Como descobrir o campo Harmônico

    Autor Mensagem
    Eduardo Petry
    Veterano
    # set/04


    Como eu faço pra descobrir o campo harmônico de uma determinada música??? Queria saber se aquela música já criada é campo maior, menor, menor melódico ou harmônico, pra criar um determinado solo em cima dela, mas não sei como descobrir-lo1 Alguém por favor me ajude!

    fox_123
    Veterano
    # set/04
    · votar


    Cara, isso é um assunto grande e complicado, mas vamos ver no que da....rsrs


    Na tonalidade maior, exemplo em C maior...

    C7M Dm7 Em7 F7M G7 Am7 Bm7(b5) Campo harmônico gerado
    I7M IIm7 IIIm7 IV7M V7 VIm7 VIIm7(b5) Escala maior natural


    Numa progressão, para você descobrir a qual campo harmônico pertence os acordes envolvidos, você deve começar sempre pelo acorde dominante (porque na maioria das vezes ele resolve na tônica, primeiro grau de uma escala), daí você analisa os acordes anteriores ao dominante e depois os posteriores...na tonalidade Menor também funciona da mesma forma...

    Exemplo na tonalidade maior:

    IIm7 IIIm7 IV7M V7 - Escala C maior
    Dm7 Em7 F7M G7

    IIm7 V7 I7M IV7M – Escala Bb maior
    Cm7 F7 Bb7M Eb7M

    Você deve tocar a escala do Campo Harmônico em questão, sobre seus acordes diatônicos..

    fox_123
    Veterano
    # set/04
    · votar


    Agora nas menores..

    Cm7 Dm7(b5) Eb7M Fm7 Gm7 Ab7M Bb7
    Im7 IIm7(b5) bIII7M IVm7 Vm7 bVI7M VII7 Escala menor natural

    Cm(7M) Dm7(b5) Eb7M(#5) Fm7 G7 Ab7M Bº
    Im(7M) IIm7(b5) bIII7M(#5) IVm7 V7 bVI7M VIIº Escala harmônica

    Cm(7M) Dm7 Eb7M(#5) F7 G7 Am7(b5) Bm7(b5)
    Im(7M) IIm7 BIII7M(#5) IV7 V7 VIm7(b5) VIIm7(b5) Escala melódica


    Numa progressão usando acordes vindos das tres formas da escala menor, na tonalidade de C menor:

    Natural Melódica Natural Harmônica
    Im7 VIm7(b5) bVI7M V7
    Cm7 Am7(b5) Ab7M G7

    Repare que o sexto grau, so é “menor com sétima e bemol cinco” na escala de DO menor Melódica. Mas embora existam acordes que saem da Escala harmônica, semelhantes aos acordes das outras duas escalas menores, a escala menor harmônica tem sua melhor utilização sobre os acordes dominantes, quando estes preparam a tônica, por isso usei a escala menor natural no acorde Ab7M, que é “sexto grau maior com sétima maior” de ambas as escalas menor natural e menor harmônica...

    Espero ter ajudado

    fox_123
    Veterano
    # set/04
    · votar


    Bixo, ficou meu embolado!rsrs, mas ve se da pra entender...

    Um abraço

    Eduardo Petry
    Veterano
    # set/04
    · votar


    fox_123

    Valeu pela mão!!! Abração!

    K2_Loureiro
    Veterano
    # 21/mar/21 17:58 · Editado por: K2_Loureiro
    · votar


    Pessoal, me ajudem aí:

    Uma mesma música apresenta na introdução os acordes E, G#, A e B. Porém a base da música fica em E, G#m e B. Que campo harmônico é/são este(s)?

    Obrigado, abraço!

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 21/mar/21 18:34
    · votar


    Ta em lá maior

    I II III IV V IV VII
    A B C# D E F# G#

    Esse G#menor da base ele tirou de F# menor ou A menor, me corrijam se eu estiver errado.

    makumbator
    Moderador
    # 21/mar/21 18:53 · Editado por: makumbator
    · votar


    Juquinhaa
    Ta em lá maior

    I II III IV V IV VII
    A B C# D E F# G#


    Os acordes de si maior, dó# maior, fá# maior e sol# maior não pertencem ao campo harmônico de lá maior.

    A sequência de tríades é sempre:

    I - acorde maior
    II - acorde menor
    III - acorde menor
    IV - acorde maior
    V - Acorde maior
    VI - acorde menor
    VII - tríade diminuta

    Em tétrades vai ser:

    I - acorde de sétima maior
    II - acorde de sétima menor
    III - acorde de sétima menor
    IV - acorde de sétima maior (subdominante)
    V - Acorde de sétima dominante (acorde maior com sétima menor)
    VI - acorde de sétima menor
    VII - acorde meio diminuto

    Então, o campo harmônico de lá maior tem os seguintes acordes:

    I - A
    II - Bm
    III - C#m
    IV - D
    V - E
    VI - F#m
    VII - G# dim

    Em tétrades:

    I - Amaj7
    II - Bm7
    III - C#m7
    IV - Dmaj7
    V - E7
    VI - F#m7
    VII - G#m7 (b5) - acorde meio diminuto

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 21/mar/21 19:34
    · votar


    Juquinhaa
    Ta em lá maior

    I II III IV V IV VII
    A B C# D E F# G#

    Os acordes de si maior, dó# maior, fá# maior e sol# maior não pertencem ao campo harmônico de lá maior.

    Ele não especificou a qualidade dos acordes, não sou leitor de cifras, não sabia que automaticamente era tudo maior. Pra mim isso deve ser progressão de powerchord kkkkk

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 21/mar/21 20:34
    · votar


    Juquinhaa
    Ta em lá maior

    I II III IV V IV VII
    A B C# D E F# G#

    Os acordes de si maior, dó# maior, fá# maior e sol# maior não pertencem ao campo harmônico de lá maior.

    Ele não especificou a qualidade dos acordes, não sou leitor de cifras, não sabia que automaticamente era tudo maior. Pra mim isso deve ser progressão de powerchord kkkkk

    ta em mi maior,toquei a progressão toda em triades

    LeandroP
    Moderador
    # 21/mar/21 20:52
    · votar


    Uma mesma música apresenta na introdução os acordes E, G#, A e B. Porém a base da música fica em E, G#m e B. Que campo harmônico é/são este(s)?

    Tudo indica que esteja em Mi maior.

    K2_Loureiro
    Veterano
    # 21/mar/21 21:09
    · votar


    Mas esse G# é empréstimo modal?

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 21/mar/21 21:43
    · votar


    Mas esse G# é empréstimo modal?
    não, em mi maior esse G# é menor

    LeandroP
    Moderador
    # 21/mar/21 21:54 · Editado por: LeandroP
    · votar


    K2_Loureiro

    Se a terça maior do G# aparece, então não tem outro jeito, senão encarar como um acorde maior. Não se trata de um acorde de empréstimo modal, embora ele não pertença a tonalidade de Mi maior. De toda forma, é um acorde isolado, e a minha interpretação é que se trata de um acorde de aproximação cromática: G# --> A.

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 21/mar/21 22:37
    · votar


    K2_Loureiro

    Se a terça maior do G# aparece, então não tem outro jeito, senão encarar como um acorde maior. Não se trata de um acorde de empréstimo modal, embora ele não pertença a tonalidade de Mi maior. De toda forma, é um acorde isolado, e a minha interpretação é que se trata de um acorde de aproximação cromática: G# --> A.

    mas não é comum fazer essa troca, maior/menor e vice-versa?mas faz sentido esse G# maior encaminha legal pro lá maior,dependendo do contexto. essa progressão com esse g# maior soa flamenco

    makumbator
    Moderador
    # 21/mar/21 22:43 · Editado por: makumbator
    · votar


    Juquinhaa
    Ele não especificou a qualidade dos acordes, não sou leitor de cifras, não sabia que automaticamente era tudo maior.

    O padrão é que se não há mais nada junto da letra o acorde é tríade maior, e se for powerchord deve ser notado como X5 (C5, D#5, Ab5, etc...)

    E na verdade ele especificou sim a qualidade dos acordes, pois na segunda parte da progressão ele disse que há um G#m. Logo, todos os demais acordes que ele mostrou devem ser entendidos como maiores.

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 21/mar/21 22:54
    · votar


    Juquinhaa
    Ele não especificou a qualidade dos acordes, não sou leitor de cifras, não sabia que automaticamente era tudo maior.

    O padrão é que se não há mais nada junto da letra o acorde é tríade maior, e se for powerchord deve ser notado como X5 (C5, D#5, Ab5, etc...)

    E na verdade ele especificou sim a qualidade dos acordes, pois na segunda parte da progressão ele disse que há um G#m. Logo, todos os demais acordes que ele mostrou devem ser entendidos como maiores.

    sei ler bolinha, cifras to fora hahaha

    LeandroP
    Moderador
    # 22/mar/21 00:23
    · votar


    E na verdade ele especificou sim a qualidade dos acordes, pois na segunda parte da progressão ele disse que há um G#m. Logo, todos os demais acordes que ele mostrou devem ser entendidos como maiores.


    Exatamente!

    LeandroP
    Moderador
    # 22/mar/21 00:31 · Editado por: LeandroP
    · votar


    Juquinhaa

    É bem comum a ocorrência desses acordes, inclusive em música popular.

    Por exemplo, um trecho da música "Último Romântico" do Lulu Santos:


    F#m E B G# A
    Deixa ser pelo coração


    dependendo do contexto. essa progressão com esse g# maior soa flamenco


    Sim, porque o G# também é o Vº grau do relativo menor: C#m

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 22/mar/21 04:08
    · votar


    Juquinhaa

    É bem comum a ocorrência desses acordes, inclusive em música popular.

    Por exemplo, um trecho da música "Último Romântico" do Lulu Santos:


    F#m E B G# A
    Deixa ser pelo coração



    dependendo do contexto. essa progressão com esse g# maior soa flamenco


    Sim, porque o G# também é o Vº grau do relativo menor: C#m

    em que contexto uma sexta napoleônica pode ser usada?

    LeandroP
    Moderador
    # 22/mar/21 08:29
    · votar


    Juquinhaa
    em que contexto uma sexta napoleônica pode ser usada?


    Numa guerra rs

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 22/mar/21 12:20
    · votar


    Juquinhaa
    em que contexto uma sexta napoleônica pode ser usada?


    Numa guerra rs

    não seria a sexta faraônica?haha

    LeandroP
    Moderador
    # 22/mar/21 12:22
    · votar


    Juquinhaa

    Acho que você quis dizer "sexta napolitana", não?!

    Juquinhaa
    Membro Novato
    # 22/mar/21 12:41
    · votar


    Juquinhaa

    Acho que você quis dizer "sexta napolitana", não?!

    sim sim tava só brincando haha

    LeandroP
    Moderador
    # 22/mar/21 12:42
    · votar


    °;°

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Como descobrir o campo Harmônico