseando-se numa comparação entre encordoamentos de fabricantes distintos que usem o mesmo material. Tanto pressupus isso que fique o vídeo inteiro na expectativa de ele corroborar minha opinião sobre as Elixir Nanoweb vs. D'Addario XL e ele acabou nem mencionando.

O que mais mexeu comigo foi o terceiro ponto, sobre a espessura da corda. Hoje uso 0,009 - 0,042 na superstrato e 0,010 - 0,046 na Stratocaster e Les Paul. Estas duas últimas exigem uma pegada mais forte e eu gosto que seja assim, mas assumo que a superstrato é muito confortável de se tocar. Depois deste vídeo, parei pra me questionar: por que não usar 0,009 em tudo?

krixzy
Veterano
# fev/15
· votar


Eu abandonei jogos pesados faz tempo em E padrão uso 0.9 mesmo, em C padrão uso 0.11 hibrido, que vai de 0.11 a 0.56, o que não é tão leve mais tbm não é tão pesado, acho que um 0.10 a 0.56 seria o ideal, nos bordões gosto de cordas mais firmes por conta da minha pegada mesmo, mas as primas quanto mais macia melhor.

ogner
Veterano
# fev/15
· votar


krixzy
erico.ascencao
Cara essa questao de espessura, 0,09, 0,010, 0,011 e etc depende MUITO do que o cara toca ual set e etc.

Se vc toca blues, guitarra > 3 pedais > bom amp valvulado e nao percebe o abismo do timbre entre uma 0,09 e uma 0,011. Desista de timbrar, vc esta surdo!!!

Agora, o cara uso mil efeitos, compressão, vst, e etc etc etc...Ae e outra historia...

krixzy
Veterano
# fev/15
· votar


ogner
Sei não cara, acho que só testando, mas pelo clean, não vejo diferença absurda não, tem uma certa diferença, mas é minima, acho que nem compensa o desconforto a mais.

PguitarMaxx
Veterano
# fev/15
· votar


Eu uso 0.11 e afinação em Eb. Dá um timbre bem cheio e meio aveludado para minha Lespa, eu particularmente curto demais. Quanto a marca, agora só uso Ernie Ball. O custo x beneficio é muito bom, mas o melhor timbre de cordas que experimentei foi GHS, por incrivel que pareça. Mas elas oxidavam rapido.

Essas Xl D Addario sempre acabam arrebentando na minha mão, não sei por que. Acho que sou meio ogro.

PguitarMaxx
Veterano
# fev/15 · Editado por: PguitarMaxx
· votar


ogner
Até com VST, cara. A diferença de uma 0.09 para 0.11 é absurda. Ser melhor ou pior é questão de gosto, mas que tem difereneça, tem

krixzy
Veterano
# fev/15 · Editado por: krixzy
· votar


PguitarMaxx
Sei la cara, a única diferença que vejo é um timbre um pouco mais grave, coisa que se pode fazer na eq sem problemas, vou fazer uma doidera, tem uma música do Black Label Society com afinação padrão, exceto a 6ª corda que é afinada em B, vou pegar minha LP com 0.9 e dropar a 6ª pra B, e gravar uma parte da música só ver o resultado, embora como o ogner disse, a diferença aparece mais no som mais limpo.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Encordoamentos e Seus Timbres Característicos (Timbre das Cordas)