Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Dúvida no Cubase - edição externa de tracks de áudio

      Autor Mensagem
      JJJ
      Veterano
      # ago/10


      Estou dando uma testada no Cubase só por diversão e comparando com o Sonar, com o qual já brinco de longa data (desde o Cakewalk...).

      Já deu pra perceber que ele se dá melhor que o Sonar em termos de latência (pouca coisa) e, principalmente, compatibilidade com a minha placa de som (Audigy 2 zs). No Sonar, eu preciso fazer uma gambiarra clicando e desclicando no driver da placa na opção de monitorar para poder ouvir o som enquanto gravo (esquisitíssimo...).

      Por outro lado, pra mim, faz falta o Cubase não ter acesso a plugins DirectX. Ainda tenho uns velhotes aqui que não abro mão nem por decreto (rsrsrs)! Não consigo entender porque retirar o suporte a uma tecnologia...

      Mas a minha dúvida principal é sobre a possibilidade de abrir um track de áudio direto num editor (Sound Forge, por exemplo). Pra mim, é indispensável fazer algo assim. No Sonar, existe o menu Tools que tem a opção com o editor. Basta uma trilha estar selecionada e clicar lá que ele exporta, abre o áudio no Sound Forge, você edita a vontade, salva, fecha e ele importa o resultado editado. Pergunto: tem algum jeito de fazer isso com o Cubase e algum editor estéreo (o Sound Forge ou mesmo o Wavelab)?

      Editar faixas de áudio direto no DAW é dose... Igual rosquear parafuso com ponta de faca...

      JJJ
      Veterano
      # ago/10
      · votar


      Ninguém?

      Então vai mais uma dúvida:

      No Sonar, há uma opção de m/s (mono para estéreo) clicando num iconezinho da track. Serve para que tracks gravadas em mono sejam processadas em estéreo (por plugins como doublers, stereorizers, simuladores de amp, reverbers, etc - que pegam um sinal mono e dividem em dois canais, simulando estéreo).

      Não achei como fazer isso no Cubase... Alguém sabe?

      Stalingrado
      Veterano
      # ago/10
      · votar


      JJJ
      qual tua versão do Cubase, man? SX3?

      JJJ
      Veterano
      # ago/10 · Editado por: JJJ
      · votar


      Stalingrado

      5. Só tô dando uma olhada pra ver como é.

      JJJ
      Veterano
      # set/10
      · votar


      uuuuuuuuuuuuup!!!

      Ninguém conhece Cubase por aqui?

      (por isso que todo mundo posta no fórum de guitarra - se eu fizesse essa pergunta lá, já teria resposta...)

      zélo cardoso
      Veterano
      # set/10 · Editado por: zélo cardoso
      · votar


      JJJ
      Tem sim, se voce gravou em midi, exporta em Audio mIxdown (pode exportar importando, mas tem que marcar as caixas na janela do mixdown), e se for audio mesmo, faz a mesma coisa (escolhe o formato que quer), depois vá na pasta para onde exportou a track, abra seu editor (SF, Wavelab...)edite a vontade, salve, e depois importe para o Cubase 5 novamente!
      Mas uma pergunta, o Cubase 5 (com plugins nativos e outras centenas que voce pode abrir para editar) já tem muitas possibilidades de edição, por que exportar, editar em outro programa, depois importar novamente ? Por que não faz tudo no Cubase 5?
      Espero tê-lo ajudado, Zélo Cardoso

      JJJ
      Veterano
      # set/10 · Editado por: JJJ
      · votar


      zélo cardoso

      Valeu, cara! Obrigado. Te respondendo:

      por que exportar, editar em outro programa, depois importar novamente ? Por que não faz tudo no Cubase 5?

      Bom... por quê editar uma track no Sound Forge ou no Wavelab em vez de fazer no próprio Cubase (ou outro DAW)?

      Simples... DAWs são excelentes "gravadores" digitais. Até dá pra editar tracks, mas os programas próprios para isso, como os que citei, são melhores (são feitos pra isso).

      Então... ponto pro Sonar, que faz isso tudo que você explicou com uma simples opção de menu, em vez de eu ter que exportar, abrir no outro, salvar, importar de novo e coisa e tal...

      Quanto à minha outra dúvida (processar uma track mono em estéreo), ponto pro Sonar de novo, que faz isso com um simples clique no ícone na própria track. No Cubase (descobri como se faz lendo o manual) você tem que abrir um bus stereo, direcionar a track pra lá e jogar o efeito m/s no bus, não na track (muito mais passos pra chegar no mesmo efeito).

      horacio.jo
      Veterano
      # set/10
      · votar


      JJJ
      cara eu uso o cubase/nuendo e nunca tive necessidade de testar o sonar (e não digo que é ponto pro cubase)... acho que todas as daws são boas e a melhor é aquela que você domina...não vejo sentido nenhum nessas comparações.

      JJJ
      Veterano
      # set/10
      · votar


      horacio.jo
      não vejo sentido nenhum nessas comparações.

      Ok... respeito sua opinião, mas eu gosto de conhecer vários softwares (não só na área de áudio) pra poder decidir qual é melhor pra mim. Se você olhar no primeiro post eu dei "ponto" pro Cubase com relação a latência e compatibilidade com a minha placa. Acho que é perfeitamente normal e até desejável que, num fórum de gravação, se comparem ferramentas, seus pontos fortes e fracos, etc.

      horacio.jo
      Veterano
      # set/10
      · votar


      JJJ
      tranquilo cara, eu apenas disse que não vejo sentido nessas comparações, por você usar o sonar a tanto tempo...
      Depois de acostumar com determinada ferramenta o trabalho flui mais rapido...
      eu optei pelo cubase/nuendo porque foi a steinberg que inventou o VST e desenvoveu o driver ASIO, usados em quase todas as outras DAWS.
      Pode até o Sonar ou outro qualquer ser melhor, porém eu gosto da interface e das funções da steinberg por estar familiarizado.
      eu só opinei porque deu a impressão que você veio afirmar que o sonar era melhor desmerecendo o cubase.
      se me equivoquei desculpa.

      JJJ
      Veterano
      # set/10
      · votar


      horacio.jo

      Sem problema. Também não curto essa coisa de "melhor", mas com certeza todos tem suas qualidades e defeitos. Já vi gente fazendo o contrário do que você pensou que eu estava falando: dizendo que o Cubase era muito melhor que o Sonar. Não consegui ver isso tão claramente e quis deixar dois pontos em evidência que mostram o contrário (pelo menos nestes aspectos específicos).

      makumbator
      Veterano
      # set/10
      · votar


      JJJ
      Pergunto: tem algum jeito de fazer isso com o Cubase e algum editor estéreo (o Sound Forge ou mesmo o Wavelab)?


      Claro! Basta clicar duas vezes na pista que ela abre para edição. Mas também gosto de usar um software externo para isso(uso o Sound Forge). Mas não preciso que o Cubase "chame" o SF, pois trabalho com cada um de uma vez. Caso precise editar uma pista, prefiro fechar tudo e ir no SF, me concentrando apenas nela. Basta salvar com o mesmo nome que as alterações se refletirão na sessão do Cubase.

      Por outro lado, pra mim, faz falta o Cubase não ter acesso a plugins DirectX. Ainda tenho uns velhotes aqui que não abro mão nem por decreto (rsrsrs)! Não consigo entender porque retirar o suporte a uma tecnologia...

      Nisso eu concordo. Mas apenas na versão 5 que isso ocorreu, as anteriores mantém o suporte ao DX. Há pessoas com Cubase 5 que estão usando adaptadores de DX para VST. Mas também acho que era melhor manter mesmo.

      Não consegui ver isso tão claramente e quis deixar dois pontos em evidência que mostram o contrário (pelo menos nestes aspectos específicos).


      Mas para ser totalmente justo, vc teria que aprender a usar o software de maneira mais completa, e aí sim comparar com o Sonar(que vc já domina). Uma alternativa seria comparar 2 softwares em que vc não tem costume nenhum(e nesse caso as condições estariam também iguais). E nesse último caso poderia ser analisada a "curva de aprendizagem" do mesmo(ou seja, o tempo que se leva para dominar o software).

      Jabijirous
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Não consigo entender porque retirar o suporte a uma tecnologia...
      Velha e ponto heheehehhe


      Dê uma catada por ae, tem muito DX que já virou VST

      Minow
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Não consigo entender porque retirar o suporte a uma tecnologia...

      Eu consigo, Dx é uma bosta.

      makumbator
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Minow

      Eu consigo, Dx é uma bosta.

      Ahhh...não fala assim!!!Hhsahashas!

      Eu tinha uns plugins pré históricos em DX que ainda usava(compressor e limiter), mas com a chegada do Cubase 5 procurei alternativas e encontrei. Hoje o DX nem me faz falta, mas compreendo quem sente falta dele.

      Jabijirous
      Velha e ponto heheehehhe

      Que nada, agora que o DX tinha chegado na "melhor idade" ele sai de cena? Rará!

      JJJ
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Minow
      Dx é uma bosta.

      hummmm. Por que?

      makumbator
      vc teria que aprender a usar o software de maneira mais completa, e aí sim comparar com o Sonar(que vc já domina). Uma alternativa seria comparar 2 softwares em que vc não tem costume nenhum

      Ok... mas os dois pontos específicos levantados são coisas que eu uso direto, por isso perguntei sobre eles. Não estou comparando todas as características. Embora até ache que seria muito interessante se alguém viesse dizer algo como "bom... mas tem o xptolizer do Cubase que não se consegue com o Sonar!"...

      far
      Veterano
      # nov/14 · Editado por: far
      · votar


      [Claro! Basta clicar duas vezes na pista que ela abre para edição.
      Só na sua cabeça, que isso acontece!

      É muito papo pra um só!

      Desculpe, mas vc pode ser veterano de Cifra Club, de produção de audio, precisa melhorar, para dizer "Claro! Basta clicar duas vezes na pista que ela abre para edição". Abre o quê, cara?
      O correto é depende da versão do Cubase, através do menu preferencias, deve-se escolher o Sound Forge como editor externo. E não é só clicar e pronto. Explica direito se realmente quer ajudar os outros, ao invés de ficar batendo um gogó, de que usa assim e assado!

      makumbator
      Veterano
      # nov/14 · Editado por: makumbator
      · votar


      far
      Você entendeu errado. Em todas as versões do Cubase desde a SX 2 (eu uso atualmente a mais recente, 7.5.1 e passei por todas as outras) basta sim clicar 2 vezes sobre um clip de áudio na janela da sessão para abrir o editor de áudio do próprio Cubase ( e não o sound forge, Wavelab ou outro editor externo). Estava falando desse recurso interno da própria Daw, e não o que você se refere ( que é "chamar" outro software através de um comando interno).

      Talvez você não conheça o editor interno do próprio Cubase, mas aí eu não posso fazer nada.

      Para um veterano, você é bastante agressivo...leia melhor antes de concluir erroneamente sobre o que alguém se refere.

      Jabijirous
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      makumbator
      Esse aí tá pior que o Barrichello kkkk

      makumbator
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Jabijirous

      Pois é, upou um tópico de 2010 pra escrever isso...

      Jabijirous
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      makumbator

      E ainda confunde Sonar com Cubase kkkkkkkk

      JJJ
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Aparece quatro anos depois do falecimento do tópico (que eu tinha até esquecido... rs) e pagando o maior esporro! kkkkkkkkkkkk

      Calma far, aqui é todo mundo amiguinho... hehehe

      inExperienced
      Veterano
      # nov/14
      · votar


      Galera, pro colega far só entregando o troféu.
      Clique aqui e receba seu prêmio!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Dúvida no Cubase - edição externa de tracks de áudio

      306.085 tópicos 7.902.117 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital