Microfone condensador para uso ao vivo ???!!!

    Autor Mensagem
    El_Cabong
    Veterano
    # jul/06


    Este microfone me chamou atenção porque ele é condensador, com Phanton Power, mas com captação cardióide!!!
    Nas especificações diz que ele pode ser usado em estúdio e também ao vivo sem captar o som do ambiente, microfonias, etc.
    Alguém que tenha este microfone poderia me dizer se isto confere?
    Se ele pode mesmo ser usado tanto em estúdio como ao vivo?
    No meu home studio eu tenho um Behringer XM2000s, mas se o C1 for mesmo versátil assim (ao vivo e estúdio) no futuro vou ver se compro um!
    Encontra-se o C1 no Mercado Livre por R$250.

    CARACTERÍSTICAS
    O C-1 da BEHRINGER é um microfone condensador de diafrágma grande de baixo custo com padrão polar cardióide. Ele proporciona a performance que você espera de um condensador top de linha: resposta de frequência excepcionalmente flat e de altíssima resolução, circuito de entrada FET sem transformador ultra low-noise e uma incrível transparência no áudio.
    Com seu transdutor de alta qualidade e saída XLR folheada a ouro, o C-1 soa muito natural e cumpre seu papel na transmissão sem ruído. Ele também possui um LED indicador para phantom power e um suporte para estante. Seja microfonando instrumentos acústicos ou elétricos, para vozes ou bateria, o C-1 da BEHRINGER é uma excelente escolha para estúdios e eventos ao vivo.
    Alimentado por +48 V Phantom Power, com LED indicador
    Soquete e case inclusos
    ESPECIFICAÇÕES
    Princípio do conversor: condensador, membrana de 16 mm
    Característica direccional: cardióide (reniforme)
    Ligação: banhada a ouro,
    ligação XLR simétrica
    Voltagem de circuito aberto: -33 ± 2 dBV (0 dBV = 1 V/Pa)
    Resposta de frequência: 40 Hz - 20 kHz
    Nível máx. de pressão acústica
    (1% THD @ 1 kHz): 136 dB
    Circuito de entrada FET com ultra baixo ruído e sem transformador.
    Impedância nominal: 100 Ohms.
    Impedância de carga: >1 k....
    Alimentação: +36 a 52 V

    Eder Muchiutti
    Veterano
    # jul/06
    · votar


    El_Cabong
    desculpa te desapontar, mas praticamente todos os condensadores são cardióides, pelo menos os mais populares entre nós (homestudio). Ex.: MXL990, Behringer B1 e B2, etc.
    O fato de ser cardióide não garante que ele não vai captar os sons de trás, apenas qie vai captar menos do que um omnidirecional.
    Pra uso ao vivo (e estúdio), esses condensadores são indicados: SM86 e Beta 87A.

    Abraços.

    LucMcLeite
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    galera, desenterrando o tópico....

    Sou do fórum de teclado e Preciso de ajuda urgênte!!!

    Comprei um mic condensador behringer b2 e dele, simplesmente não saiu som.

    Eu o liguei na mesa de som com Phantom power, equalizador e amplificador de Potência. Eu preciso de algo mais? Por favor, me dêem o passo a passo para usar este mic.

    Já aumentei o ganho, verifiquei o cabo, troquei os canais da mesa. Ouvi falar sobre algo como um pré amplificador, mas se já tenho a potência para amplificar o som, pra que o pré?

    Vou usar o mic ao vivo e preciso dele funcionando logo.

    Por favor me ajudem.

    Alex guitar man
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    O pre amp pre-amplifica o sinal para o power, no forum tem muito sobre isso..

    makumbator
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    LucMcLeite

    O phantom só chega ao microfone em cabo XLR nas duas pontas. Caso vc esteja usando um XLR - P10, a energia não consegue ir até o mic, e por isso ele não funcionaria.

    Precisa necessariamente de um cabo desse:

    http://www.workshop-music.com/14-56-large/cabo-xlr-m-xlr-f-.jpg

    LucMcLeite
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    Alex guitar man
    Sim, mas é necessário esse pa?

    makumbator
    Sim, é este cabo que usei

    Mas eu não sei o que aconteceu.

    Hoje vou levar ele em algum lugar pra testar, numa loja de musica aqui, ou num amigo meu que tem um home studio.

    Homem Cueca
    Veterano
    # mar/12 · Editado por: Homem Cueca
    · votar


    LucMcLeite
    Cara, você conferiu se o roteamento dos canais está certo? Ligou no Canal 1 da mesa (com o phantom power ligado), sem estar mutado, sendo mandado para o Main Mix (Stereo Mix)?

    Muito provavelmente é isso.

    Não basta plugar o mic no canal e subir os faders, tem que ver se o roteamento está correto, se o sinal está indo para onde você quer que ele vá.

    LucMcLeite
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    Galera, muito obrigado pela ajuda, mas parece que a mesa de som estava com problema no phantom power e ele não estava ligando (obs.: estranho é que a mesa ligava mas o phantom não.)...

    Já resolvi o problema e ele está perfeito.

    Obrigado

    Homem Cueca
    Veterano
    # mar/12
    · votar


    LucMcLeite
    Galera, muito obrigado pela ajuda, mas parece que a mesa de som estava com problema no phantom power e ele não estava ligando (obs.: estranho é que a mesa ligava mas o phantom não.)...

    Já resolvi o problema e ele está perfeito.

    Obrigado

    Toda mesa liga o Phatom Power separadamente. Imagine se o phatom power ficasse ligado direto e você ligasse um microfone de fita, são 48V ligados direto........adeus microfone de fita que custa mais caro que boa parte do equipo. Hehehehe

    has4
    Veterano
    # set/12
    · votar


    Bom... já foi ressucitado recentemente sendo este o tópico apropriado para questionamentos, tomando por base o próprio título do tópico "Microfone condensador para uso ao vivo ???!!!" e pelo reforço: Se ele pode mesmo ser usado tanto em estúdio como ao vivo? - El_Cabong

    Redudante a minha dúvida, mas... queria saber se, de fato, alguém aqui ou alhures usa, ao vivo e para vocal, um Behringer B2 Pro, por exemplo, ou similar? Isto, independente se há vazemtno ou não, já que não seria para gravações, mas para palco mesmo? Certo é que, em estúdios, a captação melhora absurdamente para vocal e outros instrumentos, ao menos num Estúdio, mas... e ao vivo, no palco?

    Se a mesa não tiver phantom power, há algum pequeno dispositivo que sirva para uma mesa pequena que não o possui (phantom power)?

    Obrigado mesmo! Vlw.

    Alfa polar
    Veterano
    # set/12
    · votar


    has4
    Não vejo motivo para o uso de condenser ao vivo a não ser que seja pra gravar, Os condenser são mics mais frágeis e com menos sensibilidade ao volume. Não entendo o porque visto que existem microfones dinâmicos com um som foda que já basta

    has4
    Veterano
    # out/12 · Editado por: has4
    · votar


    Alfa polar

    Bom... obrigado por pintar e discutir. Vlw

    Na minha limitada visão (ou audição mesmo rsrs) penso que eles captam melhor, já que têm um bom campo de captação que captam bem à distância a fonte emissora de som, daí, pensei, por que não usá-lo no palco e ao vivo? Principalmente quando ficamos às vezes um pouco distantes dos microfones, no palco, ocasião em que a voz some (nos microfones comuns), mas com eles penso que facilitaria e a movimentação no palco não atrapalharia tanto a captação enquanto estivermos um pouco distantes do microfone, durante uma performance, por exemplo. Veio daí a minha, digamos, visão. rsrs

    Outro exemplo também, quando o cara tocar a mesmo tempo um violão e uma gaita de boca com o segurador - o que o faz pela movimentação mudar de posições em frente ao microfones.

    Coisa de amador mesmo! rsrs

    Os microfones de estúdio podem ser frágeis, como vc disse, mas que me parecem que captam melhor e bem, à distância, isso eles fazem sim. Na minha opinião.

    vlw.

    makumbator
    Veterano
    # out/12
    · votar


    Alfa polar

    Eles não são tão frágeis assim, principalmente os também designados para uso ao vivo. Toco com um cantor que só gosta de usar Shure beta 87A. É condensador supercardióide, e dura anos na estrada sem problemas. O motivo dele usar esse mic específico é que foi o que melhor casou para a voz dele, então ele o usa, oras...hehehe!

    has4


    Se a mesa não tiver phantom power, há algum pequeno dispositivo que sirva para uma mesa pequena que não o possui (phantom power)?

    Tem mini prés com phantom power.

    Alfa polar
    Veterano
    # out/12
    · votar


    makumbator

    Aí sim estamos falando de um condenser construído para um uso mais específico, acho que pra quem dispõe de recurso $$ é uma opção legal, eu não gastaria num condenser supercardióide, primeiro porque não tenho muito money, segundo que não teria muita utilidade no meu estúdio... prefiro ficar gastar nos dinâmicos e nos condensers convencionais mesmo, especialmente os que tem a chave cardiode/omni que acabam sendo coringas, rola pra voz, pra violão, sax, piano acústico, over de batera, e room mas sem dúvida a fidelidade sonora do condenser é superior, não tem o que discutir...

    makumbator
    Veterano
    # out/12
    · votar


    Alfa polar

    Esse beta nao é tão caro (é na faixa dos 700 reais dependo de como e onde se compre). É aquela história: mic nunca é demais e não fica obsoleto, mas realmente o melhor é comprar mic o mais versátil possível, pois assim o investimento nele se justifica de melhor maneira.

    Também prefiro mic com chave de mudança de figura (pois é como ter mais de um mic em um). Há também aqueles em que se pode trocar a cápsula (há vários Rode nesse esquema, que inclusive vem com 2 cápsulas diferentes).

    Nandooo
    Veterano
    # fev/13
    · votar


    Bom ... alguém perguntou aí: pq usar o condensador ao vivo?? ... Vamos imaginar q vc quer tocar na rua ... e tem uma banda pequena somente com instrumentos acústicos ... o q fazer: USAR UM CONDENSADOR! Assim rola captar todo mundo ...

    O problema é que quando tentei fazer isso, usando o Behringer B2 PRO e um AUDIX, eles captaram muita ambiência e dificultaram tudo.

    Acredito que existam opções de microfones mais apropriados para isso.

    maidenman
    Veterano
    # mar/13
    · votar


    Makumbator
    Se esse beta não é caro, minha vo é gostosa.

    makumbator
    Veterano
    # mar/13 · Editado por: makumbator
    · votar


    maidenman

    caro ou barato depende do ponto de vista e intenção de investimento de cada um. Não existe caro ou barato absoluto, desprovido de contexto. Eu acho o beta barato pela durabilidade e som que ele proporciona (principalmente para uso ao vivo) e comparando-se com outras opções muito mais dispendiosas.

    Emanuel Arquileu
    Membro Novato
    # out/16
    · votar


    Ressuscitando na intenção de concluir e deixar claro. Afinal serve para usar no palco ao vivo tipo show acústico voz e violão? Estou pensando em usar o Behringer C1. Reforçando que como já foi dito acima nas instruções do produto diz que é para estúdio e ao vivo. E aí, alguém já usou? Afinal, dá pra usar? Fica bom pra show acústico ao vivo?

    mahohnikk
    Membro Novato
    # out/16
    · votar


    Eu já usei um C-1U (USB) e ele tem uma qualidade péssima (pelo menos eu acho isso hoje em dia), na época eu achava excelente, mas eu era bem leigo no mundo do áudio. O C-1 precisa de phantom power e é mais indicado para uso de estúdio (sendo o estúdio bem básico, porque a qualidade não é profissional). Por que digo isso? Em um show ao vivo, você vai cantar com muita força, emoção e microfones condensadores são bem mais sensíveis. No estúdio, você precisando de phantom power, vai usar um equipamento ex interface de áudio e o volume do preamp vai ser ajustado para que, com a intensidade que você cante e toque não clip (distorça). Como microfones dinâmicos são microfones "duros", menos sensíveis, aguentam mais porrada, por assim dizer. Você até pode cantar ao vivo com um microfone condensador, mas com a mesma força (caso você cante com muita força) em um dinâmico, você vai ter mais resistência, com o dinâmico vai sofrer para o sinal não clipar. Bom, eu penso assim.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Microfone condensador para uso ao vivo ???!!!