Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Kurzweil PC3K - Tópico Oficial Kurzweil Brasil

      Autor Mensagem
      Gus Martins
      Veterano
      # jul/13


      Olá amigos!
      Este tópico serve para inaugurar uma nova ideia de suporte da Kurzweil Brasil. Começamos a fazer uma série de reviews de nossos produtos, e futuramente teremos tutoriais dedicados a cada modelo.

      Aqui toda e qualquer dúvida a cerca dos PC3K será respondida.

      Em breve teremos mais novidades, enquanto isso, assistam a primeira parte do Review oficial desta máquina em nosso canal oficial no YouTube.


      Os próximos vídeos relacionados ao PC3K serão sempre disponibilizados neste tópico. Se tiverem sugestões a respeito do material, enviem um e-mail para kurzweil@equipo.com.br

      Fiquem ligados nas novidades da Kurzweil Brasil através de nossa página oficial no Facebook, basta digitar Kurzweil Brasil na busca, ou acessar o link da minha assinatura.

      Abraços!

      Gus Martins- Especialista de Produtos - Kurzweil Brasil | Equipo

      hbraga
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Gus Martins

      Parabéns!!! Bela iniciativa, Gus.

      rafaelteclas13
      Membro Novato
      # jul/13
      · votar


      jordan rudess ? ele toca nele não é

      JeanCarlo
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      rafaelteclas13
      jordan rudess ? ele toca nele não é

      Não toca mais, mas ninguém tira da minha cabeça que ele ainda usa alguns sonzinhos do Kurz...

      Muito lindo... Parrudo, e tem ótimo timbre, não fica pra trás não, aliás, os analógicos estão muito à frente.... especialmente os moogs!

      Gus Martins
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      rafaelteclas13

      O Jordan não usa Kurzweil ao vivo desde 2005 ou 2006 se não me engano. Entretanto, o PC3K faz parte do setup atual dele. Inclusive ele mostra isso bem no vídeo abaixo. Até hoje muitos dos timbres dos discos mais recentes são baseados nos seus presets do K2600, dos tempos que ele era artista Kurzweil.
      Os leads famosos como Snarling Pig foram todos criados em síntese V.A.S.T.



      O Jordan é um cara muito abençoado...rs ele tem um arsenal magnífico de teclados.

      A todos

      Aproveito aqui para postar a segunda parte do review da série PC3K.



      Aos que assistirem, por favor, comentem aqui o que acharam, e claro, se tiverem sugestões, elas serão sempre bem vindas!!!

      Abraços!

      Gus Martins- Especialista de Produtos - Kurzweil Brasil | Equipo

      neto souza
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Bela iniciativa Gus. Ainda terei o meu pc3k 7 e vc vai me tirar muitas duvidas.rsrs. Agora o Jordan, o Jean do oficina e outros, eles sempre vão usar as marcas para as quais eles são beneficiado$, Não é porque A ou B usa, que é o melhor, quando a Casio molhar a mão deles, com certeza aparecerão com Privias nas mãos e dizendo que são os melhores, rsrsrs.

      Gus Martins
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      neto souza
      Na verdade eu nem digo que eles são pagos para dizer qual o melhor, mas sim são pagos para usar.

      Os grandes tecladistas não precisam mais provar pra ninguém que são grandes, então eles não precisam ficar fazendo jabá das máquinas.

      Tanto que o Jordan sempre deixou claro que ele usa muitas máquinas para gravar, e que ao vivo ele usa o Kronos.

      Dizem que até hoje ele colabora com a Kurzweil, como a marca está em processo de reformulação, não sei precisar se ele ainda colabora, mas ele é até hoje patrocinado pela representante da Kurzweil nos EUA. Então certamente esse PC3K dele é fruto disso.

      Abs!

      hbraga
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Gus Martins

      ...como a marca está em processo de reformulação....

      Você pode falar um pouco sobre essa reformulação? É uma restruturação, novos produtos, novos sócios?

      hbraga
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Gus Martins

      ...como a marca está em processo de reformulação....

      Você pode falar um pouco sobre essa reformulação? É uma restruturação, novos produtos, novos sócios?

      Gus Martins
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      hbraga
      Posso falar sim, na verdade isso é até um pouco da história.

      A Kurzweil é uma empresa americana, sediada em Boston, que foi adquirida nos anos 90 pelo grupo Young Chang da Coréia do Sul.

      Não é grande como as outras fabricantes da trinca KRY, possui poucos funcionários em comparação com eles. E apesar de serem responsáveis por revolucionar o mercado dos sintetizadores, inventando a tecnologia de sample PCM que temos hoje em todos os teclados, eles nunca tiveram aporte financeiro para investir em mega projetos.

      Em 2007 o grupo Hyundai comprou a Young Chang, e começou a reformulação na marca. O Grupo Hyundai não só produz os carros que conhecemos, mas praticamente tudo que existe em se tratando de indústria. Desde automotivo, indústria naval, eletrônica, etc.

      Saiu de linha o já jurássico SP76/SP88/SP88x de 1999 para a entrada da linha SP2.

      Desde então houve uma concentração de esforços para recuperar a marca com o desenvolvimento de um novo workstation que revolucione o mercado.

      Esse workstation é o K3000, que muitos de nós já ouvimos falar a muitos anos, mas apenas de boatos.

      A verdade é que é muito caro fazer um projeto inovador na área de teclados, e pelo que eu percebo a Kurzweil quer fugir um pouco desse negócio de transformar um Workstation em um computador.

      Parte das tecnologias que estavam sendo desenvolvidas a muitos anos para o K3000 foram aplicadas na série PC3.

      Quem conhece a série PC, sabe bem que ela não foi projetada para ser Workstation, tanto o PC1, quanto o PC2 são Performance Controllers, e não possuíam funções de sequencer. Entretanto, para não ficar com uma lacuna de produto por tanto tempo, eles elevaram o patamar da série PC, de forma que hoje, o PC3K pode ser considerado um hibrido da série PC e da série K.

      Ou seja, um verdadeiro Workstation, com programas ROM, sample, sequencer e funções de síntese.

      A reformulação que eu mencionei, está em andamento desde 2007, e começa a dar mais sinais com a chegada do Artis no fim do ano/ano que vem.

      Esse é um stage piano com novas amostragens e recursos, e um pequeno princípio do que está por vir no K3000. Tão logo ele chegue aqui na Equipo, vou tratar de providenciar informações para vocês.

      E para quem acha que essa reformulação e o projeto do K3000 está muito devagar, basta lembrar da história do OASYS/KRONOS da KORG.

      O OASYS é um projeto do meio dos anos 90, que foi trabalhado anos a fio, até ser lançado (não lembro em que ano). E pelo que eu sei, nem era plano da KORG lançá-lo comercialmente, mas acabaram por fazer. Entretanto ele foi descontinuado em pouco tempo, e depois veio o KRONOS.

      Desenvolvimento leva tempo, pesquisa, e claro, MUITO investimento. A parte do investimento foi problema da Kurzweil por um bom tempo, mas parece que as coisas estão se encaminhando.

      Se prometerem o que cumprem no K3000, então teremos um novo rei no mundo dos Workstations. Quem é da época do auge do K2600 sabe bem do que eu estou falando...rs

      Mas claro, que isso para quem se apega a uma marca, ou um tipo de produto. Na minha opinião, quanto mais versátil, e mais pesquisador for o músico, mais ferramentas ele vai buscar conhecer e usufruir.

      Grande abraço!

      Gus Martins- Especialista de Produtos - Kurzweil Brasil | Equipo

      hbraga
      Veterano
      # jul/13 · Editado por: hbraga
      · votar


      Gus Martins

      Obrigado pelas informações, e que venha o K3000!!!

      macba
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Sempre é bom ter novidades.
      Olha até tenho interesse na marca, nunca tive, namoro um SP76II mas nunca consegui testar moro em Cuiabá-MT, e tenho vontade de ter um PC3LE 61, já tenho um Kronos, mas o lance que queria um Key mais leve. Será que não tem um projeto de um synth portátil vindo por aí não, mas com timbres bons..

      neto souza
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Gus Martins
      Pensava em te perguntar sobre a chegada do Artis, ainda bem que já respondeu, rs. será se ele chega com preço semelhante ao pck , ou será mais barato? será se terá a versão 76 teclas? Assim que ví o Artis, foi "amor à primeira Vista" seria uma ótima companhia para o meu xf6, não é mesmo?rs . Abç.

      neto souza
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      Gus Martins
      Pensava em te perguntar sobre a chegada do Artis, ainda bem que já respondeu, rs. será se ele chega com preço semelhante ao pck , ou será mais barato? será se terá a versão 76 teclas? Assim que ví o Artis, foi "amor à primeira Vista" seria uma ótima companhia para o meu xf6, não é mesmo?rs . Abç.

      Gus Martins
      Veterano
      # jul/13
      · votar


      hbraga
      Que venha! Se tiver mais alguma dúvida é só perguntar.

      macba
      Um portátil seria um sonho, a Kurzweil geralmente elabora teclados muito bem construídos e bacanas, realmente um Entry Level Synth portátil seria uma boa. Até já sugeri isso, mas ainda temos muito pela frente para eles começarem a escutar o público brasileiro.

      Cara, não tem revendedor autorizado ainda em MT, mas eu te dou uma dica, se achar interessante, envie um e-mail para kurzweil@equipo.com.br questionando sobre não encontrar o teclado em sua região, com esses dados, eu consigo indicar que tem procura, e ai se faz mais possível ter novos revendedores autorizados. Em muitos casos determinadas marcas e produtos não são vendidos em certas regiões por falta do lojista local conhecer melhor, ou por falta de interesse do público local. Como Kurzweil ficou fora do mercado brasileiro por falta de distribuição, alguns lojistas estão ainda por fora da volta da marca.

      neto souza
      Cara, o Artis parece ser um equipamento muito interessante, ele não é Workstation, então a faixa de preço dele com certeza será um pouco abaixo do PC3K. Ele é um teclado no perfil do "Nord Piano/RD700NX/S90XS".
      Não sei se há planos para versão 76 teclas. É possível que sim, mas depende de uma demanda de pedidos por parte do público. Logo mais terei um disponível aqui para testar e compartilharei com vocês as informações.

      Abraços a todos!

      Gus Martins- Especialista de Produtos - Kurzweil Brasil | Equipo

      Elias C Jr
      Veterano
      # jan/14
      · votar


      Ola amigos,Recentemente estou em estudio finalizando teclados em um album. Estou bem servido de teclados dispondo de Roland, Yamaha e Kurzweil mas tenho cada vez me impressionado com testes e mais testes e a escolha final para 90% dos timbres... isso pode ser influenciado pelo estilo musical, mas ha algo q tenho q compartilhar com vcs.... principalmente para aqueles q desejam adquirir um destes equipos. Volto aqui pra passar minhas impressoes...

      Elias C Jr
      Veterano
      # jan/14
      · votar


      Testando o Motif, Juno e PC3K... de vários sons que utilizei, pads, leads, synth bass, orgão, pianos, strings, orquestrais, conclui que o MOTIF soava bem, mas quando gravava o teste e ouvia todos instrumentos ele sumia; e quando testava com o PC3K acontecia o contrário. O PC3K estava sempre presente no meio de muitos instrumentos.Resultado: o Motif foi mais utilizado para bases de pad, algum DX7, mas o PC3K foi para todo o restante (solos e arranjos e bases). Órgão do PC3K sempre, pq o KB3 e sua funções permitem um resultado excelente.O Juno realmente não utilizei na escolha final em nada.E as possibilidades de edição do PC3k realmente surpreendem... muito prático, facil de usar, a maioria dos timbres está pronta, simulações de hammond, mellotron, moog, oberheim, ARP, são excelentes!!!E o melhor: o preço dele é inferior ao Motif e claro, ao grande Kronos. Para quem quiser é uma ferramenta excelente! Muitas possibilidades! Muitos timbres (tanto acústicos quanto synths). No geral foi o PC3K mais utilizado na produção do disco.Assim que tiver alguma master posto pra vcs conferirem.Gravava tudo mono, fritando num pre NEVE 1073lb, passando por eq API 550b e compressor no ELYSIA XPRESSOR, sempre desligando FX de reverbs e delays do prórpio synth.Só uma coisa que me transtornou foi um zunido contínuo na saída de áudio do PC3K (todas saídas, até a de fone apresenta isso) desde que o comprei, numa frequencia perto de 5khz, resultando uma relação sinal ruído de uns 30db. Fora isso, é muito bom!!! Na gravação resolvi isso aumentando em uns 18db cada timbre.

      nitoteclado
      Veterano
      # jul/14 · Editado por: nitoteclado
      · votar


      Olá Gus! tenho uma dúvida: como faço para configurar as trocas de timbres via pedal foot switch (tal como Dio Lima, artista Kurzweil, faz)? Tenho um pc3k e um k2600 mas nunca consegui fazê-lo...

      Gus Martins
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      nitoteclado
      Bom dia Nino, a troca feita através do pedal pode ser programada dentro editando o Setup Mestre que controla as definições dos Pedais e outros controles (pode ser visto no Modo MIDI).

      Existem 3 entradas para pedal tipo switch (incluindo a de sustain). Para mudar a função de algum desses pedais, por exemplo o pedal 2, você deve editar o Setup mestre, que é o 126 Internal Voices.

      Ao abrir esse setup para editar, navegue até a aba correspondente ao pedal footswitch 2, modifique o primeiro parâmetro para Toggled (ele está originalmente em Momentary), e onde está o parâmetro soft (ou sostenuto) você pode escolher a função DataInc e também DataDec. DataInc avança para o próximo timbre, DataDec vai para o timbre anterior.

      Depois de concluir as edições, você deve salvar o setup na mesma posição (126). Caso salve em uma posição diferente, vá no Modo MIDI e escolha o setup que você editou como setup mestre.

      Essa configuração fará com que seus timbres do modo Program (incluindo Programs dentro do modo Quick Access) sejam trocados conforme o comando (DataInc ou DataDec). Você pode inclusive programar o FTSW2 para DataInc e o FTSW3 para DataDec, de forma que terá como avançar e retroceder entre os programas.

      É importante lembrar, que se você quiser ter esse resultado de troca em um Setup, você terá que editar dentro de cada Setup individualmente as funções dos pedais para as trocas serem realizadas.

      Se tiver outras dúvidas avise.

      Atenciosamente,

      Gus Martins- Especialista de Produtos - Kurzweil Brasil | Equipo

      nitoteclado
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      Gus, muitíssimo obrigado pela atenção! Valeu!!!!!!!!

      bravo57
      Veterano
      # out/14
      · votar


      Pessoal, alguem me tira essa dúvida. O PC3k tem memória sampler volátil? Precisa carregar (fazer load) toda vez que o liga? Ou funciona como o Motif XF?

      bravo57
      Veterano
      # out/14
      · votar


      Opa, duvida esclarecida no excelente review do nosso amigo Gus Martins.

      andersobral
      Membro Novato
      # 17/mar/17 17:42
      · votar


      Boa Tarde...

      tenho um Kurzweil SP76II em minha igreja, nas ultimas 2 semanas ele parou de sair som, só sai som muito baixo no conector do fone de ouvido e mesmo assim elevando o potenciômetro deslizante do volume no máximo, ele liga normalmente, inicia mas não sai som nenhum, não teve queda nem um tipo de pancada, realmente é muito estranho.

      Alguém tem noção do que possa ser ???

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Kurzweil PC3K - Tópico Oficial Kurzweil Brasil

      302.041 tópicos 7.823.688 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital