Sou contratenor. Posso desenvolver graves mais sólidos?

    Autor Mensagem
    Gui_23
    Membro Novato
    # 16/jul/19 18:44


    Meu alcance vocal total vai do G2-G6, mas me sinto confortável cantando entre (C3 - E6) - notação americana. Gosto da minha tessitura, mas tenho vontade de desenvolver um pouco mais os graves. Consigo emitir um B2 e um A2 com relativa qualidade, mas meu G2 é muito baixo e soproso. Gostaria de desenvolver um G2 mais sólido e forte, mas já me sinto forçando bastante quando faço o A2. Alguma técnica pode ajudar nesta tarefa ou corro o risco de estar forçando minha tessitura?

    Leandro Rigon
    Veterano
    # 22/jul/19 09:33
    · votar


    Oi. Primeiro já te respondi no tópico "contratenor... isso realmente existe?" Leia lá. Lá eu falo sobre desenvolver o duplo caráter para realmente usar realmente toda a sua extensão. Pra um contratenor verdadeiro, o que você diz que é, isso é importante.

    A extensão que você joga é muito grande. Não vou entrar nesse mérito, pois você já pode estar somando voz de cabeça e falsete, o que, no seu caso, DEVE fazer, mas digo que há uma tendência de se tensionar a voz, seja no grave, seja no agudo, e isso faz as extensões limítrofes terem problemas.

    É preciso separar extensão de tessitura (região de conforto). Você trabalhando técnica vai acabar, com o TEMPO, conseguindo usar praticamente toda a extensão. A tendência é a tessitura se aproximar da extensão. Você irá perceber que quando conseguir tensionar menos nos agudos o grave sairá mais facilmente,

    Fala aulas com um bom professor de canto que, além de se preocupar em colocar a voz na máscara, respiração, etc, retire as prováveis tensões.

    Leandro Rigon
    Veterano
    # 22/jul/19 09:53
    · votar


    Oi. Primeiro já te respondi no tópico "contratenor... isso realmente existe?" Leia lá. Lá eu falo sobre desenvolver o duplo caráter para realmente usar realmente toda a sua extensão. Pra um contratenor verdadeiro, o que você diz que é, isso é importante.

    A extensão que você joga é muito grande. Não vou entrar nesse mérito, pois você já pode estar somando voz de cabeça e falsete, o que, no seu caso, DEVE fazer, mas digo que há uma tendência de se tensionar a voz, seja no grave, seja no agudo, e isso faz as extensões limítrofes terem problemas.

    É preciso separar extensão de tessitura (região de conforto). Você trabalhando técnica vai acabar, com o TEMPO, conseguindo usar praticamente toda a extensão. A tendência é a tessitura se aproximar da extensão. Você irá perceber que quando conseguir tensionar menos nos agudos o grave sairá mais facilmente,

    Fala aulas com um bom professor de canto que, além de se preocupar em colocar a voz na máscara, respiração, etc, retire as prováveis tensões.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Sou contratenor. Posso desenvolver graves mais sólidos?