Transporte de amps valvulados

    Autor Mensagem
    Buddy_guitar
    Veterano
    # ago/07


    E aí, pessoal?

    Seguinte, toco em duas bandas, uma de Metal e outra Pop. Tô precisando de um amp novo. Pensei em pegar um valvulado pra levar comigo nas apresentações.

    Li algumas coisas e parece que valvulado é complicado de transportar, dizem que é muito sensível e qualquer batidinha as valvulas vão pro saco!

    Queria saber do pessoal que tem valvulados se isso é verdade? Se for, acho que vou pegar um transistorado mesmo.


    Valeu pessoal.

    LeandroP
    Moderador
    # ago/07
    · votar


    Pra levar pra estrada??? É loucura mesmo.

    Eu não pago 5 paus num valvulado pra levar pra estrada...

    Tem gente que leva, mas...

    GUGALOO
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    Também não é assim, lógico que necessita de um cuidado maior, mas quem vê, pensa que não pode nem esbarrar num valvulado q ja estraga.

    Ja vi muitas bandas em bares com valvulados.

    Se fosse tão frágil assim, ninguém levava. Compre sim, leve pra tocar, mas tenha cuidado, bem como com a sua guitarra e pedais.

    kaus
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    Buddy_guitar

    esse negócio de que valvulado é frágil demais tem um pouco de lenda cara

    vc deve respeitar as limitações desse tipo de equipamento como:

    *nunca transportar o amp ainda quente

    *nunca deixar o amp cair no chão ou levar alguma porrada forte do gênero

    *ter muito cuidado com ele no transporte, no porta malas do carro o meu eu deixo praticamente sentando em cima de um colchonete pra evitar algum impacto mais forte

    tenta consiguir um case legal vale muito a pena o amp fica muito protegido dessa forma

    mais uma coisa prefira ter um head que um combo o transporte é mais fácil desse jeito

    LeandroPanucci

    Pra levar pra estrada??? É loucura mesmo.

    Eu não pago 5 paus num valvulado pra levar pra estrada...

    Tem gente que leva, mas...


    com 5K eu compro muita coisa legal um valvulado de marca nunca é o melhor caminho pra quem tem a grana curta não é não ?? hehehehee

    Humans Being
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    O mesmo cuidado que vc tem com seus pedais e guitarra será o mesmo cuidado com seu valvulado (pelo menos comigo acontece isso).

    Tenho um 5150 e levo ele pra todo show q faço, o unico cuidado extra que eu tenho, é que não deixo ninguem carrega-lo sozinho, eu sempre ponho a mão na massa, ou melhor no TANQUE... rs

    E se preciso for eu abraço o bicho de 40Kg e levo sozinho ... mas não me aventuro a deixar na mão de ninguém ...

    Agora quanto a gastar 5 mil num ampli pra tocar dentro do quarto no volume 1????? (afff) ai sim é bem melhor comprar um transistorizado ... se existe é pra usar e usa-lo bem ...

    o lance de pegar um HEAD eu aprovo, o meu é um combo... é um sofrimento pra carregar ... talvez eu troque o meu num HEAD um dia ...

    Compre o valvulado não vai se arrepender ...

    abrç

    tom_delonge182
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    Li algumas coisas e parece que valvulado é complicado de transportar, dizem que é muito sensível e qualquer batidinha as valvulas vão pro saco!

    mito!

    Stratomania
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    Li algumas coisas e parece que valvulado é complicado de transportar, dizem que é muito sensível e qualquer batidinha as valvulas vão pro saco!

    mito!
    (2)

    Já li até que é melhor transportar o amp quente, pois o vidro das válvulastem menos chance de quebrar quando quente, pois ele fica menos rígido.

    Se vc pensar que até meados de 70 tínhamos no mundo um domínio de amps valvulados como padrão, seria impossível considerar que os amps eram frágeis a ponto dos músicos sofrerem com isso mais do que com amps de transistor.

    kelson
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    Stratomania
    e os filamentos arrebentam facilmente quando quentes!
    acho que cada hora alguem inventa alguma coisa "isso é bom! isso é ruim", acho que melhor é o bom senso.

    acho que frágeis são os donos que não tomam cuidado nenhum!

    boleterodectba
    Veterano
    # ago/07
    · votar


    Existe muitas lendas... Veja um exemplo dos antigos valvulados da giannini que já passaram de 30 anos de estrada e ainda funcionam.
    Vc só não pode pegar e jogar no carro como se fosse um cubinho meteoro, é só cuidar, não bater com força, etc...
    Eu ja viajei muito levando 2 valvulados no carro e nunca aconteceu nada, uma vez até bati bebum num meio fio, furou o pneu, amassou o aro mas o amp tava intacto.

    EduBluesMan
    Veterano
    # 11/jul/20 02:06
    · votar


    Boa noite
    Podem
    Me tirar uma dúvida?
    Hoje peguei estrada com meu meteoro mgv30 e notei que quando o carro dava um solavanco saia um som de tsssssssssssssssssss do meu amplificador
    Como se as válvulas ou alguma coisa nele estivesse vibrando
    Algo semelhante ao barulho de uma garrafa de refrigerante se abrindo
    Nada muito alto mas apenas quando dava solavanco
    Tive a impressão de que as válvulas estivessem com algum tipo de molas amortecendo impacto
    Isso é normal?

    ejames
    Membro Novato
    # 11/jul/20 04:51
    · votar


    EduBluesMan
    Provavelmente era a mola do tanque de reverb.

    LeandroP
    Moderador
    # 11/jul/20 11:57 · Editado por: LeandroP
    · votar


    EduBluesMan

    Como disse o ejames, muito provável que seja o tanque de molas do reverb. Precisa ouvir este barulho com o amplificador ligado rs Um vez eu dei um soco no amplificador no meio da música e as molas do reverb vibraram num efeito muito louco rs.


    O problema de transportar o amplificador valvulado é ter que esperar ele esfriar depois de tocar. É importante verificar se as válvulas estão bem fixadas também. De resto, é tranquilo.

    Ismah
    Veterano
    # 11/jul/20 19:05 · Editado por: Ismah
    · votar


    Teoricamente não LeandroP. Como grande parte dos materiais, o vidro é mais maleável quando quente, logo é menos provável que tenha problemas com elas quentes, que numa friaca de -5 ºC, como encarei ano passado, em Lagoa Vermelha/RS.

    O choque térmico, também não é problema. Quando a válvula para de conduzir, fica apenas a corrente de BIAS / repouso / quiescente. Logicamente, a válvula começa a esfriar, e volta a esquentar quando a corrente recomeça a circular.
    Aí tu imagina um caso onde seja um MetalZone ligado no input. É praticamente um on/off do sinal. E bom, até agora ninguém disse que trinca.

    Prudência nunca é demais, mas não é algo ritualístico também. Um dos cases que trabalho, tem suspensão no fundo, para reduzir a vibração.

    Uma coisa importante, é usar os retentores de válvula, que abraçam por cima. Isso dá a vantagem de que ela não vai cair, ou pior desencaixar levemente.

    LeandroP
    Moderador
    # 11/jul/20 19:55
    · votar


    Ismah

    O meu ampli eu optei por ser cabeçote + caixa pra facilitar o transporte, e pra que eu possa experimentar diferentes configurações de caixa. As válvulas estão em pé no board (não ficam suspensas). Fica fácil também de levar no carro (nem uso case). Mas, só levo o meu amplificador em situações especiais. Geralmente evito levar muita coisa. É guitarra e pedais, apenasmente e somentemente rs

    Eu não sei o que acontece exatamente com a válvula se transportar com ela ainda quente. Se alguma pancada pode acontecer algo. Eu sigo as orientações do pessoal, mas, nunca parei pra pensar a respeito. E também a gente não acaba de tocar e já transporta o amplificador. Até guardar os pedais e a guitarra, o amplificador já tá frio.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 11/jul/20 20:31
    · votar


    LeandroP
    Eu não sei o que acontece exatamente com a válvula se transportar com ela ainda quente. Se alguma pancada pode acontecer algo.
    Rachar o vidro...
    Abç

    Ismah
    Veterano
    # 13/jul/20 22:37
    · votar


    Como escrevi acima Mauricio Luiz Bertola, isso é possível, mas é algo remoto, dado que elas são projetadas para tal.
    Provável que qualquer coisa que tenha acontecido, e causado a quebra, teria acontecido com elas frias também.

    Ainda vale dizer que válvulas como conhecemos, derivam de projetos para fins mais extremos que música - automotores, aviões, e equipamentos militares. Vale pontuar que nem todas as militares são "glass case", algumas de fato são metálicas, mas é muito mais uma questão de proteção contra ruído, que mecânica.

    Prudência nunca é demais²

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Transporte de amps valvulados