whole lotta love ao vivo no estúdio

    Autor Mensagem
    Raoni.Locatelli
    Veterano
    # 27/fev/20 01:36


    Fala pessoal, passando pra divulgar nossa versão:



    JJJ
    Veterano
    # 27/fev/20 12:48
    · votar


    Legal. Estou surpreso de não terem bloqueado...

    Casper
    Veterano
    # 27/fev/20 15:23
    · votar


    Caro JJJ:

    Todo crime será eventualmente punido.

    makumbator
    Veterano
    # 27/fev/20 15:26
    · votar


    Casper
    JJJ

    STF já liberou esse vídeo.

    Raoni.Locatelli

    Ficou excelente! Simples, mas musical. Parabéns!

    JJJ
    Veterano
    # 27/fev/20 15:41
    · votar


    É porque Led tá na lista dos que não podem... embora eles não encham o saco igual o pessoal que controla os direitos dos Beatles.

    JJJ
    Veterano
    # 27/fev/20 15:41
    · votar


    Mas... se começarem a deixar solto... tem umas aí que eu sou doido pra fazer.

    makumbator
    Veterano
    # 27/fev/20 16:11
    · votar


    JJJ

    Faz isso aqui só pra trollar e sacanear o Led (é muita ironia os reis do plágio no rock bloquearem covers):

    https://www.youtube.com/watch?v=Mz14Ul-r63w

    JJJ
    Veterano
    # 27/fev/20 17:19
    · votar


    makumbator

    Me passou pela cabeça que, justamente por ser Whole Lotta Love, que foi motivo de disputa contra o Led, acabou ficando sem "proteção".

    Mas isso que falam no vídeo de algum imbecil dizendo que a música é dele (e não é...) já me aconteceu! Quando fiz um cover de "Sweet Virginia" dos Stones, apareceu uma doida lá dizendo que era um raio de música mexicana ou coisa assim. Puta nada a ver! kkkkkkk

    Esse eu "claim it!"... hehehe

    Acho que o YouTube entendeu, porque nunca mais falaram sobre o assunto e o vídeo continua lá.

    Del-Rei
    Veterano
    # 27/fev/20 18:11
    · votar


    Raoni.Locatelli
    Cara... Muito legal mesmo! Curti bastante a versão e a produção visual também está sensacional. Simples mas muito bem elaborada.
    Parabéns!

    makumbator
    JJJ
    Vi esse vídeo que o makumba passou e mais uns outros relacionados.... Essa parada está assustadora. Se fossem só as reivindicações dos detentores dos direitos autorais, seria até menos bizarro. Mas tem casos inacreditáveis, onde o reivindicador dos direitos é você mesmo (!!) e até reivindicação de voz. O cara testando o microfone, falando... E reivindicaram os direitos.

    Um aceno de longe!!!

    makumbator
    Veterano
    # 27/fev/20 19:00
    · votar


    Del-Rei

    O legal do cara desse vídeo é que ele usa o sistema falho do youtube pra faturar em suas próprias criações, mas dá perfeitamente pra usar do mesmo procedimento pra roubar grana das majors (uma vez que elas também afanam verba ilegalmente de vídeos em fair use ou mesmo que não tem nada deles).

    O exemplo que ele usa postando um álbum inteiro da Taylor Swift com o finalzinho da música dele só pra dar o copyright claim é genial. E funciona.

    Lembro de um vídeo do Jimquisition em que ele estava cansado de ter constantes perdas de adsense por conta de algum trecho ínfimo de música em algum jogo de suas análises. Aí ele colocou um monte de trechos de várias músicas em um vídeo só pra que cada reclamante tivesse apenas uma fração da grana (pois tinha quase uma dezena deles). Virou uma salada de copyright claims.

    JJJ
    Veterano
    # 27/fev/20 21:09
    · votar




    Lelo Mig
    Membro
    # 27/fev/20 21:38 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Raoni.Locatelli

    Bom, vou ter que ser sincero... gostei e não gostei!

    Explico... A produção, timbres, etc, tudo legal. A guria canta bem, mas... (é aqui que entra o "mas", que é gosto pessoal subjetivo)... ela cantou de um jeito meio estereotipado, um certo exagero, pouco natural, não sei explicar direito, mas me incomodou.

    Mas, sem dúvida o trabalho é de bom nível. Parabéns!

    Del-Rei
    Veterano
    # 27/fev/20 22:23
    · votar


    makumbator
    Cara... Eu juro que não consigo entender essa postura do Youtube. Entendo que o site não queira ser prejudicado com questões de infrações com direitos autorais, mas a forma como ele disponibiliza a ferramenta pra reivindicar é absurda.

    O sujeito reivindica um direito autoral num vídeo. O dono do vídeo contesta. E quem analisa a contestação é o próprio reivindicante! Tá de sacanagem. Se o reivindicante não aceitar a contestação, é strike. E pelo que entendi, 3 strikes e seu canal vai pro saco (!!).... YouTube criou uma território louco.

    E aí as pessoas começam a usar a própria ferramenta de reivindicação pra escrotizar o Youtube. Estão certíssimos!

    Tem diversos casos bizarros.





    JJJ
    Já tinha visto isso.
    Ele foi mais um, dos vários usuários, que tomou na bunda por nada....

    Um aceno de longe!!!

    fernando tecladista
    Veterano
    # 27/fev/20 23:01
    · votar


    eu juro que tento entender essa miscelânea de comentários sobre bloqueios, sobre não poder cover e etc..

    só sei que cada cover que subo recebo um e-mail assim:

    ---------------------------------------------------------------------- -----------
    Prezado(a) fernando Costa Tecladista,

    É possível que seu vídeo, "agnus dei", tenha conteúdo que é de propriedade ou licenciado por LatinAutor, Sony ATV Publishing, and UNIAO BRASILEIRA DE EDITORAS DE MUSICA - UBEM, mas ainda está disponível no YouTube! Em alguns casos, anúncios podem aparecer ao lado dele.

    Se esta for sua versão da música de um terceiro, você pode continuar gerando receita com este vídeo. Clique aqui para alterar suas configurações de monetização.

    Esta reivindicação não penaliza o status de sua conta. Acesse sua página Notificações de Direitos autorais para saber mais detalhes sobre a política aplicada a seu vídeo.

    - Equipe do YouTube

    makumbator
    Veterano
    # 27/fev/20 23:21 · Editado por: makumbator
    · votar


    fernando tecladista

    É que esses são os de reivindicação de receita (são os mais comuns), mas tem os de bloqueio (global ou regional) em que o vídeo não é exibido em determinada parte do mundo e os de strike (em que o vídeo fica indisponível e o canal ganha uma penalidade). No caso de 3 penalidades (strikes) em 90 dias o canal é deletado.

    Não vejo problema nos de reivindicação de receita, mas quando elas são aplicáveis. No vídeo que postei tem um exemplo tosco do cara que compôs uma música e um terceiro maliciosamente reivindicou a receita sem nenhum fundamento. E conseguiu fazer isso.

    A ideia do cara do vídeo para reivindicação das próprias obras é uma das maneiras de combater esse sistema falho.

    Del-Rei
    Veterano
    # 28/fev/20 03:10
    · votar


    makumbator
    Nesse caso, de reivindicar a própria obra... Pra comprovar a autoria da obra basta o certificado de registro ou precisa também do ISRC gerado?

    Um aceno de longe!!!

    makumbator
    Veterano
    # 28/fev/20 12:28
    · votar


    Del-Rei

    Não precisa nada disso na verdade, basta ela estar no content ID, e a forma mais fácil pra isso é ter ela distribuída nos agregadores tipo CD baby e afins. Mesmo que a pessoa não tenha uma venda sequer.

    Raoni.Locatelli
    Veterano
    # 29/fev/20 12:33
    · votar


    Valeu pelo feedback pessoal! Tenho mais alguns pra terminar de editar, se gostaram farei questão de postar aqui.

    Sobre os direitos:

    Tenho bastante vídeos nesse estilo (talvez não produzidos com tanto carinho) no meu canal. Só sofri com os direitos quando utilizei as músicas (e não os backing tracks).

    Tive apenas um ou dois vídeos removidos do youtube. É só não utilizar a monetização que passa tranquilo

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a whole lotta love ao vivo no estúdio