Música e Moralidade

Autor Mensagem
st.efferding
Membro
# out/17
· votar


Adler3x3
MrYuriSilva

Concordo, o General Patton é uma menininha insegura tentando realizar sua alucino-utopia (mundo dos ursinhos carinhosos) porque não aguenta o play da vida real sem chorar.

Adler3x3
Veterano
# out/17 · Editado por: Adler3x3
· votar


st.efferding

Eu não fiz uma crítica dirigida ao autor do tópico, e se fosse citaria diretamente.

O tópico comporta mais sub temas o que tive a intenção de dizer é que muitos vigilantes da moral, não tem moral.
Pois ficar vigiando a moral dos outros parece coisa de radicais.

General Patton
Membro Novato
# out/17
· votar


Adler3x3
é que muitos vigilantes da moral, não tem moral.

Muito pelo contrário. Somente um homem amoral ficaria isento de julgamento da moral alheia, isso é um constatação óbvia.

st.efferding

Unquestionably it is a very common phrase of modern intellectualism to say that the morality of one age can be entirely different to the morality of another. And like a great many other phrases of modern intellectualism, it means literally nothing at all. If the two moralities are entirely different, why do you call them both moralities? It is as if a man said, “Camels in various places are totally diverse; some have six legs, some have none, some have scales, some have feathers, some have horns, some have wings, some are green, some are triangular. There is no point which they have in common.”…Of course, there is a permanent substance of morality, as much as there is a permanent substance of art; to say that is only to say that morality is morality and art is art.

makumbator
Veterano
# out/17
· votar


General Patton
Muito pelo contrário. Somente um homem amoral ficaria isento de julgamento da moral alheia, isso é um constatação óbvia.

Acho que o Adler queria dizer que muitos vigilantes da moral são imorais (e hipócritas), e não amorais.

st.efferding
Membro
# out/17
· votar


General Patton

"Only a Sith deals in absolutes."

Adler3x3
Veterano
# out/17 · Editado por: Adler3x3
· votar


Makumbator

É a hipocrisia dos donos da verdade.

No campo musical por exemplo, que é o nosso foco neste fórum.
O órgão era tido como um instrumento nefasto, pois o Coliseu de Roma tinha este instrumento.
Depois o violino também ficou mal afamado pois tinha na sua confecção pele de animais.
E assim outros casos foram acontecendo, o rock era considerado demoníaco, agora até em igreja tem, e existem inúmeros grupos dedicados.

A música new age, também era considerada demoníaca, agora nas igrejas tocam pads eletrônicos longos e isto é válido para a adoração.
E new age nunca foi uma religião, nem um movimento, simplesmente alguém cunhou a expressão nova era, que não tinha líder, pois a liberdade era a base.
Meditação então, nem se fala, era um estado pernicioso, hoje fazem adoração ao som de músicas meditativas.

Para os paladinos da moral isto era um perigo.
Hoje em dia e já faz alguns séculos o órgão e o violino tem posição de destaque na música sacra.
Então , estes preconceitos no mínimo eram resultado de uma má interpretação da finalidade do instrumento e suas músicas tocadas, assim como diversos estilos musicais.

brunohardrocker
Veterano
# out/17
· votar


Adler3x3

E qual a pena que a sociedade deve cumprir, conforme sua sentença?

Insufferable Bear
Membro
# out/17
· votar


Tema para defender a moral e os bons costumes:



Adler3x3
Veterano
# out/17 · Editado por: Adler3x3
· votar


brunohardrocker

Não condeno, não sentencio, só faço indicações e alertas, todos vão se purgar por si mesmos, a evolução vem naturalmente.

Insufferable Bear

Taí gostei, uma boa peça para escutar de manhã.

brunohardrocker
Veterano
# out/17 · Editado por: brunohardrocker
· votar


Vamos fazer um ensaio.

O órgão era tido como um instrumento nefasto, pois o Coliseu de Roma tinha este instrumento.

Adoradores de Apollo jogam cristãos aos leões no local. Isso em alguma época entre mil e quinhentos a dois mil anos atrás.
Depois o império se converte ao cristianismo, entre mil e quinhentos e dois mil anos atrás. Então entre mil e quinhentos e dois mil anos atrás eles não tem o direito de declarar aquele instrumento como demoníaco, porque em 2017 tem alguém, com acesso à internet, condenando isso?

xmarhunterx
Membro Novato
# out/17 · Editado por: xmarhunterx
· votar


Zueirinha acabou

acabaramosnicks
Membro Novato
# out/17
· votar


o ponto é que ficar taxando as coisas de maneira indevida pode te limitar de uma maneira negativa

xmarhunterx
Membro Novato
# out/17 · Editado por: xmarhunterx
· votar


acabaramosnicks
Recado pra mim?

Cara na minha opinião, moralismo é como os hipócritas chamam a IGNORÂNCIA. Ficar com um pensamento ultrapassado só impedi a sociedade de progredir.

sallqantay
Veterano
# out/17
· votar


moralismo

pois é, eu sou a favor de legalizar o estupro. Quem é contra é moralista

xmarhunterx
Membro Novato
# out/17
· votar


sallqantay
Você também está exagerando, ser contra o estupro não é moralismo, todos nós somos contra isso.
Se você quer saber oque é moralismo, assista um discurso do Bolsonaro e veja como é essa m*₩$@ com seus própria olhos.

sallqantay
Veterano
# out/17
· votar


ser contra o estupro não é moralismo, todos nós somos contra isso

sim, pois somos seres morais

xmarhunterx
Membro Novato
# out/17
· votar


Existem coisas boas no moralismo, como querer o bem do próximo e ser totalmente contra os crimes, mas também existe muito preconceito e hipocrisia nesse meio.

sallqantay
Veterano
# out/17
· votar


preconceito e hipocrisia

mimimi as inimigas mimimi

brunohardrocker
Veterano
# out/17
· votar


moralismo
preconceito
hipocrisia

Ao lado de conservadorismo, os termos mais orkutizados, portanto, mal aplicados, do século.

Adler3x3
Veterano
# out/17 · Editado por: Adler3x3
· votar


brunohardrocker
Escreveu:
Bem observado:
moralismo
preconceito
hipocrisia

Ao lado de conservadorismo, os termos mais orkutizados, portanto, mal aplicados, do século.


Entraria também as religiões exclusivistas, isto é aquelas que acham que tem o monopólio de Deus.
Fora os dogmas repressivos da fé cega, que deixam as pessoas doentes.
O conservadorismo desde que seja sadio não é um mal em si, em muitos casos é bom.

O que quis dizer fazendo referência a casos mais antigos e mais modernos é que na linha do tempo sempre existiram preconceitos, e para isto temos que estar atentos, pois os problemas se repetem, lá atrás era com o órgão, recentemente com a guitarra e a música eletrônica,
E no futuro só Deus sabe o que vão inventar.

O processo de demonização dos outros é crime, e assim deveria ser tratado, pois a intolerância religiosa é um mal em si, mas parece que eles não aprendem, parece que na sua religião querem uma reserva de mercado só deles, pois se intitulam donos da verdade.

sandroguiraldo
Veterano
# out/17
· votar


Acredito apenas na lei e na moral judaico-cristãs. Todo resto é balela.

Adler3x3
Veterano
# out/17 · Editado por: Adler3x3
· votar


sandroguiraldo

Que balela?
Esta é uma visão limitada e distorcida.
Toda a influência sobres as leis e costumes não estão só na Bíblia, que tem pouca coisa sobre o direito propriamente dito.

As principais influências da civilização ocidental são de origem Greco-Romana.
O direito romano tem muita influência no direito brasileiro.

Judaico/Cristão pode ser no cristianismo, uma religião com várias vertentes.
Não se pode confundir moral e direito com religião.
É um direito seu acreditar na sua religião, mas não dá para misturar.

Fora do quadrado tem muita mais coisas.

Dindu
Membro Novato
# out/17
· votar


Fora os dogmas repressivos da fé cega, que deixam as pessoas doentes.
Poderia falar um pouco mais sobre isso?

makumbator
Veterano
# out/17
· votar


brunohardrocker
Adoradores de Apollo jogam cristãos aos leões no local.

Aposto que eles tinham aprontado alguma. De graça é que não foi. Hahah!

xmarhunterx
ser contra o estupro não é moralismo, todos nós somos contra isso.

Talvez os estupradores em série discordem.

Adler3x3
Veterano
# out/17 · Editado por: Adler3x3
· votar


Dindu

A fé cega é a fé imposta por outros que muitos aceitam.
Dogmas repressivos são aqueles que em nome da fé cega e irracional criam situações repressivas para através do medo dominar a pessoa, e aí começam os problemas.

Isto é os dogmas são usados não para reforçar a fé mas sim para levar a pessoa ao medo, o medo do desconhecido, ao medo de ser punida e não reconhecida pelos demais praticantes.
A principal característica é a repressão para os clérigos manterem o seu poder sobre as pessoas.
Exemplos:
- Algumas religiões não permitem a transfusão de sangue;
- A pessoa tem que fé por mais absurdo que seja o dogma que foi criado com base nas antigas escrituras, mitos que não passam de mitos, como por exemplo o sol ficar parado, como a Baleia engolir Jonas e ficar três dias lá dentro;
- A pessoa que não seguir a religião vai para o inferno, e mesmo uma que seja uma pessoa de bem e só pratique bons atos e ações, mesmo assim por não seguir aquela religião também vai para o mesmo lugar.
- Algumas pessoas não trabalham no sábado e outros nos domingos;
- A terra é plana;
- A confissão livra os pecados, quem não se confessa vai para aquele lugar também;
- Quem não paga o dízimo também;
- Se tem um índio ou um aborígene em terras longínquas ou remotas, mesmo nos dias hoje, se a pessoa não conhece a palavra de Deus também vai para aquele lugar, fazer o que nasceu no lugar errado, e assim é culpado pela sua perdição;
- ora por séculos e séculos por exemplo o continente americano ficou isolado do resto do mundo, assim como outras partes, que nunca ouviram falar em tal Deus;
- O cerceamento de direitos individuais básicos em nome da religião, perseguindo as outras;
- o processo de demonização dos outros;
- O vinho do milagre, não era vinho, era vinho não embriagante, ou melhor suco de uva;
- Pode-se matar em nome de Deus;
- e centenas e centenas de exemplos, tá cheio de dogmas repressivos.

Com relação a saúde mental os dogmas trazem problemas que afetam o pensamento.
O nosso cérebro é uma maravilha, a pessoa aprende as coisas boas pela observação, como fica com ideias desconexas na cabeça o cérebro fica dividido entre o pensamento correto e as coisas absurdas que colocam na cabeça da vítima.

Mais cedo ou mais tarde o cérebro vai ter que fazer uma escolha sobre o que é correto ou não, mas a pressão de fora é muito intensa, e quando começa a aceitar os absurdos os problemas mentais começam.

Muita coisa boa aprende na escola, e depois vem um clérigo em enche a cabeça do cara de besteiras.
O cérebro entra em conflito, e estas pessoas ficam nervosas, tem pensamento desconexos, não tem a mente clara, entram facilmente em depressão e tristeza, e vivem com medo.

Pois aprendeu a lei da gravidade, e tem muitos mitos em que simplesmente esta lei não existe, e são cegos em admitir.

Como a repressão é o método deles dá no que dá, pois as vezes até a família esta toda dominada por estes dogmas repressivos, e qualquer contestação é tratada como uma rebeldia inaceitável, e muitas aceitam a condição de serem vítimas para não desagradar a família, ou seja a vida do cara fica turva.

Coitadas das crianças que sofrem e sofrem e muitos só vão conseguir se libertar quando forem maiores de idade, e quando puderem morar por conta própria.

Ora os antigos escritos não tem nada de sagrado, podem até ter sido inspirados, mas não tem uma verdade absoluta, foi um mito inventado quando o conhecimento em geral era muito baixo entre a população em geral.
Muito foi simplesmente adaptado de outras civilizações não tem nada de original.

Os antigos e modernos profetas são todos falsos, muitas partes do textos não resistem a uma menor análise.

Não sou contra deus e a religião.

Dindu
Membro Novato
# out/17
· votar


Adler3x3
Entendi. Obrigado pelo seu tempo.

Como ateu, sempre lutei contra a igreja malvadona e opressora. Religião, pra mim, era pior que o substrato da merda. Pregava que as pessoas deviam libertar-se, abrir os olhos, "acordar". Quem tinha fé não passava de um gado burro aos meus olhos. Isso me destruiu sem que eu percebesse.

Me tornei um niilista convicto, e do niilismo pro hedonismo é um passo. Aos poucos fui me tornando refém de mim mesmo, negando isso até chegar ao fundo do poço. Foi quando eu esbarrei em uma Bíblia. Intrigado, tentando compreender os "pecados", acabei me desafiando a seguir aquilo que estava escrito por um determinado período de tempo. Foi uma experiência que mudou minha vida completamente, virando o mundo de cabeça pra baixo. De repente, tudo fez sentido.
Eu nem sei por quê escrevi isso, mas enfim...

lei da gravidade
É um mistério até hoje.

A terra é plana
A Terra é, de fato, plana. :)

A confissão livra os pecados, quem não se confessa vai para aquele lugar também
O arrependimento genuíno é que livra os pecados.

Ora os antigos escritos não tem nada de sagrado, [...] não tem uma verdade absoluta,
A cada dia que passa, estou mais certo do contrário.



Muito foi simplesmente adaptado de outras civilizações não tem nada de original.
Os antigos e modernos profetas são todos falsos, muitas partes do textos não resistem a uma menor análise.

Acho que você não pode sustentar estas afirmações.


DEUS VOS ABENÇOE.

makumbator
Veterano
# out/17
· votar


Dindu
É um mistério até hoje.

Nem é.

Acho que você não pode sustentar estas afirmações.

Rapaz, é tudo chupado um do outro. Os tais profetas por aí ficavam só no zemoleza.com.br chupando conteúdo. Não é mole não!

Dindu
Membro Novato
# out/17
· votar


makumbator
Nem é.
É sim.

makumbator
Veterano
# out/17
· votar


Dindu

Você que acha

Viciado em Guarana
Veterano
# out/17
· votar


makumbator
São 3:30 da manhã, cara! Vai dormir!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Música e Moralidade