*Review* Steinberg UR 22, interface de áudio

    Autor Mensagem
    inExperienced
    Veterano
    # mai/14 · Editado por: inExperienced


    Caros amigos foristas,

    Recentemente adquiri uma interface de áudio da Steinberg da linha UR, mais precisamente a UR 22, esta linha é composta por mais 2 interfaces maiores que a 22.
    Mais detalhes das 3
    Segundo a descrição do fabricante a interface vem equipada com dois pré amplificadores D-PPE, conversores digitais de 24bit/192kHz. Segundo a Yamaha este pre amp é um dos melhores construídos por ela. (O pré-amplificador é onde a criação sonora começa nas gravações, e determina diretamente a qualidade de sua mixagem. D-PRE utiliza o circuito invertido Darlington, onde um total de quatro transistores por unidade são utilizados ao invés de dois, como normalmente. Como resultado, consegue-se manter um nível reduzido de distorções, independente do nível que estiver o sinal. A integridade sonora é incomparável nesta categoria de interfaces de áudio, destacando a UR22 entre as demais) Palavras dos caras.

    Construída em chassi de aço, aparenta ser bem resistente.
    Em seu painel frontal existem as duas entradas combo (XLR/P10, MIC/LINE) da Neutrik, 5 knobs, sendo 2 de ganho de cada pre amp/canal. Um de mix que faz a mistura entre o som que entra na interface e o processado pela DAW (ela veio com o Cubase Al 7, a baixo comento sobre ele) girando este knob todo pra esquerda tem o som direto do imput, girando todo pra direita o processado e no centro uma mistura dos dois, pode se dosar a mistura do som com o uso deste knob. Um knob de controle de volume da saída pra fones de ouvido e o ultimo knob de controle de volume do output. O imput 2 possui entrada Hi-Z pra conexão direta de guitarras e baixos..., pra usar é necessário acionar um botão no painel frontal do equipamento. Existem quatro leds, sendo 2 de peak um pra cada pré, um do phanton power (+48V) e outro que informa se a interface está conectada ao USB.
    Em seu painel traseiro existem as duas saídas de linha 1/L e 2/R. MIDI In, MIDI Out, chave de acionamento do phantom power, e conetor USB.

    Painel frontal
    Painel traseiro

    Especificações:

    Entrada de MIC 1/2 (Balanceado)
    Resposda de frequências: +0.1/-0.3dB, 20Hz a 20kHz
    Faixa dinâmica: 95dB (A)
    THD+Ruído: 0.008%, 1kHz, -1dBFS, 20Hz/20kHz BPF
    Nível máximo de entrada: -10dBu
    Impedância de entrada: 4k Ohm
    Alcance do GANHO: +16dB - +60dB
    Entradas de LINHA 1/2 (Balanceado)
    Nível máximo de entrada: +16dBu
    Impedância de entrada: 20k Ohm
    Alcance do GANHO: -10dB - +34dB
    Entrada 2 - HI-Z (Desbalanceado)
    Nível máximo de entrada: -4dBV
    Impedância de entrada: 470k Ohm
    Alcance do GANHO: +8dB - +52dB
    Saída de LINHA 1/L 2/R (Balanceado)
    Resposta de frequências: +0.1/-0.6dB, 20Hz a 20kHz
    Faixa dinâmica: 101dB, A-Weighted
    THD+Ruído: 0.006%, 1kHz, -1dBFS, 20Hz/20kHz BPF
    Nível máximo de saída: +10dBU
    Impedância de saída: 150 Ohm
    FONES
    Nível máximo de saída: 6mW+6mW, 40 Ohm
    Na embalagem acompanha cabo USB, folhetos, n°serial e Cd com driver.

    Testando

    Na caixa dela vem dizendo que o equipamento é compatível com os principais DAW’s do mercado,(Pro Tools 9/10, Reason, Sonar, Studio One, Live, Logic/GarageBand, Cubase/Wavelab/Nuendo) aqui eu testei e funcionou com o Reaper, Sonar X2, Audacity (este tive uns problemas que não conseguia ouvir o som nas saídas de áudio da interface, mas gravou, porem depois de exportar o áudio ele só sai em um canal) e o próprio Cubase.

    Segue o audio gravado com a placa e os softwares que tenho.

    Audacity
    Reaper
    Sonar X2
    Cubase Al7

    Todos gravados em 16 Bit 44.1kHz (ela chega a 24bit/192kHz) sem adição de nenhum plugin, nem palheta eu usei rsrsrsrs apenas a guitarra (Washburn Windlx, cap do braço) ligada direto no canal 2 Hi-Z.

    Elá “vem” com o Cubase Al7, esta é uma versão "travada" da ultima versão do software (deve ser feito o dawnload do site da Steinberg, junto da interface vem uma chave de registro, você deve criar uma conta colocar as chaves, seriais e o software é baixado). Não é preciso ter o famoso e-Licenser USB, tudo é feito através de um software eLicenser. Achei meio confuso pra baixar o software, é tudo em alemão e o google tradutor é uma b)I*(*&*%%¨¨¨*&(a rsrsrsr, mas no final deu tudo certo.
    Esta vesão do Cubase é em português, mas ainda falta a tradução do manual do software e da placa.
    Nesta versão da DAW é possível gravar até 32 faixar de áudio simultâneas com 24 Bit/192KHZ (um absurdo, os arquivos ficam muito grandes) e até 48 faixas Midi.

    Mais informações do Cubase Al7

    tinhoartbass
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    blz ai e qual conclusão vc tira desta interface UR22 é boa regular ou péssima e esta coisa teve um probleminha de não sair som (este tive uns problemas que não conseguia ouvir o som nas saídas de áudio da interface)
    é q estou afim de comprar uma interface para gravar é q gravo em uma mesa behringer XENYX X1222USB é grava mas fica sempre com chiado na gravação uso o reaper e windons 7 com a própria placa de som waveout
    tem como dar uma opinião ai valeu abraço

    inExperienced
    Veterano
    # out/14
    · votar


    tinhoartbass
    blz ai e qual conclusão vc tira desta interface UR22 é boa regular ou péssima e esta coisa teve um probleminha de não sair som
    Este não siar som em um canal, foi gravando com o Aucadity, não é problema da interface, eu que não consegui configurar o Audacity corretamente, com o Cubase, Sonar, Reaper e recentemente com o Studio One funciona normalmente.

    A conclusão que tiro, uma boa interface, não conheço outras, mas pelo que o pessoal diz, estes modelos de entrada são bem parecidos.

    tinhoartbass
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    é estou gravando com mesa xenyx x1222usb e ligo direto no notebook com windons seven e uso asio e sempre sai um ruído de fundo
    tipo imbaçado e estava com vontade de comprar uma interface mesmo pensei nesta ai steinberg UR44 com saída para 2 fones e 4 entrada
    depois não tem como me mandar o áudio da sua gravação com a 22
    me indicaro a scarlett interface 18i8 um abraço valeu

    tinhoartbass
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    mas achei super dahora esta interface UR44 com saida de 2 fones e quadro entrada e qual o seu pc e vc usar algum monitor de referencia

    tinhoartbass
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    e vc achou boa a latencia dela na hora de gravar outros instrumentos ou outro microfnes

    inExperienced
    Veterano
    # out/14
    · votar



    e vc achou boa a latencia dela na hora de gravar outros instrumentos ou outro microfnes


    Sem problemas' aqui funciona legal com as simulações das DAW's ampligube guitar rig...
    Sem atrasos, basta ter is drives atualizados e configurar corretamente o asio.

    tinhoartbass
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    e vc tem alguma gravação feita com microfones e guitarra ou violão para mi mostrar

    makumbator
    Veterano
    # out/14 · Editado por: makumbator
    · votar


    inExperienced

    Legal o review!

    Elá “vem” com o Cubase Al7, esta é uma versão "travada" da ultima versão do software

    Na verdade ele é uma edição muito reduzida da versão anterior do Cubase (a atual é a 7.5). O Cubase 7.5 é uma versão a frente do 7 (agora a Steinberg divide as versões de maneira diferente do usual).

    Achei meio confuso pra baixar o software, é tudo em alemão

    Realmente a Steinberg não é famosa pelo site intuitivo, mas para mudar o idioma é só clicar na bandeirinha no canto da tela. Inclusive a loja online deles tem inclusive o português (de Portugal) e os softwares mais recentes já tema opção do português brasileiro (como o Cubase 7 e 7.5)

    tinhoartbass
    Membro Novato
    # out/14
    · votar


    vou comprar a steinberg para usar no reaper é q tenho uma note ACER ASPIRE 5252-V496 processasor AMD V140 2 GB de memoria HD de 320 tela de 15,6 mas para rodar o reaper precisa algumas configuração básica como vc fez

    inExperienced
    Veterano
    # out/14
    · votar


    e vc tem alguma gravação feita com microfones e guitarra ou violão para mi mostrar
    No momento não, e vai ser difícil, estou morando em apartamento na avenida de frente pra um trevo, pensa no barulho...
    Mas pode ir na fé que a interface é boa.

    inExperienced
    Veterano
    # out/14 · Editado por: inExperienced
    · votar


    makumbator
    Legal o review!
    O intuito é sempre fazer melhor.
    É bom receber feedback's

    Realmente a Steinberg não é famosa pelo site intuitivo, mas para mudar o idioma é só clicar na bandeirinha no canto da tela. Inclusive a loja online deles tem inclusive o português (de Portugal) e os softwares mais recentes já tema opção do português brasileiro (como o Cubase 7 e 7.5)

    Esta versão que uso do Cubase é português.
    Perrengue eu passei pra reativar ele, eu tinha excluído ele do site da Steinberg, demorou muito pro suporte reativar, fiz contato com a Steinberg Brasil teve que acionar a Steinbeg Alemã. No final tudo deu certo.

    Ativar o Cubase também é meio confuso. Segue um tutorial de ativação.

    makumbator
    Veterano
    # out/14
    · votar


    inExperienced
    reativar, fiz contato com a Steinberg Brasil teve que acionar a Steinbeg Alemã. No final tudo deu certo.

    Você mesmo pode reativar, dentro da área chamada de "My Steinberg"

    inExperienced
    Veterano
    # out/14
    · votar


    makumbator
    Você mesmo pode reativar, dentro da área chamada de "My Steinberg"

    O problema é que eu tentando reativar acabei excluindo o software do My Steinberg e o código que eu tinha não era aceito, andei dando umas lidas no forum deles e parece que é comum este problema de reativação pra quem não usa o famoso dongle.
    Depois de algumas idas e vindas recolocaram o software no My Steinberg.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a *Review* Steinberg UR 22, interface de áudio