Bossa Nova e Síncope

    Autor Mensagem
    Guilherme_Vieol
    Membro Novato
    # 06/mai/19 19:53


    Eu to produzindo uma música de bossa nova que acontece uma peculiaridade e queria saber se precisa ser resolvida ou pode continuar assim
    A questão é a seguinte, todos sabemos que o polegar (p) que toca a corda mais grave serve como um surdo, *demarcando o tempo*, e a sincope ocorre com os dedos restantes (ima)
    Mas na música em questão o que acontece é:

    1 e 2 e 3 e 4
    Pima Ima P. ima ima *P* ima

    A batida corrigida, segundo João Gilberto seria:

    1 e 2 e 3 e 4
    Pima Ima P. ima ima P ima


    A questão aqui é justamente o P que esta exaltado com *
    Ele deveria entrar no tempo 3, tempo forte, funcionando como um bumbo e demarcando o compasso
    Porém ele entra no contra-tempo e isso gera um swing bacana e tudo mais
    Só que o artista disse que isso deveria ser corrigido (passado para o tempo forte) e eu to nessa discussão com ele
    Alguem teria referências de músicas (bossa nova ou samba) em que o polegar exerce essa mesma função?

    Lelo Mig
    Membro
    # 06/mai/19 22:18
    · votar


    Guilherme_Vieol

    Mano, não vou lembrar uma canção específica, mas ouça as canções de João Gilberto, no trabalho dele com certeza você achará essa levada. Desconstruir o tempo forte e empurrar para o contra tempo, foi justamente o que o fez famoso.

    Onde acho que você encontra também é no trabalho dos Novos Baianos. Experimente ouvir o álbum Acabou Chorare.

    Guilherme_Vieol
    Membro Novato
    # 06/mai/19 22:43
    · votar


    cara, desconstrui toda batida do álbum do joão gilberto e do stan getz. não empurrou nunca o ''surdo'' no violão

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Bossa Nova e Síncope