O que vocês acham dos métodos online?!

    Autor Mensagem
    elciosouza
    Veterano
    # mai/15


    O que vocês acham disso?! Temos a Lorna Earnshaw(parece bacana), o famigerado Brett Manning(após ler muito, corri deste), o Ken Tamplin(curti o material dele) e o Mauro Henrique, com o seu Canto Na Prática. O que vocês podem me dizer desses métodos? Tirando o Manning, que já li muita coisa sobre....apesar de gostar dos exercícios propostos. abç!

    Ismah
    Veterano
    # mai/15
    · votar


    Cara, querendo, dá para aprender solito. Então, toda ajuda é bem vinda.

    GersonM
    Membro
    # mai/15 · Editado por: GersonM
    · votar


    Não tem essa de método. Isso não funciona para estudar canto, tem que ser aula cara a cara para formar uma voz. Ou se conhece bem técnica ou nada feito, e a maioria desses caras nem cantar direito sabe.

    No máximo, por vídeo você pode dar dicas e com sorte atingir a dúvida da pessoa que está vendo.

    RafaelBernatto
    Veterano
    # mai/15 · Editado por: RafaelBernatto
    · votar


    Acho que não podemos dizer, com certeza, que "não dá"... Mas é muito difícil. Talvez 0,0001% das pessoas tenha ouvido, inteligência, disciplina suficiente.

    Foi ótima a comparação que fizeram outro dia com arte marcial... Creio ser mais ou menos por aí... Já imaginaram alguém aprender Karatê online?

    entamoeba
    Membro Novato
    # mai/15
    · votar


    Acho que a principal vantagem do professor é que ele pode apontar os erros que você está cometendo ao te observar cantando. Sem o professor, o aprendiz terá que aprender a reconhecer por conta própria quando está errando, o que não é fácil.

    Talvez isso possa ser obtido em uma aula por videoconferência e olhe lá.

    entamoeba
    Membro Novato
    # mai/15
    · votar


    RafaelBernatto
    Já imaginaram alguém aprender Karatê online?

    Pior deve ser aprender a ser eletricista. Imagine se você vai reproduzir o que viu na internet e não tem ninguém do lado para te impedir de cometer um erro!

    FELIZ NATAL
    Veterano
    # mai/15
    · votar


    ^
    ^
    ^
    esse manja

    RafaelBernatto
    Veterano
    # mai/15 · Editado por: RafaelBernatto
    · votar


    entamoeba

    E no caso da eletricidade é até "melhor"... Já que o cidadão que toma o choque, na maioria das vezes, sai vivo e percebe o erro. No caso do canto, ele pode adquirir vícios maléficos sem perceber... Estes que para "tirar" dão um trabaaaalho...

    shoyoninja
    Veterano
    # mai/15 · Editado por: shoyoninja
    · votar




    O cara começa falando que não era para ele estar cantando a parada (então pra que cantar???), e é tensão do começo ao fim.

    Para você ter uma idéia de como está bom, enquanto eu via esse negócio, minha esposa pediu para por favor terminar de matar o gato que estava morrendo.

    Se você quer isso, vai fundo :)

    daimon blackfire
    Membro Novato
    # mai/15
    · votar


    hhuahuahue

    Christhian
    Moderador
    Prêmio FCC 2007
    # mai/15
    · votar


    elciosouza
    Não tenho opinião formada. Tenta lá e depois volta aqui pra dizer como foi...

    /troll

    GersonM
    Membro
    # mai/15
    · votar


    Acho que não podemos dizer, com certeza, que "não dá"

    Podemos sim.

    Lukasmolin
    Veterano
    # mai/15 · Editado por: Lukasmolin
    · votar




    Qualquer semelhança é mera coincidência hahah
    [edit] cuidado com o volume... fica alto

    elciosouza
    Veterano
    # mai/15 · Editado por: elciosouza
    · votar


    galera, em alguns pontos concordo com vocês, mas em outros não. sei da necessidade de um professor cara a cara e etc...isso é um pouco óbvio. mas e para as pessoas que trabalham? eu saio pra trabalhar 12:00 e chego em casa 23:30...sou pai, moro sozinho e tenho coisas pra fazer no pouco tempo livre que resta. não conheço ninguém que dê aula de canto depois das 22:00. como isso é algo que eu queria fazer faz tempo, decidi fazer algo online, no meu tempo livre,no caminho pro trabalho e etc.
    sei que a maioria de vcs vai crucificar esses caras, por que de certa forma tiram as pessoas das aulas particulares. mas não é possível que os exercícios propostos sejam "errados", ou não funcionem...não é possível que um professor presencial ensinará algo diferente demais do que é ensinado nessas aulas. eu cheguei a fazer aula com um amigo por algum tempo e aprendi alguns exercícios que estão nessas aulas online. em relação ao Ken cantando, é claro que ele não vai acertar em tudo...quem acerta?! não é o tipo de vocal que eu curta, não curto hard rock glam ou metal.... mas quem agrada a todo mundo?! entendo que pra tentar arrebanhar mais alunos o cara se sujeite a cantar coisas que fogem do estilo dele....e é claro, não vai ficar bom. é o mesmo que pegar um cara do metal e pedir pra cantar Djavan...não vai rolar...ou vice versa. tipo o Brett Manning, quando vi que o cara não canta tão bem, parei... pra mim, se vc quer ensinar algo para alguém, vc tem que saber executar.
    Sei que o caminho que escolhi, por falta de tempo, é mais longo...inclusive tentarei ter uma aula ou outra com esse amigo pra tirar dúvidas...mas o que posso fazer?! o que eu esperava ler aqui nas respostas era em relação aos exercícios propostos nessas aulas e etc...mas obrigado pela atenção.

    makumbator
    Veterano
    # mai/15 · Editado por: makumbator
    · votar


    Aqui um vídeo para inspirar os estudantes de canto:

    https://www.youtube.com/watch?v=iq_d8VSM0nw



    elciosouza
    sei que a maioria de vcs vai crucificar esses caras, por que de certa forma tiram as pessoas das aulas particulares. mas não é possível que os exercícios propostos sejam "errados", ou não funcionem...não é possível que um professor presencial ensinará algo diferente demais do que é ensinado nessas aulas

    Acho que o problema não é tirar mercado de professores de canto. Não estudo canto (e muito menos brinco de cantar), mas faço um pequeno paralelo com estudo de arco de contrabaixo acústico, que é algo que muito dificilmente se aprende bem sem professor presencial (e exige MUITO estudo mecânico e análise dos movimentos). Imagino que a mecânica corporal do canto também exija certos cuidados que um estudo à distância deixa de lado (pelo menos é o que vejo os professores de canto dizerem).

    É diferente ter alguém do seu lado analisando o que você faz, corrigindo, mostrando a maneira correta...etc.

    Christhian
    Moderador
    Prêmio FCC 2007
    # mai/15 · Editado por: Christhian
    · votar


    elciosouza
    Amigo, entendo a sua dificuldade, mas acredite, contra a força de vontade, não há argumentos. Tenho alunos que vem todas as semanas do interior de SP, 100km, 200km de distância. Já tive até alunos de Marilia e Volta Redonda/RJ. Eu mesmo, quando morei em Nagoya no Japão, cansei de pegar 350km de trem para fazer aulas em Tokyo.

    Como professor - e como muito bem descrito pelo makumbator - afirmo categoricamente que esse tipo de aula não afeta absolutamente em nada quem dá aulas presenciais. Aliás, ao contrário, TODAS as pessoas que chegam aqui tendo passado por algum desses 'métodos', vieram com sérios problemas, sejam musicais e até fisiológicos. Mas imagino que a maior parcela ainda seja a de totais desistentes, pois estarão fadados a ficarem desmotivados após a falta de sucesso - daí o meu comentário anterior, como você deve ter percebido.

    Se quiser aprender de verdade, procure bem por um professor em sua cidade. Converse com ele, explique suas limitações de horário. Eu dou aulas todos os dias das 9h às 22h, mas as segundas feiras, ainda atendo duas pessoas a mais, até as 0h, exatamente por que 'abracei' junto a causa de fazê-las cantar. Acredite, haverá alguém com conhecimento suficiente e disposto a ajudá-lo por aí. Basta ter força de vontade, começando pela procura.

    elciosouza
    Veterano
    # mai/15
    · votar


    se eu fosse sozinho, e não tivesse que trabalhar de segunda a sábado, com certeza faria uma aula em SP ou Japão...rsrsrs
    Já procurei professor aqui no RJ, próximo ao meu local de trabalho, pra viabilizar e não ficar mais tarde...mas tá difícil, a maioria dá aula em escola. O jeito, até achar um professor 24 horas..rsrs.., vai ser fazer aula online e tirar dúvida com esse amigo, que dá aula de canto.

    GersonM
    Membro
    # mai/15 · Editado por: GersonM
    · votar


    mas não é possível que os exercícios propostos sejam "errados", ou não funcionem...não é possível que um professor presencial ensinará algo diferente demais do que é ensinado nessas aulas.

    Mas meu, você não entende nada de técnica vocal, certo? Não tem base para julgar esse tipo de coisa.
    Sim, os exercícios podem estar errados ou até o exercício ser bom, mas feito de maneira errada.
    Porque vc acha não ser possível que um professor irá ensinar algo diferente? Claro que vai, porque infelizmente a grande maioria não sabe quase nada ou nada. O ensino do canto no Brasil é um problema e dos grandes.

    Isso que vc está fazendo é achismo. Você pensa não ser possível, e imagina coisas que não fazem sentido no estudo do canto. Basta ver a conclusão a que vc chegou de que criticamos isso por competição de mercado.

    Eu lhe digo que quando o professor é bom, não há competição, porque as pessoas nunca param de procurar e um professor que sabe o que faz na verdade nem dá bola para esses palhaços que ficam lançando métodos para enganar as pessoas. Estes sim competem entre si para tentar arrebanhar o maior número de pessoas possível. Não é diferente daqueles pastores na tv que só querem e falam de dinheiro, dinheiro, dinheiro (ah, e diabo também).

    Se você vai tentar resolver sozinho, tentar aula online, vai gastar dinheiro à toa.

    Infelizmente não há nada que resolva o problema de alguém que não tem tempo para estudar.

    Christhian
    Moderador
    Prêmio FCC 2007
    # mai/15 · Editado por: Christhian
    · votar


    elciosouza
    se eu fosse sozinho, e não tivesse que trabalhar de segunda a sábado, com certeza faria uma aula em SP ou Japão...rsrsrs

    É exatamente sobre isso que me referia, amigo. Essa argumentação depõe a favor da sua verdadeira - e talvez inconsciente - falta de vontade. Quem disse que eu era sozinho no Japão ou que os alunos que vem até aqui de longe são sozinhos? Aliás, um dos que participam do fórum, trabalha horrores e ainda arruma tempo para vir até aqui, para dar as aulas (que ele está começando a lecionar), para participar e promover cursos de música em sua região. Isso sem contar que boa parte das pessoas sabem ou já ouviram falar que a carga horária de trabalho no Japão é gigantescamente maior do que a brasileira, então acredite, quando eu estava por lá, dificilmente trabalhava menos do que você, por mais que você ache que trabalha demais. E ainda arrumava tempo para banda, ensaios, estudos e vida social.

    Enfim, boa sorte aí. E não se esqueça de passar aqui depois pra contar como foram as aulas online. Se possível, mande um antes e depois pra galera. Vai ser importante, de alguma maneira.

    Abraços.

    rcorts
    Veterano
    # mai/15
    · votar


    makumbator
    Aqui um vídeo para inspirar os estudantes de canto:

    Tem um cara aqui no FCC que direto posta coisas deste tipo e ainda não aceita receber nenhum tipo de crítica. Mas acho que ninguém vai saber quem é. Ops!

    Tomate Marciano
    Membro Novato
    # mai/15 · Editado por: Tomate Marciano
    · votar


    Bom eu já fiz tanto a presencial quanto esses cursinhos online e por experiencia própria posso dizer que um professor é o melhor porque vai poder te dar um retorno, tipo uma coisa ou outra se tira mas por exemplo afinação ou colocação são coisas que só se desenvolve em aulas presenciais.
    Eu gostei do Ken cantando (Glam Metal Forever ).

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O que vocês acham dos métodos online?!