Vintage x Novo --- desabafo

Autor Mensagem
Echo Delta
Veterano
# out/07
· votar


Mauricio Luiz Bertola
estamos no mundo do supercapitalismo...
O problema é que esse sistema destruiu o nosso planeta...

Em parte... A União Soviética comunista foi responsável por inúmeros desatres ecológicos e atentados ao meio ambiente. E a China comunista é, hoje, o maior poluidor do mundo, com o capitalismo de estado. Se confrontarmos os dados de produção de riqueza x poluição e degradação do meio ambiente, vamos perceber q as nações capitalistas produzem mais riqueza com, proporcionalmente, menos danos ao meio ambiente.

old steel
É vero.E tudo quanto é merda que voce compra hoje em dia é descartável,de automóvel a cd.Haja grana
Sem generalizações. Os carros, como vc citou, são hoje MUITO MELHORES do q eram nas últimas décadas. Menos poluentes, mais econômicos e duráveis.

zacaoamargo
Acho que tem muito de hipocrisia e viagem por esses meios.
É claro q tem, inclusive dos consumidores q pagam fortunas pelo equipo x pq o guitarrista y diz q usa. A indústria produz o q será vendido.

Henrique S.
Veterano
# out/07
· votar


bandas inglesas anos 2000 pra frente, um saco. Vide Strokes, Artic monkeys, wolfmother, franz ferdinand etc... Não sei o que usam, se for algo bom, não regulam bem, ou pelo menos não regulam como eu gosto.

ahh o britpop, haha a unica que eu curto é o Oasis, tem aquele som simples, crú com direito a quebra-pau huahuaauaua
bem som de Semi-acustica e LP espetada num valvulado no talo....


zacaoamargo



Exato, cara. As coisas tendem a melhorar e não a piorar.
Não consigo aceitar que um Ibanez TS808 original tenha qualidade tão superior a um Voodoo Lab Sparkle Drive, um Homebrew Power Screamer, um Barber Direct Drive, etc, todos baseados no JRC4558, entende?


não é qualidade, é o timbre, provavelmente pq os niveis de concentraçao dos compostos quimicos do microcondutor (germanio, silicio etc) eram ligeiramente diferentes, e com o avanço das fabricas essa concentraçao tenha ficado mais apurada e precisa... é aquilo que eu disse, as vezes o defeito de fabricaçao é que dá o timbre vintage hahahahhaha

Afinal, Leo Fender começou suas guitas em Alder pq é uma madeira comum e barata por la; logo o uso de uma madeira comum e captadores enrolados a mao, que davam bastante ruido originou um dos timbres mais consagrados da historia...

zacaoamargo
Veterano
# out/07 · Editado por: zacaoamargo
· votar


up

zacaoamargo
Veterano
# out/07 · Editado por: zacaoamargo
· votar


Henrique S.

ahh o britpop, haha a unica que eu curto é o Oasis

Cara, gosto muito do Oasis... é simples, mas é um som bom. Mas às vezes paro e penso: "que coisa barulhenta esses caras fazem!"
Vc não acha?
"All Around The World", por exemplo, é uma música massa, mas chega um ponto que, de tanto barulho, a vontade que tenho é de chutar o aparelho de som, pois é muito longa...hauhauahuahauhauha

blima
Veterano
# out/07 · Editado por: blima
· votar


acho uma besteira achar que vintage é melhor... equipamento vintage tem toda uma "mistica"em torno deles mas nem sempre é melhor que equipo moderno.
Mas na verdade, depende do que voce quer do equipo e que equipo que vc ta comparando....

é claro que voce não pode comparar um equipo vintage com um equipo Made in China pra consumo de massa...

mas se voce comparar os vintages com os equipos TOPs de hoje, tipo Anderson, PRS Gibson e Fender USA e Custom Shop, Fulltone, Carl Martin, TC Electronics, Soldano VHT, Matchless etc os equipos novos são tão bons quantos os antgos se não forem melhor.

Pegando minha PRS como exemplo, eu nunca vi uma guitarra vintage com a qualidade de construção dela, estabilidade de afinação etc...

outro dia fiz uma jam com um cara que tem um strat 65 e ele tinha que parar pra afinar a cada 10 minutos, puta chiadeira nos pickups, etc.. eu tirei a minha PRS do case, chequei a afinação (já tava afinadinha de uns 5 dias antes haha) e toquei numa boa com ela sem parar.
Claro que a guitarra do cara tem um puta timbre, mas a minha também tem e com menos dor de cabeça....

Agora se voce for comparar a guitar dele com uma Squier não rola né....

pierrex
Veterano
# out/07
· votar


minha banda preferida é britpop, o teenage fanclub. pra mim guitarras têm que ser daquele jeito ali. mas acho que eles timbram bem vintage, já os vi ao vivo em curitiba e é overdrive pra todo lado, e muito bem timbrado.

pierrex
Veterano
# out/07
· votar


:( e eu tenho uma squier rsrsr... ainda vou ter uma guitarra de mais responsa. pode ser vintage, mas não dá pra ficar afinando a cada dez minutos. a strat 65 deve tá com as tarraxas ruins ou alguma coisa estragada nas ferragens. já a madeira deve estar no ponto.

kiki
Moderador
# out/07
· votar


Echo Delta
vamos perceber q as nações capitalistas produzem mais riqueza com, proporcionalmente, menos danos ao meio ambiente.
mas de que adianta "produzir" riqueza se essa riqueza fica no bolso dos grandes empresários; no maximo dentro da nação que o produz? é um individualismo tacanho, uma competição pra ver quem acumula mais dinheiro, enquanto o planeta vai pro beleleu.

Os carros, como vc citou, são hoje MUITO MELHORES do q eram nas últimas décadas. Menos poluentes, mais econômicos e duráveis.
mas há uns 20~30 anos atras, só tinha carro quem tinha grana.
atualmente, qualquer um tem um carro, nem que seja um muito usado. os classe media tem logo tres ou quatro, pra familia inteira.
no balanço final, polui mais sim. mais fumaça, e mais lixo. por que carro é descartavel, deu dois anos tem que trocar, pra não morrer com ele na mão.

jimmy vandrake
Veterano
# out/07
· votar


Um sinal da evolução é a confecção de guitarras, veja a qualidade das Gianninis antigas e dos modelos atuais. }Qualquer guitarra hoje possue braço impecável e excelente acabamento. Antigamente mal conseguiam captar o som, hoje sobra som dos captadores. Claro que as deficiências ficam por conta dos materiais que encarecem e muito, e logicamente não tem como se produzir um instrumento com a qualidade das Gibson's e Fender's sem ter mais de 50m anos fazendo isto.

Echo Delta
Veterano
# out/07
· votar


kiki
mas de que adianta "produzir" riqueza se essa riqueza fica no bolso dos grandes empresários; no maximo dentro da nação que o produz? é um individualismo tacanho, uma competição pra ver quem acumula mais dinheiro, enquanto o planeta vai pro beleleu.
Um desabafo e tanto. Ok... Mas está apontando a metralhadora para o lado errado. A riqueza produzida com trabalho sério e honesto deve ficar com quem a produz: um artesão, um empresário ou uma nação. E individualismo não significa, exclusivamente, egoísmo ou egocentrismo.

mas há uns 20~30 anos atras, só tinha carro quem tinha grana.
atualmente, qualquer um tem um carro, nem que seja um muito usado. os classe media tem logo tres ou quatro, pra familia inteira.
no balanço final, polui mais sim. mais fumaça, e mais lixo. por que carro é descartavel, deu dois anos tem que trocar, pra não morrer com ele na mão.

Desculpe, mas quanto exagêro e contradição! Parece q a reação mais fácil é eleger alguns bodes expiatórios bem óbvios, alguns alvos bem específicos (os carros, os fumantes, o Bush, etc) e deitar lenha fácil. Assim, dá para aplacar a "inconsciente dor de consciência" de quem sabe q nada faz contra os verdadeiros inimigos.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# out/07
· votar


Echo Delta
E quem disse que esses países não seguem (ou seguiram) a mesma política destrutiva de seus congêneres ocidentais. O que há (ou havia) lá é capitalismo de Estado conjugado à ditadura.
zacaoamargo
Cara, se vc transportar os conceitos gerais para os aspectos específicos da Realidade (que é o que vc quer), verá que o que eu disse responde à sua pergunta, mas não em caráter específico, mas no geral.
Todos esses equipos que vc citou eram muito bem construídos (o pedal Boss talvez não), mas pertenciam à uma logica de mercado que não existe mais.
Talvez vc nunca tenha tido nas mãos uma Fender ou Gibson ou um amp dos anos 50, 60 ou 70, eu já; e posso te garantir que a qualidade (não o acabamento), a solidez, era impressionante.
Quem tem uma aparelhagem de som antiga (como eu), um carro antigo bem conservado (eu tive um Fusca 69 que me foi roubado), mora num apartamento construído nos anos 50/60 ou tem uma Fender 1962, não vende. Não é à toa que as fábricas de guitarras tem uma linha Custom Shop e de reedições que tenta reeditar (no quesito qualidade) esses clássicos.
Abç

Raizen
Veterano
# out/07
· votar


Diria que existe interesse das firmas. Algo para suportar esta hipótese é sair pedais e instrumentos reissue.
Se o pessoal tem em mente que a fender 57 era muito boa...Hoje em dia compram uma Vintage 57...Se o delay da Roland é lendáio..compram o boss roland delay reissue e assim por diante.
Pedais melhores tenho certeza que eles JÁ EXISTEM. Porém sempre que você diz que comprou um pedal muito bom, como um de boutique ou sei lá o que....chega um engraçadinho e fala "bom..mas nada que se iguale ao saudoso equipamento construido em 83, o qual foi pioneiro e acompanhou todas as bandas etc etc"

pierrex
Veterano
# out/07 · Editado por: pierrex
· votar


hehe eu tenho um opala 1990 e não troco por nenhum moderno de 50 mil pra baixo. e paguei só dez. quanto a durabilidade, podem acreditar que é beeem maior que a dos atuais carros de plástico. quero uma guita do mesmo nível do meu carro.

kiki
Moderador
# out/07
· votar


Echo Delta
eu, sei, a gente ta estendendo o tema do topico... talvez ele tenha mais a ver com aquele que falava da destruição das matas e dos luthieres ilegais (na verdade eu ja to misturando as duas criticas).

Mas está apontando a metralhadora para o lado errado. A riqueza produzida com trabalho sério e honesto deve ficar com quem a produz:
não estou falando do pequeno artesão, mas das grandes industrias. quando os eua montam todas milhoes de fabricas na chia e arredores, ele não esta exatamente gerando riqueza pra esses paises.
na verdade estas grandes empresas não estão dando a minima pro pais onde se instalam. o que vale é mão de obra barata e transporte. sai mais barato fazer uma guitarra na china e levar pros eua do que fazer la. estranho não?

Desculpe, mas quanto exagêro e contradição!
não precisa se desculpar, aqui há espaço para qualquer opinião.
só não entendi onde está a contradição.

Parece q a reação mais fácil é eleger alguns bodes expiatórios bem óbvios, alguns alvos bem específicos (os carros, os fumantes, o Bush, etc) e deitar lenha fácil. Assim, dá para aplacar a "inconsciente dor de consciência" de quem sabe q nada faz contra os verdadeiros inimigos.
não digo que a culpa seja dos carros. só digo que eles poluem sim. muito. eles são muito melhores, como voce dise, mas são os grandes poluentes das cidades.
é só mais um sintoma do consumo desenfreado. por que cada membro da familia tem que ter seu automovel?

_Felipe_Rock_n_Roll_
Veterano
# out/07
· votar


O estranho é que nenhuma marca lança atualmente modelos novos de guitarra,sempre fica naquela de Les Paul - Stratocaster.O pessoal hoje em dia não cria guitarras novas,novos desenhos,novos timbres,e os que são um pouco diferentes tiveram como base os antigos timbres (eu acho).Então,indiretamente ou diretamente as guitarras de hoje apenas são tentativas de imitar o antigo,sem inovare nada.

Echo Delta
Veterano
# out/07
· votar


Mauricio Luiz Bertola

Concordo.

Raizen
Pedais melhores tenho certeza que eles JÁ EXISTEM. Porém sempre que você diz que comprou um pedal muito bom, como um de boutique ou sei lá o que....chega um engraçadinho e fala "bom..mas nada que se iguale ao saudoso equipamento construido em 83, o qual foi pioneiro e acompanhou todas as bandas etc etc"

Vc está certo, existem pedais melhores mas, principalmente, DIFERENTES. Se o "engraçadinho" diz isso pq REALMENTE valoriza toda a história q está por trás de um pedal, ponto prá ele.

kiki

Vc tb tem razão. Apenas discordo de um ponto. Acho q não é só o artesão q tem direito à riqueza produzida com trabalho sério e honesto. Também o empresário, um grupo de amigos empreendedores, uma nação, etc.

não precisa se desculpar, aqui há espaço para qualquer opinião.
só não entendi onde está a contradição.
Preciso me desculpar. O exagêro foi meu. A contradição é irrelevante. Sorry.

não digo que a culpa seja dos carros. só digo que eles poluem sim. muito. eles são muito melhores, como voce dise, mas são os grandes poluentes das cidades.
é só mais um sintoma do consumo desenfreado. por que cada membro da familia tem que ter seu automovel?


Assino embaixo.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# out/07
· votar


_Felipe_Rock_n_Roll_
Na verdade, dadas as condições de uso e características do instrumento, não há muito o que inovar (como se inovação fosse uma necessidade absoluta, não é). Veja o caso dos instrumentos de cordas das orquestras, são os mesmos a mais de um século.
Abç

makumbator
Veterano
# out/07
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Veja o caso dos instrumentos de cordas das orquestras, são os mesmos a mais de um século

Nem tanto. Há nesse caso inovação nos acessórios. Por exemplo: cordas com alma de perlon(e outros materias), espaleiras e queixeiras infláveis, experiências com arcos de carbono, extensores de corda mi para contrabaixo, almas dos instrumentos com materiais diferentes do habitual.
Mas é claro que na estrutura, pode-se dizer que a coisa está assentada. Apesar que a espaleira e a queixeira são recentes na famíla do violino(menos de 1 século), mas já bastante disseminadas.

Sambajazz
Veterano
# nov/09
· votar


o problema e que as grandes empresas de pedais e instrumentos hj tem mais interesse em sacrificar parte da qualidade dos componentes
dos seus produtos para poderem produzir mais unidades de custo mais barato e ter mais lucro do que buscar produzir produtos com componentes melhores e mais caros sendo q apenas a parte q entende da clientela dara valor

dai o porq dos mods
pesquise o mod tube screamer da "analog man" ou da "kelley eletronics" essa galera pega os pedais famosos das "grandes" marcas e colocom componentes de qualidade fazendo o que deveria ser feito em primeiro lugar

serio a maioria dos pedas da boss usam buffer hj em dia rsss
preocupaçao zero com a qualidade

jonas.hetfield
Veterano
# nov/09
· votar


Nem sempre o melhor é o que se emprega mais tecnologia.
Ou seria melhor que grandes artistas como Da vinci se dariam melhor usando photoshop ao invés de pincel e tinta?

anaksun
Veterano
# nov/09
· votar


Creio que tenho que discordar...
o processo de produção na epoca era quase artesanal....
vei se tinha que soldar plaquinha por plaquinha....
as pontes das guitarras Fenders eram feitas em torno
hoje uma maquina solda os componentes da placa todinho..
e quando falamos em timbres... as pessoas so querem aquele sonzinho para alguma coisa, não vai usar direto..
não compensa para a industria produzir um produto que apenas nostalgicos vão gostar, ou aquele cara acima de 50 anos viu aquilo...
e outra quase ninguem viu esses hardwares funcionando. ]

entenda funcionar...
para que um pedal da decada de 80 funcione exatamente igual aquela epoca voçe vai precisar


amplificador valvulado ou uma versão vintage ( os da Marshal são fenomenais)

um falante vintage( de preferencia Celestion vintage)

uma Fender ou Gibson vintage ( pode ser uma Gretchen ou Rickenbacker comprado usado e com mais de 15 anos)
ou seja se voçe tem dinheiro para comprar aquilo que deseja voçe consegue, agora se voçe quer com todas as tecnologias atuais,processo de fabricação em massa, que seja fabricado nos EUA ou na Russia.... meu page por isso, por que eu não tenho dinheiro..
e se voçe quizer saber sobre processos de fabricação da epoca da uma olhada nesse site

http://www.tubeamps.com.br/lendas.htm

vinnie
Veterano
# nov/09
· votar


cara ve se vcs n concortam comigo:

Tem gent q vai la da tombo nas stratos e coloca no ML pra vender e do lado escrito RELIC e com o preço mais caro q a nova...
qual eh o nexo de comprar isso?? se vc ker um lixo desses vai la, compra uma nova e atira no chão, pelo menos sai mais barato...
Vi isso numa epiphone flying v "relic" q tinha no ml esses tempos, e olha q tinha muita gent querendo trocar ou comprar...

Sambajazz
Veterano
# nov/09
· votar


nego acha q relic e so pegar uma guita e envelhecer e nao é!
as relic de verdade sao guitarras de 60 ou 70 q tem marcas de uso naturais porq as guitas tem mais de 25 anos de uso e os componentes daquela epoca eram "melhores" pelomenos pra quem gosta de um som vintage
se valoriza as relic por serem raridades hj em dia guitarras de mais de 25 anos atras e nao porq o finish da guitarra e todo fudido
isso foi uma jogada de marketing da fender por exemplo criando a linha "Road worn" q sao guitas novas porem envelhicidas esteticamente.
o inteligente e comprar pelo som e nao pelo visual!

Will Bejar
Veterano
# nov/09
· votar


Acho que foi longe...hoje em dia, não vale a pena comprar uma guitarra com os mesmos padrões das vintages pq todo mundo quer...com certeza há a possibilidade de fazer coisas melhores dos as antigas, mas o que "liga" é ter aquele timbre específico, e não o X que surgiu do timbre A.

O negócio é tocar e testar...quando achar algo que gosta, compra!!!

Bog
Veterano
# nov/09
· votar


Já que tem gente falando, vou colocar um link para o meu tópico:

http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/220468/

Na entrevista, o Les Paul comenta sobre guitarras "relic" e instrumentos vintage! :)

Will Bejar
Veterano
# nov/09
· votar


Podes crer...vou deixar pra ler amanhã, mas os highlights não tem nem o que dizer!!!

O negócio é tocar e pronto...se vc virar um guitar-hero com uma Tonante, a molecada vai atrás, pq além de barato é vintage!!!hhahahaha

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Vintage x Novo --- desabafo