Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      laney lc 30 + pedal drive ou peavey classic 30?

      Autor Mensagem
      procurador
      Veterano
      # nov/07


      Olá amigos. Olha eu aqui com alugação outra vez. É o seguinte: já tinha um amplificador roland JC 120, mas faz um tempo tava querendo um valvulado (para tê-lo junto com o roland). Inicilamente peguei um fender blues jr, que tem um timbre muito bom, mas achei que faltava um pouco de grave e tava um pouco ardido (quando tocava com ele ficava com os ouvidos perturbados e doloridos). Então resolvi trocá-lo por um laney VC 30, que na hora do teste na loja, acabei ficando com o LC 30, por ter um som parecido com o VC, porém mais versátil. De fato o Lc tem um som bacana mesmo, sobretudo o clean. Bem limpo (com uns pedais equalizer e compressor da boss) o som ficou ainda melhor. bom mesmo. Porém a sua distorção achei muito moderna e com muito graves que chegam a embolar o som. Gosto, na verdade de uma distorção com bom ganho, porém mais clássica tipo AC/DC, que no LC não consigo de jeito nenhum. Será que usando pedais (QUAIS???) eu conseguiria um timbre mais clássico tipo AC/DC no canal drive? Obs: Achei o som do peavey classic 30 da peavey extraordinário, com seu próprio drive, para o som distorciodo que procuro. Muito bom mesmo. O peavey possui ainda um timbre no clean vintage que me pareceu bacana também (apesar de ser mais "barulhento" tipo do blues jr). Eu gostaria na verdade de ter os dois amplis, pois acho que se completam perfeitamente. Porém como tenho que escolher apenas um (tenho ainda a possibilidade de trocar no peavey, voltando uns 350,00). Queria o clean do LC 30, com o drive clássico, vintage e bem saturado (com fortes médios) do peavey. Isso é possível com pedais, tipo aquels da dunlop, fultone, etc? É que só no pedal, já vai mais que a diferença que tenho que voltar para pegar o peavey. Contudo com este, embora com um som vintage bacana, não tenho aquele som cristalino que me oferece o laney LC 30. hehehhe. É complicado ter que abrir mão de uma vantagem, para se beneficiar de outra... Antecipadamente agradeço a todos que puderem ajudar. Abraço a todos.

      GUGALOO
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      procurador
      Será q equalizando bem e mexendo no ganho vc não consegue mesmo esse overdrive q vc quer?? Se vc quer mesmo drive mais vintage, deveria ter pego o VC30 mesmo, mas...

      No meu VC30 eu faço o seguinte: pra dar uma crunchada bem de leve eu uso compressor, fica bem legal, pra mais ganho chegando num overdrive, uso um sparkle drive q é um ótimo pedal, adoro ele, e para chegar num drive com mais ganho, ficando entre uma dist e drive, uso um drive master da marshall, to gostando muito do resultado.

      Acho q pra vc seria legal mesmo um pedal low gain, um sparkle drive, TS808, OCD fulltone ou barber direct drive.

      Na minha opinião, acho essencial vc estar satisfeito com o clean do seu ampli, pois os drives vc consegue com bons pedais, e a sorte de ainda o laney (pelo menos o meu VC30) aceitar muito bem pedais e pedaleiras.

      Acho o peavey tbm um ótimo ampli, ai vai do seu gosto mesmo.

      leo22
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      procurador

      Já tentou usar um atenuador no seu Laney? Um mix de saturação de power com a de pré vai dar um timbre bem legal e próximo do Classic 30.

      Procura saturar o seu Laney manualmente, provavelmente vai dar uma mordida mais vintage.

      Pesoalmente eu achei um tanto sem graça ter um amp valvulado e usar distorção de pedal. Para boost ou pra dar uma esquentada no som eu até concordo, agora, como distorção principal eu acho que é perder timbre....

      Se voce não gostar mesmo assim do timbre, ai eu aconselho voce a trocar o seu laney pelo Classic 30 que tem um dos timbre mais legais q eu ja ouvi.

      Abçs!!!

      GUGALOO
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      leo22
      Aí depende do ampli amigo, no meu caso, eu preciso de pedal de distorção pois o VC30 tem apenas um overdrive leve, que por sinal é um excelente timbre, mas pouco versátil.

      leo22
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      GUGALOO

      Entendi seu ponto, mas o q eu quero dizer é que se a pessoa comprou tal amp foi porque gostou do som dele e que se adequa ao timbre que ela toca .

      Ao meu ver não acho uma coisa muito interessante comprar um amp vintage e colocar na frente um pedal de distorção forte para tocar metal, por exemplo... Oq tb não quer dizer q esse amp sirva só para um estilo...

      E outra, é otimo variar a distorção sim com o uso de pedais, mas a sacada real de se tocar em um valvulado é a diferença do som deste para algo transistorizado como um pedal de dist.

      Abçs!!

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      GUGALOO
      é, imagino que para drives o vc responda mesmo de um modo mais voltado pro clássico que o LC. é que o LC ao final das contas (depois de muito sofrimento. rsrsrs), me pareceu mais versátil, mas ele não responde numa onda mais clássica tipo AC/DC não. porém é esta a distorção que curto. a do LC é muito grave, moderna, meio sem médios, ainda que se coloque o konob do médio no último e com graves exagerados na minha opinião, mesmo com o botão respectivo no zero. mas o clean dele é muito bom mesmo. é complicado, pois o peavey, apesar de muito legal, não vai dar no clean, o som brilhante tipo do LC. Quando um ampli possui uma vantagem, necessariamente traz consigo uma outra, para quem quer o impossível como eu. rsrsrs. por isso vou ter que abrir mão, ou do drive vintage, ou do clean cristalino. só não sei poir qual optar. hehehe. não que eu não acho o clean do peavey bacana. acho sonzão, só que parece que enjoa e cansa os ouvidos mais rápido. já a sua dikstorção é satisfação total, mesmo em volumes baixos.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      GUGALOO
      é, imagino que para drives o vc responda mesmo de um modo mais voltado pro clássico que o LC. é que o LC ao final das contas (depois de muito sofrimento. rsrsrs), me pareceu mais versátil, mas ele não responde numa onda mais clássica tipo AC/DC não. porém é esta a distorção que curto. a do LC é muito grave, moderna, meio sem médios, ainda que se coloque o konob do médio no último e com graves exagerados na minha opinião, mesmo com o botão respectivo no zero. mas o clean dele é muito bom mesmo. é complicado, pois o peavey, apesar de muito legal, não vai dar no clean, o som brilhante tipo do LC. Quando um ampli possui uma vantagem, necessariamente traz consigo uma outra, para quem quer o impossível como eu. rsrsrs. por isso vou ter que abrir mão, ou do drive vintage, ou do clean cristalino. só não sei poir qual optar. hehehe. não que eu não acho o clean do peavey bacana. acho sonzão, só que parece que enjoa e cansa os ouvidos mais rápido. já a sua dikstorção é satisfação total, mesmo em volumes baixos.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      leo22
      no laney testei apenas uma me-8 emprestada (única que tenho disponível), mas já notei, que pelo ampli tem um clean brillante, mais uma distorção na linha moderna, dificilmente dárá um distorção do jeito que gosto, com médios mais proeminentes e tal. o benefício que conseguiria com um fultone (pedal caro) por exemplo seria pouco, já que o ampli, naturalmente possui um timbre mais moderno. É essa a minha impressão e como moro do interiorzão não tem como testar pedais nele... Tô a afim do peavey, mas embora ganharei um drive perfeito (na minha concepção de som) e um clean vintage, perderei aquele som cirstalino do laney LC. Agora pergunto, se eu ligar um simulador do bassman da boss (lançamento que nunca testei), eu consigo dar uma "clareada" no som do peavey, convertendo-o num "fender" com sons cristalino quando eu quiser??? Se possível, ou meio possível seria o caminho, pois teria dois timbre cleans num único ampli e sendo o peavey valvulado e tal, acho que responderia bem a um simulador desses. O que acha.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      leo22
      Já tentou usar um atenuador no seu Laney? Um mix de saturação de power com a de pré vai dar um timbre bem legal e próximo do Classic 30. Cara COMO É ISSO? qual o custo disso? não compensaria fazer o inverso trocar por um peavey e quando quisesse um som mais cristalino usar um equalizer e um simulado do bassman??? Abç.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      leo22
      Ah, o peavey só acho feio de visual. o modelo antigo era bem mais bonito, parecia o fender blues deluxe (hot rod na versão blues)...

      leo22
      Veterano
      # nov/07 · Editado por: leo22
      · votar


      procurador

      O q eu disse é que por terem as mesmas valvulas de power El84, a saturação de power dos dois vai se assemelhar...

      E quanto ao mix, é bem interessante pois vc pode ter saturação de power e pré ao msm tempo, embora a saturação do power dá um som bem mais rico e cheio, diferente das de pré que tendem a deixar o som mais magrinho...

      Olha se eu fosse você não tem nem o que pensar, o classic 30 é o amp para você, e o som dele é claro nao é extremamente cristalino como os fenders, mas ai é questao de regulagem e gosto..



      Esse video mostra bem como é legal o som desse amp.

      Abçs!!

      GUGALOO
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      procurador
      Outra coisa legal que eu faço no meu VC30 é no canal de drive dele, conseguir um som limpo com um punch bem animal (isso mesmo, vc não entendeu errado, no canal de drive, regulando o drive com o volume do drive, fica um som bem cheio com uma ótima presença).

      Bom, eu sou suspeito pra falar do VC30 acho ele demais, e como eu disse, PRA MIM, é mais importante ter um clean bom do ampli, pois a distorção se consegue com ótimos pedais, mas ainda quero ter um ampli que consiga ficar extremamente satisfeito ligando somente a guitarra e ampli.

      Eu acho que na verdade vc deveria mandar fazer um ampli pra vc, conseguindo, assim, sanar todos os seus problemas. Com a grana q vc ja gastou em pegando um, troca por outro, agora quer trocar por mais outro,manda fazer um do jeito que vc quer e pronto.

      JoeCruzGuitar
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      Cara tem algo errado ai.

      O canal drive do LC30 no zero, parte de um quase clean e vai abrindo o curso do drive até o 7 + ou - !!! Acima do 7 ele aumenta a compressão no som, mas não meche quase nada no drive.

      Ou seja, lá pelo 4 voce tem um timbre bem britanico e com pouco ganho sim.

      Cysio
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      leo22
      Caraaaaaaaca, amei esse som :o !
      É o Peavey Classic ?
      Será que handmade faz cópia x) ?

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      GUGALOO
      "Outra coisa legal que eu faço no meu VC30 é no canal de drive dele, conseguir um som limpo com um punch bem animal (isso mesmo, vc não entendeu errado, no canal de drive, regulando o drive com o volume do drive, fica um som bem cheio com uma ótima presença)." Fiz isso no LC também e o som ficou legal, mas ainda sim e mesmo com pedais (usando o canal drive com tu falou), não consegui um drive mais clássico como eu gosto. Acho que vou pegar o peavey mesmo e quando quiser um som cristalino, tento regular ele no equalizer. já pensei em até testar um pedal simulador bassman da boss. num cubo valvulado deve ficar bom e com reverb e timbre de fender, simulados. aí teria duas grandes opções num mesmo ampli. eu tô apostando num pedal desses, que testarei no futuro. abraços. Mas que dá dó de abrir mão do LC dá. rsrsrsrs.

      leo22
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      Cysio

      Ah é relativamente simples o circuito do classic 30, um bom handmaker faz um amp até melhor...

      procurador

      Eu estava pensando no seu caso, e lembrei que um colega aqui do forum uma vez tinha feito um amp com dois pré!! Um com o som puxado pro fender e o outro puxado pra Marshall...

      O real problema mesmo está nas valvulas de power, que dão aquele som mais caracteristico.

      Para o seu caso eu recomendaria altamente uma cópia de Hiwatt ou Orange, pois os dois tem um som muito cristalino e uma distorção nessa sua praia.

      http://www.proguitar.de/AudioDemo/CompareAmps/CompareAmps.html

      Nesse site tem demos de amps consagrados, ouça os orange e os Hiwatt para entender melhor oq eu digo.

      Abçs!

      GUGALOO
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      JoeCruzGuitar
      Pois é cara, eu tbm to achando isso, mas sei lá ..

      procurador
      O sparkle drive tem um boost limpo que de repente vc consiga este som limpo q vc quer no classic, é só abrir o knob de clean dele q fica um som muito foda tbm. Esse boss q simula fender eu não curti o sampler dele, mas de repente... Eu sei que o edalko tem um pra vender um boss bassman.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      GUGALOO
      acho que vou optar por trocar pelo peavey. já reservei na loja. e aí com o peavey em mãos eu vejo alguma dessas hípoteses de "limpar o som". mas me fala mais sobre este sparckle. quanto custa? um equalizer boss não faria melhor ou mesmo efeito? Quanto aos boss fender me interessei pelo reberb 65, pois possui reverb, que o bassman acho que não tem. mas quero testar um antes de comprar pra ver se é bom mesmo. Além do que agora esgotei meus recursos. Aliás tenho que vender meu fender deluxe 112 plus. Abç.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      GUGALOO
      Ah, só pra constar. não que eu não curta o som mais vintage do clean do peavey. é que tem hora que se quer um som mais brilhante, limpo e cristalino... Disse o léo que o orange daria este som cirstalino com um drive mais do jeito que eu quero. vou conferir.

      procurador
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      leo22
      Ok. vou conferir os samples.

      GUGALOO
      Veterano
      # nov/07
      · votar


      procurador
      Cara, o sparkle é show, eu gosto muito, nunca digo q nenhum pedal sai do meu set, mas esse será muito difícil. Quanto ao equalize, não faz a mesma coisa, pois o equalizer ja diz, vc dará uma outra equalização no timbre, ja o pedal não. Não sei como te dizer. Quanto ao preço, se comprar na net (eu comprei com o dodo audrin) é na faixa duns R$ 500,00 ja nas lojas, se conseguir achar, uns R$ 700,00.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a laney lc 30 + pedal drive ou peavey classic 30?

      306.100 tópicos 7.902.579 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital