O meme como um gênero musical

    Autor Mensagem
    Wanton
    Veterano
    # 03/jun/22 15:37


    Não como um gênero em si, mas como um gênero transversal, que permeia outros gêneros.

    O metal foi motivado pelos filmes de terror; o punk veio do desalento de uma geração; a tropicália veio da repressão do regime ditatorial etc. Gêneros vêm de contextos e, hoje, há essa necessidade de integração transmidiática que concorre com a música tradicional (somente para ouvir). Não é como o videoclipe, que é consequência da música. A música virou consequência dos vídeos.

    O que vocês acham disso tudo?



    Lelo Mig
    Membro
    # 03/jun/22 16:15 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Wanton

    "O que vocês acham disso tudo?"

    Prá mim não fede nem cheira... um ou outro mais criativo e talentoso fará alguma musiquinha bacaninha e um monte farão merdas.

    O ponto de partida, o que inspira uma obra, não importa muito e sim o resultado final. No caso do exemplo postado, não é desagradável, mas absolutamente comum e previsível. Não há nada, até agora, muito além disso.

    Meu favorito, até então, já têm mais de 10 anos:



    kafka à beira-mar
    Membro Novato
    # 03/jun/22 16:37
    · votar


    Acho daora. Memes, tipos de carinhas são.



    makumbator
    Moderador
    # 03/jun/22 18:16 · Editado por: makumbator
    · votar


    Wanton

    Um dos primeiro nessa arte foi o famoso vídeo com a entrevista sobre um invasor que tentou atacar a irmã de um cidadão chamado Antoine Dodson:

    Aqui a entrevista original:

    https://www.youtube.com/watch?v=EzNhaLUT520

    E aqui a bela obra:

    https://www.youtube.com/watch?v=hMtZfW2z9dw



    E a música fez sucesso comercial real, chegando a top 100 da Billboard e vendeu mais de 100 mil cópias (que para o ano de 2013 é algo louvável).

    Ningen
    Veterano
    # 03/jun/22 18:30
    · votar


    makumbator

    Nossa kkkkkk ouvi muito essa kkk nostálgicooo

    Wanton

    Venho me esquentando pouco com isso. Afinal, essa junção de humor e música existe não é de hoje. É claro, com a tecnologia, surgem novas roupagens, mas no fundo, isso sempre rolou.

    makumbator
    Moderador
    # 03/jun/22 18:38
    · votar


    Ningen
    Nossa kkkkkk ouvi muito essa kkk nostálgicooo

    Hahah! Pior que o refrão é legal.

    makumbator
    Moderador
    # 03/jun/22 18:47
    · votar


    Pra ficar no meio do metal, tem as versões do português Andre Antunes.

    Aqui um que reune 3 memes:

    https://www.youtube.com/watch?v=tnLLrnZVwFI


    Os memes são

    CEO of Hangry
    https://www.youtube.com/shorts/zdY-oASCZzg

    girl pig squeal
    https://www.youtube.com/watch?v=QyZSckIjp4c

    No Pomegranates:
    https://www.youtube.com/shorts/cHhvEiYgkqA

    LeandroP
    Moderador
    # 03/jun/22 19:21
    · votar



    https://www.youtube.com/watch?v=9UJJJVmvvsU

    Wanton
    Veterano
    # 03/jun/22 19:30 · Editado por: Wanton
    · votar


    Lelo Mig
    O ponto de partida, o que inspira uma obra, não importa muito e sim o resultado final.

    Mas o contexto importa, é o contexto que dá sentido.


    Ningen
    Afinal, essa junção de humor e música existe não é de hoje.

    É, mas é bem mais do que isso.


    makumbator
    E a música fez sucesso comercial real, chegando a top 100 da Billboard e vendeu mais de 100 mil cópias (que para o ano de 2013 é algo louvável).

    Certamente!


    CEO of Hangry

    É o Neymar sentado no banco de trás?


    LeandroP

    Jeremias é clássico demais! Às vezes, me pego cantarolando até hoje.

    makumbator
    Moderador
    # 03/jun/22 19:36
    · votar


    Wanton
    É o Neymar sentado no banco de trás?

    Parece né? O jeito da risada é muito igual! Hahaha!

    Lelo Mig
    Membro
    # 03/jun/22 21:53
    · votar


    makumbator

    Tinha esquecido desse André Antunes.

    Esse cara é bom.

    Ningen
    Veterano
    # 04/jun/22 01:31 · Editado por: Ningen
    · votar


    Wanton

    É, mas é bem mais do que isso.

    Por exemplo..?

    A mim, mera ilusão*. A internet tornou tudo mais acessível e compartilhável, o que dá a impressão que é algo maior... Mas é o mesmo vírus sendo propagado mais facilmente.. A música sempre fez isso.. acompanhou as curvas das renovações tecnológicas e sociais...

    Os memes existiam antes mesmo de existir o "meme". Gírias criadas, piadas, histórias, anedotas repassadas...

    Difícil imaginar no delta mississipiano alguém falando algo/agindo engraçado, ganhando apelido por isso e outro que soubesse tocar algum instrumento fazendo uma paródia em torno daquilo? Acho que não.

    * Não tiro o mérito. Só não vejo como sendo lá grande coisa rsrs

    Wanton
    Veterano
    # 04/jun/22 05:50 · Editado por: Wanton
    · votar


    Ningen
    A internet tornou tudo mais acessível e compartilhável

    A internet fez mais do que isso, a internet mudou tudo. Quando tentamos classificar as coisas da internet com as nossas caixinhas antigas, muita coisa se perde. Talvez, lá em 2002, fizesse sentido essa necessidade de ancorar as coisas da internet ao mundo exterior a ela. Naquele tempo, as pessoas "navegavam" na internet. Elas precisavam dar substância à experiência. Em 2022, já podemos olhar para o fenômeno como algo autônomo, com as suas peculiaridades e esquisitices. Nós vivemos a internet. Ela deixou de ser uma experiência estranha e virou parte do cotidiano de todo mundo.


    Os memes existiam antes mesmo de existir o "meme"

    Sim, qualquer novidade tem um antecedente. O primeiro dente podre arrancado é antecedente da odontologia.


    Difícil imaginar no delta mississipiano alguém falando algo/agindo engraçado...

    Mas não é sobre ser engraçado, um meme nem precisa ser engraçado. Sequer é sobre ser bom ou ruim, genial ou banal, temerário ou desejável. É sobre identificar um fenômeno de comunicação, que nem é tão novo, como notaram. É sobre a sua consolidação. É sobre a apropriação da linguagem musical nesse contexto.

    Tem tanta coisa parecida na música para as quais damos nomes diferentes. Quem ousaria dizer que a ópera e o sertanejo universitário são a mesma coisa porque falam de chifre e de barracos de um jeito dramático? Gêneros são movimentos na cultura que geram uma série de obras com traços semelhantes. Acho que os vídeos postados no tópico estão conectados por se tratarem de remixagens de produtos midiáticos não musicais transformados em música pela ação de um compositor.

    LeandroP
    Moderador
    # 04/jun/22 09:39
    · votar


    Wanton
    Jeremias é clássico demais! Às vezes, me pego cantarolando até hoje.


    Seu pudesse eu matava mil (mil mil mil mil)
    Matei teu pai? Não!
    Matei tua mãe? Não!
    Intaum hacihudê, arai

    °,°

    Lelo Mig
    Membro
    # 04/jun/22 10:39 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    LeandroP
    Wanton

    "U cão foi quem butô prá nóis bebê!"

    Essa frase é épica, já pensei em usá-la no nome de um CD ou de um conto.

    Ningen
    Veterano
    # 04/jun/22 11:07 · Editado por: Ningen
    · votar


    Wanton

    Devo ter me expressado mal...

    O humor, foi só um exemplo.

    O que quis dizer foi que sempre houveram coisas que "viralizassem" (que é o ponto do meme, na minha cabeça). Menos, claro.. Teorias da conspiração, religião, "causos".. E com isso quem se propôs a musicar..

    acessível e compartilhável
    Isso no quesito memes. Quis dizer que a internet facilitou algo que sempre ouve entre nós. Assim como o avanço das tecnologias no quesito transporte que também aceleraram o covid, por ex.

    Quem ousaria dizer que a ópera e o sertanejo universitário são a mesma coisa porque falam de chifre e de barracos de um jeito dramático?
    Dependendo do contexto, eu. rsrsrs

    Vai depender da maneira que você olha para a coisa. Se olhar de perto o suficiente vai aparecer quem queira separar um meme de outro, por serem "diferentes", não serem "a mesma coisa"... Assim como o oposto, também acontece.

    Mas assim.. tudo bem se você enxerga dessa forma.

    Pontos de vista.. Pessoalmente, dou muita moral para os musical memes não rsrs.

    kafka à beira-mar
    Membro Novato
    # 04/jun/22 13:01
    · votar


    Lembro que na época do orkut existia uma banda chamada Seminovos. É bem essa mistura de humor (meme, não sei se na época já chamavam de meme) e a música. Tem até uma paródia do Jeremias, acho que se chama "Foi o cão". Enfim, os caras tem muita música boa nessa vibe. Me lembra um pouco Pedra Letícia.

    Lelo Mig
    Membro
    # 04/jun/22 13:26 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Wanton

    "Mas o contexto importa, é o contexto que dá sentido."

    Sim, concordo. Mas o que quis dizer e não me expressei direito foi que é apenas mais uma fonte (legítima) de inspiração para algo... ruim, insignificante ou bom.

    Eu não sou conservador, nem purista, também não sou excludente. Não sou do tipo que acha que o namoro virtual, por exemplo, vai acabar com o encontro real de pessoas ou que conhecer alguém pela Internet seja menos legítimo que num bar. As pessoas, principalmente as mais velhas (grupo a qual pertenço) tendem a fazer comparações ou acharem que algo será excluído com a entrada do novo... eu não sou assim não.

    Muita coisa do meu tempo eu acho melhor, não porque eram melhores, mas porque eu era jovem.

    Vixe, viajei na maionese e sai totalmente do tema...(coisa de véio)... hehe.

    Resumindo, se for bom tá valendo, se for ruim é apenas mais uma bosta. (e esse bom ou bosta, também acaba sendo absolutamente subjetivo).

    fernando tecladista
    Veterano
    # 04/jun/22 16:05
    · votar


    A música virou consequência dos vídeos.

    O que vocês acham disso tudo?


    música sempre esteve junto de vídeo

    - com clips e junto com a explosão da MTV a frente
    - como tema de novela e filme
    - programas de auditório, desde a jovem guarda
    - os clips que passavam no meio do fantástico lá pra década de 80, 90 que eu lembro...
    - o especial do roberto carlos
    - as apresentações frufru do andré rieu com moças da orquestra com vestidos de gala...feito em cenários de turismo da 3a idade...

    hoje temos uma geração que ama bichinhos e vive com o celular na mão,
    então um vídeo como esse do inicio do tópico é uma nova forma para a antiga forma que seu publico conheça sua música

    ---------------------------------------------------------------------- ------------
    aproveitando
    a a pessoa desse vídeo seu canal é assim com montagens
    muita gente conheceu ele por esse vídeo:



    um recente que gostei que ele fez com uma brasileira foi esse:


    Wanton
    Veterano
    # 04/jun/22 19:29
    · votar


    fernando tecladista
    música sempre esteve junto de vídeo

    Parece que vocês estão em negação! Estou falando da música como consequência do vídeo, e não o contrário. A música é composta para o vídeo. Ainda assim, isso é insuficiente para descrever o fenômeno, porque não é qualquer vídeo, é sempre algum vídeo que viralizou. É linguagem de internet, que funciona no contexto da internet. Não é música para ouvir no carro, tampouco é música para ouvir sem ver.


    um recente que gostei que ele fez com uma brasileira foi esse:

    Dei atenção para o cara depois desse vídeo. Essa menina das bolas é muito interessante.


    Lelo Mig
    As pessoas, principalmente as mais velhas (grupo a qual pertenço) tendem...

    Tenho entendido que ignorar as transformações na cultura é um modo de ser negligente para consigo. Do jeito que as coisas caminham, estamos cada vez mais sujeitos a ocuparmos a posição daqueles velhinhos que penam para sacar dinheiro no caixa eletrônico. Precisamos baixar a atualização do sistema todo ano, senão, daqui a pouco a nossa versão não terá mais suporte do fabricante.


    kafka à beira-mar
    Seminovos

    Banda do Maurício Ricardo. Ela já traz um pouco desses elementos, mas ainda é uma banda à moda antiga.


    Ningen
    Dependendo do contexto, eu. rsrsrs

    Ah, eu também. Mas é inegável que são gêneros bem definidos.

    makumbator
    Moderador
    # 04/jun/22 21:31
    · votar


    Wanton
    Essa menina das bolas

    Cuidado. Costuma não ser menina.

    Grimc
    Veterano
    # 04/jun/22 22:59
    · votar


    Meu caso favorito é a musica do MC Nego Bam que ganhou um remix que acabou ganhando sucesso internacional na comunidade de rhythm games (jogos de música) porque alguém resolveu fazer uma versão super difícil dela no osu!

    A gringalhada toda tenta pegar full combo nessa musica sem ter a menor idéia do que a letra diz.



    Eventualmente a galera do reddit se juntou pra cantar a musica.




    Wanton
    Veterano
    # 05/jun/22 07:07
    · votar


    O primeiro comentário:

    Wow! How cool is this! We are living in a wonderful time. It's hard for me to imagine something like this 20 years ago.

    Ainda tem essa coisa da colaboração espontânea.




    Grimc
    A gringalhada toda tenta pegar full combo nessa musica sem ter a menor idéia do que a letra diz.

    Sorte deles!

    mgustavo72
    Membro Novato
    # 05/jun/22 14:48 · Editado por: mgustavo72
    · votar


    Fugindo um pouco do tópico, também tem músicas do Hermeto Pascoal baseadas em gravações de personalidades, como Osmar Santos e F Color.
    É um tipo de meme também! : )

    Tiruliruli (feat. Osmar Santos)
    https://www.youtube.com/shorts/lRRvRv9TQlE

    Pensamento Positivo
    https://www.youtube.com/watch?v=VZGlGmSaNiY

    LeandroP
    Moderador
    # 05/jun/22 18:10
    · votar


    Lelo Mig
    Essa frase é épica, já pensei em usá-la no nome de um CD ou de um conto.


    Conceitual rs

    Grimc
    Veterano
    # 08/jun/22 09:29 · Editado por: Grimc
    · votar


    Surpreso que não mencionaram o trabalho do Charles Cornell ainda.

    Similar ao que o makumbator postou, só que numa pegada mais pianística





    Lelo Mig
    Membro
    # 08/jun/22 10:45 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Wanton

    Uma coisa que a internet facilitou muito é essa atenção e interação com sons produzidos por animais, como nessa música com o Alugalug Cat, que ficou muito boa.

    Os animais sempre produziram sons, sequências melódicas e demais, muito interessantes e aleatórias. Hoje, com tantas câmeras à disposição, fica fácil saber sobre o gato "lá da Indochina que canta Beatles"... antes isso ficava retido, no máximo, na localidade do evento.

    Existem poucas coisas neste sentido mais antigas, das poucas que eu lembro, é a cadela chamada Nobs, que o Pink Floyd usou no início dos 70.



    Wanton
    Veterano
    # 08/jun/22 17:43
    · votar


    mgustavo72
    Fugindo um pouco do tópico

    Tem uma correlação forte com o tema. Também é mashup.


    Lelo Mig
    é a cadela chamada Nobs

    Gosto bastante desse vídeo. Mas é aquela coisa, né? Muito difícil treinar o comportamento musical nos animais. Mais fácil capturar fragmentos e transformar em música.

    Lelo Mig
    Membro
    # 08/jun/22 18:14
    · votar


    Wanton

    "Muito difícil treinar o comportamento musical nos animais. Mais fácil capturar fragmentos e transformar em música."

    Sim. Mas não acho muito correto treinar o animal não, pelo contrário, acho legal captar a "aleatoriedade", seja em fragmentos, como no caso do vídeo que você colocou ou pela reação/interação espontânea como no caso da cadela Nobs.

    Acabei de lembrar desse papagaio rockeiro que andou bombado uns tempos atrás...



      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O meme como um gênero musical