Fato interessante sobre a credibilidade dos sites de Review!

Autor Mensagem
janick
Veterano
# jun/10


Eu estava olhando um ponto que nunca tinha parado para pesquisar nos sites de reviews:

Qual a qualificação deles para equipamentos de baixa qualidade? Será que você pode confiar nestes sites para evitar uma péssima compra?

Pois é, não sei não. Eu peguei três exemplos de equipamentos sofríveis:

Epiphone Les Paul Special, Zoom 505 II e Washburn Lyon.

E a resposta?

http://reviews.harmony-central.com/reviews/Guitar/product/Epiphone/Les +Paul+Special/10/1

http://reviews.harmony-central.com/reviews/Effects/product/Zoom/505+II /10/1

http://reviews.harmony-central.com/reviews/Guitar/product/Washburn/Lyo n/100/1

Nenhum dos reviews acima do Harmony Central - que é considerado por muitos um ótimo site de reviews - estavam abaixo da média 7. Isso falando de equipamentos negativados por muitos e que deixam muito à desejar.

Será isso a falta de sinceridade dos proprietários ou apenas falta de senso crítico?

Fiquei um pouco impressionado com esse fato.

Discutam à respeito!

Abçs

Iversonfr
Veterano
# jun/10
· votar


janick

Apesar de conhecido, não considero o Harmony Central uma referência quando preciso ver alguma coisa, por um detalhe simples: não confio em coisas que muitas pessoas opinam ao mesmo tempo, ainda mais vindo de americanos, povo que não entende nada de nada no geral, vc da um tonante pra um gringo qualquer, se fizer barulho, ele vai falar que é excelente e o timbre é lindo e a pegada é espetacular, mesmo não entendendo de porcaria nenhuma, do mesmo jeito que ja vi cada pérola aqui no fcc falando de cada equip tosco como se fosse a oitava maravilha do mundo.

Fato é que no geral, o dono nunca é a melhor referência para se perguntar, pois tem gente que acha que o "dele sempre é o melhor", produzindo reviews enganosos.

jonas.hetfield
Veterano
# jun/10
· votar


Iversonfr
janick
A maioria das pessoas quando estão começando e pegam equipos "meia-boca" , acham mil-maravilhas. Eu mesmo sonhava em ter uma zoom lá pelos meus dois meses de guitarra. hehehe

É dificil tomar como base esses reviews, prefiro os reviews do fcc, porque além de "conhecer" melhor o autor, a gente pode discutir com outras pessoas que possuem o mesmo equipo aqui, ou com caras experientes como o bertola ou o bahia por exemplo.

E como o Iverson disse, o dono do equipo na maioria das vezes tenta convencer a si mesmo q tem equipo otimo, mesmo que não seja.

O primordial é ter bom senso, e conseguir tirar suas próprias conclusões se baseando parcialmente em outras opiniões, mas sem confiar cegamente.

abraços

cristian1990
Veterano
# jun/10
· votar


eu tbm nao acredito em muitos reviews, eu acredito qe muitas vezes a marca do produto deve fala, falam bem desse equi e eles vao e elogia algo do tipo, prefiro mesmo pega opinioes de consumidores do produto .... e americano só gosta de produto feito por eles memso, coisa da china eles nao gostam

jonas.hetfield
Veterano
# jun/10
· votar


cristian1990
Sei lá , nem deve ser essa de "proteção ao produto nacional" , já que eles exploram a mão de obra de muitos paises de 3º mundo.

A verdade é que a internet ta ai, e qualquer um pode expressar sua opinião , sendo ela equivocada ou não.

Aqui mesmo tem um doidos que soltam sua pérolas,e são muitos! hahaha

Andras
Veterano
# jun/10
· votar


O Harmony Central, bem usado, eh uma tremenda mao na roda.

Will Bejar
Veterano
# jun/10
· votar


Quando estava pra comprar os captadores GFS, procurei saber por esse site qual era a referência sonora deles...e lá descobri que era (é) dos Fat50 da Fender...

Portanto, concordo com o Andras:
O Harmony Central, bem usado, eh uma tremenda mao na roda.

Motoboy From Hell-SDMF
Veterano
# jun/10 · Editado por: Motoboy From Hell-SDMF
· votar


Fóruns e reviews na net são muito úteis, mas tem que saber peneirar. Por exemplo no FCC. Opiniões e reviews de gente do calibre do Bertola e demais usuários "clássicos" daqui são valiosíssimos e vc aprende MUITO sempre. Sempre aprendo algo novo. Agora, por outro lado, chega muito moleque de 12 anos fazendo review de seu novo equipamento e daí junte a empolgação da criança com seu novo brinquedo com a falta de conhecimento e vivência no mundo dos instrumentos musicais. Daí você vê as perolas sempre: "minha shelter é melhor que a Gibson do primo do amigo do meu tio". "Meu meteoro atomic drive parece um Marshall jcm800".
"toquei numa Gibson Billy gibbons signature e achei uma merda" hahua.
Enfim, que nem disseram ai em cima. Se souber usar o fórum e os sites de review, é uma mão na roda! Ajuda e ensina muitíssimo.
E entra outra questão também: além das diferenças de conhecimento técnico, "estrada", etc etc, tem um fator mto importante. O que é bom pra mim, pode não ser bom pra você.
Um pedal soa bem pra um, mas o outro acha horrendo. Uma guitarra pode ter uma pegada gostosa com um mas o outro acha ela um pedaço de pau com cordas, etc.
Sem falar que as vezes chega um cara: "eu acho o TS-9 uma bosta, um lixo de pedal. Acho 1000 x melhor minha 505. Serio, pedal apagado, sem ganho, odiei. Meus colegadas na banda cover de Canibal Corpse disseram pra eu nunca + usar esse pedal".
- ou seja – tem reviews tb de gente que quer uma coisa do equipamento que claramente ele não pode oferecer, até por não ser a praia, mas a pessoa não quer saber, já chega descendo o pau ahaha.
Tem outras perolas, de usuarios que chegam assim:
"comprei tal guitarra que me recomendaram aqui, mas vocês sao uns fdps. Ela é um lixo, nao sei como elogiaram tanto. Chia um monte, nao tem peso, nao tem definiçao, nao consigo tirar o som do slash, nao consigo timbrar como o Srv, bla bla bla. Liguei no meu CICLOTRON usado e tá mto ruim"

Abcs!

Will Bejar
Veterano
# jun/10
· votar


Motoboy From Hell-SDMF
Ô loco!!! heheheheh...mas faz sentido!!!

Andy TheCatSp
Veterano
# jun/10
· votar


Motoboy From Hell-SDMF
falou tudo cara!!!!

realmente, devemos saber peneirar reviews e comentários...
já vi nego falar que Phoenix Les Paul tem timbre superior ao de uma Gibson Standard...
aí vai de cada um.
o melhor mesmo, é se infomar com músicos experientes como Bertola, GuitarHome e LeandroP por exemplo.

cristian1990
Veterano
# jun/10
· votar


Motoboy From Hell-SDMF

"toquei numa Gibson Billy gibbons signature e achei uma merda"


nessa parte qe vc escreveu, isso ai vai de gosto, é dificil achar mas tem cara qe nao gosto mesmo do timbre de uma gibson ai eh gosto, teve um cara aki qe tinha uma tagima strato trokou por um fender , e tava loko pra vender fender e pega a tagima de novo, ai eh gosto ....


mas gostei do seu texto faz muito sentido mesmo. Que aki no forum vc ve muitos reviews de memphis o usuario sempre fala bem e tals so´qe mesmo assim nao da pra encarar uma dessas...

rotiv
Veterano
# jun/10
· votar


E além do gosto das pessoas, será q esses reviews não são financiados pela marca da guitarra?
Por exemplo, esse review da Epiphone poderia ter sido pago pela propria Epiphone, para q falassem bem da sua guitarra. Voces acham que acontece isso?

Iversonfr
Veterano
# jun/10
· votar


Motoboy From Hell-SDMF

Falou tudo! já vi cada review engraçado aqui nesse fórum que é melhor nem comentar...

Se for pra acreditar em review, prefiro acreditar em videos do youtube, pelo menos se o cara disser que o pedal dele é o melhor do planeta, voce consegue escutar o som pra ver se realmente é bom ou se é uma porcaria (coisa que acontece muito)

MMI
Veterano
# jun/10
· votar


Pessoal, o Harmony Central é muito útil sim, mas como tudo, tem que ser lido com uma visão crítica e com inteligência, assim como este fórum. Diria mais ainda, neste fórum, as informações tem que ser lidas com mais atenção ainda. No Harmony Central pelo menos quem escreve geralmente tem o equipamento, coisa que não acontece aqui. Já vi gente aqui comentado e indicando equipamentos sem saber realmente o que está falando, apenas leu algumas coisas em outros lugares, ou seja, sugere outros comprarem coisas apenas por ter lido umas linhas em outro tópico, mas escreve com "ar professoral". Pelo menos lá não.
É bem dificil conhecer bem um equipamento sem tê-lo, ou ao menos sem ter passado uns dias com ele. Opiniões do tipo "fui numa loja e testei 2 guitarras, a primeira é assim e a outra é assado só é válida para quem testou e achou que uma agradou mais, mas definitivamente não conhece a fundo nenhuma.
Outra questão que tem que ser lembrada é que uma Fender Mexicana é para um americano o que um SX é para um brasileiro. Realidades diferentes.
Quem avalia algo sempre o faz usando a experiência anterior, usando seu ponto de vista pessoal. É bastante claro que uma Zoom 505 não é feita para concorrer com uma TC Electronic G-System, uma SX não concorre com uma Suhr, nem se compara. Assim, alguém tem dúvidas que um cara acostumado com uma Gibson 1959 vai achar uma Epi meia boca? Depende do referencial. Por outro lado, a mesma crítica e desconfiança merecem os reviews de revistas, como Guitar Player da vida. Tudo precisa ser visto com uma visão crítica.

Zero Zen
Veterano
# jun/10 · Editado por: Zero Zen
· votar


MMI

Disse tudo ! Pontuado.

Ou quase tudo. (fato que não afeta a pontuação)

Deve ser destacado que os estadunidenses são muito mais criteriosos com o seu dinheiro. Pesam cada detalhe do gear comprado, especialmente em relação à faixa de preço.

As vezes um bom instrumento não vale o que custa. E outro, de preço muito inferior, apresenta mais "features" em relação aos seus concorrentes diretos.

É o velho custo X benefício, nosso conhecido. Assim uma SX ou Shelter por cerca de 50/90 dólares é uma barganha, merecendo elogios. E estes elogios serão mais ou menos adequados na medida da experiência e exigência do usuário.

Um guitarrista de Punk Rock, por certo, preza mais o volume e a capacidade da guitarra de resistir aos maus tratos do que um aficionado do Jazz, que preferirá um instrumento com outras características. E por aí vai.

Tudo é relativo.

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


Eu não confio em ninguém, simplesmente. A menos que eu conheça a pessoa e ela tenha provado que sabe do que está falando.

pscb
Veterano
# jun/10
· votar


É importante saber qual a adequação do produto. Eu tenho um Boss SD-1 e soa muito bem com minha captação Seymour Duncan 59'. Mas já vi gente dizendo "esse pedal é muito fraco, não recomendo". O cidadão quer tocar trash metal e fala que o pedal tem drive fraco como se isso fosse algo negativo. É negativo pra sons pesados, mas adequado para sons mais leves.

Eu certamente não gostaria de ter uma Jackson Flying V, mas compará-la com uma Gibson LP Standard não faz sentido nenhum. A comparação tem que ser sempre com produtos com mesma proposta.

MMI
Veterano
# jun/10
· votar


Zero Zen

É isso mesmo. Eu mesmo não me contento com uma SX, mas não falo mal de forma pejorativa. Acho boa para a faixa de preço, boa para quem tá sem grana, boa para quem quer iniciar nas 6 cordas.
E obrigado.


Costa 85

Eu certamente não gostaria de ter uma Jackson Flying V, mas compará-la com uma Gibson LP Standard não faz sentido nenhum. A comparação tem que ser sempre com produtos com mesma proposta.

Concordo, mas nem sempre essa comparação é racional, acontece de ser sem intenção. Eu mesmo, não curto stratos, gosto muito de Les Pauls. Assim, incoscientemente o som que eu procuro é sempre o timbre gordo e grave, acabo por ter a tendência de achar stratos inferiores. E assim vai...

Motoboy From Hell-SDMF
Veterano
# jun/10 · Editado por: Motoboy From Hell-SDMF
· votar


rotiv

E além do gosto das pessoas, será q esses reviews não são financiados pela marca da guitarra?


Em revistas tem muito disso. Dando exemplos nacionais: meteoro e tagima tem reviews pagos. E eu penso uma coisa também. As vezes essas marcas nem precisam pagar alguma coisa pra um review "generoso". Pense bem. Essas são umas das principais marcas do Brasil, são as que mais anunciam na revista. Imagine se a guitarplayer ia pegar um produto da empresa que sempre anuncia na revista e MALHAR ele. Falar que é uma bosta, pra ngm comprar, etc etc etc. Que nda!
Então poxa, vc abre a revista, lê aquele review maravilhoso, falando que é a maior maravilha brasileira depois da Ana hickmann, você fica todo balançado com o review. Daí já vira a pagina e vê um anuncio da marca, fica mais balançado ainda hahaha.
Por isso não confio em review de revista.

E outro caso agora, é que em fórum vez por outra aparece um maluco falando mil maravilhas de determinado produto, cria tópico, upa tópicos antigos, etc etc.
Uma vez chegou um maluco aqui fazendo A PROPAGANDA do mck200 da meteoro.
Ele se meteu em uns 2 topicos, criou um soh elogiando o produto, mas mto com linguagem de marketeiro formado por correspondência. Enfim, ele acabou banido do fórum (dpois d brigar cmg + uns 2 usuarios e ser denunciado e td mais haha).


Iversonfr
Se for pra acreditar em review, prefiro acreditar em videos do youtube, pelo menos se o cara disser que o pedal dele é o melhor do planeta, voce consegue escutar o som pra ver se realmente é bom ou se é uma porcaria (coisa que acontece muito)

sem falar que você pode ver o naipe do guitarrista tb.
Se chega um moleque de 11 anos com camisa do BEN10, um pacote de doritos, um ciclotron e vai testar o pedal tocando come as you are , vc já fecha o video e parte pra outra hahahah.
Agora, qndo é um cara mais fodao, com uma gravação de qualidade, dissecando o produto, comparando lado a lado com produtos concorrentes...nossa, ai é perfeito.

cristian1990
mas gostei do seu texto faz muito sentido mesmo. Que aki no forum vc ve muitos reviews de memphis o usuario sempre fala bem e tals so´qe mesmo assim nao da pra encarar uma dessas...

Sem contar uma coisa meu:
Quem tem essas guitarras, GERALMENTE, são pessoas que estão recém começando. Poxa, ta, vale pela boa vontade de vir aqui, postar suas impressões e review. Mas é claro que tal pessoa ainda não manja tanto pra fazer um review confiável (estou dizendo isso num modo geral, não que em todos os casos seja assim).
Temos que pensar que, ta...o cara toca na guitar dele, adora ela e bla bla bla, mas ele já testou outras guitarras da mesma "categoria"? será que com uns 6 meses de aula o cara tem conhecimento suficiente pra um bom review? Com pouco tempo de guitar a pessoa não tem ouvido bem treinado o suficiente.
Mas como eu disse, não por isso só pessoas "que manjam" vão fazer reviews. Mas temos que ler direito tudo pra saber o que é empolgação e o que é opinião imparcial de quem manja mais. A clp-2 virou signature FCC muito por ajuda do Bertola, que as colocou no patamar de epi standard. Cara, se o Bertoal disse isso, eu boto a mão no fogo. Dá pra confiar. Agora, se chega um moleque e fala isso? Hahahahhaa Ele leva 10 tapas na cara e meio metro de **** no rabo pra ficar esperto hauhauah

MMI

Outra questão que tem que ser lembrada é que uma Fender Mexicana é para um americano o que um SX é para um brasileiro. Realidades diferentes.

cara, isso é mto verdade.
Só ler uns reviews gringos da fender MIM
"Great for begginers"

sim, pra eles é guitarra de iniciante! Imagine, uma guitar que no brasil custa em media 2.500 reais hahahahah.
Mas tb, pra eles custa 400 dolares?

abçs

Zero Zen
Veterano
# jun/10 · Editado por: Zero Zen
· votar


MMI
Motoboy From Hell-SDMF

Como em tudo na vida, é preciso saber separar o joio do trigo !

(momento das "parábolas" - off)

E para isso, nada supera a experiência pessoal, seja entendida como contato personalíssimo com o gear, como a convivência com equipamentos semelhantes.

Pelas razões apontadas acima, um review de revista especializada sempre é de isenção duvidosa. Mas a opinião pessoal também, eis que muitos guitarristas costumam fazer reviews de lua de mel, pois ficaram encantados pelo gear, pois este apenas soou diferente daquele com os quais estavam acostumados. Não se tratava de qualidade genuína, apenas novidade !

Também tem aqueles que possuem o melhor equipamento do mundo (pelo menos até o momento em que conseguem passá-lo adiante, hehehe). Só depois é que surgem as críticas e os defeitos.

De qualquer forma, acho que as grandes marcas, por estarem estabelecidas no mercado há muitos anos, merecem o nosso respeito e uma análise bem criteriosa. Afinal de contas, estão servindo os músicos por longo tempo, principalmente aquelas que tradicionalmente frequentam os melhores palcos.

Se isso não é indício de excelência, pelo menos, demonstra suficiência para estar ali.

Claro que a gente precisa estar atento aos instrumentos fabricados pelos Ghost Makers. Não dá para acreditar de forma cega que os grandes guitarristas usam instrumentos de fábrica, diretamente saídos da linha de montagem, especialmente quando se trata de modelo mais econômico.

T+.

Will Bejar
Veterano
# jun/10
· votar


O review em geral é algo muito complexo...pq depende tb do que o cara que tá fazendo o review tá usando no teste, e o que o leitor (ou ouvinte ou videoespectador) estará usando quando tiver sua experiência...

Segunda, levei minha Fender pra fazer uma retífica e revisão elétrica. Aí testei a ação das cordas num Meteoro "sei-lá-o-quê"...aí como eu passei umas 2h lá acompanhando o cara fazendo o processo todo, ele falou pra eu ligar num Fender Bassman que tava escondidinho...4x10'...liguei no volume 2 e PQP!!! A guitarra soou como nunca...então, assim...depende de vários fatores...como base pra se ter uma idéia do que é algo que vc "nunca viu mais gordo", acho que é muito bom!!! Pra confiar cegamente no que está escrito é esquisito!!!

MMI
Veterano
# jun/10
· votar


Zero Zen

um review de revista especializada sempre é de isenção duvidosa. Mas a opinião pessoal também

Veja, são opiniões... Um review, numa tradução livre, nada mais é que uma opinião. Idealmente o cara precisa ter passado um bom tempo com o equipo para se familiarizar, regular e se acertar com ele, mas nem sempre isso acontece. E opinião é como bunda, cada um tem a sua. Mas vale a pena saber de outras opiniões, mas com ressalvas. Hoje mesmo aqui no fórum apareceu um "review" de uma Gibson SG de um cara que foi numa loja, plugou em um ampli qualquer e abriu um tópico de review. Validade disso? Discutível...
Mas como dizem, "se você acha que todos a sua volta são loucos e só você mantém a sanidade, o louco deve ser você". Isso vale para opiniões... (momento das "parábolas" - off)
Abç

Zero Zen
Veterano
# jun/10 · Editado por: Zero Zen
· votar


MMI

Veja, são opiniões... Um review, numa tradução livre, nada mais é que uma opinião.

É bem verdade... Porém, uma opinião pessoal é diferente de uma opinião profissional (remunerada).

Uma delas pode ter elementos que lhe tragam credibilidade (experiência com gear) ou que as ponham em dúvida (interesses de anunciantes e sobrevivência do veículo no mercado).

O músico amador também: Interesse genuíno na música sem afetações comerciais, porém eivado de menor contato com equipamentos de mesmo estilo.

Volto ao que disse. Nada substitui o contato do próprio interessado, assim como todas as informações que ele puder obter.

Confie, principalmente nos seus ouvidos. (E procure educá-los o melhor possível) hehehe

T+.

Dr Jivago
Veterano
# jun/10
· votar


Algumas coisas importantes a se analisar:

Data do Review - afeta muito no caso de pedaleiras digitais, no caso da ZOOM 505 tem um monte de review feita em 2000, 2001 quando a tecnologia não estava no mesmo patamar de hoje.

Quantidade de reviews - qualquer pesquisa feita com amostras pequenas não tem valor nenhum, quem estudou estatistica sabe do que estou falando.

El Che
Veterano
# jun/10
· votar


Unico Review que confio é no meu chegando na Loja e testando...

Fora isso, sempre fico com um pé atras

L.K.R
Veterano
# jun/10 · Editado por: L.K.R
· votar


Entendo bastante de ingles(8 anos de curso) mas...Posso ter entendido mal esse review.. vo pedir que me corrijam

made in korea,22? frets,body and set in neck are solid mahogany/w/
rosewood fretboard,normal 4-knob les p. controls,2 p-90 pick ups
classic 58-60 double cutaway-just like my 1960 jr.

A Epiphone Les Paul especial em mahogany?!?!

janick
Veterano
# jun/10
· votar


L.K.R
Foi o que o infeliz quis dizer mesmo... pra você ver né? O nível, gringo falando que Epi LP Special é feita em mógno sólido.

Felipe90
Veterano
# jun/10
· votar


Americano é tão burro que eles têm como comparar muito bem os instrumentos pois nas Guitarcenter da vida tem o instrumento que eles quiserem, só não testa quem não quer...

Bom, pelo menos por foto é o que parece... sempre vejo uma parede de guitarras variadas além do que quem já foi lá diz que os vendedores se bobiar deixa até voce levar a guitarra pra casa pra testar de tão liberal que é... aqui no Brasil é até perdoável pois não temos o mesmo padrão.

MauricioBahia
Moderador
# jun/10
· votar


Tem muita palhaçada também...

makumbator
Veterano
# jun/10
· votar


MauricioBahia

Hhsahashash!!!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Fato interessante sobre a credibilidade dos sites de Review!