Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

tecladista toca acordeon?

Autor Mensagem
kzartdf
Veterano
# mai/05


eai galera... esses dias eu tava tocando numa festinha e no meio de uma gincana tocamos uma mistura de ritmos. quando toquei um xote do fala mansa um amigo perguntou: quem toca teclado toca sanfona? eai fiquei na duvida. eu por exemplo nunca nem peguei numa...

e vcs, oq acham? tecladista toca esse instrumento tbm?

Jonathas Lacerda
Veterano
# mai/05
· votar


depende!!! se fizer aula dos dois toca!!!! hasuhAUShASUhASUHAS

eu já tive a oportunidade de pegar uma...

fora o teclado do acordeon, as coincidencias param por aI!!!! o fole do acordeon eh muito ruim de se aprender a manusear... tem uma técnica muito diferente do teclado... isso sem falar na BAIXARIA!!! aqueles botoezinhos pretos (geralmente) do outro lado do acordeon... eles tem sons de: Acordes prontos, baixos, oitavados e outros...

enfim... se eu estiver errado, que alguem me corrija... (sem ironia... mas tem que explicar, pois a galera só quer um motivo pra bater boca...)

Soulface
Veterano
# mai/05
· votar


kzartdf
Digamos q essa comparação seja quase a mesma de se perguntar: "Qm toca violão tb toca cavaco?"

ROTTA
Moderador
# mai/05
· votar


kzartdf
e vcs, oq acham? tecladista toca esse instrumento tbm?

O princípio de funcionamento do acordeon está um pouco distante dos pianos, órgãos e instrumentos de teclas. Tirando um dos teclados em formato usual, penso que não há muita relação.

Digo por experiência própria: experimentei um acordeon há algum tempo e não consegui grandes avanços quanto à coordenação necessária para tocar o solo, baixos e movimentar o fole ao mesmo tempo (especialmente este último). Obviamente que, com estudo e prática, se desenvolve a habilidade.

Pessoalmente, não me senti atraído pelo instrumento.

Abraços.

ROTTA
Moderador
# mai/05
· votar


Soulface
Digamos q essa comparação seja quase a mesma de se perguntar: "Qm toca violão tb toca cavaco?"

Acho que está mais longe do que isto. No caso dos dois instrumentos que você falou, ambos produzem o som da mesma forma. No caso do acordeon e piano (por exemplo) muda tudo.

Abraços.

Jonathas Lacerda
Veterano
# mai/05 · Editado por: Jonathas Lacerda
· votar


mas não é em si a produção do som... é a execução do instrumento...

e a comparação que o SoulFace fez, eu achei corretíssima... a técnica do cavaco é diferentíssima da técnica do violão... claro que bem mais parecidas do que a técnica entre o teclado e o acordeon...

abraços...

Soulface
Veterano
# mai/05
· votar


Marco Alan Rotta
Embora eu só tenha citado um exemplo pra dizer q uma coisa não tem nad aa ver com a outra, embora aparentemente sejam parecidos...

ambos produzem o som da mesma forma.
Se vc considerar q produzir som é passar a palheta pelas cordas, aí sim vc tem razão.
Mas estamos falando de tocar o instrumento.
Eu "toco" tanto violão como cavaco, e como o Jonathas mencionou, são técnicas muito diferentes.
Sem contar na afinação, q tb difere.
Enfim, a semelhança fica apenas na aparência mesmo... (um parece miniatura do outro)

_Big_Alambic_
Veterano
# mai/05
· votar


Beleza de tópico :)

eu comecei tocando acordeon... aos oito anos de idade, quando o instrumento ainda estava em alta. Depois veio um certo desprestígio e a exemplo de muitos, tambem migrei para o teclado. Atualmente o acordeon está de volta à cena novamente.

Como a maioria citou, são técnicas totalmente diferentes, basicamente o acordeon precisa de três cordenações: mão direita, mão esquerda e braços (abrir e fechar o fole), já no teclado...

Dificilmente um tecladista que nunca tenha tocado numa gaita (como é conhecida por aqui) vai conseguir tirar um som legal de primeira, apesar da mão direita ser a mesma do piano ou teclado, falta a cordenação dos braços e a mão esquerda, já que a baixaria não segue uma escala cromática (as notas são salteadas...)

ROTTA
Moderador
# mai/05
· votar


Soulface
Se vc considerar q produzir som é passar a palheta pelas cordas, aí sim vc tem razão. Mas estamos falando de tocar o instrumento.

Era disso que falava. Estava me referindo a serem ambos instrumentos de cordas. Já no caso do piano X acordeon, difere a geração do som. Neste sentido, estão distantes. Visualmente podem ser parecidos.

Abraços.

wernegher
Veterano
# mai/05
· votar


Marco Alan Rotta
Soulface

Acordeon = Pedra
Piano\Teclado = Vinagre

É mais ou menos esse o tipo de comparação entre os dois....

kzartdf
Veterano
# mai/05
· votar


é mais ou menos assim... gosto pra caramba que variar os ritmos (não que acordeon seja meu timbre favorito, pelo contrario, só toco pq a galera pede, prefiro um belo e natural som de piano)

Mas é pq me perguntaram e fiquei interessado na resposta...

Soulface
"Qm toca violão tb toca cavaco?"
Realmente, violão e cavaco não tem nada mais do que o formato parecido. Só que eu nunca nem peguei num acordeon... Não faço idéia d que seja essas coisas que vcs citaram (no acordeon, claro): Acordes prontos, oitavados, baixo... na verdade eu pensava que esse intrumento nem tinha baixo...

mikemax2
Veterano
# mai/05
· votar


Cara, faço uns trampos de sertanejo e 90% das musicas usam acordeon, xote, vanerão, rasta pe.......
Ate pouco tempo atraz pensei em ter um, mudei de ideia quando fiquei 20 minutos com ele.
O bixo e muito pesado !!!, a mão direita ate vai mais ou menos agora a esquerda nem pensar alem de dar a levada da musica, precisa ter domino nos baixos.
Preferi pegar uns timbres sampleados, não e 100% mas quebra um galhão.

Theo22
Veterano
# mai/05
· votar


Galerá o que dá pra fazer é um músico aprender a tocar acordeon no teclado, fazer realmente algo agradável, tocar bem, porém os instrumentos em sí são diferentes. A começar pela posição, e por aí vai como já falaram acima.

É como tocar bateria no teclado, vc fica bom, consegue, porém quando pega uma bateria real, vc não tem agilidade, mesmo sabendo como se toca, mas as condições mudarão.

Acho que facilita para um músico que já toque o intrumento no teclado bem, aprender a tocar ele ao vivo, real.

ferris
Veterano
# mai/05
· votar


Um dos desafios de tocar teclado é justamente conhecer vários outros instrumentos e observar as técnicas particulares de cada um na hora da execução. Por exemplo, não adianta usar um timbre de sax tenor e tocar numa região fora do alcance real do instrumento. Da mesma forma, é possível ter um ótimo resultado usando um timbre de acordeon se você entender como funciona o esquema da montagem dos acordes (botões da mão esquerda) e suas inversões.

Ken Himura
Veterano
# mai/05
· votar


Um dos desafios de tocar teclado é justamente conhecer vários outros instrumentos e observar as técnicas particulares de cada um na hora da execução. Por exemplo, não adianta usar um timbre de sax tenor e tocar numa região fora do alcance real do instrumento.
Eu discordo. Geralmente, timbres de sax tenor só funcionam na tessitura de sax tenor. E qualquer músico tem que conhecer vários outros instrumentos, pq ninguém toca sozinho (algumas exceções). Não vejo nenhum desafio pra tocar teclado...os únicos desafios que eles proporcionam são os métodos de síntese de som e seqüenciamento de músicas...

Ken Himura
Veterano
# mai/05
· votar


Acho que facilita para um músico que já toque o intrumento no teclado bem, aprender a tocar ele ao vivo, real.
Isso não influi em nada. Uma coisa é tocar o instrumento, outra é conhecer o seu som...se você toca acordeon no teclado e parte pro real vai ter a mesma dificuldade de quem começou direto no acordeon.

E valhe isso pros violinos, violas, baixos, cellos, guitarras, sopros etc...

adnz
Veterano
# mai/05
· votar


Ken Himura
Sim, mas conhecer o instrumento ajuda muito em tudo, tanto como em improvisações, composições e uma qualidade sonora melhor.

Dogs2
Veterano
# mai/05
· votar


O Keith Emerson tocava acordeon em Ces't Là Vie, se eu não me engano.

Ken Himura
Veterano
# mai/05
· votar


adnz
Você não conhece o instrumento...você conhece o som...

Tem uma diferença brutal nisso...

adnz
Veterano
# mai/05
· votar


Ken Himura
-__-

Theo22
Veterano
# jun/05 · Editado por: Theo22
· votar


Ken Himura
Amigo, vc deve ser um músico que toca sei lá o que, ou brinca no teclado.
Cara, sua opinião infelizmente não passa de uma opinião sem ética e racista, não tem argumentos pra tamanho preconceito.

E qualquer músico tem que conhecer vários outros instrumentos, pq ninguém toca sozinho
Agora te pergunto, qual baixista tem que tocar bateria, guitarra, sax, violino, acordeon, entre outros no baixo?
Conhecer é uma coisa, tocar é outra, e tocar mesmo bem requer prática e habilidade. Tem músicos que quando tocam sax no teclado, ele junta tudo, como se o cara do sax não precisasse respirar, ou programa o chimbal da bateria até nas viradas.

Um bom tecladista, além de tocar as funções de um teclado como piano, hammond, pads e synths, até metais, pra ele tocar BEM sax, bateria, baixo, violino, acordeon, guitarras, ele tem q saber os lances do instumento, se não fica como a maioria, um toque falso e fraco.

Eu demorei anos pra aprender a fazer um bom style ou midi, tive que entender um pouco como os músicos de bateria, baixo, guitarra, tocam. Quando pego uma guitarra, baixo, bateria, eu já tenho todos os lances gravados na cabeça, agora é só ganhar prática no instrumento, questão de tempo.

Você também Ken Himura foi conta essa frase minha frase: facilita para um músico que já toque o intrumento no teclado bem, aprender a tocar ele ao vivo, real. disendo que: Isso não influi em nada.

Como não? vc pode está até certo por um lado, mas meu irmão que nunca tocou guitarra, nem no teclado, ficou apanhando meses de mim, eu pegava a (guitarra) e dizia, toca assim cara, faz assim, ele não sabia nada. Hoje é um bom guitarrista, e eu não consigo mais acompanhar ele nem na guitarra, nem no teclado. Mas o teclado me deu uma base que ele não tinha, ele ficou melhor, pq continuou tocando, e eu só pego as vezes.

Somos músicos, temos que ser humildes e reconhecer que teclado é um instrumento que envolve todos os outros, e nem todo mundo toca nele BEM, tocar qualquer instrumento de qualquer jeito, uns 90%, tocar realmente BEM, 10%. Infelizmente vc só ouviu ou deve fazer parte desses 90% de tecladistas arranjadores. Aí é claro, fica falando isso.

Eu ainda hoje, luto pra sair desse percentual, pq não é fácil tocar BEM um instrumento no teclado, seja qual for, exige um tempo.

Vc falou: conhece o som e não o instumento? Que furada feia, nossa, o som qualquer músico conhece, pois o mesmo esculta, agora tocar é outra história.

Realmente tocar no teclado BEM um instumento, não vai dá pro cara, a possibilidade dele tocar aquilo no instumento ao vivo, porém, é verdade, facilita bastante, vc já tem uma base nas teclas de como tocar, coisa que um iniciante não tem. (é a única vantagem).

E dale teclados, que o bixo é bom.

kzartdf
Veterano
# jun/05
· votar


90% de tecladistas arranjadores

Por isso mesmo que não gosto de teclados arranjadores (nada contra!) mas acho que nos deixa muito acomodado. todo aquele nefócio pré-produzido, prontinho... prefiro criar eu mesmo.

Só gosto de arranjadores para estudar ou para criar solos em cima de ritmos diversos....

ROTTA
Moderador
# jun/05
· votar


Boa noite, nobres colegas.

Não sei se tem muito a ver com o rumo que o tópico tomou nos últimos posts, mas sabemos que o piano (acústico) é um dos instrumentos com maior amplitude, e que instrumentos de sopro (por exemplo) possuem uma ampliture menor. Isto não quer dizer que, ao emular estes sons em um teclado/sintetizador, não possamos estender esta amplitude, mas neste sentido concordo com nosso colega ferris quando se refere ao "alcance real do instrumento". Tem um gráfico muito bom ilustrando isto aqui.

Já tive a oportunidade de comentar que adoro programar timbres, e neste caso a atenção deve ser ainda maior. Ao se programar um saxofone, por exemplo, deve-se desabilitar a possibilidade de duas notas soarem ao mesmo tempo, pois isto nunca acontece em um sax real. Isto fará o som soar ainda mais real.

Enfim, partindo do princípio que buscamos no teclado copiar os sons de outros instrumentos da forma mais perfeita possível, acredito que o conhecimento sobre estes instrumentos, ainda que seja de forma geral, sem ser especialista, é fundamental para atingirmos nosso objetivo.

Abraços.

fernando tecladista
Veterano
# jun/05 · Editado por: fernando tecladista
· votar


eu fiz umas aulas de acordeon, mas parei

a mão direita é a mesma tecnica, mesmos dedilhados

a mão esquerda é que é diferente, alem de tocar, movimenta o fole

ha varios tamanhos as mais usadas são a de 80 e a de 120 baixos (chama-se de baixo quanquer botão da esquerda, mesmo que dele saia um som de um acorde ele esta nesta contagem de baixos)

nos baixos a sequencia é a do circulo de quintas, a tres botões com uma marca diferente que quando vc passa o dedo vc percebe, um deles é o DÓ (se encontra na segunda fila, ao lado dele esta o SOl, depois o RE, o LA
a primeira fila é uma terca maior em relação a segunda fila
em cima do DÓ tem o mi, em cima do sol tem o si, no re tem o fa#...
da terceira fila em diante cada botão produz um acorde inteiro, a terceira fila e dos acordes maiores, a quarta do menores, e a quinta dos acordes com setima
os de 80 baixos tem só cinco filas o de 120 tem uma sexta fila com os acordes diminutos,

fica parecido com isso
RE-----LA*----MI*----SI-----FA#--DO#---SOL#--RE# - FILA 1
SIb----FA----(DO)----SOL---RE----LA*----MI*----SI FILA 2
Bb-----F------ C------G------D----- A------E-------B fila 3 acorde M
Bbm---Fm----Cm----Gm----Dm---Am----Em---- Bm fila 4 acorde m
Bb7----F7----C7-----G7-----D7----A7-----E7-----B7 fila 5 acorde 7
Bbo----Fo----Co-----Go-----Do----Ao-----Eo-----Bo fila 6 diminutos (120 baixos)

os botões mais a esquerda começãm a repetir que estão mais a direita (ou vice versa) para voce não ter que dar grandes saltos e ha botões repetidos na primeira e segunda fila (veja os que eu coloquei * ) ai voce escolhe o mais proximo da sua mão, é interressante observar que os repetidos abaixam sozinhos quando tocomas o outro igual

o fole vc escolhe como movimentar (respeitando as regras) mas o basico é um compasso abre outro fecha ou 2 compassos abre 2 fecha, só não pode matar as ligadurar que tem de um para o outro, então voce abre mais um e fecha o proximo

Theo22
Veterano
# jun/05
· votar


Marco Alan Rotta

Está correto, não pq eu concorde com vc, mas pq realmente é correto, eu fui contra o Ken Himura, justamente pela forma que ele colocou a opiniào dele aqui. Praticamente dizendo que tanto faz um baixista, guitarrista, baterista, tecladista.

Pô, o tecladista de banda ao pegar uma música, ele não vai se precupar em pegar baixo, bateria, solos de guitarra (esse é o pior), sax, ele vai tocar só a parte dele.

Assim como os outros músicos, o guitarra esculta a levada, o baixista a dele, o batera os lances de baterista.

Agora um programador, um músico que precise programar os rítimos, infelizmente ele não tem banda, é abandonado, tem que se virar pra pegar: Bateria, baixo, solos, guitarras, e aí que vemos as diferenças, o conhecimento base que temos que buscar ao meter as teclas em um sax por exemplo.

É bom tocar, porém quando tiramos o peso das teclas de fazer um solo que não é nosso é um alivio muito grande.

ROTTA
Moderador
# jun/05
· votar


Theo22

Pô, o tecladista de banda ao pegar uma música, ele não vai se precupar em pegar baixo, bateria, solos de guitarra (esse é o pior), sax, ele vai tocar só a parte dele.

Realmente. Já estive dos "dois lados da moeda" e tocando numa banda de fato você não precisa se preocupar tanto com os outros instrumentos, até porque tem uma pessoa lá se preocupando. Por outro lado, sempre gostei de compor arranjos completos, e neste caso era muito crítico com todos os instrumentos.

Hoje não toco mais profissionalmente, mas ainda assim gosto de atingir bons resultados, tanto na programação de novos sons quanto na composição, que eu ainda faço vez ou outra. A única coisa que não curto, mas já usei quando estava apredendo, são ritmos prontos. No entanto, nada contra quem usa.

Está correto, não pq eu concorde com vc, mas pq realmente é correto

O meu comentário não foi dirigido a alguém em especial, mas eu realmente não entendi a sua frase acima. :-)

Abraços.

Theo22
Veterano
# jun/05
· votar


Marco Alan Rotta

[i]O meu comentário não foi dirigido a alguém em especial, mas eu realmente não entendi a sua frase acima. :-)

Ok, explicando:
Quis dizer o seguinte, o que vc escreveu está certo, mas não pq eu concorde com A ou B, mas sim pq o que vc postou está correto. melhorou?

Sabe, nem eu estou entendendo mais, vou dormi, amanhã eu explico melhor...hehehe

Mas é isso aí, não é obrigado eu apoia só o que gosto, mas sim o que é certo perante a todos, entende, respeitando a opiniÃo de ambos, porém tem coisa que realmente temos que discutir mesmo.

Theo22
Veterano
# jun/05
· votar


fernando tecladista

Legal, foi bom saber, valeu mesmo, é bem diferente do teclado, é tanto que podemos ver a diferença do som que se tira em um arondeon para o que tiramos no teclado.

Ken Himura
Veterano
# jun/05
· votar


Theo22
Agora te pergunto, qual baixista tem que tocar bateria, guitarra, sax, violino, acordeon, entre outros no baixo?
Aquele que compõe. Eu não disse que o cara tem que tocar, eu disse que ele tem que conhecer o instrumento...

Quando pego uma guitarra, baixo, bateria, eu já tenho todos os lances gravados na cabeça, agora é só ganhar prática no instrumento, questão de tempo.
Quer apostar comigo que não é só "prática" ? Além do treino normal, cada instrumento tem sua metodologia...tem um jeito diferente de ser tocado e várias técnicas e estudos de postura e etc...

Infelizmente vc só ouviu ou deve fazer parte desses 90% de tecladistas arranjadores. Aí é claro, fica falando isso.
É, uma pena mesmo...uma pena estudar piano, violino e cravo eruditos e escutar comentários infelizes desse tipo...

Mas ainda não entendi a colocação de "opinião sem ética e racista, não tem argumentos pra tamanho preconceito"...você deve ter achado que eu odeio teclados -_-'

Aiai...chega de discussão inútil...

Douglas Delazari
Veterano
# jul/05
· votar


e ai galera!!!!!!!!!

Eu toco em uma banda de forró teclados ( PSR 1000 - ritmo e um XP 60 - solo) nosso empresário quis fazer algo mais de raíz...... na segunda feira peguei emprestado um acordeon de 80 baixos, um acordeon pequeno. aprendi o básico.... e já na quarta comprei um profissional. com 120 baixos 14 registros e mais uma porrada de coisas .... depois de duas semanas ja estava tocando tudo que tocava no teclado.......... apredi tudo sozinho..... O TECLDO ME AJUDOU BASTANTE.......

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a tecladista toca acordeon?

290.142 tópicos 7.568.616 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital