Tone Vintage versus 3 Bandas de EQ Opinem Aqui Por Favor!

    Autor Mensagem
    Son 5
    Membro Novato
    # 20/set/20 19:31


    Pessoal, preciso de opiniões para tomar uma decisão.

    Solicitei um luthier para construir um Jazz Bass, mas fiquei em dúvda enquanto ao circuito...

    Como os captadores não têm muito ganho, deixa-lo passivo seria má ideia. E não posso gastar muito...

    Então cheguei a duas conclusões:

    TB Tech Impulsionador e Sonorus CP600j4 (diferença de preço de apenas 10 reais...)

    Prós e contras:

    Sonorus CP600j4
    Prós: 3 bandas de equalização; ajuste de volume na placa do circuito.

    Contras: sem o "tone vintage"; precisa de mais buracos para instalação - inclusive um mais largo de pot duplo.

    TB Tech Impulsionador
    Prós: tone vintage, dando uma característica de baixo passivo, funcionando apenas como booster; apenas 3 furos para instalação.

    Contras: sem bandas de EQ (apenas vol,vol e tone); sem ajuste de volume na placa do circuito.

    A questão: se eu optar por um e não gostar do resultado sonoro, terei que trocar por um pré ativo com 3 bandas de equalização, pagar a instalação e ter que fazer mais 2 buracos no baixo OU comprar um pedal Equalizer, tipo o Behringer e etc...

    Se eu optar pelo outro e não gostar, caso deseje deixa-lo passivão, não terá como tapar os buracos extra abertos. Teria que pagar uma nota num circuito talvez até encomendado, que tenha o tone vintage mais as 3 bandas de EQ.

    O que me dizem?

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 20/set/20 21:25
    · votar


    Son 5
    Como os captadores não têm muito ganho, deixa-lo passivo seria má ideia.
    90% das músicas de grande sucesso foram gravadas com baixos passivos.
    Bons captadores fazer a diferença, junto com cordas novas e de qualidade e de um amplificador bom.
    Eu tenho baixos com circuitos Sonorus, mas geralmente construo e toco baixos passivos.
    E nunca senti falta de nada...
    Abç

    makumbator
    Veterano
    # 21/set/20 00:33
    · votar


    Son 5

    Eu prefiro baixos que possibilitem a escolha entre modo passivo e ativo (podendo ser um push-pull ou mesmo uma chave separada). Pra mim é o ideal.

    Tudo depende muito do tipo de música que você gosta de tocar. Pode ser que um baixo apenas passivo, ou um apenas ativo consiga suprir a necessidade. Mas com certeza um instrumento que oferece as duas configurações pra mim é mais interessante (mesmo que boa parte do repertório que eu toque seja com circuito ativo, gosto de variar para o passivo de vez em quando).

    Son 5
    Membro Novato
    # 21/set/20 02:58
    · votar


    90% das músicas de grande sucesso foram gravadas com baixos passivos.
    Bons captadores fazer a diferença, junto com cordas novas e de qualidade e de um amplificador bom.
    Eu tenho baixos com circuitos Sonorus, mas geralmente construo e toco baixos passivos.
    E nunca senti falta de nada...
    Abç

    Obrigado M.L. Bertola! Abç!

    Eu prefiro baixos que possibilitem a escolha entre modo passivo e ativo (podendo ser um push-pull ou mesmo uma chave separada). Pra mim é o ideal.

    Tudo depende muito do tipo de música que você gosta de tocar. Pode ser que um baixo apenas passivo, ou um apenas ativo consiga suprir a necessidade. Mas com certeza um instrumento que oferece as duas configurações pra mim é mais interessante (mesmo que boa parte do repertório que eu toque seja com circuito ativo, gosto de variar para o passivo de vez em quando).

    makumbator, tbém gosto das duas vibes. Porém tenho usado mais baixo ativo. Toco mtos estilos musicais diferentes. Quase td na verdade. Gosto daquele grave redondo, ou aquela pitada de médio a mais, e tbém do agudo mais estridente dos ativos, mas ao mesmo tempo gosto muito do som do JB passivo.

    Existem estilos musicais que o som passivo encaixa perfeitamente, outros é quase automático a gente dar uma acrescentada em uma das frequências. Em contrapartida a ideia de voltar a ter um JB passivo também me seduz. Mesmo que com booster.

    Possivelmente se eu optar pelo booster, e deixar ele numa vibe passiva, certamente vou fazer uso de algum pedal...

    Infelizmente, pelo menos na realidade daqui é raro ter um ampli nos palcos, sendo ele usado apenas como ampli pra jogar na mesa ou em casos menos frequentes sendo usados como PA. Na maioria das vezes o baixo é ligado direto na mesa. Do contrário, não seria necessário usar pedal pra tirar uma EQ legal :S

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tone Vintage versus 3 Bandas de EQ Opinem Aqui Por Favor!