Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Porque o negro americano não toca samba?

      Autor Mensagem
      Ismah
      Veterano
      # 24/nov/15 23:20
      · votar


      Soultunes
      Calime
      Lelo Mig
      que enxerga "genialidade" em alguns ditadores e militares energúmenos e violentos, que identifica tendências criminais ou inferioridades devido a características físicas, e etc.

      Não li tudo (ainda), mas vou me resumir a isto...
      O que disse foi algo irônico. Acho que o Bertola, e o Lelo me entenderam, pois querendo ou não descendo de dois ramos fortes, militares, e ligados diretamente ao Socialismo Nazi-facio, e costumo brincar com esse fato, porque geralmente as pessoas tem concepção errada do fato.

      Acho sim que eles foram grandes, e exemplos para o mundo de como o poder concentrado é perigoso, e ainda mais se aliado a propaganda (já mesmo que passivamente, o povo apoiava-os). O Bertola vai poder enumerar mais exemplos, mas nenhum, tão recente quanto estes, ou alguns do oriente médio.

      Mantenho minha opinião de que sim, a genética nos é favorável para ALGUNS casos, mas nenhum deles me fará mais ou melhor que outrem.

      Penso que d'um lado da moeda, está o etnocentrismo, seus preconceitos etc, d'outro a identidade cultural, e o zelo pela sua preservação - que não é esmagar e impor a sua para outros. A fronteira é tênue e para um mundo globalizado, soa ridículo.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 24/nov/15 23:32
      · votar


      Ismah
      Só tenha cuidado para não misturar "alhos com bugalhos", pois Socialismo(s) é uma coisa; Fascismo é outra e Nazismo, outra (embora derivado do Fascismo). Quem mistura isso, erra.
      Abç

      Marthin87
      Veterano
      # 25/nov/15 05:30
      · votar


      Casper
      Me tirou o sono com esse assunto.

      Refletindo..

      Ismah
      Veterano
      # 25/nov/15 14:46
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      Não posso falar das políticas e filosofias. E realmente eu acreditava no que segue, favo corrigir.

      O nome Nazismo creio que foi como algum repórter entendeu a pronúncia de Nationalsozialismus (Nacional Socialismo), nome original do partido alemão em questão.

      O Facismo do Mussolini, também derivava do socialismo (Marxista se lembro bem), tanto que até antes de se fundar o Partido Nacional Fascista (Partito Nazionale Fascista).

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 25/nov/15 15:22
      · votar


      Ismah
      Nada à ver.
      O "Sozialismus" do Nacional-Socialismo não tem nada à ver com Socialismo mesmo. Foi um truque (sujo por sinal) de Hitler no início do Partido para atrair os trabalhadores alemães (aliás, o nome completo do partido era NASDAP: "Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães"). Não é à toa, que depois que ele chegou ao poder, mandou expurgar e assassinar os membros que defendiam idéias "socialistas" (ou, pelo menos mais "revolucionárias" e igualitárias) em conlúio com o Exército e os grandes industriais; inclusive seu rival Ernest Röhm (que era homossexual), líder das SA, que foi substituída pelas SS (inicialmente apenas um grupo armado de guarda-costas dele).
      Mussolini, que era um escroque, antes da Grande Guerra, havia aderido (ele trabalhava como jornalista) aos ideais socialistas (seu pai era um fervoroso socialista e o batizou em homenagem ao revolucionário e herói mexicano Benito Juarez). Depois da Guerra ele renegou o ideal socialista e partiu para a formação de bandos armados (os "faschios di combatimento" - camisas pretas) cujo objetivo era tomar o poder.
      Atualmente, elementos direitistas, reacionários, mal intencionados ou ignorantes fazem essa associação absurda entre Socialismo e Fascismo/Nazismo para combater sem sustentação as idéias socialistas...
      Agora que vc já sabe do que se trata, esqueça isso e corrija quem vier com esse discurso pra você...
      Abç

      Lelo Mig
      Membro
      # 25/nov/15 18:47
      · votar


      Ismah

      "Mantenho minha opinião de que sim, a genética..."

      Cara, aqui mais uma vez existem algumas confusões, muitas propositais para "justificar" racismo enrustido.

      Observar que 90% dos melhores maratonistas são negros, por exemplo, porque eles são mais resistentes, possuem uma fibra muscular mais densa, uma estrutura óssea maior e etc., é evidente. É óbvio que os melhores atletas em determinado quesito são negros em outros orientais e não são questões sociais que definem isso.

      É claro que aqui entra a genética e a evolução.

      O problema desse tipo de conversa é o que aparece nas "entrelinhas"... Um tigre e um leão são muito similares, com diferenças evolutivas, e ainda que de espécies diferentes quase ninguém discute que "um é melhor ou superior ao outro".

      Já nas raças humanas, a coisa costuma tender para este lado...."Eles são mais fortes, mas possuem o quadril menor, o que os faz nascer com a massa encefálica menor, desta feita, menos inteligentes e blá, blá, blá..."

      Percebe o que este tipo de argumentação intenciona?

      pianoid
      Veterano
      # 25/nov/15 20:09
      · votar


      os nazistas não tinham swing, só waltz demodé e chucrutes atonais

      por isso perderam batido

      Adler3x3
      Veterano
      # 25/nov/15 21:49 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Isto não adianta nada.
      Socialismo, facismo, nazismo.

      Todas ideologias estranhas as nossa tradições.
      E aonde tiveram o seu age só problemas ocorreram, e maus exemplos não faltam, seja na Europa, na América Latina, seja na Ásia, seja na África.
      Todas estas ideologias só causam mal estar e distúrbios.
      Para que perder tempo com velhas teorias furadas.
      O Social é social, ninguém tem o monopólio do Social faz parte do próprio homem.
      E o social que querem implantar, de social não tem nada, é só manobra, e diz que me diz, mas não fazem nada para o bem do povo,só são erros e mais erros, e quando fazem só um pouquinho
      para dizer que são sociais mas o objetivo estranho é outro.
      Políticas estranhas e desconexas não sabem planejar nada, ideias obsoletas importadas.
      Não sabem pensar tem que seguir estas podres doutrinas.
      É um erro achar que só alguns tem o monopólio do social.

      Vamos falar de música que ganhamos mais.

      Ismah
      Veterano
      # 25/nov/15 23:34
      · votar


      Lelo Mig

      Entendo do que se refere, mas não é porque vidro quebra que podemos deixar de transportá-lo. Quero dizer, precisaremos tratar de assuntos delicados, e não "guardar na gaveta", porque as pessoas tendem a ser preconceituosas (que não é crime), e agir com preconceito.

      Mauricio Luiz Bertola

      Pra ver como estou enraizado nessa coisa, tenho na família insígnias do Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, e acho que alguns livros (não em minha posse) sobre o tema. Tem uma taschemesser do 3 reich, e por aí vai rsrs

      pianoid

      Waltz não é alemón! É Autríaca! "Die volksmusikanten" é muito rico, cantos corais/em grupo são tradicionais por lá, e mesmo duetos, em terças, yodel etc.

      A música de Oktoberfest, conhecida por aqui como "alemã", é na verdade quase que exclusiva da Bavária, uma região cervejeira a séculos, e tradicional por seus bêbad... digo, bebedores de cerveja rsrs

      "Sauflieder" (algo como "canções de beber")

      https://www.youtube.com/watch?v=q2U51ueiaYM

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 26/nov/15 08:27
      · votar


      Adler3x3
      Quer vc queira, quer não queira, ideologias existem, fazem parte da Realidade, estamos submetidas à elas e a maioria das pessoas (que não estudam o tema à fundo), não as percebe e "introjeta" em sua vida particular e social seus "ditames". Até mesmo a sua postura de que "...Todas estas ideologias só causam mal estar e distúrbios..." não apenas é um equívoco, como TAMBÉM É ideológica...
      Negar ou fugir de um problema, não o faz desaparecer.
      Abç

      Julia Hardy
      Veterano
      # 26/nov/15 11:04
      · votar


      Isto não adianta nada.
      Socialismo, facismo, nazismo.


      Bora relativizar.

      SkyHawk
      Membro
      # 26/nov/15 23:54 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      Porque samba é música regional, sob prisma global classificada como música folclórica e ainda para piorar cantada em uma lingua mundialmente conhecida e falada por quase todos os habitantes do planeta que é o Português !!!!

      O brasileiro se acha bacana, mas por critérios internacionais basilares da sociedade ocidental somos quase patéticos, essa é a verdade.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 01/dez/15 19:21
      · votar


      SkyHawk
      critérios internacionais basilares da sociedade ocidental
      Por favor explique-me que critérios seriam esses.

      Calime
      Veterano
      # 01/dez/15 21:23
      · votar


      SkyHawk

      mas por critérios internacionais basilares da sociedade ocidental somos quase patéticos, essa é a verdade.

      Discorra mais sobre...

      SkyHawk
      Membro
      # 01/dez/15 22:26
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola
      Calime
      Samba é considerada música folclórica, e como tal tem pouca penetração. Faz sentido na cultura na qual se insere mas não possui capacidade transcultural. Vc toca maracatú ? Não mas na cultura que está inserido é interessante.

      O samba tem o mesmo problema só que em escala maior, no Brasil faz sentido mas no mundo não.

      Para piorar a lingua portuguesa é uma barreira para internacionalização, sem querer traçar um paralelo direto, mas servindo de exemplo, Garota de Ipanema só emplacou como The Girl of Ipanema em uma versão do Sinatra que não guarda a mínima fidelidade à letra original. A letra em inglês tem muito pouco Haver com a original.

      SkyHawk
      Membro
      # 01/dez/15 22:33 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      Calime
      Não quero transformar essa discussão em um tratado de sociologia e política, mas já morei em vários países do mundo e te digo que somos vistos com curiosidade pela maneira que nossa sociedade lida com a realidade. Não é preconceito mas te garanto que nossa imagem geral não é nada boa.

      Meio bobo alegre, que se diverte e ri quando deveria estar chorando, e brigando por seriedade e meritocracia.

      Te garanto que muita gente no mundo nos vê muito mais perto de países africanos bem mais atrasados que nós. Os gringos tem muito mais dificuldade de traçar uma linha de separação do Brasil para Angola do que imaginamos.

      Tem uma piada maldosa mas que tem um fundo de realidade que diz que brasileiro é o tipo de povo que param 3 ou 4 pessoas para conversar no final de uma escada rolante..... Rsssssss

      Outro exemplo...eu adoro o Rio de Janeiro, mas meus amigos europeus só conseguem enxergar a cidade como um grande balneário nunca como uma cidade produtiva. As empresas e negócios que se instalam por aqui vem pelas margens mas sabem das inúmeras dificuldades e nesse sentido somos tão complicados quanto a opção de ir para a China ou Leste Europeu.

      Quanto aos critérios alguns são: igualdade, liberdade, justiça, meritocracia, intervenção moderada do Estado no plano econômico, marco regulatório estável e respeitado, noção que seu direito acaba quando começa o do próximo, presunção de boa fé objetiva das pessoas e coisas, accountability do Estado em relação ao cidadão este como pagador de impostos, noção que é o Estado que trabalha para a sociedade e não o contrário, entre outros. IGUALZINHO AQUI !!!!

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 02/dez/15 07:32
      · votar


      SkyHawk
      A sua observação sobre o samba é "correta" e concordo com ela.
      Sobre a questão da "imagem" que o brasileiro tem no exterior, essa é uma questão complexa.
      De fato o brasileiro em geral (generalizações são perigosas e anti-científicas), tem geralmente, uma imagem peculiar para o estrangeiro. Mas aí a questão é: Essa imagem que o estrangeiro tem de nós é fruto de sua própria visão etnocentrica de mundo, de falta de alteridade, e não de um "juízo-de-valôr" absoluto. Lembre-se de que sociedades e seres humanos são produtos de condições históricas, econômicas e sociais complexas, e não possuem "caracteres intrínsecos" (metafisicamente ou biológicamente falando).
      Algumas das questões que você apontou ("igualdade", "liberdade", etc...) tem raízes históricas profundas, outras são questionáveis sob determinados critérios.
      Mas, no geral, eu concordo com você.
      Abç

      Lelo Mig
      Membro
      # 02/dez/15 08:39
      · votar


      SkyHawk

      Sempre achei bastante curiosa essa preocupação do brasileiro em ter boa imagem lá fora. É um complexo de tupiniquim imenso, que remonta a corte portuguesa, que em boa parte se encontrava no Brasil contrariada e passou esse desconforto em estar aqui aos brasileiros.

      Se preocupar em ter boa imagem principalmente diante de países que se tornaram "primeiro mundo" à custa de roubo, pilhagem, escravidão e morte é bastante insensato. Países estes, das quais muitos continuam investindo na indústria bélica como principal fonte de recursos e inventando conflitos. Ou algum ingênuo, fora dos EUA, acredita que por trás de um "estado islâmico", fortemente armado e organizado, está um semianalfabeto de turbantes do terceiro mundo?

      SkyHawk
      Membro
      # 02/dez/15 09:07
      · votar


      Lelo Mig
      É por isso que eu disse que não queria transformar esse tópico em uma discussão politico-sociológica...... Rssssssss

      pianoid
      Veterano
      # 02/dez/15 13:14 · Editado por: pianoid
      · votar


      Ismah
      Waltz não é alemón! É Autríaca!

      era tudo germânico do império austro-húngaro, que nos legou Mozart, Beethoven, Schumann e cia

      sacro império esse, nem o britânico nem o americano produziram nada comparável :´}

      Ismah
      Veterano
      # 03/dez/15 15:56
      · votar


      Lelo Mig
      algum ingênuo, fora dos EUA, acredita que por trás de um "estado islâmico", fortemente armado e organizado, está um semianalfabeto de turbantes do terceiro mundo?

      É uma pergunta que eu me fiz estes dias. Me parece que só usam armas porque derrotaram o exército iraquiano no norte do país.

      Ainda assim, a maioria são russas (nova guerra do Vietnã?) e chinas, principalmente a clássica AK47, coisa ridícula, contra as Belgas FN P90 do exército americano, T51(Rússia), M1-A (conquistados dos EUA), 59-1 (China), armas antiaéreas russas da WW II clonadas pelos Chinas, mísseis terra-ar e terra-terra paquistaneses e chinas, RPG7 (Russo), alguns M16 e M4 (EUA), alguns MRAP (blindado, anti-mina), M113 (blindado), alguns falam em visão noturna, coletes Kevlar etc.

      Basicamente o que não é russo-china, é que foi tomado dos EUA (ou será que este emprestou armas depois da pacificação...?). Ainda assim, essas armas nem sempre são úteis, já que uma M16 sem balas é o mesmo que um cano de ferro rsrsrs

      pianoid

      É vero, mas o Deutschland tem as polkas muito mais presentes que a valsa. Esqueceu da família Strauss, ícones das valsas rs

      entamoeba
      Membro Novato
      # 03/dez/15 22:33
      · votar


      marcando

      Adler3x3
      Veterano
      # 03/dez/15 23:12 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Na guerra da Síria a questão é bem complexa.
      Tem mais de 40 grupos diferentes brigando entre si.
      Conforme a região tem até outros grupos menores que se organizam para se defender e escapar da extinção, se considerar estes pequenos grupamentos o total de grupos diferentes passa fácil de 100.
      Os exércitos do EL e da AlNusra (al Qaeda) que são muito numerosos contam com modernos mísseis anti tanques dos EUA, entre outros armamentos mais pesados.
      O certo é que eles tem os mais variados tipos de armas modernas dos EUA.

      E aí obviamente fica a pergunta como tem estes armamentos?

      Bem basta olhar o mapa da região para descobrir quem esta financiando isto?
      Tem dois polos, dois extremos o lado dos Sunitas patrocinado pela Arábia Saudita e seus aliados, e do outro lado os Xiitas e seus aliados (entre os quais a própria Síria) patrocinados pelo Irã.
      E quem ajuda o EL e o Al Nusra, os Sunitas, pois estes grupo são Sunitas.
      De um lado os EUA e a Turquia ajudando os Sunitas.
      De outro lado a Rússia ajudando os Xiitas, além da recente intervenção com a força área, o fornecimento principalmente de armas.
      A destacar que a Rússia tem duas bases dentro da Síria, uma naval é uma base área, assim o que aconteceu há pouco tempo foi a intervenção para evitar que estas próprias bases fossem atacadas e até tomadas, o que seria trágico para a Rússia, e a mesma já demonstrou que não quer perder estas bases.
      E quem esta atacando o EL de verdade é a Rússia, os EUA e a Otan fazem tímidos ataques só para disfarçar.
      O que a Rússia já atacou nos últimos dois meses os EUA e seus aliados não fizeram desde o início da guerra civil.
      Quem criou os Talibãs? para combater a União Soviética?
      De onde surgiu o dinheiro que criou a Qaeda?

      Conclusão:
      Tem muita hipocrisia e jogo duplo nesta região, principalmente por parte da Arábia Saudita, da Turquia e dos EUA.

      E os fabricantes de armas estão ganhando muito dinheiro.

      O Crime dos bombardeios
      E esta de bombardeio aéreo como a França esta começando a fazer em retaliação os mortos de Paris, é uma violência que mais prejudica os inocentes, ou seja os civis, principalmente idosos, mulheres e crianças morrendo aos montes.
      Este negócio de bombardeio cirúrgico não existe, é pura propaganda, pura enganação.
      Esta história de sair bombardeando cidades a torta e a direita é uma maldita herança da segunda guerra, em que principalmente os EUA se julgam merecedores do direito de sair bombardeando a vontade a cidade dos outros.
      Isto é inadmissível, é uma loucura, é uma violação dos direitos humanos, um desrespeito, uma agressão desmedida, e um crime contra a humanidade.
      Na guerra da Síria quem tinha força área era somente a própria Síria do regime do Bashar al-Assad (Alauitas uma variação moderada da religião dos Xiitas), que bombardeava, e bombardeia o próprio povo, e os EUA que volta e meia bombardeavam, e agora entrou a Rússia bombardeando pesado os inimigos do Assad, e a França que diz que bombardeia o EL.
      E a paz esta muito longe de acontecer, primeiro por que tem que se considerar que já faz décadas que a Rússia tem bases lá, e não vai querer perder isto, segundo que a guerra também é religiosa , é a briga entre os Sunitas e Xiitas, a influência negativa da Arábia Saudita e do Irã, entre outros que esperam levar alguma vantagem.
      E os Alauitas Xiitas que são minoria são os que estão no poder.
      Se os Sunitas vencerem vai ocorrer um grande massacre contra a minoria Alauita, Cristãos etc., razão pela qual não vão querer entregar o poder de forma democrática, pois isto representaria o risco de extinção, vão lutar de todas as formas para sobreviver.
      Os Xiitas alauitas convivem com as outras religiões, Cristãos, Drusos, Sunitas, Curtos e outras minorias.
      Já os Sunitas são radicais, como por exemplo o EL o Al Nusra e outros grupos que simplesmente não admitem outras religiões.
      Ou seja interesses de potências estrangeiras e conflitos religiosos em jogo.
      E o número de vítimas inocentes não para de aumentar, e esta aí o fenômeno dos refugiados que não para de crescer.
      A intolerância parece não ter limites.
      E querem implantar uma democracia onde não existem condições propícias para isto.
      A desculpa da intervenção externa e até o motivo da própria primavera árabe era a "Democracia", mas os combatentes que para lá foram, não tem nada de democráticos, são grupos de fanáticos financiados pelas potências.
      Tem mais estrangeiro lutando lá do que Sírio de verdade, os famosos Jihadistas.
      E o que eram pequenos grupos de terroristas, hoje formam verdadeiros exércitos.
      Então se o mundo tinha poucos fanáticos há décadas atrás, hoje tem milhões e mais milhões.
      E quais as consequências, o aumento do terror em todo o mundo por conta da intolerância, que em vez de atenuar através de boas práticas e relações que respeitem os direitos humanos através da justiça, só jogam mais lenha na fogueira.
      E estes bombardeios vão incendiar ainda mais.

      Basta assistir os vídeos sobre a guerra civil no you tube, nunca uma guerra teve a cobertura que esta tem.
      É uma das piores guerras civis da humanidade.
      O desperdício de vidas e de munição é assombroso, tem bala para todo o lado, atiram até sem olhar para onde estão atirando.
      Grande parte dos combatentes não tem uma boa prática militar, e atiram em tudo e para todos os lados, uma confusão que não tem fim, e muitos crimes estão sendo cometidos.

      E as guerras estão se ampliando, no Yemen surgiu outra guerra civil entre os Sunitas e Xiitas, e a Arabia Saudita esta bombardeando o Yemen com bombas de última geração:

      https://www.youtube.com/watch?v=ZfOjy-ij4S0

      https://www.youtube.com/watch?v=qJh2K8xuDzA

      E quem esta fornecendo estas bombas?
      Se isto não é crime, o que é?
      Também não garanto a autenticidade de muitos vídeos, e devo não ter feito as melhores escolhas, mas basta dar uma olhada geral no you tube, para entender do que estou falando.

      Não defendo e nem estou do lado de qualquer facção.

      Quem disse que é legal sair bombardeando as cidades?


      A violação dos direitos humanos é muito séria.
      Tudo baseado neste falso direito de bombardear as cidades.

      Ismah
      Veterano
      # 04/dez/15 03:30
      · votar


      Adler3x3

      Bem já que estamos no assunto... Lá o problema é grande...
      Na minha opinião, ainda é uma disputa de guerra fria, agora congelada...!

      Arábia Saudita talvez não seja a única... Emirados Árabes tem mais chances de ter interesse, principalmente petróleo Sírio. Tem potências como o Emirates Group, que queimam mais combustível que a Jamaica maconha...

      Meu lado B gosta de aviação, a Emirates Ailines, foi lá na AirBus e comprou só 140 Airbus A380-800, sendo maior operador deste. Detalhe que cada um sai por 428mi de Obamas!

      A Eithad é outra que vem emergindo no mundo da aviação, e também é de lá. Tem a Emirates SkyCargo (divisão de carga da Emirates Group), que hoje é uma das principais junto com a TNT (operam em conjunto), para aqueles lados.

      Motivos eles tem suficientes pra financiar uma guerra destas...

      Lelo Mig
      Membro
      # 04/dez/15 08:24
      · votar


      Adler3x3
      Exatamente, há muitos interesses econômicos por trás destas guerras.

      Ismah
      Estes países pequenos e pobres, rebeliões locais, fanatismo religioso e etc, sempre foram cenário ideal para se fomentar guerra.

      Os magnatas dos impérios de armas, não sentem a menor vergonha de vender armas para o exército de seu país e para o inimigo, dentro de uma mesma guerra. E por incrível que pareça, os governos não fazem nada. (verifiquem como ocorreu a fabricação e vendas de armas na história e como alguns sobrenomes que conhecemos enriqueceram).

      A guerra ainda é negócio bastante lucrativo para muitos países. Alguns têm DNA bélico, construíram suas riquezas à custa de sangue. O discurso estaduniense de "defensores da democracia" chega a ser caricato. Os EUA é um país que adora armas, adora matar, e já inventou dezenas de atentados memoráveis para justificar sua entrada nas guerras (já que ele nunca é convidado), matando centenas de cidadãos americanos inocentes em farsas históricas. Fez isso na primeira e segunda guerras, no Iraque e outras mais.

      Adler3x3
      Veterano
      # 04/dez/15 08:33 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Ismah

      Sim os Emirados seguem a cartilha da Arábia Saudita, assim como outras potências do petróleo do Golfo, a exceção do Irã.
      O barril do petróleo esta mantido num valor mais baixo para combater o Irã.
      Apesar das guerras na região o preço do petróleo esta baixo.
      Claro este não é o único motivo do preço mais baixo (os EUA estão extraindo mais petróleo do xisto, além do mundo como um todo estar enfrentando uma certa recessão) , mas esta sendo usado para enfraquecer o outro lado, e isto esta indiretamente arrebentando a Venezuela e outros países produtores de petróleo.
      Mas mesmo assim a Arábia Saudita e seus aliados tem dinheiro de sobra para financiar as guerras, mas isto vai ter outras consequências.
      Militarmente a Arábia e seus aliados não tem exércitos com disciplina, estão acostumados ao luxo, e os Xiitas estão resistindo com o que tem e contra atacando, e os Sunitas estão sofrendo muitas derrotas no campo de batalha, tem somente a vantagem do poder aéreo.
      Estas Monarquias absolutistas do Golfo em pleno século XXI vão enfrentar sérios problemas, e é previsível que os EUA vão ter que intervir num futuro próximo para salvar os monarcas e garantir o livre fluxo de petróleo.
      E aqui no Brasil o preço dos combustíveis não para de subir, é o contrário do resto do mundo, e se preparem que vem mais aumento.

      Lelo Mig

      Esta hipocrisia dos EUA vai ter sérias consequências, já esta tendo, é uma política suicida a longo prazo, os próprios Europeus já estão sofrendo dos erros que cometeram.
      Estes bombardeios tem que parar.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 05/dez/15 14:40
      · votar


      É tudo culpa dos comunistas. E, dos anarcomiguxos.

      Ismah
      Veterano
      # 08/dez/15 23:43
      · votar


      Lelo Mig
      verifiquem como ocorreu a fabricação e vendas de armas na história e como alguns sobrenomes que conhecemos enriqueceram

      Acho que estamos pensando nas Winchesters da guerra da indepedência (dos EUA), e em Thompson da vida...

      pianoid
      Veterano
      # 09/dez/15 18:20
      · votar


      esse tópico virou um samba do muçulmano doido, hein?

      makumbator
      Veterano
      # 09/dez/15 18:36
      · votar


      pianoid
      esse tópico virou um samba do muçulmano doido, hein?

      samba do afro descendente com distúrbios psiquiátricos severos

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Porque o negro americano não toca samba?

      302.822 tópicos 7.837.848 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital