Direitos autorais de versões brasileiras

    Autor Mensagem
    erico.ascencao
    Veterano
    # ago/14


    Aqui no Brasil é muito comum os artistas nacionais fazerem versões brasileiras em português (na grande maioria longe de serem traduções) de músicas gringas - vide um exemplo abaixo.



    Gostaria de saber algumas coisas. Como fica a questão dos direitos autorais da música? O artista que a gravou originalmente tem que dar a benção para o artista aqui do Brasil gravar a sua versão? E porque existe esta mania aqui, é falta de criatividade pra compor uma música?

    JJJ
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    Não sei quanto aos direitos (acredito que se pague direitos autorais).

    Mas isso não é "mania" nossa. Em todo mundo tem versão de música de outro país...

    MMI
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    erico.ascencao

    O artista que a gravou originalmente tem que dar a benção para o artista aqui do Brasil gravar a sua versão?

    Sim. E não é muito fácil conseguir a liberação.

    E porque existe esta mania aqui, é falta de criatividade pra compor uma música?

    Essa mania tem em todos os lugares, até entre os países de língua inglesa. É só ver o que tem de versões de Beatles, por exemplo. Não acho falta de criatividade, especialmente quando se faz um arranjo diferente.

    Já estive em gravações de CD de versões. É uma luta conseguir a liberação e um desafio fazer algo minimamente a altura. Mas dependendo do que se faz, não vejo como falta de criatividade não, mesmo se a proposta for fazer algo muito próximo.

    erico.ascencao
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    MMI
    JJJ
    Os exemplos que o MMI citou fogem um pouco do que eu queria discutir, pois o Duofel faz versões instrumentais (logo, impossível descaracterizar de "cover") e o Dream Theatre fez um "cover" mesmo. Nestes dois casos os artistas assumem claramente que estão fazendo homenagens às músicas originais.

    Eu critico mais os casos em que artistas brasileiros usam os direitos de músicas gringas e colocam a sua letra, como este caso da Ana Carolina (a propósito, segue a versão original). Me parece que o artista quer "esconder" as origens da música. Poxa, por que não compor uma música nova para a letra? Seria uma necessidade de incluir tal letra num novo disco acompanhada da falta de música para ela?



    MMI
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    erico.ascencao

    Ah... Agora entendi seu ponto.

    Eu sabia que essa música era de algum autor, mas nem conhecia essa música italiana aí (valeu!). De fato, fica meio maquiado e meio que some a origem da música para quem não conhece. Só que o buraco é mais embaixo. Vou te explicar.

    Este último Ano Novo passei em Portugal, terra fantástica que não conhecia. Sabe qual era um dos maiores sucessos das rádios de lá? Ana Carolina, com "Quem de nós dois". Essa música foi um passaporte para sucesso na Europa. Na verdade, o que bombava nas rádios lusitanas era uma outra versão, de um disco de um cara famoso lá, Paulo Gonzo, que convidou a Ana Carolina para cantar esta música junto com ele - e era sucesso lá!



    Este fato vale uma reflexão, que inclusive já comentei aqui. Em Portugal é comum ouvir nas rádios músicas brasileiras e de ex-colônias africanas, mas também espanholas e de outros países europeus. O povo é mais aberto, aceita mais. Aqui só é bom o que vem em inglês, somos de cabeça bem fechadinha... Triste isso.

    overlappingcircles
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    MMI
    Em Portugal é comum ouvir nas rádios músicas brasileiras e de ex-colônias africanas, mas também espanholas e de outros países europeus.
    Como português vivendo no Brasil, nem tento mostrar musica no nosso idioma mas de outros países aqui. O primeiro comentário é: "soa esquisito" seguido da risada de escárnio habitual a tudo o que nos é estranho. Existem muitos artistas portugueses, cabo-verdianos, angolanos, etc de qualidade que o brasileiro médio nunca vai ouvir pela sua falta de abertura a tudo o que não é imediatamente "confortável".
    Para ilustrar o meu comentário:



    MMI
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    overlappingcircles

    Como português vivendo no Brasil, nem tento mostrar musica no nosso idioma mas de outros países aqui. O primeiro comentário é: "soa esquisito" seguido da risada de escárnio habitual a tudo o que nos é estranho. Existem muitos artistas portugueses, cabo-verdianos, angolanos, etc de qualidade que o brasileiro médio nunca vai ouvir pela sua falta de abertura a tudo o que não é imediatamente "confortável".

    Não sabia da sua origem. Mas honestamente, conhecendo as piadas que fazem aqui, fiquei com vergonha em Portugal porque a piada é aqui.

    É verdade, para mim soou esquisito, somos pouco acostumados ao sotaque português e mesmo a língua como é falada lá. Achei sensacional ouvir nas rádios músicas de outros locais de língua portuguesa, que ingenuamente aqui no Brasil a gente nem desconfia que exista.Mais ainda, a juventude média de lá não está ouvindo tanta porcaria como a daqui. E até de Angola, um país pobre, manda para lá boa música, que infelizmente não chega aqui. A Ana Carolina pode ir lá, fazer shows e cantar nas rádios. O tal do Paulo Gonzo não vai ser tão bem recebido aqui...

    Parabéns por sua terra. Virei fã e já recomendei para amigos e parentes, com certeza um dos melhores lugares da Europa para se passear.

    Abç

    tito lemos
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    overlappingcircles

    Lembro-me bem de certa vez que você me apresentou uma banda de rock da tua terra (Ornatos Violeta, com "Ouvi Dizer") e eu achei estranhíssimo! Mas marcou tanto que volta e meio me pego cantarolando ela, e isso já faz tempo hein?

    É que o sotaque lusitano é estranho pro brasileiro mesmo. No meu caso, não deixo de ouvir por conta disso. É tanto que um dos meus grupos prediletos é português: o esplêndido Madredeus.

    overlappingcircles
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    erico.ascencao
    desculpa a desvirtuada no tópico.

    MMI
    acho que vc vai saber apreciar isto e também entender que a língua que está sendo cantada é português crioulo de Cabo Verde. Esta senhora foi aclamada mundialmente como uma diva tendo feito shows nas maiores salas de espetáculo do mundo. Quem aqui já ouviu sequer falar dela?


    tito lemos
    Concordo que o sotaque português é de difícil aceitação :) Vc se lembrar de Ornatos me surpreendeu!!!

    MMI
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    overlappingcircles

    Aí você chutou o pau, a língua ficou estranha de vez. kkkkkkkk

    Mas musicalmente é bem legal sim. E eu não conhecia, não é triste isso? ;-)

    Só um detalhe: No Porto tive a chance de ver na Casa da Música um concerto inesquecível com Carmina Burana e a nona sinfonia de Beethoven. Inesquecível, emocionante.

    fernando tecladista
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    E porque existe esta mania aqui, é falta de criatividade pra compor uma música?
    como já comentado não é só aqui:

    Diana Krall - The Girl From Ipanema
    https://www.youtube.com/watch?v=T1S5BgZmyiY


    My Way que na verdade é francesa:
    https://www.youtube.com/watch?v=6E2hYDIFDIU
    https://www.youtube.com/watch?v=n5BAXIcseak

    autumn leaves também é francesa, mas a primeira versão com letra foi em ingles


    "ai se eu te pego" foi gravada pelo mundo inteiro

    -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Eu critico mais os casos em que artistas brasileiros usam os direitos de músicas gringas e colocam a sua letra
    eu até entendo porque muita letra vai falar de alguma coisa que nem existe aqui no brasil, ou não é conhecido
    eu posso ter uma letra em inglês que fale sobre abutres e crocodilos, mas no brasil o que tem é urubu e jacaré, só que pode não dar liga na tradução ou perder o impacto que um abutre faz na música, ai eu faço uma versão falando sobre aranha caranguejeira que dá tanto medo quanto abutre


    Poxa, por que não compor uma música nova para a letra?
    entendo que a tal letra surgiu porque primeiro tinha se a melodia da original então ela foi moldada para aquela melodia já com sua quantidade de notas e rítmica da fala

    makumbator
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    overlappingcircles
    Quem aqui já ouviu sequer falar dela?

    Eu já, e bastante. Ela é ultra conhecida em círculos "cult" brasileiros. Mas realmente pode ser vista como "obscura" na grande mídia "popular".

    Engraçado que eu sou bem acostumado a ouvir música cantada em tudo que é língua. Não entendo como muita gente pode achar estranho...hashsha!

    JJJ
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    MMI
    Virei fã e já recomendei para amigos e parentes, com certeza um dos melhores lugares da Europa para se passear.

    (2)

    Aandreep
    Membro Novato
    # ago/14
    · votar


    As vezes acontece acidentalmente, o cara começa a tocar a música acaba fazendo um arranjo diferente coloca uma letra que ele acha mais condizente com a versão e grava.

    MMI
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    overlappingcircles

    Amigo, não desiste de mostrar não. Que tal se você abrisse um tópico para mostrar esse tipo de música? (pelo menos a gente parava de desvirtuar este tópico, kkkkk)

    overlappingcircles
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    MMI
    tentarei abrir um tópico amanhã com algumas coisas pouco conhecidas por aqui. Apesar de saber que o interesse será de apenas alguns :)

    makumbator
    Veterano
    # ago/14
    · votar


    overlappingcircles

    Faz o tópico e mostre sim. Não se aperreie não, meu rei!

    :)

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Direitos autorais de versões brasileiras