Gravar sozinho, quais são suas dificuldades?

Autor Mensagem
ErickDutraLemos
Veterano
# 17/jun/20 21:50


Beleza galera?

Essa semana parei pra pensar que sou um completo pateta, eu me gravo sozinho a anos mas sempre me enredo em algum fio ou aperto pra gravar e tenho que sair correndo, mesmo que tenha iniciado a gravação alguns compassos antes.

Vocês também passam por esses problemas?



Ningen
Veterano
# 17/jun/20 22:20 · Editado por: Ningen
· votar


ErickDutraLemos

Sobre sair correndo:

Você usa o REAPER? Não deu pra ter certeza pelo vídeo...
Enfim, ele tem uma interface que dá para você acessar de qualquer eletrônico que abra páginas web e esteja na sua rede local. Mostra inclusive as marcações e regiões customizadas para você não se perder.

Olha aqui.

Configurações na DAW.

ErickDutraLemos
Veterano
# 17/jun/20 22:40
· votar


Ningen

Enfim, ele tem uma web interface que dá para você acessar de qualquer eletrônico

Agora minha cabeça explodiu, então eu posso acessar isso pelo navegador do celular.

Que dica massa. Muito obrigado.

ErickDutraLemos
Veterano
# 17/jun/20 22:40
· votar


Ningen

Enfim, ele tem uma web interface que dá para você acessar de qualquer eletrônico

Agora minha cabeça explodiu, então eu posso acessar isso pelo navegador do celular.

Que dica massa. Muito obrigado.

Ningen
Veterano
# 17/jun/20 22:55
· votar


ErickDutraLemos

Exato! Celular, tablet, relógio, geladeira, cachorro... kkkkk

Ismah
Veterano
# 17/jun/20 23:45
· votar


Não sei se compreendi direito. Sem dúvida, a maior dificuldade será sempre a limitação técnica, onde se tem uma habilidade maior em uma ou outra parte do processo. Quando gravando em mais pessoas, se pode deixar partes específicas para onde cada um tem melhor habilidade. Ou ainda somar ideias, onde não há ninguém tão habilidoso.

O pré-count é a solução ideal pra situação 1.
No terceiro caso, é questão de pôr datas limite, e claro tentar cumprir elas...
E o quinto ponto, é relativo. Pode ficar bom sim, e não demanda necessariamente tempo. Ao longo da história, uma série de músicas de sucesso foram gravadas só para encher linguiça no disco.

makumbator
Veterano
# 18/jun/20 00:12
· votar


ErickDutraLemos

Eu tenho interface de controle específica, então posso operar a DAW à distância, e também tenho app para ipad e iphone que controla o Cubase (desde que o aparelho e a DAW estejam na mesma rede de internet). Tem apps mais universais também (ou seja, que podem ser usados para várias DAWs diferentes).


Uma coisa que eu já vi e achei bem legal é robô para mover a posição do microfone em amp (dessa forma o cara pode continuar da técnica tocando e ir movendo o mic para chegar em um ponto sonoro legal). Fazer isso sozinho é muito demorado (pois o cara precisa tocar, ir até a sala do amp mudar a posição, voltar, tocar de novo para avaliar, etc...horrível).

Saca aqui um trecho em que um cara usa o robô:

https://youtu.be/XvRBA-v4QP8?t=189

ErickDutraLemos
Veterano
# 18/jun/20 00:37
· votar


Ismah
E o quinto ponto, é relativo. Pode ficar bom sim, e não demanda necessariamente tempo. Ao longo da história, uma série de músicas de sucesso foram gravadas só para encher linguiça no disco.

Primeiramente, muito obrigado por ter assistido o vídeo. A quinta vale mais pra galera mais iniciante como eu, que gostaria de alcançar resultados profissionais e não posso ser profissional de todas as partes da criação/gravação etc...

ErickDutraLemos
Veterano
# 18/jun/20 00:39
· votar


makumbator
Uma coisa que eu já vi e achei bem legal é robô para mover a posição do microfone em amp (dessa forma o cara pode continuar da técnica tocando e ir movendo o mic para chegar em um ponto sonoro legal). Fazer isso sozinho é muito demorado (pois o cara precisa tocar, ir até a sala do amp mudar a posição, voltar, tocar de novo para avaliar, etc...horrível).

Saca aqui um trecho em que um cara usa o robô:


Nossa, o negocio já chegou em outro nível Incrível demais isso. .

ErickDutraLemos
Veterano
# 18/jun/20 00:41
· votar


Ningen
Exato! Celular, tablet, relógio, geladeira,

Vou ter que fazer isso, vai quebrar um galho gigante.

Ningen
Veterano
# 18/jun/20 18:39 · Editado por: Ningen
· votar


ErickDutraLemos

Tava pensando aqui... Depois que você já estiver habituado ao sistema - se você tiver gostado e se te interessar, claro - acho que pode ser uma boa você fazer um vídeo falando sobre isso. Quase ninguém sabe dessa função.

Algo como:
"Poucos sabem: Controle o REAPER pelo celular sem instalar nada."

Edit: Vou acabar criando um tópico para isso. Pro caso de alguém pesquisar e querer se informar via texto e prints e etc.

Ismah
Veterano
# 19/jun/20 00:41
· votar


ErickDutraLemos

Ninguém pode... Apesar de que em geral, um menor número de pessoas se envolva hoje num projeto, e até mesmo uma única pessoa faça a produção completa, ela acaba se saindo melhor em um ou outro passo - é natural isso.

Mesmo assim, é relativo. Não é por isso ou aquilo, que não se consiga ter bons resultados, mas pela soma dos fatores.

ErickDutraLemos
Veterano
# 19/jun/20 01:22
· votar


Ningen
Algo como:
"Poucos sabem: Controle o REAPER pelo celular sem instalar nada."


Opa vai sair sim esse vídeo, vou gravar no final de semana eu to testando o recurso primeiro pra poder opinar melhor, Mas obrigado pela ideia de vídeo

ErickDutraLemos
Veterano
# 19/jun/20 01:24
· votar


Ismah
Mesmo assim, é relativo. Não é por isso ou aquilo, que não se consiga ter bons resultados, mas pela soma dos fatores.

é você ta certo o meu quinto motivo no vídeo é o mais difícil de defender. igual é mais um opinião do que um vídeo cientifico.

Novamente muito obrigado pela colaboração, a galera do forum aqui sempre me ajuda a evoluir.

Del-Rei
Veterano
# 19/jun/20 14:41
· votar


Ningen
Bem legal, cara. Eu não conhecia essa funcionalidade. Embora eu provavelmente não vá usar (já que tudo que gravo é num único ambiente - e não gravo voz), certamente vai ajudar muita gente.

ErickDutraLemos
Legal teu vídeo, cara.
Eu também faço minhas gravações todas sozinho, inclusive a parte de vídeo. E embora eu não grave voz (me acho uma merda cantando, infelizmente), posso dizer que a trabalheira é imensa.

O pior de tudo pra mim, disparado, é a parte da composição. Eu sempre começo a gravação séria depois que já tenho toda a música estruturada - e essa parte que é a pior pra mim.

Depois da estruturação da música, a parte de gravação, edição, mix e master leva cerca de uns 4 ou 5 dias (lembrando que esses dias geralmente são intervalados, já que a maior parte disso eu faço aos finais de semana ou feriados).

Depois vem a parte de filmagem e edição, que também levam mais uns 2 dias.

Só nisso já são uns 7 dias de trabalho, o que faço em geralmente um perdido de 1 mês.

Mas todo esse processo só começa depois que fico satisfeito com a estrutura da música, que como falei, é a parte que mais fico empacado....

Um aceno de longe!!!

ErickDutraLemos
Veterano
# 20/jun/20 00:28
· votar


Del-Rei
Só nisso já são uns 7 dias de trabalho, o que faço em geralmente um perdido de 1 mês.

Eu entendo bem o que você passa, a parte de estruturar a música para mim tb é a mais demorada.

Del-Rei
Veterano
# 20/jun/20 02:43
· votar


ErickDutraLemos
E muitas vezes eu “termino” de estruturar a música e quando vou parar pra ouvir, não gosto. Refaço tudo. Realmente demoro nessa parte. Mas algumas poucas vezes sai incrivelmente rápido....

Um aceno de longe!!!

ErickDutraLemos
Veterano
# 20/jun/20 23:43
· votar


Del-Rei
E muitas vezes eu “termino” de estruturar a música e quando vou parar pra ouvir, não gosto. Refaço tudo. Realmente demoro nessa parte. Mas algumas poucas vezes sai incrivelmente rápido....

Na ultima musica que eu fiz "Dança do Coach" travei um mês na parte da melodia da voz. mas na minha opinião valeu apena.

ErickDutraLemos
Veterano
# 20/jun/20 23:43
· votar


Del-Rei
aceno de longe hehe

acabaramosnicks
Membro Novato
# 21/jun/20 20:58
· votar


Del-Rei
Porra, eu sou o oposto!
Na parte de composição o negócio flui que é uma beleza. Normalmente eu tenho MUITO problema com começar a letra, mas daí algum amigo meu vem e dá o kickstart, e até mesmo nas letras, que eu não manjo tanto, a coisa flui.

Pra gravar eu faço de boa também.

Pra mim as maiores dificuldades são programar a bateria e mixar/masterizar.

A respeito do vídeo....

O primeiro problema eu acho suave, já tive problemas com isso mas acabei me acostumando.

Mano, esse bagulho dos cabos kkkkkkkkk eu sofro muito com isso! Eu sou o tipo de pessoa que consegue organizar as coisas muito bem mas quando me envolvo no projeto eu perco o senso de organização no meio do processo!

Esse terceiro ponto, dos takes...
Cara, eu não tenho muito problema com avaliar takes. Eu faço o take, se uma parte ficou ruim eu corto e deleto NA HORA. Nunca fico com mais de 3 takes.

Sobre a procrastinação... eu tenho problemas gravíssimos com isso hahahaha

mvrasseli
Veterano
# 22/jun/20 01:47
· votar


Legal o vídeo, me inscrevi lá.

entamoeba
Membro Novato
# 22/jun/20 02:45
· votar


"#1 Aperta o REC e sai correndo"

Resolvi esse problema com teclado e mouse em fio.

#2

Nunca tive esse problema

#3

Sou o contrário. Quando estou sozinho, é tudo take 1.

#4

Tem dessas! Quando resolvo sentar para gravar, só saio com a música pronta! As vezes viro a madrugada mixando.

#5

O que eu acho a parte mais chata de fazer tudo é não ter o interlocutor do lado. Alguém que possa dizer "isso não tá ficando legal".

Del-Rei
Veterano
# 22/jun/20 15:24
· votar


ErickDutraLemos
Pois é. Pelo menos você canta, o que já deixa o trabalho mais completo. Como não consigo cantar, fica foda. Até por isso acabei flertando com uns lances mais eletrônicos ultimamente.

Geralmente minha praia era só fazer demonstração de equipamentos, onde normalmente crio uma música instrumental. Aí resolvi pegar todas essas músicas, registrar e jogar nas plataformas virtuais.

acabaramosnicks
Pra mim as maiores dificuldades são programar a bateria e mixar/masterizar.


Bateria eu acho que é até rápido... Se considerar o tempo total da produção de uma música, a bateria deve comer menos de 10% do tempo. Eu uso EzDrummer e geralmente já tem algumas coisas prontas que me atendem, então só dou umas variadas, incluo viradas, edito umas partes... Mas geralmente não toma muito tempo. Você usa qual programa pra bateria?

entamoeba
Sou o contrário. Quando estou sozinho, é tudo take 1.

Acho que me falta técnica pra isso, rsrs. Geralmente são muitos takes e a trilha final sempre fica uma colcha de retalhos, rs. As partes de solos então... pqp...

Mas, claro, isso tem muito da questão de que em casa eu não preciso ficar um mês treinando a música pra depois ir pro estúdio. Geralmente depois de estruturada a música, já começo a gravar. Então certamente vou cometer deslizes, porque ainda não tem nada automatizado.

Curiosamente a gravação me permitiu constatar o quanto eu tinha problema com bpm. Enquanto toco, no bolo não noto as notas um pouco atrasadas ou antecipadas, mas quando vou ouvir acaba ficando mais evidente. Tem sido um ótimo exercício, até porque tive o péssimo hábito de nunca estudar.

Um aceno de longe!!!

ErickDutraLemos
Veterano
# 22/jun/20 15:29
· votar


acabaramosnicks
problema com começar a letra

E meu problema é acabar a letra, tenho um monte de letras começando e não acabando euiaheiuaheuihae Mas te entendendo

ErickDutraLemos
Veterano
# 22/jun/20 15:30
· votar


entamoeba
"#1 Aperta o REC e sai correndo"

Resolvi esse problema com teclado e mouse em fio.


Gostei dessa solução, não tinha pensado.

ErickDutraLemos
Veterano
# 22/jun/20 15:31
· votar


Del-Rei
Pois é. Pelo menos você canta, o que já deixa o trabalho mais completo. Como não consigo cantar, fica foda. Até por isso acabei flertando com uns lances mais eletrônicos ultimamente.

Te entendo, mas sabe que eu comecei essa historia de cantar pq a anos atras não tinha ninguém que cantasse nada primeira banda que eu tive.

ErickDutraLemos
Veterano
# 22/jun/20 15:31
· votar


Legal o vídeo, me inscrevi lá.
mvrasseli

Muitooo obrigado :D

acabaramosnicks
Membro Novato
# 23/jun/20 07:47
· votar


Del-Rei


Bateria eu acho que é até rápido... Se considerar o tempo total da produção de uma música, a bateria deve comer menos de 10% do tempo. Eu uso EzDrummer e geralmente já tem algumas coisas prontas que me atendem, então só dou umas variadas, incluo viradas, edito umas partes... Mas geralmente não toma muito tempo. Você usa qual programa pra bateria?


Eu uso o addictive drums. Ele também tem os beats, então quebra um galho pra não emperrar o processo criativo, mas depois eu sempre quero dar uma tunada. Os beats padrão nunca têm os acentos e variações corretos pra SUA música. Mas é algo que eu faço por partes porque é muito chato proramar.

BrotherCrow
Membro Novato
# 23/jun/20 11:08
· votar


Muito bom esse vídeo! Aliás, muito bom o seu canal. Por coincidência bate bem com o que eu venho passando ultimamente, já que desde que a pandemia começou eu venho tentando postar pelo menos uma música instrumental curta por semana no meu canal. Acabei adotando a filosofia do "pronto é melhor que perfeito". Tenho todo o equipamento pra fazer uma gravação realmente boa (interface boa, microfones, amps, instrumentos, software) mas optei por fazer todas as minhas gravações direto no Garage Band do iPad, simplesmente porque rendo mais assim.

Normalmente meu método é, nessa ordem:
-fuçar as bases de bateria pra me inspirar no ritmo;
-gravar uma guitarra porca pra estabelecer a progressão (pra cada música tento ter pelo menos um elemento que eu não tenha usado em outras);
-tentar gravar uma guitarra melhorzinha aprimorando a condução das vozes, botando riffs, firulas;
-gravar um baixo legalzinho que melhore a música e não seja só bater as tônicas;
-gravar guitarra solo, se a música pede;
-esquecer a música por pelo menos algumas horas, voltar com os ouvidos frescos;
-mexer na equalização (sou bem ruim nisso), adicionar instrumentos virtuais, fazer os acentos da bateria seguirem a guitarra e o baixo;
-soltar no youtube.

Eu tenho plena noção de que daria pra fazer melhor, mas aí eu não estaria postando toda semana. Pra mim, a maior vantagem do iPad é poder mexer na música a qualquer hora, mesmo quando estou fora de casa. Tô cagando na firma e vou mexer na equalização hehehe.

Sobre os problemas que você falou:

1-Normalmente eu deixo uns compassos sem nada gravado no começo pra dar tempo de eu me preparar. Às vezes até deixo uma track simples de bateria nesses compassos pra me ligar no tempo, e apago essa track depois. Mas também não tenho gravado voz ultimamente.

2-Pra mim é pouco cabo e a maior parte do equipamento fica plugada o tempo todo.

3-Minha esposa me ajuda. Principalmente pra solos de guitarra, mostro vários pra ela e ela me diz qual gostou mais, e qual parte ela acha que ficou ruim/estranho. Volta e meia alguma coisa que eu achei muito legal porque estou usando um conceito diferente na composição não fica agradável aos ouvidos "leigos" dela... e normalmente ela tem razão!

4-Nem tem o que falar, esse problema eu tenho mesmo.

5-Eu comecei como baixista e virei guitarrista depois, então nessas duas coisas eu me viro até bem. Programação de bateria vou de ouvido, teclado eu faço uma mistura de tocar manualmente as coisas mais simples e programar as coisas que eu não consigo tocar, mas sou péssimo com chord voicing e essas sutilezas... então opto por usar pouco teclado!

Pra terminar, uma música do meu canal pra vocês verem. Quem curtir se inscreve, tô postando toda semana.


ErickDutraLemos
Veterano
# 24/jun/20 16:29
· votar


BrotherCrow

Muito boas as saídas que arrumasse para resolver os problemas que eu citei, alias curti teu som. Já tem nome o projeto (nome artistico?) alias quero convidar mais pra frente uma galera pra fazer umas collab.

Já me inscrevi la no teu canal.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Gravar sozinho, quais são suas dificuldades?