Técnica de gravação de violão em Stereo usando dois microfones

    Autor Mensagem
    Blind987
    Veterano
    # mar/14


    Boa tarde, gostaria de saber quais modelos de microfones me atenderão com melhor qualidade possível? Eu tenho um behringer B1... estava pensando em comprar um shure sm 57 para gravar com os dois... é possível?

    rhoadsvsvai
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Blind987
    claro que é , o sm57(o original) é uma otima escolha.

    NINO_D.BOB
    Membro Novato
    # mar/14
    · votar


    Depende... Se é pra fazer uma gravação "estereo", o ideal seria um par de microfones iguais.

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Blind987

    Existem várias técnicas para gravação em estéreo com 2 microfones, como M/S, X/Y, para violão pode usar um mic no ombro ou mais para o headstock, enquanto o outro fica perto do 12 traste. O que você precisa ficar atento é com problemas de fase.

    A realidade é que o SM57 não é um bom microfone para violão, não é muito usado para isto. Ele é legal para algumas vozes, para amplificador de guitarra, para aplicações onde a fonte produz um volume muito alto (130, 140 dB), como bateria.

    Em áudio geralmente as coisas funcionam bem aos pares, então uma possibilidade seria outro B1, o que desconfio que você vai achar bem sem graça comprar outro igual. Mas um par de condensadores de diafragma grande seria uma boa escolha em um estúdio. Outra possibilidade, talvez mais interessante, seria um condensador de diafragma pequeno, para microfonar mais para o braço, mas já começaria a ser um microfone legal para uma técnica de microfonação. Ou seja, já começaria a precisar pensar em que técnica que será empregado. Outra possibilidade é usar o pré do violão, se for bom, um em linha e outro no seu B1. O sinal em linha pode ser processado, ao invés de investir num microfone, um Fishman Aura, por exemplo. Mas que me desculpe o amigo rhoadsvsvai, o SM57 ou SM58 não são uma das melhores escolhas para violão, apesar de eventualmente ser até possível.

    Lelo Mig
    Membro
    # mar/14 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Blind987

    Concordo com o MMI em relação ao microfone (SM 57, no caso) e digo mais (sob o risco de ser linchado aqui no FCC):

    - Para usar dois microfones não apropriados e de qualidade apenas "regular" para seu instrumento, a diferença de som entre cavalete e 12a casa será tão desprezível, ou ruim, que você só irá passar raiva.

    - Para "comprar/usar" um par de microfones 100% ideais, o que resulta em custo, eu, no seu caso, usaria somente o behringer B1 (que você já têm) e criaria um stereo na gravação, dobrando as trilhas e dando tratamento e nuances diferentes a cada uma delas.

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Lelo Mig

    Pois é. Não sei das condições do colega, mas pela pergunta estou suponho que é para gravar num quarto, sem tratamento, reverberando de qualquer jeito, sem isolamento. Neste caso, um microfone já é muito... Dois então, é dor de cabeça pura. Por isso falei do Fishman Aura.

    Vou contar mais uma vez uma historinha... Uma vez fui ajudar a produção de um CD, num mega estúdio, era basicamente voz e violão, uma ou outra faixa com uma percussão, mas o destaque era mesmo o violão na instrumentação. Mas o engenheiro de som (sim, um cara profissional, com treinamento no exterior, que comandava o estúdio todo que não era chinfrim de forma nenhuma) era uma maconheiro doido, fumava o tempo todo, louco o tempo todo, se achava o máximo, mas não era bom. Para o violão ele montou (era uma boa sala!) um set de 3 mics, cada um de pelo menos 10 mil dólares, numa boa oportunidade de se usar técnicas em estéreo, já que era para o violão ocupar todo o espaço de instrumentação na música. Eram meus os violões que seriam tocados, conhecia bem o som e o que eles poderiam fazer. Só que eu farejei merda, os caras do estúdio não eram bons e estavam esboçando que fariam bobagem. Eu gentilmente pedi que além das 3 faixas de mic, que usassem o sinal em linha. Depois de 10 dias de takes... Acho que nem preciso falar que o que salvou e o som que ficou mais na cara no CD foi o sinal em linha, nos mics o sujeito não conseguiu fazer o som grande.

    Fica a dica...

    makumbator
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    MMI
    Vou contar mais uma vez uma historinha...

    Já tive experiências semelhantes. Estúdios com bons equipamentos e ótima acústica mas técnicos ruins e de má vontade (ou apressados e drogados). No fim o resultado foi inferior do que em outros estúdios com equipamento não tão top, mas com pessoas realmente engajadas e interessadas.

    O fator humano é essencial em um estúdio, mas isso não aparece na listagem de equipamento...hshsahas!

    rhoadsvsvai
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    galera , quando recomendei o sm57 foi mais por ser um microfone "pau pra toda obra" e extremamente resistente, e com o qual a acustica não seria relevante na mesma medida que é com um par de condensadores(não que não seja relevante) do que pelo timbre dele.....
    e da pra pegar coisas bem interessantes misturando um condensador com um dinamico em captação de violão.... o sm57 pode não ser o ideal, mas eu recomendei pq é melhor que muita coisa ja.

    Blind987
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Primeiro de tudo eu gostaria de agradecer as dicas de todos, e o que eu realmente acho das minhas gravações de violão, é que o som não sai preenchido na mix parece que ele fica mais centralizado, pensei na idéia de usar dois microfones para captar outras frequências do violão e tirar um pouco do som da palheta também, eu uso o behringer B1 perto da 12° casa, vou postar meu violão como fica aqui... gratoo!

    Blind987
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    https://soundcloud.com/julio_cg2010/howie-day-collide-viola

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Blind987

    é que o som não sai preenchido na mix parece que ele fica mais centralizado

    Depende... Se for para mixar isso numa banda, é melhor que fique assim, sem se espalhar muito. Se for algo que o violão tem que ocupar muito, então sugiro usar plugins e processar isso aí melhor, usando um stereo spread, binaural processing, algo desse tipo. O som de palheta dá para pensar em mudar a microfonação um pouco. Podería até pensar em mexer nisso aí, para ter uma ideia melhor, mas você não autorizou download... Então deixa para lá, mexa com plugins que provavelmente vai ajudar.

    Blind987
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    MMI

    Se quiser posso disponibilizar o download, mas apesar que acho que quanto tá com a voz fica bacana... vou mandar aqui...

    https://soundcloud.com/fourth-plane/howie-day-collide-fourth-plane

    Homem Cueca
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Blind987

    Ao contrário do que disseram os amigos MMI e Lelo Mig, o SM57, e outros dinâmicos, podem ser muito úteis com violões.

    Fato, SM57 é pau pra toda obra. Inclusive pra gravar violão...não dá pra esperar dele uma boa performance se você for gravar um dedilhado hiper sensível, mas de resto ele vai servir muito bem, principalmente se for rock. hehehe

    O rhoadsvsvai falou uma coisa que é muito relevante; acústica. Isso pesa bastante no resultado final.

    Dois vídeos falando justamente do SM57 em violões...

    http://www.youtube.com/watch?v=B3HwL3dpbs8

    http://www.youtube.com/watch?v=IPLwgUhFV_4

    Agora, como o MMI disse, um Fishman Aura pode ser a melhor opção de todas. Vivo pegando emprestado de um amigo meu o Aura dele pra fazer re-amp em violões em linha. Sempre fico satisfeito, ainda mais pela grande quantidade de opções de sonoridade.

    rhoadsvsvai
    Veterano
    # mar/14 · Editado por: rhoadsvsvai
    · votar


    Homem Cueca
    agora que faltaste de gravar violão em linha me tirem uma duvida.

    como funciona essa parada? sempre que ligo meu violão em linha na interface fica uma porcaria o som.... tem que jogar em um simulador de amp como acontece com guitarra e baixo?

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Homem Cueca

    Veja... É verdade, os dinâmicos, como o SM57, podem ser úteis numa gravação de violão sim. Muito raro, muito difícil, com técnicas especiais, para sons especiais. Não é nem vai ser a primeira escolha, nem a segunda, nem a terceira, mas não quero dizer que não cabe e não existe microfonar um violão com um SM57. Inclusive na biblioteca do Fishman Aura tem um ou outro com um SM57. Aliás, a princípio vale o que se tem a mão, seja um mic de computador comprado no camelô, seja um de superfície, seja um condensador de lapela, seja um shotgun mic. Se é microfone, se capta o som, a princípio dá para usar para tudo que é captação de som.

    Eu por algumas vezes já testei vários mics para captar violão, bandolim, ukulele e até amplificador de guitarra. Aliás, acho que é um processo comum para a captação de um som, acertar o microfone certo para o tipo de som que se espera, começar com uma captação boa, para prosseguir com uma mix boa depois. Para isso, o SM57 sempre perdeu. Só em alguns casos, poucos, onde o amplificador no talo está no isobox, ou eventualmente numa distorção com o amp bem alto, o SM57 funciona bem para mim. Eventualmente, por exemplo, um outro dinâmico funciona melhor também nestes casos, que não o SM57.

    De toda forma, eu entendo que o SM57 é um mic baratinho e honesto, funciona. Por isso que é o melhor mic do mundo no FCC. Qual outro mic de renome, usado no mundo todo, super conhecido, disponível por míseros 100 dólares? Mas quando se tem outros a disposição, para várias aplicações ele não vai ser o mic de escolha e por isso que eu não vou recomendar para um principiante neste mundo de gravações para especificamente gravar violão. Se a proposta fosse ter um mic-coringa, para gravar violão, voz, percussão, guitarra, sair na noite com ele, não tem outro, seria o número 1.

    Eu não engrosso o coro da galera que chama o SM57 de melhor mic do mundo. Em 2012 a revista Sound on Sound elegeu o Neumann U87 como o melhor do mundo, anunciado num evento na Namm. Com esse eu posso concordar, mas o pessoal do FCC vai falar que é o pior do mundo e a última escolha, já que aqui ele é vendido a mais de 11 mil reais...

    Homem Cueca
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    MMI
    Veja... É verdade, os dinâmicos, como o SM57, podem ser úteis numa gravação de violão sim. Muito raro, muito difícil, com técnicas especiais, para sons especiais. Não é nem vai ser a primeira escolha, nem a segunda, nem a terceira, mas não quero dizer que não cabe e não existe microfonar um violão com um SM57. Inclusive na biblioteca do Fishman Aura tem um ou outro com um SM57. Aliás, a princípio vale o que se tem a mão, seja um mic de computador comprado no camelô, seja um de superfície, seja um condensador de lapela, seja um shotgun mic. Se é microfone, se capta o som, a princípio dá para usar para tudo que é captação de som.

    Eu por algumas vezes já testei vários mics para captar violão, bandolim, ukulele e até amplificador de guitarra. Aliás, acho que é um processo comum para a captação de um som, acertar o microfone certo para o tipo de som que se espera, começar com uma captação boa, para prosseguir com uma mix boa depois. Para isso, o SM57 sempre perdeu. Só em alguns casos, poucos, onde o amplificador no talo está no isobox, ou eventualmente numa distorção com o amp bem alto, o SM57 funciona bem para mim. Eventualmente, por exemplo, um outro dinâmico funciona melhor também nestes casos, que não o SM57.

    De toda forma, eu entendo que o SM57 é um mic baratinho e honesto, funciona. Por isso que é o melhor mic do mundo no FCC. Qual outro mic de renome, usado no mundo todo, super conhecido, disponível por míseros 100 dólares? Mas quando se tem outros a disposição, para várias aplicações ele não vai ser o mic de escolha e por isso que eu não vou recomendar para um principiante neste mundo de gravações para especificamente gravar violão. Se a proposta fosse ter um mic-coringa, para gravar violão, voz, percussão, guitarra, sair na noite com ele, não tem outro, seria o número 1.

    Eu não engrosso o coro da galera que chama o SM57 de melhor mic do mundo. Em 2012 a revista Sound on Sound elegeu o Neumann U87 como o melhor do mundo, anunciado num evento na Namm. Com esse eu posso concordar, mas o pessoal do FCC vai falar que é o pior do mundo e a última escolha, já que aqui ele é vendido a mais de 11 mil reais...



    De toda forma, eu entendo que o SM57 é um mic baratinho e honesto, funciona. Por isso que é o melhor mic do mundo no FCC. Qual outro mic de renome, usado no mundo todo, super conhecido, disponível por míseros 100 dólares? Mas quando se tem outros a disposição, para várias aplicações ele não vai ser o mic de escolha e por isso que eu não vou recomendar para um principiante neste mundo de gravações para especificamente gravar violão. Se a proposta fosse ter um mic-coringa, para gravar violão, voz, percussão, guitarra, sair na noite com ele, não tem outro, seria o número 1.


    Matou a charada. Em 99% dos casos aqui no FCC, é pra ter um mic coringa. O cara já tem um condensador de capsula grande.

    Mas como já dizemos antes, você e eu, o Aura é a melhor opção pra gravar em casa e em situações adversas.

    O SM57 é o mic mais popular do mundo, não é atoa. Hehehe Destruir um SM57 é para os fortes, tem que ter o dom pra conseguir estragar um. huauhauhauhauhahua

    MMI
    Veterano
    # mar/14
    · votar


    Homem Cueca

    Destruir um SM57 é para os fortes, tem que ter o dom pra conseguir estragar um. huauhauhauhauhahua

    Pessoalmente nunca vi alguém ter a habilidade de destruir um. Esses caras do youtube conseguiram, mas convenhamos, se esforçaram bastante.

    Blind987
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Aproveitando o tópico novamente, ao invés de usar dois microfones usei o mesmo behringer para microfonar e tomei vergonha na cara e comprei pilha pro meu violão hahaha, gravei o mesmo em linha... o resultado foi esse:

    Cover Oasis com Violão em linha e microfonado

    Essa técnica é valida, ficou bom a gravação? se quiserem opinar na masterização tb eu agradeceria :)

    Abraçooos!

    Alfa polar
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Blind987

    Cara minha opinião, repito, MINHA opinião, é de não usar o 57 pra violão, é um mic que tem muitos médios altos e agudos, sem contar que é um microfone dinâmico, ideal para fontes sonoras com mais pressão.
    Eu usaria um condenser diafragma largo, NT1, NT2, C414, P220, P420, etc... e um diafragma pequeno, tipo um NT5, um KM84, SM81, 603...
    Os condensers são super ideais pra violão pois possuem uma membrana muito mais sensível, capaz de captar melhor as variações de pressão e vibração das cordas de um violão, ainda mais se vc for gravar algo dedilhado ou com mais dinâmicas.
    Quanto ao posicionamento, já fiz experiências mirabolantes, mas continuo gostando bastante do diafragma largo na região da ponte (cavalete no caso), e do diafragma pequeno na casa 12, importante usar um pouco de proporção igual, não precisa ficar medindo igual um retardado, mas a distância entre um mic e outro deve ser o dobro da distância que eles estão do violão que está sendo gravado, sacou? phase issues.

    Abs

    Blind987
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Alfa polar

    Obrigado pela sua colocação amigo, o que acha então de eu comprar um diafragma largo pra usar no corpo no violão e continuar usando o behringer b1 perto da 12° casa? o problema também é que minha fast track é uma entrada só... existe um adaptador pra tornar duas entradas? ou devo comprar uma placa fast track nova? :(((((((((((

    Claudiornr
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Realmente o SM 57 não é a melhor opção.
    Quanto à gravação em estéreo, só se fosse voz e violão eu optaria por gravação com 2 mics.
    Dentro de uma mix com bateria, baixo, guitarras e tudo mais, acho bem mais interessante gravar duas performances de violão, mesmo que fazendo a mesma coisa. Soa mais natural quando abertas no estéreo dentro da mix.
    Outra opção legal é gravar o primeiro violão base normalmente e o segundo com um capotraste, explorando outras regiões do braço do instrumento.

    Alfa polar
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Blind987

    existe um adaptador pra tornar duas entradas? ou devo comprar uma placa fast track nova? :

    Amigo você poderia considerar comprar uma nova placa que tenha no mínimo 2 pres, ou ainda, se a sua tiver entrada de linha, poderia comprar um Pré mais em conta, Art MP, Presonus Bluetube, Arcano, Behringer, qlq coisa, só pra poder gravar em stereo!

    Claudiornr

    ótimas dicas, Blind987 aconselho vc fazer isso tbm, gravar duas performances, de repente, cada uma com um tipo de microfone, e abrir no stereo, dá um efeito bem interessante, só tenta não mudar muito uma da outra. O problema é que demora o dobro do tempo, e vc pode ter alguns leves problemas de cancelamento de fase.

    Greenwood
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Alfa polar
    vc pode ter alguns leves problemas de cancelamento de fase.

    Existe cancelamento de fases se gravar um violão em 2 takes separados? Nunca ouvi falar nisso!!!

    Slash_1989
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Só pra apimentar a polêmica do sm57 no violão:



    O problema é que como o som é muito delicado, você tem que atochar ganho no pré, e se ele for uma bosta, é chiado na certa!

    No mais, eu gostei da microfonação que usei nesse video. O AKG deu um corpo a mais, enquanto o shure evitou que eu puxasse médios-agudos na mix.

    Só tenho dois mics, por isso usei eles, mas eu testaria um condenser de capsula pequena no lugar do 57.

    Agora, comprar outro B1 acho que não compensa, o mic é bemm ruim pra se ter dois!

    Blind987
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Vou comprar um AKG Fudidasso e usar com o B1, PRONTO! Hauhauhauh

    Alfa polar
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Greenwood

    .Existe cancelamento de fases se gravar um violão em 2 takes separados? Nunca ouvi falar nisso!!!


    Sim, com certeza, vc pode ter problemas de fase sim, principalmente se microfonar na mesma região e executar o som de forma similar. Claro que não vai ter problemas sérios como no caso de dobrar o canal, mas é possível sim, tem que ficar atento pra não perder corpo e ressonância do violão.

    Blind987

    Vou comprar um AKG Fudidasso e usar com o B1, PRONTO! Hauhauhauh


    Considere comprar um Shure SM81. E um Neumann KM84.

    Também considere comprar um AKG C451

    Greenwood
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Alfa polar

    Interessante saber disto. Estou realmente perplexo!

    Então, vamos lá: quero gravar dois violões em uma faixa. Cada um no seu canal respectivo. Os dois fazendo as mesmas batidas... só pra dar uma encorpada mesmo. Um eu capto colocando o microfone próximo da 12a casa.

    O outro eu devo colocar onde?

    NINO_D.BOB
    Membro Novato
    # abr/14
    · votar


    O outro eu devo colocar onde?

    Se for usar 2 microfones ao mesmo tempo, coloca acima do ombro, na altura do seu ouvido, posicionado para frente do violão.

    Agora se for gravar 2 linhas de violão individuais, aconselho usar um só microfone, e pode posicionar na 12ª casa mesmo em ambas gravações.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Técnica de gravação de violão em Stereo usando dois microfones