acordes na orquestra sinfonica

    Autor Mensagem
    bilico
    Veterano
    # abr/14


    ola

    uma vez eu li em um livro de : orquestração sobre acordes na orquestra .
    dizia que se um acorde fosse tocado com um instrumento que não tem numero suficiente para as 3 ou 4 notas do acorde se usava um outro instrumento para preencher este acorde .

    exemplo : se fosse tocado um acorde maior no trumpet e este só possui 2 trompetes em toda orquestra , usaria o oboé na terça :

    trompete : Dó
    oboé : Mi
    trompete : Dó

    ai vem a pergunta :

    alguem conhece algum material ( livro , site , etc ... ) em portugues , ingles ou espanhol que possua a descrição de todos estes " preenchimento " de acordes na orquestra sinfonica ???

    valeu , origado

    Die Kunst der Fuge
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    Não entendi direito sua dúvida. Mas acho que a maneira mais básica e simples de pensar nos acordes é pensar separado em famílias (cordas, metais, madeiras).

    Sobre voicings e dobras, esse artigo aqui é bem sucinto e trata do tema:

    http://bennewhouse.berkleemusicblogs.com/2009/10/14/chord-voicings-tch aikovsky/

    Repare que a análise segue a separação dos instrumentos em famílias.

    bilico
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    trompete : Dó
    oboé : Mi
    trompete : Dó

    para fazer um acorde com som de trompete na orquestra , sendo que só temos 2 trompetes , se usa o oboe na terceira do acorde .

    ai o acorde fica com som de trompete .

    voce nunca ouviu falar disso ?

    Die Kunst der Fuge
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    bilico

    Agora entendi. Não lembro de ter ouvido falar disso. Mas ainda apostaria em manter na mesma família.

    makumbator
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    bilico

    Há vários livros sobre orquestração e instrumentação de orquestra. Mas não há regras estanques sobre como se deve "espalhar" um acorde sobre os instrumentos da orquestra (majoritariamente melódicos, mesmo que nos naipes se possa usar divisi e linhas diferentes entre o primeiro e segundo (e demais) instrumentos).

    Lembre-se que não é preciso pensar na orquestra como um mero "gerador de acordes". Pode-se atuar de maneira polifônica em certos naipes, enquanto outros são mais de base rítmica, outros mais ligados a sustentar a harmonia, outros podem ficar calados, etc...

    O que você precisa de início é conhecer as tessituras de cada instrumento (e a região mais usada, que é sempre menor que a tessitura completa), suas técnicas, características (o que ele faz melhor, o que é fácil e comum no instrumento, o que é difícil, o que é incomum, impossível...etc...), como eles se combinam com outros instrumentos, entre muitas outras coisas.

    makumbator
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    bilico
    para fazer um acorde com som de trompete na orquestra , sendo que só temos 2 trompetes , se usa o oboe na terceira do acorde

    Use 3 ou mais trompetes. Várias peças tem 4 trompetes (por exemplo). Há os outros metais também! Não esqueça deles

    bilico
    Veterano
    # abr/14 · Editado por: bilico
    · votar


    bom


    eu li isso em um livro de orquestração em ingles .

    no caso : quando voce quer um acorde e não tem instrumentos suficientes para todas as notas , rola esse preenchimento com outras seções .

    parece que dizia que isso era usado principalmente muito tempo atras onde faltavam musicos na orquestra e ai tinham que arrumar uma solução .

    hoje em dia eu usaria como " efeito " ao tocar acordes na orquestra

    até

    makumbator
    Veterano
    # abr/14 · Editado por: makumbator
    · votar


    bilico
    quando voce quer um acorde e não tem instrumentos suficientes para todas as notas , rola esse preenchimento com outras seções .

    Claro, esse tipo de adaptação é corriqueira ainda hoje (é comum em orquestra um instrumento tocar a parte de outro parecido, ou executar seus trechos mais importantes, a fim de se contornar faltas de músicos, inexistência de instrumentista X ou Y na orquestra, etc...).

    Mas você pode combinar a linha dos trompetes com os trombones (por exemplo), ou trompas, etc...

    Obviamente nada impede de usar o oboé (mesmo que ele não tenha o peso e agressividade que um trompete consegue, pois sua natureza é diferente).

    Mas pode-se pedir partitura 3 ou 4 trompetes também. Isso é comum (vale o mesmo para pedir 4 trompas, ao invés das habituais duas, etc...)

    Jabijirous
    Veterano
    # abr/14
    · votar


    bilico
    Vc pode fazer o que quiser, mas note que 1 oboé contra 2 trompetes, por mais que o timbre seja marcante, vai ficar desequilibrado. Se você tem duas notas dó, você pode colocar o oboé dobrando o dó e fechar a terça com o mesmo timbre.

    Ken Himura
    Veterano
    # mai/14
    · votar


    bilico
    Nesse exemplo aí, eu preferiria usar trompete + trompa. Oboé praticamente sumiria frente a dois trompetes.

    Mas claro que existem combinações incomuns, depende muito do contexto e do efeito que o compositor/orquestrador quer.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a acordes na orquestra sinfonica