Uso de fone sem fio como monitor no palco (ear fone) ?!?!?!

    Autor Mensagem
    Flavio Moska
    Veterano
    # fev/05


    Daê pessoal, queria saber quem daqui usa os sistemas de "ear fone" como monitor de palco. Na verdade estou pensando em uma possível substituição do amp. pelo uso de algo como: powerclick, ou powerplay+fone, ou sistema completo de ear fone (transmissor/receptor/fones sem fio), ou sei lá...

    Com o uso de um amp. no palco, tenho a regulagem que para mim é ideal, porém, apenas no palco. E com o uso de direct-box, por exemplo, nem sempre os técnicos (responsáveis pelos P.As.) conseguem deixar exatamente o que quero. Pensando nisso e tb na possibilidade de não precisar usar o amp. de palco, por que não usar apenas um bom monitor p/ mim, no caso algum destes que mencionei, com ou sem fio.

    Um sistema completo de ear fone da AKG ou mesmo da SHURE (transmissor UHF, receptor e excelentes fones de ouvido sem fio) está na faixa entre R$1700 até R$6900 aqui em Curitiba.

    Não pesquisei outras marcas, então quem puder ajudar aí, agradeço.
    Abraço

    marcioazzarini
    Veterano
    # fev/05
    · votar


    Flavio Moska

    Acho q o Isaias aqui do fórum poderá te ajudar. Ele usa um Powerclick.

    Gilberto Ribeiro
    Veterano
    # fev/05
    · votar


    Flávio Moska disse:
    "...quem daqui usa os sistemas de "ear fone" ... estou pensando em uma possível substituição do amp. pelo uso de algo como: powerclick, ou powerplay+fone, ou sistema completo de ear fone (transmissor/receptor/fones sem fio), ou sei lá..."


    Olá, Flávio.
    Se voce não se movimenta no palco, dá pra tocar com o powerclick; se voce tem performance, tipo músico que corre, anda e pula muito, pode esquecer que vc vai acabar tendo problemas com os fios pendurados, fora a questão estética.

    Eu uso um sistema com fio. Um fone Shure EC2, um HA4000 (Powerplay Behringer) e um limiter Mdx 4600 Pro (Compressor Behringer). Mesmo assim, não abro mão de ter meu setup convencional. Mesmo que fique desligado, mando o sinal pra ele via DI .

    Flávio disse:
    "...Com o uso de um amp. no palco, tenho a regulagem que para mim é ideal, porém, apenas no palco. E com o uso de direct-box, por exemplo, nem sempre os técnicos (responsáveis pelos P.As.) conseguem deixar exatamente o que quero. Pensando nisso e tb na possibilidade de não precisar usar o amp. de palco, por que não usar apenas um bom monitor p/ mim, no caso algum destes que mencionei, com ou sem fio..."



    Flávio, teu receio procede, mas a solução sugerida não. Com in ear ou não, teu baixo vai parar num spliter e mandando seu sinal pro tec. do PA do mesmo jeito. Mesmo sem vc ter seu amp no palco e um DI. Voce precisa tratar as coisas separadamente.

    1o. Teu som no palco é um pra voce e outro para cada músico que pede teu som nas respectivas vias. Tanto na equalização quanto no equilíbrio de sinal pois a necessidade de cada músico depende do que ele quer ouvir, da disposição no palco e do equipamento de monitor oferecido pela empresa de sonorização. E finalmente, depende da mão e experiência do técnico.

    2o. Teu som de PA. depende se teu som é tirado em linha, amplificado (microfonado), processado, ou uma combinação destas coisas; depende do estilo musical da banda e de tua pegada. Se vc quer um bom som de PA, o ideal é ter paciência e um técnico que entenda tua necessidade e que saiba o que voce quer no PA.

    Agora: Tenha em mente que o som do baixo no palco/PA tem além do volume, um deslocamento de ar muito violento, sentido fisicamente. O ear pode ser o ponto de partida pra problemas sérios se vc não souber administrar o sinal dele nos ouvidos. Por isso é que não abro mão de meu setup no palco.
    As vezes o som de palco é ruim, as caixas não falam, o side é uma bomba (as vezes nem side tem). A tendência, se voce não sentir a vibração dos teus graves e os da bateria, é querer mais volume dentro do ouvido. Já foi comprovado em testes que ao usar fones (comuns) a gente aumenta cerca de 10% o nível de sinal que usaríamos sem o fone. Agora imagine isto dentro do canal auditivo, totalmente isolado. Voce em pouco tempo pode ter lesão permanente. Então, meu conselho é que vc pesquise, pergunte, tente usar sem comprar primeiro, tenha sua própria impressão. Sinta o sistema. E lembre-se de que voce vive no Brasil: não abra mão de um sistema convencional, mesmo usando os in ears. Quando eu sinto que o som não tá legal, a primeira coisa que faço é mandar os fones ou o técnico as favas e ligo meu ampl. Em último caso, tiro os ears do ouvido.

    Flávio disse:
    "...Um sistema completo de ear fone da AKG ou mesmo da SHURE (transmissor UHF, receptor e excelentes fones de ouvido sem fio) está na faixa entre R$1700 até R$6900 aqui em Curitiba..."

    CUIDADO, Flávio. Observe não apenas as MARCAS, mas também os MODELOS delas. Nenhum lojista vende um sistema com variação tão grande de preços em um mesmo modelo/marca.
    A AKG, por exemplo, tem um sistema muito prático e barato. O que eles não explicam - nem os vendedores - é que ele não é multifrequencial. Existe um modelo barato no mercado cuja operação só pode ser feita com um número limitado de sistemas por causa de interferência. Não é "barato" por acaso. Outros são multifrequênciais e auto-gerenciáveis, alternando as bandas de frequência sempre que necessário. Não são "caros" por acaso.
    Sugiro voce esperar um pouco e pesquisar mais.

    Flavio Moska
    Veterano
    # fev/05 · Editado por: Flavio Moska
    · votar


    Gilberto Ribeiro
    Cara, valeu mesmo pelas explicações!
    É, estou ciente de que nem sempre vou poder usar os in ear, devido aos problemas citados (principalmente sobre estrutura ruim dos ambientes, bem frequente dependendo do local).

    Eu toco em 3 grupos bem distintos (hardcore, poprock e world music), na verdade quero fazer o uso deste sistema de monitor com a banda poprock, pois com as outras duas, a coisa é bem diferente:
    World Music: a variedade de instrumentos, bem como a regulagem certa e um bom retorno, faz com que o uso deste recurso (in ear) se torne inviável, pois prefiro ouvir todos no próprio ambiente. Sempre toco ao lado da viola caipira, e quando o som de todos é amplificado (outro porém, pois nem sempre é assim), uso o mesmo monitor de retorno para viola. Outros instrumentos usados além da viola: voz, concertina, harmônio, flautas, percussão...
    Hardcore: desta banda, não abro mão do uso do amp., pois a pegada é bem diferente, assim como os lugares das apresentações. Toco nesta banda desde 1994, é um som próprio que rende bons shows, e é impossível ficar parado, portanto também descarto a idéia do uso de um “in ear” (pelo menos por enquanto).
    PopRock: aí sim, acredito que possa fazer uso deste equipamento, pensando exclusivamente no “meu retorno”, mesmo assim vou observar melhor as suas considerações

    Obs: é, não vai resolver o caso dos técnicos dos P.As, e realmente precisa paciência para acertar do nosso gosto (nem sempre temos ou levamos um técnico que conheça exatamente o que queremos, mas são informações que podem ser repassadas, sem problemas).

    Mas como você falou, devo pesquisar mais sobre e sei que a variedade não é apenas de preço, e sim no que eles tem a oferecer (amplitude de freqüências, interferências, ...)
    Vou fazer o teste, mesmo com um amp. no palco, quero sentir como é o uso de um powerclick (ou black bug) com um bom fone, cuidando p/ não estourar os ouvidos...hehe

    Muito obrigado, e se alguém aí tiver mais dicas, acredito que servirá p/ muitos do fórum...

    betoweb
    Veterano
    # mar/06
    · votar


    Cara uma solução barata e você usar um fone sem fio ou um trnasmissor em FM assim vc pode colocar um fone para cada pessoa da banda enão gasta nem R$100,00 tipo vc fica com o fone que vem com o aparelho e coloca um walkman para os outros da banda.

    FBassist
    Veterano
    # mar/06
    · votar


    betoweb
    Cara uma solução barata e você usar um fone sem fio ou um trnasmissor em FM assim vc pode colocar um fone para cada pessoa da banda enão gasta nem R$100,00 tipo vc fica com o fone que vem com o aparelho e coloca um walkman para os outros da banda.

    porco mas engenhoso!

    leoguima
    Veterano
    # mai/06
    · votar


    Olá!
    Estou voltando ao fórum depois de uns 3 anos que não aparecia.

    Estive pensando em utilizar algum esquema como falado acima para ensaios e shows pequenos (que não permitam movimento).
    Eu não entendi o esquema acima. Pensei em fone + powerclick.
    Sugestões?
    Abs!

    Rui Fernando
    Veterano
    # nov/06
    · votar


    E o megaclick já ouviram falar sera q é bom!![/b][b]

    Stackinho_bass
    Veterano
    # nov/06
    · votar


    Jah que este assunto está neste tópico...quero tirar dúvidas tbm!

    Vamos lá:

    Dia 25 de Novembro..minha banda vai gravar um DVD! O local do show..eh pequeno...vou ter problemas em dar volume no meu retorno...o técnico já falou! A solução que ele deu..foi de eu usar fones (não sei qual é, o negócio é profissional, é um dos melhores técnicos do Sul)...e disse q assim eu ainda poderia deixar um volume baixo o retorno! Pois eh..o q vcs acham?

    leoguima
    Veterano
    # nov/06
    · votar


    Stackinho,
    Legal voltar a este tópico, pois estou usando algumas vezes o que falei acima: Fone + Power Click.

    Primeiro quero dizer que utilizo 2 setups:
    - Power Click + Fone The Plug Koss + Amp: Utilizo em pequenos shows e nos ensaios.
    - Somente amps e retornos: Shows maiores.

    Como já disseram, em show "grande", com o palco toda à disposição é impossível ficar parado. Eu sou muito "nervoso" e o fone acaba saindo da minha orelha, então eu prefiro os retornos "convencionais" mesmo. Já em ensaio ou show onde não dá pra se movimentar, coloco o fone e um pouco de volume no amp pra dar uma "pressão" no palco.

    Quanto ao DVD, tbém gravei em Abril/06. Foi no Canecão aqui no RJ. Uma casa bem grande, mas de qq forma, tbém pediram para utilizar fones, pois a produção não queria sujar muito o som do palco (com a captação dos mics) para poder ajustar e mixar melhor depois. Então utilizamos fones "in-ear" da shure. Mesmo tendo ensaiado com o fone não me senti confortável, pois na época não estava acostumado e não utilizava este set que falei há pouco. Além da falta de costume, a banda é de rock anos 80 (www.perdidosnaselva.com.br) e nos movimentamos muito mesmo, ou seja, o fone não parava no ouvido.
    Só que nada é tão ruim que não possa piorar...da metade do show pra frente, o suor molhou o transmissor e o bicho começou a falhar! Muitas vezes era tocar sem escutar nada de nada! Muito bizarro!
    Não quero te apavorar, mas vale à pena ficar esperto. Tente ensaiar bastante com o fone e peça pra te ensinarem a colocá-lo direito. Tem uns macetes para que ele fique bem ajustado ao canal do ouvido e preso à cabeça. Isso tbém é fundamental.
    Abs!

    Stackinho_bass
    Veterano
    # nov/06
    · votar


    uhmm..interessante

    1°- vou ficar com o retorno mais para apresentação de palco (pois uso 4x10 + 2x15 com cabeçote peave), o técnico disse q para as filmegens eh bonito!
    2° - não usarei o retorno justamente pelo q vc falou...para a mixagem depois!
    3° - os fones só irão ser cedidos no dia...isso quer dizer q vou ter q acostumar no show(haha)..pior! Mas vou tentar conseguir antes..pra dar umas ensaiadas
    4°- Legal..vou pedir pra me ensinarem direitinho!
    5°- quanto ao timbre..como fica..sai q nem no cubo?? hheh..estou ansioso..e ao mesmo tempo desesperado...

    tem mais alguma dica??

    leoguima
    Veterano
    # nov/06 · Editado por: leoguima
    · votar


    Fala!

    1 - No meu caso não ficaria bonito, já que fiquei no centro do palco e atrás de mim tinha um telão compondo o cenário...
    2 - Isso é básico mesmo. Não sei como é a sua banda, mas desligue mesmo de ter que tocar certinho...vale mais a imagem...só não dá pra fazer muita M porque senão vai ter que repetir a música depois! :)
    3 - É...se não tem jeito, blz, mas pelo que entendi, o espaço vai ser pequeno e terá pouca movimentação, não? Aí o fone deve ficar no lugar e vc não irá suar o suficiente como eu e o pessoal da banda pra quase quebrar o aparelho! :)
    4 - Uma dica que me ensinaram lá mas não ficou como deveria, pois é vc mesmo que tem que fazer é pegar a ponta da orelha com a mão do lado oposto (coisa de maluco mesmo) e puxar pra cima (ficar igual ao Spock). Parece coisa de doido, mas isto abre mais o canal e o fone se encaixa melhor. Depois de encaixar o fone, solte a ponta da orelha e segure o fone contra o ouvido durante uns 20 seg pra ele ir tomando a forma do seu canal. Essa dica eu peguei aqui no fórum! E funciona bem pacas!
    5 - Cara...no meu fone da Koss, que teoricamente é uma marca inferior ao kit da shure, eu escuto até as frequencias mais graves. Às vezes parece que minha orelha treme com frequencias "sub"! hehehe Só que neste dia, com o shure, eu achei o som fraco. O técnico até tentou regular, mas não gostei do timbre. Não sou do tipo que gosta de baixo de reggae, com gravão, mas senti falta...

    Dá uma olhada no
    site e veja como ficou o palco e como fico toda hora mexendo na orelha, tentando recolocar aquela M no ouvido! :)))

    Claro que não sou heavy-user desta parada, pois a maioria dos profissas utiliza este sistema em todos os shows, mas o esquema que eles utilizam é um pouco melhor, com um fone "customizado" que se adapta ao ouvido da pessoa, mas por vááárias vezes, os vemos reclamando e tirando os fones...é complicado mesmo....
    abs!

    Stackinho_bass
    Veterano
    # nov/06
    · votar


    Realmente...
    Fui em um show do Oficina G3(gospel)...e o Duca tambasco estava usando fones..e ainda tinha o retorno atras! chegou a metade do show..ele tirou os fones...deixou pendurado..nem usou mais...vai intender!

    Sei que os fones são muito bons....vou ver a marca certinha! Ai posto...ma se emfim...quase nem vou me movimentar..sou baixista mais paradão...quanto ao não errar vou tentar nem pensar nisto..quero curtir as musicas...mas vamo sver neh...as filmagens não vão ser feitas de novo..a musica pode! ehhehe..abraço

    Joaomadeira
    Veterano
    # abr/09
    · votar


    betoweb
    Cara uma solução barata e você usar um fone sem fio ou um trnasmissor em FM assim vc pode colocar um fone para cada pessoa da banda enão gasta nem R$100,00 tipo vc fica com o fone que vem com o aparelho e coloca um walkman para os outros da banda.

    porco mas engenhoso!


    Meu, o esquema pode ser porco, mas se sobresai como engenhoso! Vou buscar alguma coisa assim! Ainda mais hoje, que em vez de walkman (putz, como é que o cara lembrou de walkman?), podemos usar mp3 players so tamanho de um isqueiro, e colocá-lo no braço com aquelas braçadeiras que os corredores usam.
    Se funcionar, sensasional a idéia!

    Vassourito
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Boa João Madeira.

    Você teria um modelo pra me passar ?
    Tô querendo fazer um esquema desse pra mim tbm.

    Vassourito
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Joaomadeira
    Você teria um modelo do seu esquema de retorno sem fio pra me passar ?
    Tô querendo fazer um esquema desse pra mim tbm.

    rodsom
    Veterano
    # mar/10
    · votar


    Vassourito

    existem uns transmissores de fm muito usados em mp3 players, para escutar no som do carro, casa, etc. esses transmissores podem ser ligados direto na saida auxiliar da mesa. aí cada um da banda teria um receptor, que pode ser um mp3, walkman, radinho de 1,99, etc, sintonizados na mesma frequencia do transmissor. mas a qualidade disso ai fica ruim, sou mais sistema com fio(powerclick+ porta pro).

    gpeddino
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Dando um up...

    Sou vocalista, e comprei um Transmissor FM barato, no Mercado Livre. Tentarei usar como foi proposto aqui e falo se der certo. Se me ajudar a ouvir minha própria voz com um pouco mais de definição, já fico me dou por satisfeito.

    Videomaker
    Veterano
    # jun/10 · Editado por: Videomaker
    · votar


    Reabrindo tópico que não estava fechado!!!
    Estava assistindo o THIS IS IT do Michael Jackson e ele ficou reclamando do volume alto demais e tirou os fones do ouvido.
    Será que o receptor dele não tem volume acoplado???
    O michael fez uma tempestade por causa do volume alto...!!!
    Esse 'Dêzêzêti' é muito artificial para um documentário, as falas parecem que sairam de uma pauta, ensaiadas demais e artificiais...!!!

    quebredo
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    betoweb

    Cara uma solução barata e você usar um fone sem fio ou um trnasmissor em FM assim vc pode colocar um fone para cada pessoa da banda enão gasta nem R$100,00 tipo vc fica com o fone que vem com o aparelho e coloca um walkman para os outros da banda.

    Cara, eu tive essa idéia e procurando no fórum lí o que voce escreveu, ainda nao comprei o transmissor, mas voce já testou isso em palco? Me fale da sua experiencia... .

    Gui
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    quebredo
    betoweb
    Veterano # Enviado: 14/mar/06 10:14
    Citar Votar Denunciar

    a essa hora..ele já deve tá com um sistema completo shure ou desistiu de tudo.

    quebredo
    Veterano
    # ago/10
    · votar


    Gui

    ah tah...

    ... e vc? já usou esse aparelho para ao vivo?...

    ...sacanagi...hiuahiaoo... é que realmente estou curioso para saber se esse trem vai funcionar... de qualquer forma se num funcionar posso usar para outros fins... abraço e vlw o toque!!!

    Vinício Pissá
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    Sou baterista e usava um fone porta pro Mr Mix, muito bom ele.
    Mas agora quero um intra, será que o modelo Shure Ec2 me atenderia?
    Possuo um power click...
    Grande abraço

    rodsom
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    Vinício Pissá
    gosto do koss the plug. esse shure eu nunca testei nao.

    Denny Paes
    Membro Novato
    # 02/abr/19 09:54
    · votar


    Sou técnico de som e baterista, não trabalho muito com palcos abertos, porém posso dizer que tenho algumas experiências com fones para retorno em ambientes fechados.
    Sobre os fones shure, o shure cada modelo tem uma finalidade, baixistas e bateristas devem partir para o shure 525 ou 835, guitarrista e vocalista o 215 e o 315 respondem bem, essa diferença se dá por conta da construção e dos drivers, também pode trocar as borrachas também pode ajudar na vedação do som, a desvantagem é não ouvir muito a ambiência ou resposta do público.
    As vantagens do fone é a limpeza do som principalmente para gravações.
    Existem hoje diversos fones bons e de boas construção e não apenas o AKG e o shure, esses são apenas os mais conhecidos, os KZ, QKZ e TENNMAK PRÓ, também são fones de excelente construção e som com extrema qualidade (ache o que se adequa mais ao som que vc gosta).
    Sobre usar o fone é uma questão de constume, quanto maior o poder de vedar o ambiente externo menos alto vc precisa colocar no seu ouvido (tem doido que faz o contrário).
    Sobre o equipamento que vc usa no pauco, o ideal é vc equalizar (ouvir o que vc quer no seu fone), e ter o controle de volume do mesmo a mão para não depender do técnico.

    Denny Paes
    Membro Novato
    # 02/abr/19 10:03
    · votar


    Vinício Pissá
    Experimente boa TENNMAK PRÓ, vc vai gostar muito do resultado que ele trás, e o investimento é pequeno, também tem o extra Bass, da stage, ótimo para baixistas e bateristas...
    Avalie o custo benefício...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Uso de fone sem fio como monitor no palco (ear fone) ?!?!?!