Morre o pai do Midi

    Autor Mensagem
    edsm100
    Membro Novato
    # 02/jun/22 21:02


    Pai do MIDI", Dave Smith morre aos 72 anos

    O músico Dave Smith, um dos pais do MIDI, morreu hoje (2) aos 72 anos. O anúncio foi feito pela empresa dele, a Sequential, nas redes sociais. Nascido na Califórnia, nos Estados Unidos, ele fundou a companhia em 1974 e lançou o Prophet-5 quatro anos depois.

    Artistas como Flying Lotus, Hot Chip e Justin Vernon, do Bon Iver, prestaram homenagem a Smith, cujas invenções foram usadas por uma série de grandes nomes dos anos 1980. O Prophet-5 foi o primeiro sintetizador polifônico totalmente programável do mundo, considerado inovador por ser o primeiro instrumento com um microprocessador embutido.

    Em 1981, Smith e o engenheiro da Sequential Chet Wood projetaram a interface MIDI básica, usada por fabricantes de teclados como a Roland. Na época, a Roland havia proposto a criação de uma linguagem universal para instrumentos eletrônicos. O MIDI então foi aprimorado, ganhou o Grammy Técnico e se tornou o protocolo para teclados do mundo inteiro.

    História de Dave Smith

    Dois anos depois, a Sequential lançou o Prophet 600, um dos primeiros e mais famosos sintetizadores MIDI de todos os tempos. Após o sucesso de Smith, a Yamaha decidiu adquirir a empresa dele em 1987 e passou a trabalhar exclusivamente para outras fabricantes de sintetizadores.

    Em 2002, Dave decidiu lançar sua própria empresa de instrumentos novamente e a renomeou para Sequential novamente em 2015, quando a Yamaha devolveu o nome da empresa. Já na década passada, foi lançado o Prophet-6, uma evolução do modelo anterior.

    Nas últimas duas décadas, os produtos de Dave Smith desempenharam um papel fundamental na transição da música analógica para a digital. O artista teve um papel fundamental na criação de canções, especialmente na década de 1980, quando praticamente todo filme e série usava os sintetizadores na trilha sonora.

    MORRE UM GÊNIO DA INSTRUMENTAÇÃO MUSICAL.

    edsm100
    Membro Novato
    # 02/jun/22 21:02
    · votar


    Fonte:
    https://canaltech.com.br/internet/pai-do-midi-dave-smith-morre-aos-72- anos-217937/

    makumbator
    Moderador
    # 02/jun/22 21:09
    · votar


    RIP

    Midi é um protocolo tão eficiente e útil que se mantém até hoje relevante.

    edsm100
    Membro Novato
    # 02/jun/22 22:39
    · votar


    makumbator
    Midi é um protocolo tão eficiente e útil que se mantém até hoje relevante.

    Eficiência nem tanto, pois desde os anos 70 quando foi inventado e todas as marcas se reuniram pra criar o GM, das 128 timbres básicos, muita coisa mudou na evolução dos instrumentos musicais e hoje é difícil ate mesmo se reconhecer os 128 timbres por muitos instrumentos. Um exemplo é o completíssimo Sonar/cakewalk onde o meu sempre erra nos timbres de um midi, tocando piano ate na batera. Difícil acertar. Nada contra o original GM mas hoje funciona com muita dificuldade em muitos teclados. E olha que 99% dos midis são criados a base desses 128 GM, mas nao sei o que ocorre que não os detecta. Uma vez ouvi que basicamente não existem mais esses 128 midis originais (codificação, ditos Lsb, Msb, bank, patch, etc) da época e os mais básicos midis destes teclados mais novos, são totalmente diferentes, nada dos sampleados, dos yamaha cool, art, sweet, etc, quase nao sobrando básicos. As marcas pararam de se encontrar e combinar por um único motivo: concorrência, necessidade de lançar novos timbres e superar o concorrente, diferente do inicio que todas as marcas praticamente tinham quase os mesmos timbres, diferenças de 1% ou pouco mais. Apenas critico que não houve evolução desses GM (dizem que há os GM2, 3,4? etc) mas ficamos a ver navios nos tops da Korg, Yamaha, Roland, Kurzwel, Nord, etc onde um tecladista tem que ser um expert em tecnologia e configuração pra adivinhar que timbre é este das 16 pistas, descobrir e procurar o adequado no seu teclado pra configurar no lugar de ouvir batera tocando notas de piano.....é a evolução.....ou a falta dela......nesse "vovo" GM....

    makumbator
    Moderador
    # 03/jun/22 00:45
    · votar


    edsm100

    É, houve mudanças, mas o princípo do sistema se manteve e foi até expandido. E é claro, ele serve para muitas outras coisas além da aplicação em timbres e execução musical direta. Tem todo o universo de usar midi para controlar hardware ou software de maneira confiável e baixa latência.

    Não tinha um projeto de midi mais recente sendo feito há uns poucos anos? Ou esse era o midi 2.0 e estou confundindo?

    Lelo Mig
    Membro
    # 03/jun/22 09:29
    · votar


    Se o protocolo Midi esta até aí até hoje, desde os anos 70, e mesmo com mudanças e problemas, não foi substituído por nenhum outro, me parece ser bastante eficiente sim.

    Haja visto que a grande maioria dos protocolos e programas e, até mesmo, vias de conexão com periféricos, desta época, não sobreviveram quase nenhuma.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 03/jun/22 11:53 · Editado por: fernando tecladista
    · votar


    makumbator
    Não tinha um projeto de midi mais recente sendo feito há uns poucos anos? Ou esse era o midi 2.0 e estou confundindo?

    vira e mexe sai algo de conversa, reunião... mas não colocaram ainda em pratica
    seriam melhorias como mais canais midi, mais comandos,
    primeira vez que ouvi essa mudança a mudança usaria o mesmo conector mas as 5 vias do cabo, a tradicional seria da forma classica e as novas usando os dois polos que nem se usa... seria interessante pq os teclados antigos não sofreriam nada, os teclados mais novos com recursos novos
    teriam esses comandos por outra via, mas esse projeto já caiu

    a mais recente que ouvi até haveria um novo conector (talvez o usb...)
    -----------------------------------------------

    já que comentei sobre o plug, vou deixar registrado
    o conector de midi tradicional de plug DIN-5 foi escolhido para não haver confusão com os plug tradicionais
    porque somente se uma 3 vias, uma é o aterramento, outra uma corrente de 5V para o sinal fluir melhor, e a ultima é o sinal em si

    de 3 vias existira os plugs tradicionas de xlr ou o p10 "stereo" ou o p2 de fone...
    mas daria confusão na época e ligarem o midi em mexer nas entradas de áudio ee ferrar pela corrente que passa ali

    tanto que algumas dessas coisas mini que estão saindo devido ao tamanho, fabricante está usando o conector p2 e um cabo adaptador separado
    ---------------------------------------------------------------

    Lelo Mig
    é um protocolo simples, leve, onde somente circula informações sem áudio, que não há latência
    que permite ligar por ex um teclado dx7 de 1983 em um kronos, nord fabricado ontem, 40 anos depois
    ----------------------------------


    a latência que comentei não ocorre no midi, ocorre após receber o sinal no processamento do vst no computador, a latência diminui configurando ou turbinando a maquina

    JJJ
    Veterano
    # 03/jun/22 18:14
    · votar


    Tem o lado bom e o lado ruim.

    Bom... quase tudo na vida é assim, né?

    RIP

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Morre o pai do Midi