Compositor Barroco - Johann Gottlieb Graun

    Autor Mensagem
    Adler3x3
    Veterano
    # nov/14 · Editado por: Adler3x3


    Estava a pesquisar partituras no IMSLP e encontrei um bom material do compositor Johann Gottlieb Graun.
    Desconhecia este compositor, acho que conscientemente nunca tinha ouvido.
    Pesquisei mais no you tube e em outros site e encontrei peças de alta qualidade.

    Site:
    http://imslp.org/wiki/Category:Graun,_Johann_Gottlieb

    Algumas músicas em vídeos no you tube:







    Tem uma peça em especial que estou procurando a partitura é a do:
    - Concerto Grosso em Sol para Flauta, Violino, Viola da Gamba, Violoncelo, Cordas e Baixa Contínuo (Concerto grosso in G for Flute, Violin, Viola da Gamba, Cello, Strings and Bass Continuo).
    Se alguém souber onde baixar a partitura agradeço.
    O bom da música é descobrir antigos compositores, principalmente do período barroco que tanto aprecio, e este compositor entrou na minha lista de favoritos.
    Quero digitar partituras e fazer a modulagem em midi.
    O timbre da Viola da Gamba soa mágico nos meus ouvidos.
    Mais um vídeo:



    Adler3x3
    Veterano
    # out/15
    · votar


    up

    makumbator
    Veterano
    # out/15
    · votar


    Adler3x3

    Já havia escutado um concerto para cravo escrito por ele. Acho que já ouvi outras coisas também, mas não me recordo de nada muito marcante. Mas é um bom compositor, sem dúvida.

    - Concerto Grosso em Sol para Flauta, Violino, Viola da Gamba, Violoncelo, Cordas e Baixa Contínuo (Concerto grosso in G for Flute, Violin, Viola da Gamba, Cello, Strings and Bass Continuo).

    Não sei aonde encontrar a partitura. Já viu na sheet music plus?

    O timbre da Viola da Gamba soa mágico nos meus ouvidos.

    O que eu mais gosto do timbre de viola da gamba é seu caráter ás vezes ríspido, quase feio perto da estética de cordas românticas. Mas isso me atrai bastante para a gamba e toda a família. Já toquei violone grosso em uma ocasião (que é parente da gamba e antecedeu o contrabaixo) e gostei muito. Se tivesse dinheiro encomendaria um com luthier.

    pianoid
    Veterano
    # out/15
    · votar


    O bom da música é descobrir antigos compositores

    o bom da música é pegar uma partitura que tu nunca viu, tocar e encontrar algo maravilhoso

    Adler3x3
    Veterano
    # out/15 · Editado por: Adler3x3
    · votar


    Pianoid

    E melhor ainda é pegar a partitura como no caso de uma música com dezenas de instrumentos e digitar no editor de partituras e depois exportar o arquivo para a DAW, e fazer o processo de humanização, isto é a sua interpretação da música.
    A medida que o projeto vai evoluindo, já com as primeiras linhas você vai se empolgando, e sente a música, como eu gosto de dizer "por dentro"
    Claro as dificuldades são enormes para humanizar, mas é um processo que gosto de fazer, muito estimulante e gratificante, pois afinal pessoas normais como nós nunca vão ter acesso a uma orquestra completa.
    Mas pegar uma música só para piano ou orgao e tocar também é muito gratificante.
    Mas muitas vezes não temos a técnica suficiente para tocar tais peças num instrumento real, e aí a DAW é o melhor caminho junto com o teclado musical moderno.
    Tem um outra partitura para piano que agora não me lembro o título, só para piano mas muito complexa para tocar, tem partes que cada dedo toca num tempo diferente, tem que ser um exímio e virtuoso pianista para conseguir isto, e até para montar os acordes e melodias paralelas no editor de partituras é difícil.
    Mas neste caso você percebe a magnitude da obra.
    Mas as vezes , e na maioria das vezes conforme a complexidade, principalmente com relação ao tempo, temos que ter uma gravação de referência para editar ou tocar bem.

    Pianoid escreveu:

    "o bom da música é pegar uma partitura que tu nunca viu, tocar e encontrar algo maravilhoso"

    Já teve vários casos em que fiz esta descoberta, músicas simplesmente esquecidas, em que é difícil até de achar uma gravação, ou que simplesmente ninguém gravou.
    E na maioria dos casos são músicas de porte e extensas, estou trabalhando num concerto do Telemann a mais de um ano, e tenho que usar uma lupa para poder conseguir ler direito na partitura original escaneada., e até aprender algumas coisas novas (mas antigas) sobre a notação musical, e assim o progresso é bem lento, mas gratificante, e a cada compasso que consigo decifrar e fazer direito, vem a recompensa, e esta peça muito embora esteja usando instrumentos virtuais esta soando incrivelmente bem, o que me leva a não desistir e ir até o final.

    Mesmo o Canon in D de Pachelbel que a princípio pode parecer meio repetitivo tem uma progressão e desenvolvimento com muitas nuances e também já faz mais de um ano que estou a me dedicar para gravar este peça com qualidade, que estou conseguindo fazer soar bem, mas ainda tem muitos compassos para acertar direito, as vezes o software se nega a aceitar certas notas, nem tudo é perfeito ainda na notação por softwares.

    E este concerto do J Graun entrou na minha lista de gravações a fazer, não importa quanto tempo demore, pois é uma peça longa.

    pianoid
    Veterano
    # out/15 · Editado por: pianoid
    · votar


    ok, vou ficar de olho

    e ainda bem que há DAWs e pessoas como você e o livre canal que éa internet, pq concertos ao vivo tem r repertório bem limitado

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Compositor Barroco - Johann Gottlieb Graun