PowerChord, como criar.

    Autor Mensagem
    SiaD
    Veterano
    # jul/07


    cara eu usei a busca e só tem um monte de discussão entre entendidos, e nem um chegou perto de ensinar como eu faço aquele si, ou o Fa#, falaramque tema ver com III e V, mais como isso funcionada. como sei que vou pegar o Si e III e não em V.

    Em fim, não queria que só me apontasem os PC, mais eu pude ver a nota e já improvisar um PC dela.

    Abraços.

    *Qualquer erro de teoria não é mero acaso XD

    makumbator
    Veterano
    # jul/07 · Editado por: makumbator
    · votar


    SiaD
    não entendi quase nada do que vc escreveu...que fá# e si vc quer fazer????Tem certeza que vc não sofre de dislexia? hehehe..brincadeira hein!!

    Power chord é feito com os graus I e V(em dó: dó e sol)
    e vc pode duplicar as notas(ém dó: dó, sol, dó, ou dó, sol , sol ou dó sol, dó sol, etc...)
    pode-se inverter também, fazendo o V grau no baixo e duplicando notas também(em dó: sol, do, sol)

    Era isso que vc queria saber?

    Fox_scc
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    O power cord é formado por Tom, V e opcionalmente o Tom novamente a uma oitava mais alta.

    SiaD
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Tipo pra formar então eu preciso ter um bom conhecimento do braço da guitarra, saber achar as terças, quintas e oitavas, e aew é só de acordo com o que quero, repetindo ela junto com uma maior. *e isso quer dizer que não pode fazer um do em oitava,só em I, II e V?*

    Vlw a ajuda moçada. só masi uma coisa, podese fazer Um Dó em várias partes do braço certo? mas aew o que muda, só se é mais grave ou agudo?

    Abraço.

    Ch4p0L1N
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    SiaD
    é tipo assim:


    e--------
    B-------
    G-------
    D---3---
    A---3---
    E---1---


    isso é o power chord de F, pq seu dedo indicador ta na 1ª casa do mizão, q é F...

    tbm pode ser feito assim:


    e--------
    B-------
    G-------
    D-------
    A---3---
    E---1---


    entendeu +/-? o indicador é o q manda...

    makumbator
    Veterano
    # jul/07 · Editado por: makumbator
    · votar


    SiaD

    Vc pode fazer em qualquer região(a diferença vai ser o efeito causado por cada oitava e timbre diferentes), vc também pode dobrar qualquer nota do power chord.
    Fica muito legal(e bem pesado também) inverter o baixo, ou seja, fazer a quinta como nota mais grave e também duplicar a quinta no agudo, por exemplo, em dó:

    e--------
    B--------
    G--------
    D---5----
    A---3----
    E---3----

    vc pode seguindo o mesmo exemplo, duplicar a tônica também:

    e--------
    B--------
    G---5----
    D---5----
    A---3----
    E---3----

    Vc citou a terça, mas nesse caso, se vc incluir a terça não seria mais um power chord e sim um acorde maior ou menor normal. O power chord é "ambíguo", pois como ele não define sozinho se é maior ou menor(justamente pela falta da terça), pode-se usá-lo em ambas as situações(maior e menor) sem mudar nada no power chord.

    guilhermerizzo
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Só para enfatizar:

    Power Chord é sem a terça! O makumbator já disse!

    Isso é o que dá a este tipo de acorde a sua característica principal. É quase como se fosse a tônica tocada sozinha, reforçada pela quinta, que não gera nenhuma definição quanto ao tipo do acorde ( maior ou menor ). Na prática isso ficaria definido pelo contexto (harmonia) da música.

    As variações mais comuns dos Power Chords são portanto a inclusão de mais uma oitava ou a inversão com a quinta mais grave e a tônica mais aguda, como no clássico "smoke on the water".

    Marcel MSL
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Você também pode conseguir outras sonoridades utilizando as inversões.

    SiaD
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Vlw, era isso que queria mesmo, me ajudaram pacas ^^

    Vlw moçada.

    kiki
    Moderador
    # jul/07
    · votar


    guilhermerizzo
    Isso é o que dá a este tipo de acorde a sua característica principal.
    que na verdade mal é um acorde, por que só tem duas notas. é um intervalo.

    acorde, até onde eu sei, é uma combinação de tres ou mais notas.

    eu conheci como intervalo de quinta, ates de ouvir o nome power chord, e antes de aprender o que é um intervalo.

    Penta_Blues
    Moderador
    # jul/07
    · votar


    Boa noite!!!

    Ch4p0L1N
    entendeu +/-? o indicador é o q manda...
    Não é bem assim, meu camarada. Como disse o guilhermerizzo existem variações e inversões...

    makumbator
    guilhermerizzo
    Só para enfatizar:
    Power Chord é sem a terça! O makumbator já disse!

    Não exatamente...
    Vou postar um texto que já tive oportunidade de postar num tópico em que a dúvida era a de quantos dedos usar num Power Chord, mas que também serve pra explicar a formação de Power Chords:
    Power Chords
    Os Power Chords são os acordes mais utilizados e difundidos no Rock de maneira geral, principalmente entre guitarristas iniciantes e gêneros que não se preocupam com Harmonias elaboradas ou rebuscadas. Sua facilidade de compreensão e execução está no fato de que, entendidos os principios de sua formação, é possível transportá-los por toda a extensão da escala da guitarra.
    O Power Chord mais utilizado é aquele formado por Tônica e Quinta Justa, e sua popularidade se deve a dois fatores:
    a) Funciona exatamente da mesma maneira em qualquer casa, desde que a Tônica permaneça entre as três últimas cordas (4ª, 5ª e 6ª).
    b) Não inclui na sua formação a Terça, deixando assim de ter a característica Maior ou Menor do acorde.
    A base para a formação do Power Chord tradicional são os Intervalos Consonantes, ou seja, Tônica e Quinta (com um intervalo de Quinta Justa) para os Bicordes, e Tônica, Quinta e Oitava (repetindo o intervalo de Quinta Justa do modelo anterior e acrescentando o de Quarta Justa entre a Quinta e a Oitava) para as Tríades.
    Como estes acordes normalmente não possuem Terça, eles adquirem um caráter de suspensão e perdem, em princípio, sua função harmônica, não significando no entanto que seu uso pode ser indiscriminado, pois sua Tônica permite atribuir uma certa regra ao seu emprego.
    De maneira geral, basta saber posicionar a Tônica no lugar certo para não se complicar com os Power Chords. Mas, como tudo possui seus "segredinhos", nos Power Chords estes residem em conhecer suas variações e em aplicar os conhecimentos relativos a acordes e Graus de um Campo Harmônico.
    De posse destes conhecimentos, podemos então montar os seguintes Power Chords e suas variações:
    1 - Power Chord Tradicional: Tônica e Quinta Justa
    Como visto anteriormente, devido ao uso de apenas duas notas na sua formação e de utilizar cordas subsequentes em seu "shape", este Power Chord pode ser usado nas três últimas cordas.
    2 - Power Chord adicionando outra Tônica: Tônica, Quinta Justa e Oitava
    Dá ao Power Chord uma característica mais "brilhante", mas deve-se tomar cuidado com seu "shape" que é diferente ao se usar as 5ª e 6ª cordas daquele na 4ª, por conta da variação de intervalos para as demais cordas.
    3 - Power Chord adicionando outra Quinta: Quinta Justa, Tônica, Quinta Justa e Oitava
    Este Power Chord tem um som mais "cheio" e grave devido à Quinta acima da Tônica.
    4 - Power Chord adicionando uma nona: Tônica, Quinta Justa e Nona
    Normalmente empregado no gênero Progressivo
    5 - Power Chord Invertido: Quinta e Tônica
    Ainda trabalhando com os I e IV Graus, fazemos neste modelo uma inversão, ou seja, a nota mais aguda é a Tônica do Power Chord.
    6 - Power Chord para substituir Acordes Maiores: Tônica, Quinta Justa, Oitava e Décima.
    Mas Décima não é uma Terça e Power Chord não possui terças?!...
    Correto, os tradicionais não. E por isso mesmo este modelo de Power Chord se amarra à única função de substituir os acordes Maiores, principalmente quando um tema tocado todo em Power Chord requer transições de arpejos rápidos. Outra característica desse Power Chord é que ele só funciona em tônicas localizadas na 6ª corda.
    7 - Power Chord Menor: Tônica e Terça Menor
    O desenho lembra um Power Chord invertido e serve para harmonizar-se quando estamos utilizando Escalas Menores da Tônica ou sua Relativa Maior, sendo muito útil numa transição ou para quebrar a monotonia de uma sequência de Power Chords tradicionais.
    8 - Power Chord Maior: Tônica e Terça Maior
    Este Power Chord, muito usado por bandas de Rock mais "pesado", tem o mesmo princípio de emprego do Power Chord anterior, com a diferença deste ser harmonizado nas Escalas Maiores da Tônica ou na sua Relativa Menor.
    Todas estas variações permitem que, aplicando os conhecimentos sobre formação de acordes e Intervalos, se altere o andamento harmônico da composição apenas alterando o padrão de Power Chord utilizado.
    Acho que deu pra ter uma noção de que não se trata apenas de ficar mais confortável tocar Power Chord com dois ou três dedos, mas sim de que sensação pretendemos passar em nossa composição aos recorrermos aos Power Chords.

    SiaD
    Cara, se vc buscou mesmo, acho que já leu este texto...

    Em fim, não queria que só me apontasem os PC, mais eu pude ver a nota e já improvisar um PC dela.
    Não existem improviso com Power Chord, pois ele entra num contexto harmônico e não melódico...
    Que nota vc disse que quer ver pra começar a usar Power Chords? Seria o tom da música? Se for, este não se define apenas por uma nota.
    Quanto à formação dos mesmo, não acho interessante vc decorar como se fossem cifras. É melhor se dedicar um pouco mais e entender os intervalos das Escalas, pois servirão não apenas para os Power Chords mas tb para tudo o que se refere à Harmonia.

    Valeu!!!

    Ch4p0L1N
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Penta_Blues
    Não é bem assim, meu camarada. Como disse o guilhermerizzo existem variações e inversões...
    ah ta, eh q nao manjo de teoria, falei o q eu sabia

    Tamuriano
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Tópico bom este, esclarecedor...

    makumbator
    Veterano
    # jul/07
    · votar


    Penta_Blues

    Tudo bem, mas então quase tudo é power chord...o que vc chama de power chord maior eu chamo simplesmente de intervalo de terça maior(vale o mesmo para outros intervalos). Como vc mesmo escreveu, o power chord Tradicional é formado apenas pelos graus I e V(podendo-se inverter e duplicar notas), senão fica muita firula para algo simples.
    Assim como o kiki aprendi os intervalos antes, e até o termo power chord pode ser substituído tranquilamente pelo termo intervalo de quinta justa(pois no fundo, não passa disso).
    Minha opinião...até porque, tudo que vc escreveu é correto e coerente, só acho firula demais...mas tudo bem!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a PowerChord, como criar.