Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Teste: EW Hollywood Strings + Waves L2 -> Piratas do Caribe

      Autor Mensagem
      Pé de chinelo
      Veterano
      # 20/nov/17 17:15 · Editado por: Pé de chinelo


      Teste do East West Hollywood strings, tudo sequenciado no FL studio e masterizado com Waves L2



      Áudio com qualidade melhor:

      https://soundcloud.com/camilonb/ew-hollywood-strings-test-pirates-of-t he-caribbean

      Jabijirous
      Veterano
      # 20/nov/17 20:06
      · votar


      Pé de chinelo

      Primeira vez que você sequencia algo?

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 20/nov/17 20:35
      · votar


      Jabijirous

      Eai blz? Não, já sequenciei muita coisa no Fruity Loops, mas é a primeira vez que faço isso com um plugin de orchestra, como não tenho muita experiência nesses instrumentos queria umas opiniões aí pra deixar o som o mais realista possível pras próximas gravações onde eu pretendo botar guitarra e baixo também, minha ideia é fazer algo na linha de "Epic Music" saca, trilhas sonoras

      Sobre o sequenciamento, o PLAY (player da East West) tem a opção do round robin e repetition onde eles usaram 4 sons diferentes pro sample, então quebra um pouco do efeito machine gun

      Jabijirous
      Veterano
      # 20/nov/17 20:49
      · votar


      Pé de chinelo
      Sim. E as dinâmicas, usou quais cc's?

      Ningen
      Veterano
      # 20/nov/17 20:52
      · votar


      Você tá afim de críticas? Como é? rsrs

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 20/nov/17 22:29
      · votar


      Ningen

      Pode criticar mano, to aqui pra isso

      Jabijirous

      As dinâmicas são criadas também pelo modo repetition, mas no final da mix eu ajustei manualmente alguns volumes pra dar uma equilibrada pelo controle de volume no piano roll mesmo

      Jabijirous
      Veterano
      # 20/nov/17 23:23
      · votar


      Pé de chinelo
      As dinâmicas são criadas também pelo modo repetition

      Repetition é uma coisa e dinâmica é outra!! Volume não é dinâmica, não no caso da orquestra e é por isso que você usou o L2!!

      Pega o manual do teu instrumento virtual e veja quais patches possuem a dinâmica no modwheel!!

      E dê uma lida nestes artigos
      http://michaelmachado.com.br/midi-cc/
      http://michaelmachado.com.br/velocity/

      Ismah
      Veterano
      # 20/nov/17 23:51
      · votar


      Apesar de que eu não vi o L2 atuando uma vez... Parece que ele só serviu como dither e eq shapping para exportar num bit deep específico (supondo que tu saiba o que está fazendo, claro)...

      Jabijirous

      Legal esses artigos!

      Jabijirous
      Veterano
      # 21/nov/17 00:35
      · votar


      Ismah

      O que chamou atenção foi o vu da master em relação ao das cordas, tirando a percussão!!!

      Além do mais, o som não tem mudança de timbre, tá reto!! Dinâmica muda o timbre!!!

      Ismah
      Veterano
      # 21/nov/17 01:21
      · votar


      Meio que me resta dizer " tá bom ", porque não falei nada sobre isso rs

      Ningen
      Veterano
      # 21/nov/17 03:09
      · votar


      Pé de chinelo

      Então... Não entendo muito de épico... mas da minha memória.. acho que tá faltando um reverb longo... uns delays batendo nas beiradas da imagem stereo... Algo nesse sentido... Uma imersão...

      E tô achando a melodia muito "quadrada"... É intencional?

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 21/nov/17 07:58
      · votar


      Jabijirous

      Bom, primeiramente me desculpe por alguns erros conceituais, estou aqui justamente pra tentar entender melhor algumas coisas

      Quando falamos de dinâmica, estamos falando de intensidade, correto? p, mp, mf, f, ff etc
      Como eu não usei teclado controlador com teclas sensitivas, foi tudo sequenciado, eu entendo que não teve dinâmica alguma, o que eu quis dizer com o repetition, é que, analisando o espectro das ondas de uma gravação sem e outra com esse script, percebe-se uma variação de intensidade em relação as notas, isso não seria também dinâmica?

      ...é por isso que você usou o L2!!

      Não entendi, pq eu usei o L2? foi a primeira vez q eu usei esse plugin, estou testando vários.

      O que chamou atenção foi o vu da master em relação ao das cordas, tirando a percussão!!!

      Talvez pq os instrumentos não tem nenhum efeito aplicado, nem compressor, nem eq, nada, e estão flat tb no mixer

      Além do mais, o som não tem mudança de timbre, tá reto!! Dinâmica muda o timbre!!!

      O que vc sugere pra aplicar uma boa dinâmica sequenciando notas sem um teclado controlador?

      Ismah

      Apesar de que eu não vi o L2 atuando uma vez...

      Nessa mix? o que faltou pra ele atuar?

      Ningen

      Então, nessa mix eu não apliquei nenhum efeito e foi tudo sequenciado, deve ser por isso que ficou meio quadradão, as melodias em si não tem muita alteração em relação à original, exceto pela viola que eu criei uma linha de contraponto pro violino.

      MMI
      Veterano
      # 21/nov/17 09:00
      · votar


      Fala amigo! Blz?

      Eu não costumo usar muito esses programas e sequenciadores, especialmente dessa forma. Eu uso apenas para detalhes, frases, correções, muitas vezes em segundo plano, onde essa "perfeição" toda não é tão necessária por não fica tão na cara. Fazer música dessa forma não costuma ser minha praia, tem quem faça muito melhor e nem me arrisco muito, então tenho pouco a acrescentar. Minhas faixas deste tipo costumo fazer com guitarra ou violão MIDI ou me arriscar num teclado (não gosto de falar isso, estudei muitos anos piano e hoje sou uma negação, kkkk). Isso já me facilita nas dinâmicas. Tem colegas aqui feras nisso, vai na do mestre Jabijirous que você se dá bem....

      Em todo caso, concordo que ficou meio "quadrado" mesmo, acho que dá para melhorar.

      Abç!

      (e aquele som de relax, que durava um tempão? Que fim deu?)

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 21/nov/17 09:53
      · votar


      MMI

      Então na verdade eu não gosto muito de sequenciar também, mas como eu queria só fazer um teste de qualidade mesmo foi o jeito mais rápido, queria ler algumas opiniões e realmente, mesmo sendo samples de alta qualidade, o sequenciamento digital tende a deixar tudo meio mecânico, quadradão demais

      Agora com meu novo teclado controlador que tá chegando vai dar pra trabalhar mais as intensidades e gravar a execução humana pras próximas músicas

      O problema é que tem coisas sobre estúdio que eu não sei direito, tenho que me virar no home studio digital pra aprender, se tivesse a oportunidade de ver ao vivo uma mixagem profissional numa SSL da vida num studio analógico e talz seria mais fácil, por enquanto vamos fazendo o que dá pra fazer no digital msm

      Sobre o projeto relax, eu tava com alguns problemas pra captar um som 100% clean, tava saindo uns chiadinhos que eu não consegui retirar, mas vou fazer mais uns testes aí e esse projeto vai sair tb qnd eu resolver esses detalhes técnicos

      Jabijirous
      Veterano
      # 21/nov/17 11:26
      · votar


      Pé de chinelo
      Quando falamos de dinâmica, estamos falando de intensidade, correto? p, mp, mf, f, ff etc

      Isso!!! E cada nível vai te dar um timbre diferente!
      Olha esse vídeo aqui


      Como eu não usei teclado controlador com teclas sensitivas, foi tudo sequenciado, eu entendo que não teve dinâmica alguma, o que eu quis dizer com o repetition, é que, analisando o espectro das ondas de uma gravação sem e outra com esse script, percebe-se uma variação de intensidade em relação as notas, isso não seria também dinâmica?

      Aqui eu não toco nada, sai do finale direto pro cubase e lá eu faço tudo via mouse!! O que tem de repetition no ewql deve ser o round robin e isso não tem diferença de dinâmica.


      O que vc sugere pra aplicar uma boa dinâmica sequenciando notas sem um teclado controlador?

      Primeiro veja e entenda esses vídeos e o artigo que eu passei, pois ali é básico e o fundamental da programação midi. Depois leia o manual do seu programa e pra praticar a programação, nada melhor que sequenciar as músicas dos grandes mestres!! Assim você consegue aprimorar sua técnica e conhecer os limites do seu instrumento virtual!!

      Se você tiver facebook, dá uma olhada aqui
      https://www.facebook.com/profmichaelmachado/videos/

      Lá tem o comparativo do original e do sampleado!!

      Sequenciar é chato, mas é um mal necessário hehehehe Por isso que eu to paradão!!

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 21/nov/17 19:07
      · votar


      Jabijirous

      To quebrando a cebeça aqui haha , no FL tem a opção de mudar o velocity da nota embaixo do piano roll, do mesmo jeito que vc fez, só que esse recurso não funciona nos instrumentos legato e sustain, só nos spiccatos, staccatos etc

      Esse lance dos CC's que tá complicado pra mim, no manual do EW hollywood strings diz que o C11 é o controle de expressão, ok, mas eu não to conseguindo achar esses controles no plugin nem no host, tipo esse painel do Vienna que aparece aos 3:32 do seu vídeo, eu queria exatamente isso, essa opção de múltiplos pontos de expressão pra desenhar os crescendos e diminuendos.

      Jabijirous
      Veterano
      # 21/nov/17 22:52
      · votar


      Pé de chinelo

      Já pensou em mudar de DAW? Experimenta o Reaper!!! FL não é muito bom pra isso que tu tá fazendo

      https://www.reaper.fm

      Ismah
      Veterano
      # 22/nov/17 04:48
      · votar


      Pé de chinelo
      Nessa mix? o que faltou pra ele atuar?

      Volume na entrada hehehe
      Ao menos eu não vi o VU de atenuação pulsar...

      o sequenciamento digital tende a deixar tudo meio mecânico, quadradão demais

      O Jabirous e eu discordamos veemente... O difícil é tu conseguir entender onde e como as dinâmicas de cada instrumento vem, por exemplo o violino, dá diferença bem pesada ao puxar o arco e ao empurrar, isso dá o som de violino... Eu mexi mais com acordeon pra isso, e o som que dá ao abrir e fechar o acordeon, é sutilmente diferente, mas na hora de ouvir A/B há diferenças...

      Tem mais opções se clicar com o lado direito na barra lateral (logo abaixo do piano vertical)... Eu uso bem poucas, mas uso. Alguns VSTi's também reagem diferente a cada canal MIDI que entra o sinal, no FLS isso é pela cor das "notas"... O Broomstick bass é um, mas não lembro CERTO o que muda das articulações.

      O problema é que tem coisas sobre estúdio que eu não sei direito, tenho que me virar no home studio digital pra aprender, se tivesse a oportunidade de ver ao vivo uma mixagem profissional numa SSL da vida num studio analógico e talz seria mais fácil, por enquanto vamos fazendo o que dá pra fazer no digital msm

      Paulo Anhaia deixou até ontem alguns cursos liberados... O mixando é quase assim, não lembro se é uma SSL só... Tinha o equalizando e o comprimindo também pra 0800...

      Jabijirous
      Experimenta o Reaper!!! FL não é muito bom pra isso que tu tá fazendo

      Com'assim? O troço é desenhado para mexer com esse tipo de coisa. rs
      Vou testar no Reaper, não me senti a vontade pra isso.

      Jabijirous
      Veterano
      # 22/nov/17 09:30
      · votar


      Ismah
      Fui procurar um vídeo sobre midi cc no FL e vou te falar que achei bem complicado o processo.

      Eu ainda falaria para ele investir em um Cubase que pra trabalhar com midi, é o que há de melhor no mercado!!! Mas é muito caro, o reaper sai muito mais barato!

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 22/nov/17 15:51 · Editado por: Pé de chinelo
      · votar


      Ismah

      Ao menos eu não vi o VU de atenuação pulsar...

      O que seria VU? Essa barra do ATTEN no L2 tem q marcar qto mais ou menos?

      Jabijirous


      Fui procurar um vídeo sobre midi cc no FL e vou te falar que achei bem complicado o processo.


      Pode passar o link?

      Jabijirous
      Veterano
      # 22/nov/17 16:12
      · votar


      Pé de chinelo

      Olha aí, meu camarada!!
      https://www.youtube.com/watch?v=53e-vlM9sdI

      Baixa o reaper que você vai ver uma diferença enorme. E, se quiser, você pode baixar o trial do cubase, aí tu vai ver uma diferença gigantesca!!

      Adler3x3
      Veterano
      # 22/nov/17 16:25 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Tem que aprender a fazer na DAW que esta usando.
      Qualquer mudança de DAW vai necessitar de um tempo de adaptação e estudos da mesma forma.
      E não garante nada, pois pode variar conforme o conjunto de softwares que se usa.

      Não garante nada pois são instrumentos virtuais tentando simular instrumentos reais, e nesta parte de orquestra é complicado.

      O Vídeo do Jabijirous é bom, é um indicativo, um norte, foi feito com determinados softwares, o que tem que se observar são os princípios básicos, e adaptar conforme os softwares que se esta usando.

      O FL Studio é muito bom, é uma DAW complexa, existem diferentes meios de se fazer a mesma coisa.
      Tem muitos recursos, o que é uma riqueza, mas por outro lado as vezes ter tantos recursos fica complicado para o usuário se achar.

      No FL Studio tem até um aplicativo externo para lidar com a dinâmica, mas vai requerer um bom tempo de estudo e prática para começar a apresentar resultados mais realistas.
      Quem usa diz que é fácil.
      Mas para quem vai começar não é fácil não.

      Para quem usa todo dia é fácil, mas primeiro é complexo, somente depois de muita prática é que o complexo vira simples.

      Pois o sequenciamento de instrumentos virtuais é uma arte, e conforme as ferramentas que se usa pode ter modos diferentes de fazer, a partir do instrumento virtual e suas articulações, teclado e DAW, e outras informações de automação, e os pequenos detalhes muitas vezes tem que se fazer no mouse mesmo.

      Isto vai requerer mais estudo e prática, e inevitavelmente faz parte do processo.

      Eu concordo que o Cubase é a DAW mais avançada nesta arte, entretanto o FL Studio pode fazer quase todas as mesmas coisas, só que o conceito e acesso a GUI (interface e Menus) é diferente.

      E não é só o uso da DAW, muito mais entra em cena, como os próprios instrumentos virtuais, cada um com suas articulações, efeitos e outras formas de edição, principalmente a automação, que pode mudar vários parâmetros do instrumento na linha do tempo (envelope, dezenas ou centenas de edições que podem afetar o resultado), e o FL tem recursos para isto, mas não é fácil, a edição tem que ser compasso por compasso, e em alguns casos nota por nota, um hercúleo trabalho.)

      Adler3x3
      Veterano
      # 22/nov/17 17:19 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      oops desculpem post duplo.

      Jabijirous
      Veterano
      # 22/nov/17 20:26
      · votar


      e o FL tem recursos para isto, mas não é fácil, a edição tem que ser compasso por compasso, e em alguns casos nota por nota, um hercúleo trabalho.)

      Cara, falou tudo, dá trabalho! Acho o investimento de tempo no estudo de outra daw super válido, tempo esse que você vai ganhar no futuro. Já passei por isso quando saí do N-Track para o Sonar e do Sonar para o Cubase!!!

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 22/nov/17 23:34
      · votar


      Jabijirous

      Esse vídeo era exatamente o que eu queria, consegui aplicar o controle de expressão desenhando um envelope na automação

      Sobre os softwares, vou testar os que vc recomendou mas não deixarei de usar o Fruity Loops tb

      Adler3x3

      Realmente, simular uma orquestra e conseguir um som realista não é tarefa fácil

      Concordo que o FL é um excelente DAW, mas dependendo do que vc for fazer pode ser bem complexo e trabalhoso mesmo

      Pé de chinelo
      Veterano
      # 22/nov/17 23:38
      · votar


      Teste do controle de expressão, desenhado com o mouse, já dá pra perceber uma pegada diferente, era isso que faltava e estava deixando o som quadradão e sem variação dinâmica:



      Jabijirous
      Veterano
      # 22/nov/17 23:46
      · votar


      Pé de chinelo

      OUTRA coisa!! Agora sim!!! Viu a diferença de timbre?? É a Dinâmica!!

      Agora é cair dentro!!!

      Bora samplear um trecho de uma música qualquer pra cordas?? Topa Adler3x3? Algo simples que não tome tempo.

      Adler3x3
      Veterano
      # 23/nov/17 00:13
      · votar


      Bem fazer um trabalho conjunto eu topo.

      Com certeza vou aprender algo.

      Tenho uma biblioteca nova que podemos fazer experiências, ela tem um outro lado de conseguir realismo, se aliarmos as duas diferentes técnicas pode ficar melhor ainda.
      Meu e-mail:
      pfranzen
      no terra.com.br
      pfranzen@terra.com.br

      Jabijirous
      Veterano
      # 23/nov/17 00:30
      · votar


      Minha ideia era cada um sequenciar o mesmo trecho e ouvirmos o que cada um tem de instrumento virtual e aprendermos juntos sobre sequenciamento, mix e etc!

      Ismah
      Veterano
      # 23/nov/17 00:43
      · votar


      Pé de chinelo
      O que seria VU? Essa barra do ATTEN no L2 tem q marcar qto mais ou menos?
      Isso são VU's

      Jabijirous
      Fui procurar um vídeo sobre midi cc no FL e vou te falar que achei bem complicado o processo.

      Então... Eu uso a quase 10 anos o FLS, por isso que talvez eu ache fácil, mas sempre fiz "manualmente", ou por algorítmo de "humanaize"...

      Exemplo...

      https://www.youtube.com/watch?v=_mr-rCkRrvg

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Teste: EW Hollywood Strings + Waves L2 -> Piratas do Caribe

      303.874 tópicos 7.863.171 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital