Gregg Allman, cofundador da Allman Brothers Band, morre aos 69 anos

    Autor Mensagem
    renatocaster
    Moderador
    # 27/mai/17 18:12


    É, amigos. Mais um que nos deixa...

    http://g1.globo.com/musica/noticia/gregg-allman-cofundador-allman-brot hers-band-morre-aos-69-anos.ghtml

    Velvete
    Veterano
    # 27/mai/17 21:38
    · votar


    Já disseram por aqui... a galera está chegando na idade. Aconteceu com o jazz, agora a vez do rock.

    Lelo Mig
    Membro
    # 27/mai/17 22:55
    · votar


    The Allman Brothers.... Banda lendária.

    R.I.P

    Ismah
    Veterano
    # 28/mai/17 00:58
    · votar


    Perdi o segundo ídolo das teclas... Tá difícil se espelhar em gente viva. Organista foi o último que eu curtia...

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 28/mai/17 15:32
    · votar


    Muito triste...
    Esse cara foi uma grande referência!
    R.I.P

    MMI
    Veterano
    # 29/mai/17 09:14
    · votar


    De fato, um grande ídolo. Já há algum tempo não andava muito bem, mas uma grande perda.

    Victorblues
    Veterano
    # 29/mai/17 10:43
    · votar


    Menos um gigante sobre a terra!!

    renatocaster
    Moderador
    # 29/mai/17 12:06
    · votar


    Velvete

    Já disseram por aqui... a galera está chegando na idade. Aconteceu com o jazz, agora a vez do rock.

    Verdade. É ruim, mas compreensível. Ordem natural das coisas, temos que respeitar...

    A questão da morte de um artista admirado é mais "comovente" quando ocorre com uma pessoa relativamente nova, mas que por um motivo ou outro se vai mais cedo do que a gente imagina. Vide o caso recente do Chris Cornell.

    Casper
    Veterano
    # 29/mai/17 13:13
    · votar


    Já disseram por aqui... a galera está chegando na idade. Aconteceu com o jazz, agora a vez do rock.

    O pior é que teremos que esperar mais 45 anos para
    a atual safra de funkeiros entrar na fila...

    Luiz_RibeiroSP
    Veterano
    # 29/mai/17 14:23
    · votar


    Casper
    Musicalmente já nasceram mortos, com carreiras curtas que entram e saem de moda todo ano.

    Ta difícil esse ano, pior que no fundo o funeral é da musica em geral, tudo sem inovação, com baixa qualidade e feitos para serem musica de comercial de cartão de credito. Não sei onde li mas a produção musical esta em crise por conta da forma que se consome, sempre com fones de ouvidos de péssima qualidade, e a pessoas sempre fazendo outra coisa junto com o ato de ouvir musica. Musica virou plano de fundo pra tarefas cotidianas e tem um papel secundário na rotina. Muito bussines, pouca arte.
    Se não me engano dark side of the moon foi gravado em sistema quadrifonico, hoje é tudo creio de compressão e distorcido, aparelhos de radio são um lixo digital e feito de plastico, comprei um radio que não pesa 3 kg pqp!!!!. Ou deve ser eu que to ficando chato com a idade.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 30/mai/17 08:55
    · votar


    Luiz_RibeiroSP
    Musicalmente já nasceram mortos, com carreiras curtas que entram e saem de moda todo ano.
    Concordo integralmente. Claro que "lixo musical", "produto enlatado da indústria cultural" sempre houve, mas até o início dos anos 90 havia muita coisa boa sendo veiculada.
    Hoje em dia existem muita coisa boa também, mas isso não chega à sociedade...
    Abç

    Ismah
    Veterano
    # 30/mai/17 22:39
    · votar


    Luiz_RibeiroSP

    Isso é um baita problema! Não se sabe mais o que fazer, o low-fi está em níveis comparáveis ao que foi no começo da era das gravações. De modo geral, o pessoal quer "fone baratinho, só pra ouvir uma musiquinha", mas nessas os orientais fabricam algo sem padrão nenhum, visando apenas lucros... No contexto real, se não for alto não vinga! O Lisciel falou muito bem num vídeo recente de CD vs Vinil, o porque o CD ainda que aceite a masterização do vinil, não é comercialmente viável, e porque o vinil precisa de uma dinâmica, dosada, mas não chapada demais...

    Lelo Mig
    Membro
    # 31/mai/17 08:28 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    Luiz_RibeiroSP

    "Se não me engano dark side of the moon foi gravado em sistema quadrifonico,"

    Não se engana não, foi mesmo.

    Acontece que onde o dinheiro começa a mandar a arte e a tecnologia de ponta, acabam sendo despachadas. A Arte porque não dá lucro e a ciência porque custa caro.

    O sistema quadrifônico foi substituído pelo Surround, que é uma enganação virtual, se comparado ao primeiro.

    Não estou reclamando, nem criticando não. As coisas precisam andar, é preciso fazer dinheiro, fazer a roda girar, matar um leão por dia e blá, blá, blá...

    Mas, não deixa de ser triste... utopicamente, poderíamos estar ouvindo música de primeira em aparelhos com tecnologias incríveis. Sistemas quadrifônicos reproduzidos em caixas planas... e etc.

    Neste aspecto, retrocedemos... Nos anos 80 você comprava nas Casas Bahia um Toca Discos + Reciver + Caixas Acústicas de 3 vias em madeira com qualidade equivalente/superior aos melhores sistemas amadores atuais.

    Hoje, o equivalente destes sons caseiros, à venda nos mesmos magazines, é um caixote de Plástico que chamam de System ou Mini System.

    "Artista" ruim, fazendo música ruim, mal gravada, equalizada e masterizada nas coxas, para tocar em caixotes de plástico... isso tudo custa barato.

    Manter uma banda 6 meses dentro de um studio fazendo experimentalismos com equipamentos e engenheiros top não interessa mais a ninguém.......quem ouviu, ouviu.

    Luiz_RibeiroSP
    Veterano
    # 31/mai/17 16:15 · Editado por: Luiz_RibeiroSP
    · votar


    Lelo Mig

    Não é o dinheiro que manda, são as pessoas, e elas estão dispostas a pagar de acordo com seu juízo de valor. O mercado simplesmente atende a demanda, isso explica porque em milagres econômicos artistas populares ganham espaço na mídia, como foi o caso de vários grupos nos anos 90, e explica como artistas que foram hypados sumiram, como gaby amarantos. Sei que boa parte das pessoas não podem comprar um McIntosh, mas lembro de rádios da Aiko muito bons comparado aos de hoje, com distorção harmônica de 10%! isso é lixo, mas é só o que se encontra.
    Acredito que musica reflete o meio cultural de um povo e época, e quando vejo uma noticia de musico ou artista bom morrer, sinto desespero porque não vejo produção parecida em qualidade em lugar nenhum. E o motivo é simples, emburrecimento coletivo, isso explica porque musicas estão ficando quase que completamente com ritmos e sem muita harmonia e melodia, é mais fácil bater com um osso numa pedra que tocar um piano, estamos "devoluindo" e o devo estava completamente certo.
    Bom, cada geração tem os artistas e a musica que merecem. Anos 70 tinha dark side of the moon quadrifônico, hoje temos mp3 cheio de compressão, de moleque canadense que canta em play back e tem uma biografia de sua vida artística até os 16 anos....

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Gregg Allman, cofundador da Allman Brothers Band, morre aos 69 anos