Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

como saber o tom da música?

Autor Mensagem
ramon_cp2
Veterano
# mai/09


Pessoal.. Como eu posso saber o tom da musica apenas pelos acordes da música?

_KOG
Veterano
# mai/09
· votar


você consegue identificar estudando escalas...

Se voce sabe quais são as notas da música, voce consegue identificar o tom...
Se voce sabe o tom da música, voce sabe os acordes existentes naquele tom..

dê uma olhada neste endereço que explica como: http://pegacifras.uol.com.br/teoria/construindo-escalas.php

Deco_ufrj
Veterano
# mai/09
· votar


ramon_cp2
Cp2 tudo ou nada?

ramon_cp2
Veterano
# jun/09
· votar


E quando os acordes da musica ñao combinam com o tom.. Digo, quando há uma mudança de tom no meio da musica..?

Deco_ufrj
Veterano
# jun/09
· votar


ramon_cp2
aí houve uma mudança de tom... é uma musica com um tom predominante mas com outra tonalidade dentro dela, pode acontecer... acontece muito com metal, q no final aumenta-se um tom pro vocal ficar ainda mais agudo por exemplo... mas o "tom da musica" é a tonalidade predominante... também é comum o refrão estar num tom diferente do resto da musica...

ou pode acontecer tambem um emprestimo tonal (não lembro se o termo eh esse), quando voce utiliza um acorde de um tom dentro de uma outra tonalidade... por exemplo o uso de Dm na musica "Meu erro" dos Paralamas de sucesso, onde a musica está na tonalidade de A, e o acorde de Ré seria Ré maior e não o Dm... tudo pode acontecer, desde q seja bem feito... =D

Faop
Veterano
# jun/09 · Editado por: Faop
· votar


Deco_ufrj
Eu costumo fazer isso com a minha banda, agente tira fielmente a música original, e se precisar mudar o tom agente só altera os acordes e/ou harmonias que ficam juntos com a voz, o resto agente nem mexe

Leandro Parisi
Veterano
# jun/09
· votar


ramon_cp2
O melhor jeito de identificar o tom de uma música é estudando escalas, quando vc saber qual escalas tem quais bemóis ou qual escala tem quais sustenidos vc consegue facilmente tocando a escala durante a música perceber se o tom é esse ou não.
Por exemplo: vc ouve uma música e tenta tirar o tom dela, ai vc chega na palpite de q a música está em A, então vai ''improvissando'' na escala de A enquanto a música rola, ai percebe que quando vc toca uma determinada nota da escala de A ocorre uma certa dissonância, então vc tenta mudar aquela nota e achar o tom certo...
Espero ter sido claro, não sei se consegui explicar bem, mas enfim, a idéia é estudude músicas as escalas maiores(Jônio) e as menores(Eólio) pq a maioria das músicas são ou maiores ou menores, qual perceber que já esta manjando as duas estude os modos gregorianos(mas por enquanto pode esquecer esses modos), então, quando vc estiver dominando as maiores e menores peça auxílio de alguem em relaçam aos modos...
Bem espero ter ajudado...
um abraço e bons estudos

ramon_cp2
Veterano
# jun/09
· votar


Eu entendi... Apesar de saber bastante sobre escalas e modos eu nao consigo descobrir qual é o tom, justamente por causa desses acordes que nao fazem parte do tom..
Por exemplo:
A musica Tempos Modernos está em Am
No entanto, ela tem os acorde Am C G D Em e F.... D nao faz parte do campo harmonico de Am, deveria ser Dm.

primorena
Veterano
# jun/09
· votar


O acorde de D (RÉ) maior faz parte da tonalidade de G maior (dominante) e G faz parte da tonalidade de C, que é também dominate do mesmo C do qual é relativo de AM. São acordes que podem ser usados nessas tonalidades sem problema, são conhecidos como tons aproximados e ajudam na harmonia.Espero ter ajudado.

Ken Himura
Veterano
# jun/09
· votar


O movimento harmônico (cadência) sempre vai ter um movimentação de V7 - I, essa é a resolução básica de tensão-relaxamento.

Cada modulação (mudança de tom) é anunciada por um acorde e, pelo menos, uma nota na melodia. Esse acorde é uma ponte entre as duas tonalidades - a forma mais comum é modular por dominante secundária: usar a V7 do tom na qual você está modulando pra construir o caminho.

A nota que difere as tonalidades é chama de nota característica. Quando aparecer apenas uma, com alteração ascendente, ela é a sensível do novo tom (exemplo, numa música em C Maior, se aparecer um fá# e depois você repousar no G Maior, você modulou e fá# foi a nota característica). Se a alteração for descendente, ela vai ser o IV grau do novo tom.

Vale a pena dar uma lida neste livro, a partir da página 78:

http://books.google.com.br/books?id=gjs8chcdIXoC&pg=PA82&lpg=PA82&dq=n ota+caracter%C3%ADstica+teoria+musical&source=bl&ots=fj3rOKemZ-&sig=fR f5rkLLKeHW_bZeA7rrTDRfJ6c&hl=pt-BR&ei=T9wnSv3AJ9-ptgfVmsDgBg&sa=X&oi=b ook_result&ct=result&resnum=5#PPA78,M1

A linguagem usada é simples e a compreensão é fácil, e tem uns exercícios também.

erico.ascencao
Veterano
# jun/09
· votar


Me digam se estou certo: o primeiro acorde da música, na maioria das vezes, não é acorde que dá o tom da música?

Faop
Veterano
# jun/09 · Editado por: Faop
· votar


erico.ascencao
Algumas vezes sim, algumas vezes não. Talvez o cara pode ser um desgraçado que nem eu, que resolveu fazer uma música em A, começando a música com um G°.

Teclgait
Veterano
# jun/09
· votar


Sabendo a ordem dos sustenidos e dos bemois
Sustenidos Fa Do Sol Re La mi si
Bemois si mi la re sol do fa

Na de sustenidos e muito facil se tiver 1 sustenido sera sol ou seja 1 tom a cima do ultimo sustenido , se tiver sol como sustenido o tom sera de la . quanto aos bemois e 3 tons para baixo ou seja bemol no sim sera fa maior

Ken Himura
Veterano
# jun/09
· votar


Na de sustenidos e muito facil se tiver 1 sustenido sera sol ou seja 1 tom a cima do ultimo sustenido , se tiver sol como sustenido o tom sera de la . quanto aos bemois e 3 tons para baixo ou seja bemol no sim sera fa maior
Se fosse simples assim, seria moleza.

Mas ainda existem outras coisas, como por exemplo empréstimo modal e outros recursos (como a escala de tons inteiros e acordes suspensos) que vai fazer aparecer na música alterações onde não "deveria" ter, as vezes sem mesmo modular pra outro tom.

Teclgait
Veterano
# jun/09
· votar


Nao quis complicar
Pois ainda pode ser maior o menor .
Quis so dar uma liçao simples para perçeber melhor

NillMaker
Veterano
# jun/09
· votar


Através das notas da escala da pra saber em que tom que a música esta.
É claro, que as vezes entram notas que não estão na escala ou no tom, mas ai ja é outra questão.

edneymusico
Membro Novato
# 07/nov/13 17:56
· votar


Meus caros esta sequencia estaria em A?
E / A/ G

TrebleH
Veterano
# 07/nov/13 18:52 · Editado por: TrebleH
· votar


Pra mim isso estaria em Mi. Tem cara de alguma passagem que volta em mi e começa uma letra.

Acho que isso vai do Feeling de cada músico. Tipo, você faz uma sequência de notas, eu já penso num tom e talvez numa sequência pra essa música.

Ex: E/A/G E/A/G E/A/G . B...... E.... C#m.... A.... B.... (E tem cara de Rock clássico kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tipo umas músicas anos 50)

Ken Himura
Veterano
# 09/nov/13 07:11
· votar


TrebleH
Não existe sol na escala de mi, só sol#.

edneymusico
Isso tem cara modal. Frígio ou mixolídio (ambos com empréstimo) me vêm logo à cabeça pela escala, mas vai depender onde há a gravitação tonal. Dependendo do que acontecer aí, até C maior rola (Em pode ser antirelativa de C Maior; E Maior é o homônimo).

Qual é o contexto?

TrebleH
Veterano
# 09/nov/13 08:25
· votar


Sim. Eu sei disso (seria verdade se fosse Mi menor né?).

Eu não tenho teoria suficiente pra falar isso (nunca tive aula), mas eu acredito que dependendo do contexto, uma música em Mi pode ter uma passada rápida em Sol. Não?

Cleitaum
Veterano
# 09/nov/13 12:43
· votar


Deem uma olhada nessa música, ela é em E, da umas "passeadas" por outras notas.

http://www.cifraclub.com.br/filhos-do-homem/seremos-um/

Ken Himura
Veterano
# 09/nov/13 20:13
· votar


TrebleH
seria verdade se fosse Mi menor né?
Isso!

mas eu acredito que dependendo do contexto, uma música em Mi pode ter uma passada rápida em Sol. Não?
Depende, poder pode tudo. Mas é o contexto que vai determinar se o movimento é coerente ou não. Por movimentação cromática numa melodia, dá pra passar pelo sol natural direto, mas em acorde é necessário um encadeamento pra esse sol virar nota de repouso. Dá pra fazer isso por empréstimo modal (usar Em no lugar E, puxando o acorde do homônimo de mesma função) e tal. Tem outras opções mais rebuscadas, mas que dá dá, sacou? O importante é olhar o contexto.

TrebleH
Veterano
# 10/nov/13 00:59
· votar


muito bom Ken.... valeu mesmo :)

Carl Thayer
Membro Novato
# 02/jan/14 23:07
· votar


Tambem tenho uma dúvida em relação a tom e escalas.
Aprendi com meu professor de guitarra como achar o tom de umas músicas.
Por exemplo, no tom de G, G é maior(pode ser com 7+, com 9...) o A é menor(pode ser apenas com 7 pois é dórico) e assim segue, não é?
Pois então parei de fazer aulas e decidi continuar treinando. Eis que vou tentar descobrir de "you give love a bad name" do Bon Jovi, e o tom é de Am. Como eu descubro que é Am? E na música "Angry Chair", do Alice In Chains, achei uma versão em que estava o tom de E, com as seguintes notas: E, F Bb, A, B, F#m e G. Por que o tom é de E com essas notas? De acordo com o que eu aprendi, o tom de E só aceita as notas E, F#m, G#m, A, B, Cm e D diminuto.
Obrigado.

Filipe_Tabernaculus
Veterano
# 03/jan/14 01:18
· votar


Bom também não sou muito bom em teoria, mais por exemplo na música do Bon Jovi, posso estar enganado mais tom geralmente é maior, se tem um Am o tom pode ser em G porque Am faz parte da escala G, mais poder ser também em C porque Am também tem na escala de C, eu geralmente vejo a qual escala pertence as notas da música, E na música do Alice In Chains, vc esta certo em questionar, mais a música precisa de um tom, mesmo que não tenham todas as notas da escala, acredito que é decidido pelo maior número de notas de uma só escala, acho que o critério é de quem fez a música no que estava pensando, mais é assim mesmo não precisa ficar preso, toda música tem uma tonalidade dai vc pode buscar notas fora da escala sem problemas para enriquecer,

kokada
Veterano
# 03/jan/14 06:42
· votar


Carl Thayer
o tom da música não seria o último tom do refrão?

WilliamJunior
Membro
# 03/jan/14 08:24
· votar


Uma dica que dou é conseguir pegar alguns tons e ir por atrás do tom, por exemplo se na música entra um F#m, ai você procura nos campos harmônicos que entram F#m, geralmente funciona,

Jube
Veterano
# 03/jan/14 09:12
· votar


Sendo superficial, a música geralmente começa com a nota que da origem a escala / campo harmonico.
Ela pode ser um acorde maior, como pode ser um acorde menor. Se a música começou em Am, então começou na escala menor relativa de C.

Acontece muito de aparecer notas aparentemente "fora", pode ser emprestimo modal ou simplesmente uma modulação no meio da música.

Carl Thayer
Membro Novato
# 03/jan/14 11:09
· votar


Valeu pessoal. Vou procurar algum material sobre campo harmônico então.. quem sabe eu entendo melhor essa teoria ai heheh

TmKr1440
Membro Novato
# 05/jan/14 10:56
· votar


Ah meu Deus que nó na cabeça :/
Acho que estudar o campo harmônico vai ser difícil de mais, vou ter que me trancar no meu quarto!
Partiu kkkk

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a como saber o tom da música?

290.314 tópicos 7.574.317 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital