Por que não tocar com palheta!

    Autor Mensagem
    vinibassplayer
    Veterano
    # 06/jun/19 23:00


    olá meus primos guitarristas(sou baixista hehehe)!!
    tenho tido dificuldade em conversar com o guitarrista da minha igreja... além do fato de ele nao gostar mto de estudar, ele tem uma cabeça um pouco dura pra aceitar dicas e conselhos sobre tecnica e teoria... eu disse pra ele parar um pouco de tocar com palheta e começar a tocar mais com os dedos, pra melhorar um pouco o dominio que ele tem no instrumento, pra aprender a ter mais fluencia e controle das notas...

    enfim, quais conselhos vcs me dão sobre o assunto, ou, quais vantagens vcs me dizem que tem em tocar com os dedos?? no estilo kotzen msm, rock, blues e afins...

    com as respostas aki eu vou compilar em um texto pra postar no meu blog e dou crédito a quem responder, e desde já agradeço!!

    Beto Guitar Player
    Veterano
    # 07/jun/19 08:16
    · votar


    eu disse pra ele parar um pouco de tocar com palheta e começar a tocar mais com os dedos, pra melhorar um pouco o dominio que ele tem no instrumento, pra aprender a ter mais fluencia e controle das notas...

    enfim, quais conselhos vcs me dão sobre o assunto

    O conselho que te dou é: "para de dar conselhos para seu amigo!"
    Não existe essa de que tocar sem palheta aumenta o domínio sobre o instrumento. São apenas maneiras de tocar para cada tipo de música.
    As músicas do Dire Straits funcionam bem tocando sem palheta, mas os solos do Zakk Wyld já não ficariam muito bons se tocados dessa maneira. Acho que cada um na sua. Eu tenho um amigo que era guitarrista e foi pro baixo, mas ele toca baixo com palheta e toca muito bem. Nunca iria dizer para ele tocar com os dedos porque ele tocaria melhor, já que isso não seria verdade.

    LeandroP
    Moderador
    # 07/jun/19 08:24
    · votar


    E como vai tirar os dedos pra tocar? Lógico que tem que tocar com os dedos, oras!

    °,°

    Tenho o mesmo pensamento do Beto Guitar Player... Cada um na sua.

    krixzy
    Veterano
    # 07/jun/19 08:39
    · votar


    Com palheta ou sem palheta, não significa que ele vai tocar melhor de um jeito ou outro, ele vai tocar melhor da forma que sentir mais confortável pra ele.

    Agora existe sim algumas músicas que se torna mais fácil tocar sem palheta, mas são raras vezes, e 99% dos guitarristas preferem palheta.

    A forma de tocar é muito particular em qualquer instrumento, não existe regra, é pessoal, tente dar dicas sobre algo que ele realmente tem dificuldade, pelo que você disse, pra aprender a ter mais fluencia e controle das notas... em vez de dizer como tocar, sugere praticar mais pra melhorar isso, ele vai achar a forma correta de corrigir o problema.

    Drinho
    Veterano
    # 07/jun/19 08:49 · Editado por: Drinho
    · votar


    vinibassplayer

    É completamente aconselhável o sujeito tocar de várias formas, quanto mais recursos melhor, por que não? Porém, acima disso há a música e a música não faz distinção de recursos para promover o resultado final e na música a única coisa que realmente importa é o resultado final. Muito mais importa para o resultado final a personalidade e os objetivos do sujeito do que simplesmente o ferramental que ele usa.

    Por ex.

    Eu sei tocar com o dedo?
    Sei (inclusive no estilo de um violonista de bossa nova ou no do richie kotzen)
    Eu uso isso?
    Não
    Por que?
    Porque não uai, não está dentro de mim, as ideias que fluem naturalmente na minha cabeça não pedem que eu use o dedo...
    Concorda que eu saber usar o dedo ou não é indiferente nesse caso? Para a minha forma de expressão é um recurso praticamente inútil, eu uso 1% do tempo e normalmente ou é porque eu to tocando violão com meus amigos ou porque eu não tenho uma palheta disponível....

    Consegue entender?

    Com relação as vantagens é que nem no baixo brother, embora exista um mito idiota que baixista ruim usa palheta e baixista bom usa o dedo o grande diferencial entre as duas abordagens tá na voz que você consegue tirar do instrumento..... Você usa o que o música pede e o que mais ficar de acordo com o resultado final foi a melhor (e ainda há controvérsias porque não há regra) escolha para aquele momento....

    Simples assim!

    Lelo Mig
    Membro
    # 07/jun/19 09:33 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    vinibassplayer

    O que importa é o resultado final.

    Eu venho do violão e da MPB. Toquei guitarra MPB, samba, jazz e etc, muito tempo na noite, com os dedos.

    Então, quando comecei a tocar cover de rock, algumas coisas como o solo de Burn do Deep Purple, que exige um arpeggio rápido de palheta, eu fazia com os dedos, era bem mais fácil prá mim. O ataque é menor, você aprende a compensar e a galera que tá ouvindo não sabe nem se preocupa se é palheta, dedo ou o... o que importa é o que gera melhor resultado final.

    BrotherCrow
    Membro Novato
    # 07/jun/19 11:21
    · votar


    Eu comecei no baixo. Gosto de tocar baixo com os dedos e raramente uso palheta, porque é a técnica que consigo abafar melhor com a mão direita.
    Guitarra prefiro usar palheta, mas mesmo assim com uma técnica híbrida (usando a palheta com o polegar e o indicador mas dedilhando com os outros três dedos também). Se não tiver palheta, me viro bem mas não tão bem quanto se estivesse com palheta.
    O que me fez melhorar com dedilhado foi aprender ukulele.

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 07/jun/19 11:40
    · votar


    Toquei de palheta a vida inteira. Com os dedos, só alguns dedilhados básicos. Agora eu tô no coral da igreja, primeiro eu só cantava, e agora eu toco (guitarra) e ajudo nos arranjos. Conforme eu vi que em alguns contextos ficaria melhor se eu tocasse com os dedos, eu passei a praticar mais os dedilhados, e como treino eu tirei aquela do beethoven, moonlight sonata (adaptado pra violão clássico). Rapaz, melhor coisa que eu fiz na vida, agora eu tenho uma ferramenta a mais a meu dispor, e vou fazendo o que eu acho que fica melhor na música. O músico deve servir à música, somando o que ele é à ela, mas em função dela.

    Casper
    Veterano
    # 07/jun/19 11:49
    · votar


    A mão tem 5 palhetas naturais.

    Fim de discussão.

    sandroguiraldo
    Veterano
    # 07/jun/19 14:14
    · votar


    acabaramosnicks
    Agora eu tô no coral da igreja
    Off topic: de qual igreja?

    vinibassplayer
    Veterano
    # 07/jun/19 14:28
    · votar


    eh galera, a questao é q ele nao toca mto bem é de jeito nenhum kkkkkk preguiça de estudar, nao dedica nem nada, toca sujo até msm com palheta... acho q o principal problema dele é esse.... só falei pra usar mais os dedos pq com palheta ele nao consegue controlar as outras cordas enquanto sola em uma, e pelo menos no meu caso ajudou a melhorar isso...

    Beto Guitar Player
    O conselho que te dou é: "para de dar conselhos para seu amigo!"

    se bem q o principal conselho q eu dou é estudar, e ele nao leva mto a serio ne...

    krixzy
    Drinho
    Lelo Mig

    ah o kra nao curte estudar, ta confortavel com os barulhos q ele faz, msm sendo coisas de tecnica errada... só tentei dar alguma dica que o incentivasse a melhorar.. enfim, se ele nao quer, q q eu posso fazer ne..

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 07/jun/19 15:16
    · votar


    sandroguiraldo
    Espírita.
    A gente toca bastante coisas do grupo arte nascente, que e a maior parte das letras são cristãs mas com poucas ou nenhuma referência direta ao espiritismo.
    Depois que eu passei a aprender a gravar no meu "home studio" e comecei a ajudar nos arranjos, a gente começou também a pegar músicas cristãs que o povo já conhece e já esta um pouco mais familiarizado e fazemos versões mais animadas. Não sei, a impressão que eu tenho é que a música gospel mais antiga tendia mais a um sentimento mais melancólico, e aliado aos ritmos que contém padrões estéticos "ultrapassados", não conversa bem com a galera mais jovem (tipo eu).
    Como no meio espírita tem pouca coisa de música que tenha alcançado uma relevância realmente significativa, não há um padrão estético já esperado pelo ouvinte, então a gente vêm tentando mostrar que a música gospel não precisa ser chata, principalmente para os os jovens espíritas.
    Daí a gente vai fazendo um repertório misto, com músicas cristãs mais tradicionais, outras que são tradicionais em versões mais modernas, além das músicas que são explícitamente espíritas.

    vinibassplayer
    Veterano
    # 07/jun/19 15:32
    · votar


    acabaramosnicks
    Não sei, a impressão que eu tenho é que a música gospel mais antiga tendia mais a um sentimento mais melancólico, e aliado aos ritmos que contém padrões estéticos "ultrapassados", não conversa bem com a galera mais jovem (tipo eu).

    não é só impressao... eu sou evangelico batista tradicional, cantamos mto do hinário cristao na igreja, por ser um livreto de hinos beeem antigos, a maioria são 3, no máximo 4 notas, e a grande maioria se encaixa nos ritmos blues e country, no sentido mais raiz da palavra, pela origem do hinario de afro-americana (como ja expliquei em outro post sobre composições negras nas igrejas protestantes), e realmente é mto chato e tedioso pros jovens se entusiasmarem com as musicas, é mais "musica de velhos" msm... entao direto temos tentado recompô-las e rearranjá-las com uma cara mais moderna pra nao ficar tao enfadonho de tocar..

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 07/jun/19 16:01
    · votar


    vinibassplayer
    Minha sogra é batista e participa do coral da igreja dela. Eu nunca escutei as músicas que eles cantam, mas na casa dela sempre tá rolando música gospel, e via de regra, ou é uns louvores que o povo fica tão emocionado que o ato todo sai de controle, que é algo que só tem graça pra quem tá envolvido naquele momento, o então é essas "musica de véio". Teve uma única vez que eu escutei algo tão interessante que me chamou a atenção e eu parei pra escutar. Não lembro o nome do artista, mas na capa do CD tinha ele de escafandro, e depois na contracapa tinha ele tudo molhado (a explicação é que a sensação que ele tem com a fé é como se ele setivesse imerso no amor de Deus).

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 07/jun/19 16:23
    · votar


    Aliás, se quiser criar um tópico a respeito de musica gospel, poderia ser interessante

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Por que não tocar com palheta!