Solfejo no Blues

    Autor Mensagem
    Zwipek
    Membro Novato
    # 02/mar/21 17:20 · Editado por: Zwipek


    Olá, tenho uma dúvida que deve ser bem simples, mas que trago para que os nobres colegas de fórum possam discorrer.

    Se trabalho uma harmonia de blues I-IV-V em uma tonalidade como Dó, estarei executando então apenas acordes maiores, Dó, Fá e Sol respectivamente.

    No solfejo ficará relativamente simples de registar a notação para harmonia, certo?

    Mas ao executar uma escala pentatônica de Dó menor na parte melódica, terei um som característico de blues. Porém aqui chegamos no ponto determinante da questão: Se a tonalidade de Dó Maior não possui acidentes e Dó menor conta com 3 bemóis em sua escala, como deve registrar a abertura de clave?

    Qual é a regra nesse caso e como posso registrar a música corretamente? É possível determinar diferentes aberturas de claves em uma partitura composta para mais de um instrumento?

    Ken Himura
    Veterano
    # 02/mar/21 21:44
    · votar


    Ou você tá em Dó Maior ou em Dó menor. Se tá nas duas ao mesmo tempo, das duas uma: tem algo errado ou você tá num contexto bitonal esquisito. Bitonalismo com tonalidades homônimas é muito incomum.

    Dito isto, é bem possível que sua harmonia esteja em Dó menor: os acordes básicos são Cm - Fm - G. Dá pra fazer umas substituições e usar acordes das tonalidades homônimas ad libitum, mas se for um lance simples, é tudo dentro do mesmo modo certinho.

    É possível determinar diferentes aberturas de claves em uma partitura composta para mais de um instrumento?
    Só em instrumentos transpositores (cada transposição diferente de oitava vai mudar a armadura). Em contextos gerais, você coloca todo mundo na mesma armadura, mesmo em politonalismo - aí é comum não colocar nada nas armaduras e mostrar cada acidente junto da nota quando ele acontecer.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 03/mar/21 09:49
    · votar


    Se a tonalidade de Dó Maior não possui acidentes e Dó menor conta com 3 bemóis em sua escala, como deve registrar a abertura de clave?

    pelos acordes a tonalidade será dó M
    C- F e G
    então a clave fica limpa

    agora se na melodia aparecer b em ou # em qualquer coisa, você anota do lado de cada nota que aparecer, não coloca na clave
    -----------------------------------------
    agora se está fazendo certo essa coisa de usar uma escala X em uma tonalidade Y e isso ficar bom é outro assunto
    --------------------------------------------

    há casos em que a música muda de tom, modula, ou usa refrão Maior e estrofe menor...
    se for um trecho grandinho é de se mudar a armadura da clave,
    se for coisa ai só de trecho curto,(tipo 4 compassos....) se mantem a armadura e coloca os $ e b ao lado da nota

    Zwipek
    Membro Novato
    # 09/mar/21 01:43
    · votar


    @Ken Himura

    Sei que parece incomum. Mas embora não seja habitual no Blues adotar o solfejo como prática, as vezes gosto de registrar formalmente ideias na pauta.

    @fernando tecladista

    Ficou bem ilustrado o exemplo. Obrigado.

    LeandroP
    Moderador
    # 09/mar/21 09:15 · Editado por: LeandroP
    · votar


    A pentatônica de Dó menor soa melhor sobre o IV7 (IVº grau blues), principalmente se for a "penta m6". Isso porque as notas da penta m6 seriam: C, Eb, F, G e A, onde fica implícita a tétrade de F7(9). Na armadura de clave não haveria acidentes se for um blues maior de Dó; sendo que os acidentes (como já foi dito pelo fernando tecladista) apareceriam na nota individualmente, somente quando ocorrer de fato a mudança. A altura da música não foi alterada, continua sendo em Dó, e portanto não deve ter acidentes na armadura de clave. E aproveito "o gancho" pra deixar claro a diferença entre tom e tonalidade. O tom é a altura, e quem determina a armadura. A tonalidade neste caso é maior, e ainda pode receber outro adjetivo: maior blues. E mesmo que o acorde de C seja do tipo dominante (C7), a armadura segue sem acidente nenhum. Não seria correto colocar um bemol sobre a nota Si na armadura porque estaria dizendo que a música está no tom de Fá (na altura de Fá), quando não está. Eis a diferença entre tom e tonalidade.

    Zwipek
    Membro Novato
    # 15/mar/21 00:45
    · votar


    @LeandroP

    Boa resposta, agradeço as dicas.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Solfejo no Blues