Afinação(es) não usual(is)

    Autor Mensagem
    Jazz_Metal
    Veterano
    # abr/11


    Fala galera, beleza? Beleza.

    A minha dúvida é a seguinte, vemos muito por aí afinações meio ou um tom abaixo, seria usual usar meio ou um tom acima?

    Vou explicar o pq da minha dúvida. Tenho uma banda de som próprio e ontem o professor da nossa vocalista foi assistir ao ensaio, no final ele disse que, para as músicas "fecharem" teríamos que tocá-las um tom acima, pois assim vai casar com a voz da vocalista que, segundo ele, é meio-soprano (não entendo nada disso).

    Só que simplesmente mover todas as músicas 2 casas pra frente ferra com tudo, pois tira toda a pegada das guitarras, por exemplo, aquele E q vc faz com pestaninha na casa 2 não é a mesma coisa que um F#, certo?
    Então o outro guitarrista e eu tivemos a idéia de subir a afinação.

    Pergunta 1: o quanto é usual afinar, por exemplo, em F#?

    Pergunta 2: alguém sugere alguma outra solução?

    Pergunta 3: se a única opção for mudar a afinação, por favor dêem dicas sobre "trabalhar" dessa forma. Cordas, regulagem, alertas, cuidados e o que mais acharem relevante para se comentar

    Agradeço desde já pela atenção de todos.

    renansena777
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Se eu entendi direito, um capotraste seria bom

    LipeGuitarrero
    Veterano
    # abr/11 · Editado por: LipeGuitarrero
    · votar


    Jazz_Metal

    Nunca vi esse negócio de afinação a cima de E, só abaixo.

    Acredito que não ferra em nada o som, só fica diferente.
    Eu até prefiro a nota toda pestana ou toda solta (afinações em Drop), nunca gostei do E solto em power chord aberto, só abafado.

    Se eu entendi direito, um capotraste seria bom

    Resolvido!

    BuriedAlive
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    renansena777
    Se eu entendi direito, um capotraste seria bom [2]

    Gareth
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Bom, dependendo do som, talvez até um whammy/pedal bend seria uma solução, mas aí teria de ver se vcs tem o pedal/pedaleira...

    Mas acho que o capo dá conta sim...
    Eu mesmo já ensaiei algumas musicas em casa usando o pedal bend de meio tom ou um tom, pois na minha igreja, tocávamos essas musicas com tons abaixo...

    Well, acho desnecessário mudar afinação até pq eu odeio isso, floyd rose user sofre nisso...

    Abraços

    Jazz_Metal
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Valeu pelas respostas.

    Mas não ficaria estranho uma banda em que os dois guitarristas usam capotraste em todas as músicas?

    Como funciona esse Pedal Bend? Simples assim como parece? Pisou e ele muda a afinação?

    LipeGuitarrero
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Mas não ficaria estranho uma banda em que os dois guitarristas usam capotraste em todas as músicas?

    Você não acha que você está com muita viadagem?

    Jazz_Metal
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Não é questão de viadagem, mas nunca vi uma banda que usasse o capotraste em todas as músicas, vc já viu?

    Só criei o tópico pra saber se existe alguma solução e/ou se funciona afinar um tom acima.

    Se não tem nada pra falar, seja educado e não fale nada.

    LipeGuitarrero
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Jazz_Metal

    Foi só uma piadinha, relaxa.
    Nunca vi uma banda tocando todas as musicas do repertório não, mais algumas sim.
    Acho que não tem problema nenhum.

    Vai depender de você somente.

    Die Kunst der Fuge
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Jazz_Metal
    Não é questão de viadagem, mas nunca vi uma banda que usasse o capotraste em todas as músicas, vc já viu?

    Mas qual seria o problema nisso? Meramente estético?

    Jazz_Metal
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Die Kunst der Fuge

    De certa forma sim. Mas somando ao fato que, provávelmente, algumas banda já passaram e devem ter resolvido de formas diferentes.

    Die Kunst der Fuge
    Veterano
    # abr/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
    · votar


    Jazz_Metal

    Bom, você pode transpôr todas as músicas que forem tocar pra um tom acima, pra isso você não precisa necessariamente mudar a afinação (isso só seria necessário se fosse pra modular pra tons abaixo), esta é uma possível solução, sem necessidade de usar capotrastes ou usar afinações alternativas.

    Jazz_Metal
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Então, mas transporta-las, como disse no post inicial, tira a pegada de algumas músicas. No exemplo que eu dei, aquele E que vc faz uma pestaninha, ficaria muito diferente ao tocar um power chord de F#, não acha?

    Die Kunst der Fuge
    Veterano
    # abr/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
    · votar


    Jazz_Metal

    Só fica diferente quando envolve a utilização de cordas soltas, no mais eu não vejo diferença.
    Eu acho que é apenas um detalhe, que poderia ser facilmente ignorado, pra resolver o seu problema sem medidas como mudança de afinação.

    T-Rodman
    Veterano
    # abr/11 · Editado por: T-Rodman
    · votar


    Isso nem sequer é afinada 'alternativa'.
    Se fosse o caso do guitarrista que toque base usar um E solto, basta ele usar o capo.
    Agora o guitarrista que ficar riffando e solando, o negócio é alternar a escala mesmo.
    Outra solução seria aprender acordes em afinações tipo Open G. Aí sim estamos falando de afinação alternativa.

    A dica foi outra: que vocês tocassem no tom da voz do vocalista. Pra isso vão ter de subir o tom, e se for o caso, testar outros modos de tocar as músicas.

    Ah, lembrando de quem sempre usou capo em todas as músicas: Simon & Garfunkel. O Simon sempre usou capo no violão. O guitarrista dele, não.

    Rafael A.
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Jazz_Metal

    Se as músicas que vc tocam usam mais power chords do que acordes cheios, na minha opinião melhor seria transportar a música, porque, como vc mesmo disse, o que vai ficar diferente é o power chord de E, praticamente...

    Agora, como disse o Die Kunst der Fuge, só fica diferente se houver mais passagens com corda solta.

    Se realmente for incomodo tocar transpondo a música, acho melhor um capotraste, pq afinando 1 tom acima as cordas ficarão muito tensionadas, ficando desconfortável para tocar, e até com um risco maior de arrebentarem...

    makumbator
    Veterano
    # abr/11 · Editado por: makumbator
    · votar


    Jazz_Metal

    No mundo erudito se faz isso em alguns instrumentos. No repertório solista do contrabaixo acústico por exemplo, é comum usar a afinação 1 tom acima(fica do agudo para o grave: A, E, B, F#). Claro que para isso se usa encordoamento chamado de solo, que é mais fino e leve, e com isso não deixa o instrumento muito duro ao subir a afinação.

    Boa parte do repertório de concertos, sonatas e peças de contrabaixo acústico solo e piano são nessa afinação tom acima. Enquanto que no repertório de orquestra(como instrumento de acompanhamento), usa-se a afinação tradicional.

    Mas na música popular não me lembro de ter visto tal coisa. mas nada impede. Basta que vc escolha um encordoamento mais leve e experimente(pode ser necessário nova regulagem na guitarra).Mas um capo cumpre bem a função, de maneira mais simples.

    Gareth
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Como funciona esse Pedal Bend? Simples assim como parece? Pisou e ele muda a afinação?

    Well, confesso q to correndo e não li as outras respostas...

    Pedal Bend, nada mais é que um bend em TUDOl, no meu caso, eu tenho a GT-10 e com ela eu posso regular o pedal bend de -24 até +24 semitons, ou seja, 2 oitavas acima ou duas abaixo, nesse caso seria vc colocar o minimo em zero e o maximo em 1(ou 2), aí quando ele estiver ativado e na posição maxima, ele vai aumentar, e na posição minima, vai ficar no zero. Sim, é bem simples quanto parece, é uma opção...

    Unico problema seria em afinações Drop, que aí não tem como...
    vc teria mesmo de ter a E dropada, mas pelo visto não é o teu caso =]

    Abraços!

    Jazz_Metal
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Muito obrigado a todos por tentarem ajudar.

    Dei o exemplo do E, mas não é só ele. Temos diversas passagens com cordq solta. As vezes até pedais com corda solta.

    A princípio vou usar o capotraste mesmo e ver o que rola.

    Caso optemos por afinar em F#, teremos que diminuir a tensão das cordas?

    Die Kunst der Fuge
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Jazz_Metal

    Sobre o pedal pra mudar a afinação, eu acho que a perda na qualidade do som vai ser maior do que simplesmente substituir algumas passagens com cordas soltas... Eu acho que não compensaria (em outros casos compensaria, mas no seu eu acho que não).

    Agora, se você resolver afinar um tom acima, eu recomendaria sim utilizar uma tensão menor, caso contrário as cordas ficarão mais duras e você terá que se acostumar com elas.

    ps: É claro que você deverá regular o instrumento.

    BuriedAlive
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Jazz_Metal
    Cara tem certeza que prefere subir a afinaçao do que arrastar os dedos duas casas pra frente?
    O que tem de ruim nisso?
    É tão simples.. faz um acorde um tom pra frente, só vai mudar o E5 e o A5, não é tão mais facil?

    Sei la,é a minha opnião, eu nunca faria alguma coisa do tipo: subir a afinaçao sendo que tem uma soluçao tão simples e sem dificuldade nenhuma...

    A música realmente vai "perder a pegada" só por causa da pestaninha?
    Sei lá, é o que eu acho...

    Abraço!

    Vitor Bossa
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    tem alguma música do the killers que é afinado em F eu acho .-.

    Ikaruz
    Veterano
    # abr/11
    · votar


    Jazz_Metal
    Cara, usa um pitch pedal que é uma solução mais fácil.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Afinação(es) não usual(is)