Existe algum synth com 32 vozes de polifonia no mercado atualmente ?

    Autor Mensagem
    Soulsynth
    Membro Novato
    # 10/out/21 19:16


    Usando apenas um oscilador teria 32 vozes. Usando dois osc teria 16 vozes de polifonia e usando 4 vozes teria 8. Assim por diante. é o que eu preciso para um projeto atual. Me ajudem por favor. Nao quero usar VST pois nao possuo note nem interface de audio.

    Dudelino
    Membro Novato
    # 10/out/21 21:22
    · votar


    Sim, existem muitos.
    Qualquer sintetizador digital moderno consegue fazer 32 notas de polifonia (com 32 osciladores por exemplo, de cabeça toda a linha motif, mo,mox, moxf, Acho que o korg krome tbem assim como o Roland FA). Agora, se tu quiser um synth analógico com 32 osciladores se prepare pra gastar quantidades absurdas de dinheiro, tipo, mais de 50 mil reais.

    Soulsynth
    Membro Novato
    # 11/out/21 00:07 · Editado por: Soulsynth
    · votar


    Conhece o roland D20 ? Queria algo nessa pegada. Exemplo. Só o envelope dele tem 8 parâmetros. Time 1(attack), level 1 (volume final do attack ), time 2 (decay) , level 2 (volume final do decay), time 3 (sustain), volume final do sustain, key off e release .

    sereanes
    Membro Novato
    # 11/out/21 17:01
    · votar


    Soulsynth

    Todo mundo conhece o Roland D20. Aqui no FCC, existem vários tópicos sobre D20, D50, D70.

    Na sua expressão "Só o envelope dele tem 8 parâmetros. Time 1(attack), level 1 (volume final do attack ), time 2 (decay) , level 2 (volume final do decay), time 3 (sustain), volume final do sustain, key off e release .", fiquei em dúvida se você quis dizer que "apenas" o D20 possuía um envelope com 8 parâmetros ou se você procura um synth cujo envelope possua apenas (somente) 8 parâmetros.

    E, quanto à sua pergunta título, existem dezenas de synth's com 32 notas de polifonia máxima, obviamente, no mercado de usados. São equipamentos das décadas de 70 e 80.

    Dudelino, você poderia nos explicar esta estória de synth's com 32 osciladores? Na sua afirmação "(com 32 osciladores por exemplo, de cabeça toda a linha motif, mo,mox, moxf, Acho que o korg krome tbem assim como o Roland FA).", como é isso?

    Obrigado.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 11/out/21 19:18
    · votar


    Soulsynth
    Conhece o roland D20 ?
    tenho um

    tanto ele quanto o D50, boa parte dos timbres bacanas gastam 4 osciladores
    e quando um desce osciladores termina ele libera o oscilador, um timbre por exemplo de piano
    vai ter 2 osciladores com a amostra do attack do paino, outros dois ficam soando com a nota enquanto segura a tecla
    os dois do attack a terminarem liberam o oscilador para a proxima tecla

    korg 01/w e x3 são de 32, no program pode usar até 2 osicladores, mas tem o modo combi que você vai juntando timbres e comendo polifonia
    -------------------------------------------------
    fiquei curioso do porque 32
    é algo para onde ira trabalhar com esse corte da polifonia
    porque dos mais atuais polifonia voa alta

    Soulsynth
    Membro Novato
    # 12/out/21 05:56 · Editado por: Soulsynth
    · votar


    sereanes

    Eu quis dizer que apenas no envelope dele tem 8 parametros. Se somar os outros temos 2064 parametros editaveis. Entendeu ? Estou procurando um synth que permita uma grande variedade de edição de timbre.
    Estou procurando synth com mais de 3 osciladores.

    Soulsynth
    Membro Novato
    # 12/out/21 06:03 · Editado por: Soulsynth
    · votar


    Roland D-20
    Multi timbral mode
    8 partes no mesmo canal midi, cada parte com 4 "osc" = 32 osciladores simultaneamente 1 voz de polifonia




    Soulsynth
    Membro Novato
    # 12/out/21 08:51
    · votar


    fernando tecladista

    Ola amigo

    tenho um

    Entao voce podera me ajudar. 32 vozes de polifonia talvez nao seja exatamente a prioridade aqui, mas sim os 4 osciladores. Eu curto muito o D20 por causa das possibilidades. Os synths que eu vi nas minhas pesquisas possuem apenas 2 osciladores e as vezes um noise.

    Estou procurando algo com a versatilidade do d20. Com preço abaixo dos 3000

    sereanes
    Membro Novato
    # 12/out/21 12:29 · Editado por: sereanes
    · votar


    Meus prezados Soulsynth e fernando tecladista,

    Acredito que está havendo uma confusão conceitual neste "post" entre Osciladores = Operadores e Polifonia Máxima.

    O Roland D-20 possui 02 osciladores e 32 vozes de polifonia máxima.

    A polifonia máxima jamais será ultrapassada, assim como, o número de osciladores (parâmetros de projeto).

    Na página 14 ("Outline of The D-20") do Volume 1 do Owner's Manual Set do Roland D-20 (original e composto de Vol 1 e Vol.2, totalizando 286 páginas), diz:

    "3) Partial and Maximum Voices

    The D-20 can produce a maximum of 32 voices using 32 Partials at same time. A Partial is the smallest unit of sound within the D-20. A Tone concists of one to four Partials. A Tone made of only one Partial can be played 32 voice polyphonically, but a Tone of two Partials has 16 voices, and a Tone of four Partials is 8 voice polyphonic. It is very important that you fully understand this concept. Specially in Multi Timbral mode, most restrictive."


    Também, na pág. 35, Vol.#1, na parte de "6) SPECIFICATIONS, Sound Source", consta: "Maximum Voices: 32 Voices". E, para aqueles que conhecem a equação de polifonia... um pingo é letra.

    Abraços.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 12/out/21 18:24 · Editado por: fernando tecladista
    · votar


    está meio confuso.... então pra resumir:
    a polifonia é de 32 notas (ou 32 osciladores)

    o que a gente chama em geral de oscilador a roland chamou de PARTIAL na edição,
    esse são no máximo 4 para cada timbre

    quando estamos na edição a fila BANK passa ser os parâmetros de attack, decay,... filtro... etc de acordo com a pagina da edição (definida no + e - dos botões "display" (tva, tvf, osc...)

    a fila NUMBER fica para selecionar qual partial está sendo editado
    temos lá em azul abaixo: partial select 1, 2, 3 e 4 e partial mute 1, 2, 3 e 4

    no partial select você pode selecionar vários partiais juntos, caso todos tenham o mesmo valor e definir tudo junto no value, posso mexer nos 4 envelopes ao mesmo tempo
    -e o partial mute, é para acionar ou não o partial

    ---------------------------------------------------------------------- ----
    no inicio da edição você tem uma tela de "structure 1 e 2 / 3 e 4
    você define conforme a tabela que existe no painel se aquele par te partial trabalha com PCM ou S (Synth)

    ---------------------------------------------------------------------- ----


    o que comentei acima é a estrutura do timbre em sí
    fora isso tem os modos de operação
    o multitimbral é mais recomendado para uso do sequenciador interno ou externo
    o teclado tem 8 canais para timbres diferentes + 1 da bateria
    a polifonia de 32 tem que dar conta desses 9 canais

    tem uma estrutura de partes e canais midis
    PART 01 - channel 01
    PART 02 - chanel 02.
    ....

    nada impede que você resolva fazer algo como
    PART 01 channel 01
    PART 02 Channel 01
    PART 03 channel 01
    PART 04 channel 04
    PART 05 channel 05
    (nesse exemplo as 3 partes tocam junto
    e foi onde a pessoa do vídeo mexeu, colocou cada PART no mesmo canal MIDI
    os leds verdes são porque aquele canal está tocando nomomento, no sequenciador tocando aquilo fica uma arvore de natal,

    o teclado pode ter um canal diferente
    posso colocar as teclas em qualquer canal
    então com isso posso usar o sequenciador dele e usar as teclas para controlar algum módulo

    a parte chata é que tudo isso acima não tem combi perform para salvar essas configurações de midi x parts
    ----------------------------------------------------------------

    modo performance

    o teclado já funciona diferente, toda aquela parte de midi que falei acima não existe, nem se dar play no sequenciador
    o teclado trabalha somente em um canal + um outro canal para a bateria
    o mesmo canal das teclas é o mesmo do gerador de timbre
    nesse você monta até dois timbres em dual, ou split ou um sozinho (whole)

    Soulsynth
    Membro Novato
    # 12/out/21 20:29
    · votar


    fernando tecladista

    Isso mesmo, cada uma das 9 partes do D20 tem um canal midi independente.
    Pode-se considerar que ele possui 9 modulos de som com função midi separados. Mas compartilham a mesma polifonia de 32 notas.

    Caro amigo Fernando, qual seria o sucessor do D20? O Roland Gaia ?

    Abraço.

    Dudelino
    Membro Novato
    # 12/out/21 21:03
    · votar


    Já Dudelino, você poderia nos explicar esta estória de synth's com 32 osciladores? Na sua afirmação "(com 32 osciladores por exemplo, de cabeça toda a linha motif, mo,mox, moxf, Acho que o korg krome tbem assim como o Roland FA).", como é isso?


    Vou falar pela síntese awm2 da Yamaha que conheço bem. É uma síntese DIGITAL baseada em samples. No teclado tu pode escolher um oscilador(chamado de ELEMENTO pela Yamaha) dentre os 2 mil tipos diferentes disponível, desde os clássicos sine wave, square, pwm, até piano e tiro e trompete e laser etc. Pra cada um desses osciladores há um envelope adsr e um filtro adsr. Tu pode juntar até 8 deles numa única "Voz", e tu pode juntar até 8 vozes ao mesmo tempo. Logo, tu pode fazer a única nota com 64 osciladores. Dependendo do teclado da Yamaha vc consegue de 128 a 256 osciladores ao mesmo tempo.

    Qual a limitação? Esse tipo de síntese é um virtual analog meio limitado, não tem algumas funções de interação entre os osciladores, pq vc tá dando um "play" num sample... Mas dependendo do projeto pode te ajudar. Tu tbem não consegue fazer parafonia, ring modulation, sincronizar osciladores, endereçar LFO pra pwm...

    Sei que os korg krome, kross(?) Roland fantom, FA, tem motores sonoros semelhantes, mas não conheço muito bem eles. Os top de linha motif, montage, kronos todos tem isso.

    Na faixa de preço que você quer, eu iria pra um mo6 ou um mox6 usado, se encontrar, tá tudo super caro.

    sereanes
    Membro Novato
    # 12/out/21 21:08
    · votar


    fernando tecladista,

    Quando você coloca "a polifonia é de 32 notas (ou 32 osciladores)", no meu modo de ver, notas de polifonia e osciladores são coisas distintas e vou tentar exemplificar com o Korg Krome e o Roland FA, citados lá no início. Vou, talvez, usar também o Yamaha MODX. Estou com os 3 equipamentos ligados.

    O Korg Krome possui 120 notas de polifonia máxima e 02 osciladores. No KROME Operation Guide, seção "Specifications", (Pág. 134), consta:

    Sound Engine ---> Maximum Polyphony ---> 120 voices max, single mode e 60 voices max, double mode.

    Sound Engine ---> Programs ---> Oscillator ---> OSC1 (Single), OSC1+2 (Double).

    Bem, estou com o equipamento ligado e ele só tem 02 osciladores e a polifonia máxima é como descrito acima.

    Agora, vamos pegar o Roland. "o que a gente chama em geral de oscilador a roland chamou de PARTIAL na edição". Vamos ver o que consta do FA. Vale também para o módulo Integra 7 e para os novos teclados Roland.

    Existem 2 tipos de Tones: "Tones SuperNatural" e "Tones PCM". Tem valores diferentes de polifonia máxima, assim como no MODX, a ser tratado abaixo.

    Os Tones SuperNatural são divididos em 3: SuperNatural Acustic (SN-A), SuperNatural Synth (SN-S) e SuperNatural Drum (SN-D).

    Já os Tones PCMsão divididos em 2: PCM Synth Tones (PSCM) e PCM drum (PCMD).

    No SN-S, cada tone tem 1 OSC (oscillator).

    Já no PSMC (PCM), estes sons eram chamados de "patches" nos sintetizadores Roland do passado e, agora, foram ajustados para "Partials". Pode-se combinar até 04 "Partials" (Waves) em um Tone de synth PCM.

    Um Studio Set contem 16 partes, com 01 Tone endereçado para cada parte e cada parte possui um Tone e este Tone possui 01 "Inst/Partial". Pág 11 e 12 do Reference Manual.

    Portanto, para a Roland, "Partials" são "Waveforms".

    Agora, para o Yamaha MODX (pág. 71, "Specifications", do "Owner's Manual"), a polifonia também é dividida entre os 2 motores sonoros: AWM2 e FM-X, como no caso da Roland.

    A polifonia máxima para o motor AWM2 é de 128 notas. E para o motor sonoro FM-X, a polifonia máxima é de 64 notas.

    Já o "Tone Generation", são 8 elementos para o motor sonoro AWM2 e 8 operadores para o motor sonoro FM-X, com 88 algorítimos.

    Também, no "Yamaha Synthesizer Parameter Manual" (que você fernando tecladista possui, à pág. 07, do "Part Parameter Section", item 1.2 - "Syntesis Parameters", "Oscillators" é definido como abaixo, no sub-item 1.2.1:

    " Oscillators -- An Oscillator is one unit of tone generation block of the Electronic Musical Instrument to control the waveform and Operators".

    Da mesma forma, no "Reference Manual", à pág. 08, oscilador está associado à waveforms dos elementos / operadores. Parâmetros relacionados aos osciladores podem ser definidos tanto para o motor sonoro AWM2, quanto para o motor sonoro FM-X.

    Desta forma, acredito que tenha tentado explicar que notas polifônicas e polifonia máxima de um lado e osciladores, elementos ou operadores de outro, são entidades distintas. Osciladores estão ligados à "waveforms".

    Abraço.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 12/out/21 21:14
    · votar


    Soulsynth
    Caro amigo Fernando, qual seria o sucessor do D20? O Roland Gaia ?
    eu parei no tempo, veio muita coisa depois

    o D20 não chegava ser chamado de workstation, mas na época ele tinha vários recursos, como a bateria eletrônica e o sequenciador
    então acompanhei de longe os lançamentos como as séries: JV, XP, Fantom
    mas não faço ideia da estrutura deles, sobre quantos osciladores cada timbre pode ter

    do Gaia sei que ele pode ter até 3 osciladores

    fernando tecladista
    Veterano
    # 12/out/21 21:22 · Editado por: fernando tecladista
    · votar


    sereanes
    Quando você coloca "a polifonia é de 32 notas (ou 32 osciladores)", no meu modo de ver, notas de polifonia e osciladores são coisas distintas

    eu costumo fazer uma miscelânea mesmo com os nomes
    polifonia vem a ser a quantidade de notas que o teclado pode tocar no total
    e quando se diz que pode usar até 4 osciladores se referem a quantos pode ser usados juntos para formar um timbre

    ai faço outra bagunça quando se refere a tone, patch, timbre, se agrava quando se mexe com varias marcas e elas usam nomes diferentes, um perform no roland é diferente de um perform ou de um combi da korg que é diferente em um casio xwp1

    sereanes
    Membro Novato
    # 13/out/21 11:52
    · votar


    fernando tecladista

    Quando você diz que "eu costumo fazer uma miscelânea mesmo com os nomes", a verdade é que todos nós fazemos estas confusões; a diferença é que você e os veteranos têm muito crédito e podem fazer; já nós, novatos, ainda estamos devendo à vocês e só temos que agradecer.

    Mas vamos tentar simplificar, se é possível.

    No Dia das Crianças, você resolveu dar uma festinha e assou 4 bolos no forno do seu fogão e comprou 3 refrigerantes de sabores diferentes e colocou para gelar em sua geladeira.

    Não se pode dizer que você tem 4 fogões porque assou 4 bolos, nem que você tem 3 geladeiras porque serviu 3 refrigerantes gelados na festinha.

    O fogão, a geladeira e os osciladores são os "hardwares" e os bolos, refrigerantes e as "waveforms" são os "softwares".

    E onde entra a polifonia máxima? A polifonia máxima são os vizinhos e o síndico. Em função da algazarra na sua festinha, o síndico irá te interfonar e impor limites.

    Agora, vamos pegar o exemplo do Korg Krome. Ele tem 02 osciladores e 16 "layers" ou camadas.

    Suponhamos que um Novato resolva usar os 2 osciladores e as 16 camadas. Ele terá, à sua disposição 418 formas de onda no "LFO waveform e, digamos que ele escolha duas "waveforms" diferentes para cada camada (OSC1 e OSC2).

    A conta me parece simples: 16 camadas x 2 waveform/camada = 32 waveforms.

    Então teremos: 60 notas de polifonia máxima (que você explicou muito bem em "polifonia vem a ser a quantidade de notas que o teclado pode tocar no total", eu só acrescentaria "num mesmo instante ou simultaneamente"), 02 osciladores e 32 "waveforms".

    Resumo: 60 notas no máximo (porque é "double mode" = OSC1+2), 02 osciladores e 32 waveforms.

    Abraços.

    Jonathas Lacerda
    Veterano
    # há 8 horas
    · votar


    Gostei da explicação do sereanes, ficou bem didática.

    Eu, particularmente, não gosto de usar o termo oscilador para teclados PCM (romplers ou sample players), por achar que traz uma complexidade desnecessária e "dificulta" um pouco o entendimento. No trecho 3 Partial and Maximum Voices do manual destacado pelo sereanes, o manual descreve bem a arquitetura do patch sem precisar falar de osciladores. A maioria dos fabricantes de romplers atualmente nem se preocupam mais em falar quantos osciladores o equipamento tem na lista de especificações (com exceção da korg). A meu ver, o principal desse tipo de equipamento é basicamente quantas notas eles conseguem soar ao mesmo tempo, quanto permite de split/layer.

    Se formos levar o debate para synths analógicos e VAs, ai já acho mais interessante pois a gente tá mais próximo do oscilador no baixo nível mesmo, e ele é o ponto de partida da síntese e entender como o oscilador funciona faz parte do processo de criação do som.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Existe algum synth com 32 vozes de polifonia no mercado atualmente ?