Aplicar Maria da Penha para proteger homem 'não é adequado', diz ministra

    Autor Mensagem
    brunohardrocker
    Veterano
    # abr/13


    Homens já foram beneficiados pelas medidas protetivas previstas na lei.
    Para Iriny Lopes, Judiciário é entrave para que a lei tenha maior eficácia.

    Há dois meses no cargo de ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, a deputada federal licenciada Iriny Lopes (PT-ES) defende que a Lei Maria da Penha, criada para proteger as mulheres em situação de violência, não seja aplicada para beneficiar também homens agredidos por suas companheiras.

    "A lei é clara. (...) É para ser aplicada para proteger mulheres agredidas. Os homens são amparados pela legislação comum, o próprio Código Penal dá proteção a esses homens. Não é adequada a utilização para homens", afirmou Iriny em entrevista ao G1, na qual contou os planos do governo Dilma Rousseff para as mulheres. Nesta terça (8), o país comemora seu primeiro Dia Internacional da Mulher sob o comando de uma presidente mulher.

    Desde a criação da Lei Maria da Penha, há 5 anos, diversos juízes já aplicaram medidas protetivas para homens. Há poucos dias, a Justiça do Rio Grande do Sul concedeu benefício para um homossexual. A proteção dos homens, no entanto, não é consensual no Judiciário. A Lei Maria da Penha, da qual Iriny Lopes foi relatora na Câmara dos Deputados, ainda é alvo de outras discussões, como, por exemplo, se o texto é constitucional por diferenciar homens de mulheres, se o processo deve terminar caso a mulher desista da queixa ou se a lei deve ser aplicada em relações casuais.

    Para tentar reduzir parte das controvérsias, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu durante sua gestão que o Supremo Tribunal Federal (STF) declare a constitucionalidade da Lei Maria da Penha. O caso está com o ministro Marco Aurélio Mello, mas não há previsão para julgamento da ação.

    Na opinião da ministra Iriny Lopes, o grande entrave para melhor aplicação da Lei Maria da Penha é a demora para o julgamento dos processos. "A mulher que apanha hoje é a morta de amanhã. Quando há demora no julgamento dos casos, o agressor está livre para continuar as agressões, e as agressões costumam chegar ao ponto do homicídio. (...) Muitas mulheres morrem porque os processos contra seus agressores estão parados."

    +Entrevista
    Fonte:
    http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/03/aplicar-maria-da-penha-para -proteger-homem-nao-e-adequado-diz-ministra.html

    Xeper
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    A lei é clara
    /ArnaldoAprova

    Viciado em Guarana
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Os homens são amparados pela legislação comum, o próprio Código Penal dá proteção a esses homens.

    E por que as mulheres não são amparadas pela legislação comum?

    CindyFerrari
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Desde a criação da Lei Maria da Penha, há 5 anos, diversos juízes já aplicaram medidas protetivas para homens. Há poucos dias, a Justiça do Rio Grande do Sul concedeu benefício para um homossexual.
    ã?
    O.o




    /piada

    O sacerdote dos templos de Syrinx
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    E por que as mulheres não são amparadas pela legislação comum?

    Não só mulheres. Na cabeça cheia de merda dos esquerdistas, nenhuma 'minoria' é amparada pela lei comum.

    Xeper
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    a Justiça do Rio Grande do Sul concedeu benefício para um homossexual.

    Ai parece aquele ponto em que a lei se enrola sozinha.
    "A lei é clara. (...) É para ser aplicada para proteger mulheres agredidas. Os homens são amparados pela legislação comum, o próprio Código Penal dá proteção a esses homens

    Nessa eu fiquei curioso, se só pode para mulher o homossexual é amparado por?

    Tears Of Fire
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    essa Maria da Pena é uma bosta...
    legal... homem não pode bater em mulher, mas se ela começar? como fica? e se for necessário? como fica?

    Snakepit
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Aguardando a lei Joao da Penha.

    makumbator
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Tears Of Fire
    homem não pode bater em mulher, mas se ela começar? como fica?

    Aí é o momento de praticar as esquivas e jogo de pernas. Com isso o homem consegue não apanhar e também não bater. Mas só os mestres tem tal habilidade.

    Tears Of Fire
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    makumbator
    cansei deste comodismo...
    é muito difícil...huahahahahah

    BokuWa
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    http://permissavenia.wordpress.com/2013/01/15/especial-jurisprudencia- stj-sobre-lei-maria-da-penha/

    Wanderer on the Offensive
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Nah, tudo bem proteger mulheres. Mas se o brother apanha em casa e fica por isso mesmo, ele merece, pelo simples fato de não estar representando a classe.

    Les Guitar
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    E é de se esperar outra coisa de uma lei sexista?

    Pedro_Borges
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Snakepit
    Aguardando a lei Joao da Penha.


    Macho que é macho não espera por lei. Ele faz a lei.

    sallqantay
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    homem branco sofre

    landlord
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Mó vacilo, só colocar a lista telefônica na criança e sentar o braço.

    Strato_Master
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    o legal é a coerencia dessa tia....

    eu tolero idiotas... tolero babacas... tolero muita coisa....

    mas odeio gente incoerente....

    Ken Himura
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    Strato_Master
    Deputada né, o que você queria?

    _Excelion
    Veterano
    # abr/13
    · votar


    a lei comum gera desigualdades

    então você contrabalanceia com outra desigualdade, gerando outra desigualdade, rinse and repeat.

    é assim que o rolê funciona, deixar parado é beneficiar um determinado grupo ad infinitum.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Aplicar Maria da Penha para proteger homem 'não é adequado', diz ministra