Síndrome do gosto variável

Autor Mensagem
Kleber Blacklock
Veterano
# mai/10 · Editado por: Kleber Blacklock


E aí, personas, tudo em ordem?

Não sei se já passaram por algo parecido, pode ser falta de personalidade, sei lá, porém, tenho passado por situações desesperadoras em relação ao meu gosto musical.

Deixe-me ilustrar: salvo em meu celular diversas músicas de Heavy Metal (Helloween, Blind Guardian, etc), modifico os patchs de minha pedaleira de forma que fique mais fácil o treino desse tipo de música, aí, do nada, ouço um som do Tito & Tarantula assistindo ao filme "Um drink no inferno" e pronto, toda aquela vontade de tocar Heavy Metal vai embora... Aí, adquiro o CD do soundtrack do filme e piro com músicas do SRV e afins, resolvo trocar todas as músicas de meu celular por blues e rock n' roll, aí, do nada, ouço em algum comercial uma música do Satriani.

Bom, o resto é só mais do mesmo.

Alguém já passou por isso ou passa por isso? Se sim, como lidam com esse tipo de situação?

Valeu!

Kyuss_Age
Veterano
# jun/10 · Editado por: Kyuss_Age
· votar


Kleber Blacklock

Claro que sim. Mas ao invés de apagar os sons mais porrada eu misturo tudo, aí é que fica bom.

Paco De Lucia com Meshugah, Lamb of God, Satriani... só alegria.

E "Um drink no inferno" é um filme que eu curto muito.

Ótimo nome pra JAM tb.

Marc Snow
Veterano
# jun/10
· votar


Kleber Blacklock
Legal de saber que seu gosto é eclético e se vc tirar essas músicas todas, vc só tem a enriquecer seu vocabulário.
Abço

De Ros
Veterano
# jun/10
· votar


Kleber Blacklock

Comigo, acontece todos os dias.

E todos os dias eu agradeço por isso.

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


Ultimamente eu ouço um grupo de coisas a cada semana.
Comecei me forçando a isso, pra não enjoar das coisas, agora já é natural ficar trocando.
E cada vez que eu to ouvindo uma coisa acontece o que você falou...
Semana passada eu queria ser o primeiro guitarrista de Klezmer da história.
Esta semana agora eu já quero tocar Fado e Tango.

:P

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


Mas é claro que certas coisas são fixas.

Iron Maiden, por exemplo, eu NUNCA ouvirei.

Stalingrado
Veterano
# jun/10
· votar


Acontece comigo.

Não acho ruim não, nem falta de personalidade.
Acho que tem mais a ver com o estado de espírito.

Kleber Blacklock
Veterano
# jun/10
· votar


Cacetada, corrigindo, não é "lidão", é "lidam"... Bom, deixando de lado a parte do analfabetismo...

Gostei de saber que muitos passam pelo mesmo "problema", até o De Ros sofre disso, hehe.

O único problema que vejo é que não consigo adquirir uma "identidade" como "guitarrista não profissional tocador nas horas vagas"...

Vou exemplificar: quando falamos de "Steve Vai", já sabemos o que esperar, ou seja, ele tem uma identidade musical... Quando falamos de "SRV", sabemos o que esperar... Entenderam o "X" da questão?

Valeu!

AugustoDamned
Veterano
# jun/10
· votar


Certa vez, alguém disse:
"...penso que tudo na vida tem o seu momento. É a ordem natural das coisas. E são as doses homeopáticas de coisas que nos agradam, que fazem bem para o espírito."
Nasch

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10 · Editado por: The Root Of All Evil
· votar


Kleber Blacklock
Quando falamos de "SRV", sabemos o que esperar... ou seja, ele é previsível.

Stalingrado
Veterano
# jun/10
· votar


The Root Of All Evil

Sempre no fórum para causar intrigas...


heuheuheuhe
brinks

De Ros
Veterano
# jun/10 · Editado por: De Ros
· votar


Kleber Blacklock

O único problema que vejo é que não consigo adquirir uma "identidade"

Se tu ouvisse sempre a mesma coisa, aí sim tu teria um grande problema para estabelecer a tua identidade musical, porque tu só conseguiria imitar o que tu ouve.

Agora, se tu adora um determinado gênero por causa dos ritmos, outro pelo tipo de harmonia, outro pelas intenções melodicas, outro pelos arranjos, outro pela orquestração, outro pelo etc, etc, etc...

Tu vai acabar pegando um pouco de cada coisa e voilá, estará fazendo algo novo.

Tem coragem? Não é para os fracos não, hehehe!!

Eu estou tentando, um dia vou chegar lá.

Mas de uma coisa tenho certeza - pouca gente quer ouvir algo novo, então te prepara para não ser lá muito bem recebido...

Abraço!

LeandroP
Moderador
# jun/10
· votar


Kleber Blacklock

A impressão que eu tive a seu respeito é que você simplesmente gosta de música, seja ela qual for. E acho isso muito positivo.

Continue assim e tão logo você vai descobrir a sua identidade.

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


As vezes eu conheço pessoas velhas que ouvem a mesma coisa desde adolescente, não entendo como isso acontece.

Tipo os velhos aqui do fórum que ficam chorando porque a música dos anos 70 não volta mais...

Freedon
Veterano
# jun/10
· votar


Eu por exemplo nao tenoh um gosto definido. Gosto de Iron maiden, Edson e Hudson, Deep Purple, KLB, Peninha, Skid Row, Sorriso Maroto, SRV,etc uaHUAha

nao tem essa... a vida é feita de fases..

Rough
Veterano
# jun/10
· votar


Eu ouço quase tudo.. só existem 3 certezas musicais na minha vida..
1. Metallica é foda.
2. Odeio funk
3. Odeio emocore.
Fora isso.. música é coisa linda! =)

makumbator
Veterano
# jun/10
· votar


The Root Of All Evil
Tipo os velhos aqui do fórum que ficam chorando porque a música dos anos 70 não volta mais...

Vai voltar sim...2070 está chegando cumpádi!

Will Bejar
Veterano
# jun/10
· votar


Kleber Blacklock
Ih, mano, nada a ver isso aí...vc tem que ouvir o que gosta...o dia em que resolver compor vc vai saber se tem identidade ou não...e não é vc quem dirá!!!

Eu ouço rock, blues, música clássica e música boliviana...

Sir.Paulo
Veterano
# jun/10
· votar


Kleber Blacklock

Cara isso é extremamente normal!
Pior seria se voce fose um daqueles malucos fanaticos por apena um estilo musical!

MauricioBahia
Moderador
# jun/10 · Editado por: MauricioBahia
· votar


aí, do nada, ouço um som do Tito & Tarantula assistindo ao filme "Um drink no inferno" e pronto, toda aquela vontade de tocar Heavy Metal vai embora..

Eu continuaria ouvindo heavy e anotaria o nome do outro artista e música pra adquirir a discografia inteira que iria pro MP3 se juntar as que eu mais gosto de outros artistas.

Enfim, meu gosto não é variável, mas cumulativo.. hehe

Kleber Blacklock
Veterano
# jun/10
· votar


Aí, pessoal, legal os comentários de vocês.
Sou um dos mais "véios" (falando em idade) daqui do fórum, tenho grupos de amigos que já datam de décadas, e, a dúvida em relação ao gosto musical surgiu exatamente por isso, sou meio "eclético" (tem dias que toco Mr. Big, no outro, estou ouvindo Rick Wakeman), porém, quando há uma reunião de amigos em casa e decido colocar para ouvir algo diferente do "de sempre", parece que o mundo vai acabar. Se não for metal não é música.
Aí, parei para pensar: será que o problema é em relação ao meu gosto musical que é duvidoso ou será que o pessoal que é "bitolado"?

Com as respostas de vocês descobri que não sou nenhum anormal, hehe (ao menos em relação à música).

Valeu!

Ed Gomes
Veterano
# jun/10
· votar


Não se preocupe. Voce so é uma pessoa volúvel. Toda mulher é assim!

Ah, desculpe, voce é homem...

erico.ascencao
Veterano
# jun/10
· votar


Eu não sou de ouvir "bandas", sou mais de ouvir "músicas", sabe como é? Não costumo baixar discografias ou discos completos, e sim músicas isoladas.

Ultimamente tenho ouvido à exaustão Rosanna e Hold the Line do Toto, por influência do tópico de um cara que gravou o solo da primeira. Até comprei o DVD deles por causa deste surto...

T-Rodman
Veterano
# jun/10
· votar


quando há uma reunião de amigos em casa e decido colocar para ouvir algo diferente do "de sempre", parece que o mundo vai acabar

Dos diversos grupos de amigos que eu tenho, o grupo mais interessante é aquele que vive descobrindo músicas novas e fazendo suas playlists para todo mundo escutar nessas horas. É claro que as meninas ficam pedindo rebolation, funk e pagode, eca, mas enquanto há uma boa alma na turma, os mp3 players de cada um só tem essas playlists e a gente curte bastante, aumentando cada vez mais o leque de músicas.

Sobre OST de filme, sempre foi uma de minhas fontes. Certamente eu me imerso em alguma banda que gostei a partir de uma música na OST.
A última OST que gostei bastante: "Nick and Norah's Infinite Playlist" - de um filme a la "Singles" com roupagem atual. A banda que comecei a curtir a partir dessa OST: The Submarines. Outro cara interessante da mesma OST: Chris Bell - um cara que fez um disco e morreu num acidente de carro, nos anos 70, que tem um som bem legal, mas ainda não achei um disco dele na net nem para baixar nem para comprar.

Monsfogueri
Veterano
# jun/10
· votar


makumbator
Vai voltar sim...2070 está chegando cumpádi!

Eu tenho receio disso cara, de eu estar com 50 ou 60 anos, curtindo Led Zeppelin, uma banda, q nesse futuro, vai ter acabado a qse 90 anos, vai ser estranho, pq meus filhos ou netos concerteza estarão curtindo alguma coisa como emo misturado com musica eletrônica..

Mas isso, se até lá, guitarras ainda existirem...

Mamarques
Veterano
# jun/10
· votar


cara, tem dia que estou super a fim de ouvir black label society, metallica e tem dias que estou a fim de ouvir guns, motley crue...

como o amigo Rough disse, emocore e funk nao prestam...tem muitos outros qe nao gosto, + quanto a rock, sou bem ecletico tb

J. S. Coltrane
Veterano
# jun/10
· votar


Para mim identidade é a sua pegada na guitarra. Você vai usar essa pegada para tocar o que quiser, mas ela vai sempre se manter, pois é a sua relação com o instrumento.

rodsom
Veterano
# jun/10
· votar


Comecei me forçando a isso, pra não enjoar das coisas, agora já é natural ficar trocando.

ê, se o cara solta uma dessa no OT....

Fisioterapeuta
Veterano
# jun/10
· votar


faça assim o, aumente o cartao dem emoria do celular e coloque todas as musicas de todos os estilos

Surita
Veterano
# jun/10
· votar


Meu amigo, quem é bom mesmo não fica previsível, veja Led Zeppelin por exemplo, cada música é um estilo diferente (compare Stairway to Heaven, Black Dog, D'Yer Mak'er e Going to California, não tem nada a ver uma com a outra!!). Por isso que, na minha opinião, e a melhor banda da história.

Agora isso é normal. O meu Ipod é a maior salada, só não entra Pop, Rap, Emo, Funk (carioca, não estilo Red Hot), Axé e Sertaneja, mas tenho desde Country, Bossa Nova e Rock Clássico até Folk Metal Nórdico.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Síndrome do gosto variável