Distancia do cabo e direct box (balanceado)

    Autor Mensagem
    Luks2000
    Membro Novato
    # 26/fev/20 17:06


    Olá galera será que alguém pode me ajudar com uma dúvida cruel ??

    Qual o melhor a se fazer nessa situação ...lá na igreja estamos fazendo algumas mudanças e nessa mudança está a procissão das caixas pra atender melhor toda a nave da igreja ...porém na onde fica a mesa de som juntamente com a potência até as caixas passivas está a uma distância de +/- uns 20 a 25 metros a minha dúvida é se eu liga um cabo a essa distância vou perder o desempenho ? Posso ter ruídos ou até mesmo captar frequências de rádio por não está balanceado ? E tbm os cabos lá não é o dos melhores tem risco de frita as saídas da potência ?

    Como posso está resolvendo ? Pensei em usar um direct box ...assim saindo da potência com cabo p10 ...indo até o direct box convertendo para saída balanceado usado um cabo XLR FÊMEA COM P10 na outra ponta e ligando na caixa daria certo ?

    Ismah
    Veterano
    # 26/fev/20 20:54
    · votar


    Caramba, muitas informações atiradas... Vamos por partes...

    Sim, cabos muito longos tem problemas de queda de tensão, aka perda de potência no cabo. Isso é calculável - bons fabricantes, fornecem a queda tensão por metro, ou ao menos a impedância por metro de fio. Lembre-se que sempre é o dobro da distância, já que um cabo vai e outro volta.

    O que dá pra fazer, é aprender a conviver com isso, deslocar os amps, ou apelar pros sistemas usados em shoppings, centros comerciais, alguns bares e demais espaços com som ambiente. Comumente são chamados de linha de 500...
    Essencialmente um trafo "converte" a saída de 2/4/8/16 Ω para 500 Ω. Isso joga a tensão nas nuvens, o que diminui as perdas no cabo. E de quebra joga a corrente lá no chão, logo se poupa no diâmetro do fio.
    Junto a cada alto-falante, se instala um trafo, que faz o oposto. "Convertendo" de volta para a impedância respectiva. É preciso dimensionar isso tudo muito bem, para que a potência do amp, supra as necessidade da caixa.

    A chance de ter ruídos existe, mas não creio que seriam reproduzíveis, dado que naturalmente a relação s/n é gigantesca. Rádio, depende do circuito do amp para ser reproduzida, é um pouco mais complexo que isso.
    Se tem problemas de ruído, pois a saída de um microfone é na ordem de alguns mV, enquanto um amp é na ordem de 50~100 V dependendo da potência e impedância de trabalho.
    Não tem muita lógica em ser balanceado, apesar de que é possível fazer assim, com a linha de 500. As pontas do trafo viram hot e cold, enquanto um tap central (de 250 Ω em relação as pontas) é o gnd. Se esbarra no custo de material, de execução e de manutenção - afinal, é um cabo a mais para comprar, para ser passado, e para dar problema.

    Sendo os cabos ruins, o pior que pode acontecer é curto-circuito. Isso significa que a impedância cai pra praticamente 0 Ω. Com isso, a corrente tende ao infinito e... Aí alguma coisa vai servir de fusível... Seja o fusível do amp, disjuntor do amp ou da instalação, o cabo (ou fio, vai saber, tem doido pra tudo), algum transistor do amp, algum conector (mais suscetível a aquecer)... E por aí vai... Pode ser qualquer coisa mesmo.

    A ideia do DI só não considera a potência que precisa passar no trafo... Com sorte, o DI queima primeiro se for passivo. Se for ativo, certamente ele queima primeiro.
    Todavia, não é tão simples. Precisa ser 3 cabos, e o próximo estágio precisa também operar assim. Logo XLR->P10 TS, vai usar só metade da potência - o que nem sempre é ruim, mas nesse caso é péssimo.

    _________________________________________

    Nada com a pergunta... Nessa circunstância lembre que convém atrasar as caixas que estão mais ao fundo. Caso contrário, quem receber o som das caixas da frente e de trás, vai ouvir o som das mais próximas primeiro, e as mais distantes com atraso.
    O bom, o perfeito, o ideal, seria medir e usar um equipamento adequado. Só que é mais custos, então ou manda-se fazer, ou faz na orelhada mesmo, usando uma gravação de metrônomo.

    Se nada disso for viável, é questão de posicionamento, para que cada caixa cubra apenas uma parte específica. Vai perceber que nos pontos onde há cruzamento de cobertura a inteligibilidade vai cair, e provavelmente os fiéis vão evitar de sentar ali.

    Luks2000
    Membro Novato
    # 28/fev/20 08:55
    · votar


    Opa muito obrigado pela atenção ...acho que agora ficou claro às ideias vlw meu amigo Deus abençoe

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Distancia do cabo e direct box (balanceado)