JHS lança série de pedais 1966

    Autor Mensagem
    Del-Rei
    Veterano
    # 29/ago/19 16:24


    O site tá fora do ar há meses já, mas como acompanho o canal pelo Youtube, vi o vídeo agora há pouco lá.

    São 04 pedais... Vendidos exclusivamente na Sweetwater.

    São pedais handmade, que o Josh construiu com ajuda dos filhos e esposa (conforme fala no vídeo), e será edição limitada a algumas unidades, recriando alguns efeitos clássicos....

    A ideia é interessante. Foda é o preço. 400 dólares, hahaha. Sei não...

    JHS 1966 Italy Tone Bender Pedal (Germanium Fuzz).

    JHS 1966 Tone Bender 1.5 Pedal (baseado no Maestro Fuzz-Tone).

    JHS 1966 Fuzz Face Pedal (baseado no Dallas Arbiter Fuzz Face – Thomann UK).

    JHS 1966 Rangemaster Boost Pedal (baseado no Dallas Rangemaster Treble Booster).



    Um aceno de longe!!!

    Velvete
    Veterano
    # 29/ago/19 17:37
    · votar


    Olha o garoto propaganda aí rs

    Del-Rei
    Veterano
    # 29/ago/19 18:34
    · votar


    Velvete
    Hahahaha.
    Pô, eu simpatizo com a marca, mas estou longe de ser garoto propaganda.
    Mas até hoje só testei dois pedais da JHS.

    Um aceno de longe!!!

    Velvete
    Veterano
    # 29/ago/19 21:46 · Editado por: Velvete
    · votar


    Del-Rei

    Tenho montado uns Fuzz face aqui. Uns bem bacanas, outros cheios de problema. Aproveitamento tipo o do Gabigol. Rs

    Eu sempre achei o Fuzz face meio emboladão, mas ele tem sua função.

    Del-Rei
    Veterano
    # 30/ago/19 01:17
    · votar


    Velvete
    Cara, eu nunca me entendi muito bem com Fuzz. E dizem que alguns são meio temperamentais e soam diferente até se a meteorologia mudar, rs.

    Já arrisquei dois pedais de Fuzz (Ed's Mod Shop e Fuzz Factory) mas não rolou... Estranho, porque vejo vários guitarristas tirando sons bem legais com Fuzz, então concluí que o problema sou eu, claro... rsrs.

    Um aceno de longe!!!

    Velvete
    Veterano
    # 30/ago/19 01:20 · Editado por: Velvete
    · votar


    Del-Rei
    Não é nada de outro mundo mas não combina com todos os estilos musicais. Acordes, dependendo da regulagem, podem ficar estranhos.

    Tem uns pedais mais ecléticos, tipo o Fuzz da axcess giannini. Se for investir, recomendo qualquer um da Deep Trip.

    Del-Rei
    Veterano
    # 30/ago/19 01:25
    · votar


    Velvete
    Rapaz.
    Esses da Deep Trip são muito bem falados mesmo.
    Pelo visto a coisa é boa.

    Mas por enquanto não está na minha lista de prioridades não. Quem sabe mais pra frente, rsrs.

    Um aceno de longe!!!

    SteveRayMorse
    Veterano
    # 30/ago/19 03:17
    · votar


    Del-Rei

    400 doleta num fuzz face é dureza....até 1/4 disso já é difícil justificar sem ao menos umas mods kkkk. Legal a idéia mas...não rola

    Velvete
    Del-Rei

    Deep Trip é muito top. Recomendadíssimo.

    EduJazz
    Veterano
    # 30/ago/19 09:31
    · votar


    Eu sou da mesma estirpe do Del-Rei: não funciono bem com fuzz. E já conclui que o problema sou eu, e a prova ta aqui: tenho dois estilos de fuzz em pedal "físico": Fuzz Face e Big Muff.

    O Fuzz face não ligo há tempos, não consigo fazer rolar de forma alguma. Já o muff, a depender da vibe até sai uma coisa ou outra, mas é raro. A outra prova: a Line 6 Helix tem uma série de fuzzes legais, e não consigo tirar som bom de NENHUM.

    Concluindo: eu não sei brincar de fuzz.

    Mas, sobre a JHS e o video, muito bacana. Sou fã da marca e do canal, e ele (diferentemente de mim) sabe timbrar mui bem.

    MMI
    Veterano
    # 30/ago/19 14:39 · Editado por: MMI
    · votar


    Del-Rei
    EduJazz

    Concluindo: eu não sei brincar de fuzz.

    Fuzz me parece um mundo a parte, que me exclui. Parece que é algo "ame ou odeie", não tem mais ou menos... kkkkk

    Por muito tempo, não me acertava com nenhum, até tinha um no fundo do armário para uma eventualidade que nunca aparecia. Só que atualmente eu aprendi a gostar... Já tem um tempo que, mesmo se não boto muito para funcionar, ele faz parte do set e o sinal passa por ele, junto com o afinador.

    O culpado disso? O Du, dono da Deep Trip. Se vocês puderem, marquem um dia que estiverem de bobeira aqui em Sampa e façam uma visita para ele (se for o caso, me avisem que eu vou também!). Lá ele tem todos esses pedais que serviram de referência no vídeo e muito mais, pedais vintage, pedais raros, inclusive um amp de cair o queixo. Daí tem uma aula com quem sabe e estuda muito do assunto "pedais" em geral, mas especialmente de fuzz. Eu me encantei com o pedal dele... Nem penso em outro.

    Abç

    Velvete
    Veterano
    # 30/ago/19 20:08
    · votar


    MMI

    Lembro do tempo que vc não gostava de Fuzz e Stratos... rsrs

    Daqui a pouco taca fogo nas suas PRS!

    MMI
    Veterano
    # 30/ago/19 21:56
    · votar


    Velvete

    Ainda não são nem de perto minha especialidade. Achei uma strato para eu respeitar, duas na verdade. Guitarras certas plugadas num amp certo. Precisou muitos anos e tentativas para eu achar, depois de alguns cabelos brancos, desaprendendo tudo... Fuzz é mais complicado ainda, mas achei um. Pior que tenho a sensação que um foi feito para o outro - fuzz e strato se complementam.

    As PRS para mim são bem mais dóceis, LP também, mas meu coração bate mais forte com as semi e archtops. Archtops que tem aversão a fuzz... (mas hoje mesmo estava tocando com archtop, com o sinal passando pelo fuzz desligado) kkkkkkkk

    Ramsay
    Veterano
    # 30/ago/19 22:37
    · votar


    Eu tb não me dou bem com fuzz.
    Tenho dois, um Big Muff Germanium 4 e recentemente adquiri um Mooer Triangle Buff Fuzz.
    No primeiro, o som não chega nem perto do que vi em vídeos no Youtube, e o segundo até tem o som razoável, mas, não passa volume.
    O som que sai dele é sempre mais baixo, quando comparado a outros pedais e não é defeito, mas, sim característica do pedal.

    SteveRayMorse
    Veterano
    # 30/ago/19 23:04
    · votar


    EduJazz

    O segredo do Fuzz é o amp. É muito mais sensível que um drive qualquer. Pedais tipo Fuzz Face tendem a se dar muito bem com amps estilo Marshall e gosto também do resultado em VOX AC e etc.
    Já em amps tipo Fender não costuma ficar legal quando o amp tá muito limpo, mas quando está no "Sweet Spot", naquele breakup, aí costuma ficar muito legal.
    Muita gente usa pra dar um tipo de boost, deixa o volume no talo e um pouco de fuzz. Dependendo do drive fica lindo.

    Muff tende a ser mais maleável e "funciona" mais fácil em diversos amps.

    MMI

    Deep Trip é show. E realmente parece ser o ideal pra quando a cara tem dificuldade der lidar com Fuzz. Os controles e melhorias nele ajustam em qualquer amp.

    Ramsay

    Eu tenho esse Muff aí. Ele não é facil de domar mesmo, tem que usar ele no mesmo raciocínio do fuzz face. Eu curto muito o pedal.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a JHS lança série de pedais 1966