Violoncelo chinês bom?

Autor Mensagem
cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover


O som de um violoncelo chinês bom. Quem sabe um dia eles chegam por aqui também....



Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


cellolover

Eu gostei do timbre.

Queria que alguém que toca bem assim fizesse uma gravação de qualidade com um cello chinês desses normais, regulado e com cordas boas.

Conhece alguma gravação assim?

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


Die Kunst der Fuge

Olá. Infelizmente não conheço....e provavelmente não deve existir. Repetir uma gravação assim é complicado....O cellista é primeira estante da Phenix, deve ter ganhado uma boa grana para ser endorser da marca. E os microfones, o teatro, tudo deve ter custado bastante dinheiro.

O ideal seria repetir o que foi feito, usando o mesmo equipamento para dois cellos, um chinês desse nível (aqui no Brasil não sei de alguém que tenha um), e um chinês inferior. Assim mesmo alguém poderia dizer que o som foi manipulado....O melhor mesmo seria comparar os dois cellos ao vivo....mais difícil ainda....

Eu nunca ouvi esse cello em particular. Já ouvi outros chineses mais ou menos do mesmo nível (estou me baseando no preço deles nos EUA). E já ouvi um Eagle 300 bem regulado. A diferença é brutal, mas usando um equipamento não profissional de gravação, essa diferença pode parecer muito menor. Quem sabe no futuro, talvez esses chineses melhores cheguem por aqui. E a gente possa experimentar ao vivo....Abraços!!

Dr Nick
Veterano
# out/11
· votar


seria bom ter essa opção na hora de comprar um cello, ta certo que nao seria barato, mas acho que valeria a pena

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


Dr Nick

Se eles chegassem mais ou menos pelos mesmos preços dos EUA esses chineses teriam um custo a partir de 4000 reais.

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


cellolover
O cellista é primeira estante da Phenix, deve ter ganhado uma boa grana para ser endorser da marca. E os microfones, o teatro, tudo deve ter custado bastante dinheiro.

Eu nem sou tão exigente assim, pra mim não precisaria ser em teatro e nem com equipamento tão caro assim.

O nosso amigo aqui do fórum makumbator toca muito bem e gravou na casa dele, com equipamentos bons, mas não tão caros quanto esse do vídeo. Acho que isso estaria suficiente pra mim, só que queria que fosse com cellos.

Só pra ouvir numa gravação boa como se comportaria um cello chinês entry-level, regulado e com boas cordas, tocado por alguém que toca bem, entendeu?

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Die Kunst der Fuge

Olá. Bem, no caso talvez sirva o que eu fiz. (não sei se eu me enquadraria na categoria "alguém que toca bem"...) Há um tempo atrás, num post sobre cellos do hpept ele se queixava de uns problemas com o cello dele e comentamos sobre as cordas Calixto (o makumbator também postou e ele conhecia as Calixto para Baixo) . Como eu nunca tinha usado, fiquei de experimentar e comentar o resultado. Experimentei num cello Eagle 300 e no meu. Como controle, fiz gravações para poder ouvir também distante dos dois cellos e poder apreciar melhor. E gravei também com um jogo de cordas profissional idêntico nos dois cellos. Como o hpept não apareceu mais no fórum, acabei não comentando os resultados, mas gravei uma escala e um trecho de uma Sonata para cello do Brahms porque o início dela percorre os registros grave e agudo do cello. Gravei usando o Realista, que é um pick-up e não um microfone, ligado a um receiver comum de áudio, com um driver (acho que é esse o nome) emprestado pelo dono do Eagle, ligado a um notebook. Acho que a gravação ficou ruim do ponto de vista da qualidade sonora, mas se quiser posso disponibilizar o áudio com o Eagle e com o meu cello. Só não sei como fazer isso, se é que é possível aqui no fórum...Abraços!!

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


cellolover
(não sei se eu me enquadraria na categoria "alguém que toca bem"...)

Sei que pode não estar diretamente relacionado, mas pelos seus textos e conhecimento que você já demonstrou aqui, aposto que tu toca bagarai!!

Eu queria ouvir sua gravação. Tem como você postar no 4shared?

Você pode fazer o upload aqui nesta pasta que eu fiz pra postarem uns arquivos em comum:

http://www.4shared.com/dir/Ez18H-8M/Sotaques_FCC.html#

Basta clicar no botão "escolher arquivos" lá embaixo e selecionar os arquivos de áudio. Eu posso apagar da pasta depois de baixar e ouvir, caso você queira.

Valeu!

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


Oi Die Kunst der Fuge

Sei que pode não estar diretamente relacionado, mas pelos seus textos e conhecimento que você já demonstrou aqui, aposto que tu toca bagarai!!

Talvez antes. Hoje não sou mais cellista, tenho limitações físicas que impedem um desempenho bom, mas espero que sirva o que postei. Dei upload nos dois arquivos usando nos dois cellos cordas profissionais - lá e ré são Larsen, sol e dó SPIROCORE. Já estão na pasta do link que vc. postou.

Valeu! Abraços.

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


cellolover

Muito obrigado pelas gravações! Era exatamente o que eu queria.
Deu pra sacar bem os timbres, gostei dos dois, mas gostei mais do Bergonzi, tem um som bem mais... "rico", aberto. O Eagle tem um som fechado, eu diria. Gostei, não esperava perceber tanta diferença assim!
Pelo que eu li, o Eagle seria escolhido facilmente pra tocar música Húngara e /ou cigana, pois li que o pessoal prefere os instrumentos de corda com som mais fechado.

Hoje não sou mais cellista, tenho limitações físicas que impedem um desempenho bom

O que houve? Tendinite? =(
É uma pena.

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


Oi Die Kunst der Fuge

Legal que as gravações serviram! A diferença entre um cello profissional e um "entry-level" é mesmo muito grande. A gravação não permite perceber mesmo toda a diferença, por que ela limitou muito o som do meu cello e não muito (quase nada) o som do Eagle. Esse Eagle foi o melhor que já ouvi, mas tem um dado importante - ele foi regraduado, então os Eagles normais são muito inferiores a ele pelo que pude ouvir. E a técnica na hora de tocar tb. ajuda um pouco...eheheheh. A grande diferença entre um bom cello e um ruim é mesmo essa que você notou. Um bom cello tem timbre mais rico, com mais profundidade. Importante para peças de concerto...ou que exigem mais expressividade. Os Eagles exigem certos malabarismos para soarem decentes. Por isso mesmo, gostaria de ler sobre isso da música cigana....onde vc. leu?

O que houve? Tendinite? =(É uma pena.

Não foi tendinite...tive excelentes professores, nunca sofri por postura ou coisas do tipo. Sofri um acidente que afetou meu braço esquerdo, impedindo que eu mantivesse um desempenho pró. Na época fiquei abalado claro, mas hoje não lamento tanto assim. Ainda posso curtir o cello como hobby. Abraços!

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
· votar


cellolover
Esse Eagle foi o melhor que já ouvi, mas tem um dado importante - ele foi regraduado

O que seria ser "regraduado" ?

Os Eagles exigem certos malabarismos para soarem decentes. Por isso mesmo, gostaria de ler sobre isso da música cigana....onde vc. leu?

Ehehe foi mais uma suposição da minha parte, tendo em vista que o que eu disse se aplica aos violinos.
Peço desculpas pela fonte que eu tenho, mas acho que na versão em inglês a wikipédia é até um site confiável, pois tem fontes citadas:

http://en.wikipedia.org/wiki/Gypsy_style

"Violin – There doesn't exist an instrument called "Gypsy violin". Players in gypsy style have a preference for violins with a dark tone-quality from which they can draw a special sound. The listener gets the impression that he hears a "Gypsy violin" but that is not so."

Na verdade o que tinha me motivado a ir buscar este texto quando eu o li pela primeira vez foi justamente a minha percepção de que os violinos soavam mais fechados do que eu ouço em música erudita, ai fui dar uma olhada e achei isso.

Você também ouve esse tipo de música? =]

Não foi tendinite...tive excelentes professores, nunca sofri por postura ou coisas do tipo. Sofri um acidente que afetou meu braço esquerdo, impedindo que eu mantivesse um desempenho pró. Na época fiquei abalado claro, mas hoje não lamento tanto assim. Ainda posso curtir o cello como hobby. Abraços!


Entendi. Fico feliz que hoje você tenha superado, o negócio é seguir em frente!
Desculpe a pergunta pessoal, mas o que você faz da vida tem a ver com música? É professor?

Abraço!

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Olá Die Kunst der Fuge

O que seria ser "regraduado" ?
Na verdade o que tinha me motivado a ir buscar este texto quando eu o li pela primeira vez foi justamente a minha percepção de que os violinos soavam mais fechados do que eu ouço em música erudita, ai fui dar uma olhada e achei isso.

Essas características de som que vc. percebe podem estar relacionadas exatamente com a "graduação"(além da técnica ao tocar) que influi muito no timbre, o "darker sound", som mais escuro dos violinos preferidos pelos artistas da música cigana.

Num instrumento de fábrica, o tampo, o fundo e as laterais dos instrumentos sâo escavados por máquinas, sempre com as mesmas medidas de espessura, independentemente das qualidades da madeira usada (que tb. não é a melhor disponível).
Um instrumento feito por um bom luthier é escavado manualmente e as espessuras de cada parte do fundo e do tampo variam de acordo com as características de timbre de cada peça de madeira que ele escolhe.

O Eagle que eu usei teve o tampo regraduado. O dono, meu vizinho de apartamento, levou o cello para um luthier, que descolou o tampo e ajustou as espessuras, para melhorar o som. Isso é um procedimento caro e o cello dele acabou custanto quase 5 mil reais....que seria o preço de um bom chinês como o do vídeo que postei. Mesmo assim, as notas ainda não possuem "foco", precisão de vibração, geram harmônicos imprecisos e isso tb. atrapalha o uso de cellos baratos para uso mais exigente. E os agudos dele tb. não são bons, para suavizá-los é preciso usar técnicas de arcada e ataque diferentes, como eu usei na gravação (os tais malabarismos que eu falei). Então, regraduar ajuda, mas não transforma o instrumento. Melhor pagar mais por um instrumento melhor, se for disponível.

Você também ouve esse tipo de música? =]
Só ouvi as versões "eruditas" de compositores clássicos que adotaram o folclore para fazerem sua própria música. E meu primeiro recital como solista foi com as Rapsódias Húngaras do Popper. Com o cello que vc. ouviu nas gravações. Se quiser ouvir, posso postar.Por isso tenho tenho muito interesse em ouvir esses violinistas que vc. falou. Pode indicar alguma gravação ou postar uma?

Entendi. Fico feliz que hoje você tenha superado, o negócio é seguir em frente!Desculpe a pergunta pessoal, mas o que você faz da vida tem a ver com música? É professor?
Obrigado pela força amigo! É isso aí mesmo.
Quanto á pergunta, sem problemas. Trabalho numa firma, sem ligações com música, mas nunca fico distante de música e cello....eheheh. Dei aulas quando fazia faculdade, mas hoje não posso, não tenho tempo necessário para isso. Obrigado e valeu! Abraço!!

makumbator
Veterano
# out/11
· votar


cellolover

Legais as gravações!

No contrabaixo acústico é comum o lance de pegar instrumento chinês e dar aquele upgrade para deixar minimamente bom: trocar cordas, estandarte, cavalete, eventualmente também as cravelhas. Para uma mudança mais extensa troca-se a escala e o capo. No fim com uma regualgem bem feita fica bem legal, combinando tudo com um bom arco.

Acho que já comentei aqui que tem muito contrabaixista de primeira que usa esse esquema em turnês. Já assisti um workshop do Paulo Russo em que ele comenta e mostra o chinês que usa na "estrada".

Ele deixa o instrumento principal(europeu) em casa e para gravações em estúdio. O chinês dele soa muito bem. Eu mesmo toquei no baixo dele, e é bem legal.

O Paulo Gomes(famoso luthier dedicado ao contrabaixo) faz esse serviço de upgrade. Inclusive, um ex-aluno meu comprou com ele um baixo nesse esquema.

http://www.paulogomes.com.br/

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Olá makumbator

Legais as gravações!

Obrigado por ouvir. É claro que elas não tem nenhuma pretensão estética..como o lance era timbre de cordas e instrumentos (na época que gravei) a interpretação ficou pra trás...a Sonata não deve ser tão lenta e tb. sacrifiquei sutilezas de dinâmica para enfatizar diferenças de timbre. Legal vc. gostar mesmo assim, valeu!

No contrabaixo acústico é comum o lance de pegar instrumento chinês e dar aquele upgrade para deixar minimamente bom: trocar cordas, estandarte, cavalete, eventualmente também as cravelhas. Para uma mudança mais extensa troca-se a escala e o capo. No fim com uma regualgem bem feita fica bem legal, combinando tudo com um bom arco.

Sim!! E isso é feito com os cellos também, como foi feito com o Eagle do meu vizinho, que passou tb. pela regraduação, que é mais drástico...Na Europa e nos EUA muita gente está fazendo upgrades semelhantes com cellos chineses, e alguns nem precisam de mudanças....já tem qualidade suficiente para serem usados como são construídos.
Agora, como vc. postou, um bom arco é fundamental! Sem ele o rendimento de qqer instrumento cai muito.

Inclusive, um ex-aluno meu comprou com ele um baixo nesse esquema.

Então vc. é professor de baixo? Legal!!Dá aulas em alguma faculdade aqui no Brasil?

Visitei o site do Paulo. Muito bom saber que tem um luthier tão competente trabalhando com baixos aqui no Brasil. Conhece alguém do mesmo nível que trabalhe com cellos?

Abraço!!

makumbator
Veterano
# out/11
· votar


cellolover
e alguns nem precisam de mudanças....já tem qualidade suficiente para serem usados como são construídos.

Verdade. Há algumas linhas chinesas até razoáveis. Como em tudo nessa área, é preciso separar o que é aproveitável do lixo.

um bom arco é fundamental! Sem ele o rendimento de qqer instrumento cai muito.

Com Certeza!

Então vc. é professor de baixo? Legal!!Dá aulas em alguma faculdade aqui no Brasil?

Faculdade? Hhassha! Não! Quem dera!
Escola de música mesmo! heheh!

Conhece alguém do mesmo nível que trabalhe com cellos?

Específico para cellos, e de alto nível não conheço. Mas imagino que devem existir alguns pelo Brasil.

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


makumbator
Verdade. Há algumas linhas chinesas até razoáveis. Como em tudo nessa área, é preciso separar o que é aproveitável do lixo.
Muito bem dito!! Sobre Baixos aqui no Brasil, conheço pouco. Os caras que vendem o cello que está no vídeo que postei vendem baixos. Se o Baixo que eles vendem for como o cello, é bem razoável..

Escola de música mesmo! heheh!
Tão importante quanto! Ou até mais. Tenho certeza que vai formar muita gente boa!

Mas imagino que devem existir alguns pelo Brasil.
Certamente! Aqui em Sampa me indicaram um atelier. Entrei no site deles, parecem ser muito bons, mas ainda não pude ir pessoalmente. Quando puder quero visitar a oficina. Abraços!

Dr Nick
Veterano
# out/11
· votar


cellolover

Certamente! Aqui em Sampa me indicaram um atelier. Entrei no site deles, parecem ser muito bons, mas ainda não pude ir pessoalmente. Quando puder quero visitar a oficina. Abraços!

qual o site deles?

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Dr Nick
Olá. O site é o seguinte:

atelier de liutheria

Gostei do fato deles terem o sistema de compra inteligente. Semelhante ao que se faz nos EUA e Europa. Prepare-se- preços de cellos de luthier no nível que eles parecem possuir é alto. Você toca cello?

Dr Nick
Veterano
# out/11
· votar


cellolover

Gostei do fato deles terem o sistema de compra inteligente. Semelhante ao que se faz nos EUA e Europa. Prepare-se- preços de cellos de luthier no nível que eles parecem possuir é alto. Você toca cello?


não conhecia esse sistema, acabei descobrindo como funciona no site deles mesmo, mas, tambem gostei bastante, o preço pode variar, mas, muitas vezes bons cellos se pagam sozinhos.

Você toca cello?


bom, ainda estou aprendendo, comecei a ter aulas no ano passado, faço aulas numa escola de musica daqui que usa o suzuki, por enquanto estou no volume 3, mas tambem uso o dotzauer(método), neste estou no Vol. 1 nº62, alem do double stops, tenho um cello chines(ao nivel brasileiro claro) da marca brescia, por enquanto estou estudando para entrar na graduação em cello(talvez aqui na udesc mesmo).

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
· votar


cellolover

Entendi o que você disse sobre regraduação e sobre contornar os problemas do Eagle modificando a técnica.
Eu não toco violoncelo bem, então eu ainda não tenho essas manhas técnicas ainda, mas eu faço isso com a guitarra, pra obter uns sons diferentes.

Só ouvi as versões "eruditas" de compositores clássicos que adotaram o folclore para fazerem sua própria música.

Liszt, Bartók, Sarasate, quem mais?
Eu tenho uma gravação das orquestrações de algumas Rapsódias Húngaras que o maestro convidou alguns músicos Ciganos Húngaros para tocarem junto com a orquestra! Eles até improvisam :P

E meu primeiro recital como solista foi com as Rapsódias Húngaras do Popper. Com o cello que vc. ouviu nas gravações. Se quiser ouvir, posso postar.

Eu quero ouvir!! Por favor, poste.

Por isso tenho tenho muito interesse em ouvir esses violinistas que vc. falou. Pode indicar alguma gravação ou postar uma?


Eu acho difícil de achar essas músicas, mesmo com a facilidade da internet.
Eu tenho só um cd de música Húngara e alguns poucos de música cigana.

Dois artistas que eu posso citar de cara são o Tata Mirando e um grupo chamado Gypsy Devils. No segundo cd dos Gypsy Devils eles tocaram a Dança Húngara No. 5 do Brahms e a trilha sonora da lista de Schindler, mostrando como que seria mesmo à maneira cigana ehehe

Vou fazer uma seleção aqui de artistas e te passo.

Obrigado pela força amigo! É isso aí mesmo.
Quanto á pergunta, sem problemas. Trabalho numa firma, sem ligações com música, mas nunca fico distante de música e cello....eheheh. Dei aulas quando fazia faculdade, mas hoje não posso, não tenho tempo necessário para isso. Obrigado e valeu! Abraço!!


Entendi, imaginei que você trabalhasse com música, pelo seu conhecimento e tal...
Enfim, o bom é que você ainda toca!
Abraço.

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Die Kunst der Fuge
Liszt, Bartók, Sarasate, quem mais?Eu tenho uma gravação das orquestrações de algumas Rapsódias Húngaras que o maestro convidou alguns músicos Ciganos Húngaros para tocarem junto com a orquestra! Eles até improvisam :P

Mais alguns, Dvorak, Brahms, Popper, Kodaly...
Essa gravação deve ser muito legal. E com improviso melhor ainda. Vou procurar. Os Devils devem ter cd no mercado externo, não? Vou voltar para os EUA logo e lá devo encontrar...pelo menos espero ehehehe.

Eu não toco violoncelo bem, então eu ainda não tenho essas manhas técnicas ainda, mas eu faço isso com a guitarra, pra obter uns sons diferentes

Então vc. tb. toca cello? Legal. Esses truques dependem de tempo com o instrumento e um bom professor, então não tenha pressa. Legal vc. tocar guitarra tb....eu só toco cello mesmo....rsssss....

Eu quero ouvir!! Por favor, poste.
Vou tentar, mas o arquivo é muito grande e não sei como reduzir. Vou abrir uma conta no site que vc. usou e aí acho que consigo postar. Vc. vai poder dizer se com um cello de som mais aberto fica legal tb. embora não seja música cigana autêntica, e sim um erudito escrevendo à la cigana.

Entendi, imaginei que você trabalhasse com música, pelo seu conhecimento e tal...Enfim, o bom é que você ainda toca!

Não mais. Mas fui cellista profissional. Talvez daí venha o conhecimento que vc. falou, e também dos tempos da faculdade, dei sorte de fazer uma boa faculdade, com bons professores, mas é claro, sempre tem lacunas no que a gente sabe. Nessa área de música, sempre tem gente que sabe muito mais....Aguardo suas indicações sobre os grupos de música cigana. Essa é uma das áreas em que a lacuna é gde...heheheheh. Abraços!

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


Dr Nick
Legal saber dos seus planos. Então vai ser cellista como eu fui. Boa sorte!!! Gosto do Dotzauer. Dá um bom início de técnica, muito seguro. Os estudos também são bons, acho que seu professor ou professora tb. vai usá-los. Boa sorte no seu caminho no cello. Se puder ajudar, conte comigo. Abraços!

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


cellolover
Mais alguns, Dvorak, Brahms, Popper, Kodaly...

Não conhecia estes dois últimos, vou dar uma checada neles!

Lembrei do Ravel que tem uma peça também!

Essa gravação deve ser muito legal. E com improviso melhor ainda.

Sim, eu acho bem legal, eu esqueci de falar, mas são as Rapsódias Húngaras do Liszt. A gravação em questão é do maestro Iván Fischer, você acha fácil na Internet.

Vou procurar. Os Devils devem ter cd no mercado externo, não? Vou voltar para os EUA logo e lá devo encontrar...pelo menos espero ehehehe.


Sim, tem em CD sim, mas você não ouve mp3 não? Aí é mais fácil de achar =P

Então vc. tb. toca cello? Legal. Esses truques dependem de tempo com o instrumento e um bom professor, então não tenha pressa. Legal vc. tocar guitarra tb....eu só toco cello mesmo....rsssss....


Bem, eu tenho um cello ehehe dai a tocar já são outros quinhentos. Eu não tenho rotina de estudos, só toco por hobby mesmo, sem muito compromisso, no máximo dou uma lida e vejo uns vídeos no youtube sobre o assunto, mas não tenho professor, gosto de sentar e ficar tocando algumas coisas. Ultimamente eu tenho gostado muito mais só de ouvir música do que de tocar, não tenho mais tanta empolgação pra tocar assim, sabe? E sobre tocar guitarra, bem eu enrolo só, se você quiser dar uma ouvida, acho que vai te interessar essa gravação do nosso colega makumbator que eu participei, tocamos Bach pra duas guitarras, espero que você não ache muita heresia:

http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/263139/

Vou tentar, mas o arquivo é muito grande e não sei como reduzir. Vou abrir uma conta no site que vc. usou e aí acho que consigo postar. Vc. vai poder dizer se com um cello de som mais aberto fica legal tb. embora não seja música cigana autêntica, e sim um erudito escrevendo à la cigana.

Eu não tenho a mesma preferência que o pessoal cigano não, então eu aposto que vou gostar sim ehehehehe
O arquivo é grande porque está em qual formato? Wave? Flac? Se for o caso você pode converter pra mp3 de 320 ou 256 kbps.

Não mais. Mas fui cellista profissional. Talvez daí venha o conhecimento que vc. falou, e também dos tempos da faculdade, dei sorte de fazer uma boa faculdade, com bons professores, mas é claro, sempre tem lacunas no que a gente sabe. Nessa área de música, sempre tem gente que sabe muito mais....Aguardo suas indicações sobre os grupos de música cigana. Essa é uma das áreas em que a lacuna é gde...heheheheh. Abraços!

Muito legal! E já foi até solista!
Você tem mais gravações suas tocando também? Podia postar aí pra gente ouvir.

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Oi Die Kunst der Fuge

Lembrei do Ravel que tem uma peça também!

Sim, é a Tzigane, é bem vibrante!!Gosto muito.

Sim, tem em CD sim, mas você não ouve mp3 não? Aí é mais fácil de achar =P

Sim, ouço mp3 sem problemas, mas quero ter o cd tb....rssss.....

acho que vai te interessar essa gravação do nosso colega makumbator que eu participei, tocamos Bach pra duas guitarras, espero que você não ache muita heresia:

Ouvi e gostei. Parabéns!! Fiquei surpreso com o resultado nas guitarras. As vozes ficaram muito bem definidas! E ficou um som muito bonito. Às vezes lembra mesmo a execução em cravo. Não acho heresia não. Acho que em se tratando de música, o que importa é qualidade e vcs. fizeram um trabalho com qualidade, está tudo legal....andamento, timbre, qualidade de som.... e mais impressionante é que são dois músicos! Estão muito bem integrados...difícil conseguir isso tb. Parabéns de novo!

O arquivo é grande porque está em qual formato? Wave? Flac?
Copiei do cd usando windows e ficou com 40 M. Vou falar com meu vizinho, ele entende bem dessas coisas de digital. Ele reduz e aí eu posto.

Muito legal! E já foi até solista!Você tem mais gravações suas tocando também? Podia postar aí pra gente ouvir.

Não fui solista profissional. Essa gravação é de um recital na faculdade. Tenho outras sim, desse recital e de outro, tb, um evento sobre as obras de Beethoven para solistas (violino e cello). Eu fui o solista no cello. Toquei profissionalmente somente em orquestras. Como solista, só alguns concertos, mas nada comercial (sem cobrança de ingressos). Abraços!! Quando postar o arquivo, aviso! Valeu!
















Envia sua resposta para este assunto


makumbator
Veterano
# out/11
· votar


cellolover
Ouvi e gostei. Parabéns!! Fiquei surpreso com o resultado nas guitarras. As vozes ficaram muito bem definidas! E ficou um som muito bonito.

Opa! Obrigado!

Copiei do cd usando windows e ficou com 40 M. Vou falar com meu vizinho, ele entende bem dessas coisas de digital. Ele reduz e aí eu posto.

Vc pode usar esse programinha grátis e minúsculo para passar para Flac(que é uma especie de zip de wav, sem compressão sonora). O arquivo descomprimido em wav volta a ter o mesmo tamanho e qualidade do original que gerou o flac:

http://flac.sourceforge.net/download.html

É bem simples, basta arrastar os arquivos para a janela e clicar em decode no caso de serem flacs(querendo voltar para wav) ou em encode no caso de serem wav(no caso de querer passar para flac). No encode pode colocar o nível 8 de compressão arquivo, assim fica menor.

Esse formato é o preferido de entusiastas de música erudita que curtem baixar áudio, pois não compromete a qualidade.

cellolover
Veterano
# out/11 · Editado por: cellolover
· votar


Oi makumbator
Die Kunst der Fuge

Esse formato é o preferido de entusiastas de música erudita que curtem baixar áudio, pois não compromete a qualidade.
Bom, mesmo usando a compressão máxima, em FLAC ainda ficou grande, então usei outro formato (ogg). Comprometeu um pouco a qualidade, mas ainda dá prá ouvir. Aqui vai o link:

http://www.4shared.com/account/dir/FTZomWEb/_online.html?&rnd=55#dir=1 22631795

Foi um recital na faculdade de Santa Bárbara em 1989. Abraços!

makumbator
Veterano
# out/11 · Editado por: makumbator
· votar


cellolover
Bom, mesmo usando a compressão máxima, em FLAC ainda ficou grande

É, ele diminui bastante, mas como não altera a qualidade, o tamanho ainda pode ficar grande perto de um mp3 ou similar.



Foi um recital na faculdade de Santa Bárbara em 1989. Abraços!


Aqui eu recoloquei o link para abrir no tocador integrado ao site(assim quem quiser ouvir em streaming pode fazê-lo)

http://www.4shared.com/audio/PiJE-A4I/StaBRecital.html


A gravação soa muito bem tecnicamente. Gostei muito da reverberação do local, fundiu bem o piano e cello.

Musicalmente está muito bonito! Tanto o cello quanto o piano. Muito afinado e bem articulado. Adorei!!

Destaque para as várias pequenas cadências virtuosísticas.

Parabéns!

P.S.

Vc diz que está parado profissionalmente na música, mas ainda toca nesse nível técnico da gravação ou houve alguma queda perceptível? Pergunto isso por mera curiosidade para checar o efeito desse tipo de situação em alguém que tocava profissionalmente e depois passou a fazer outras coisas.

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


cellolover
Sim, é a Tzigane, é bem vibrante!!Gosto muito.

Ahaha legal conversar com o pessoal daqui que sabe do que eu tô falando :)

Sim, ouço mp3 sem problemas, mas quero ter o cd tb....rssss.....

Entendi.
Por mp3 você acha fácil na internet, eu vou procurar uns links e te passar.

Ouvi e gostei. Parabéns!! Fiquei surpreso com o resultado nas guitarras. As vozes ficaram muito bem definidas! E ficou um som muito bonito. Às vezes lembra mesmo a execução em cravo. Não acho heresia não. Acho que em se tratando de música, o que importa é qualidade e vcs. fizeram um trabalho com qualidade, está tudo legal....andamento, timbre, qualidade de som.... e mais impressionante é que são dois músicos! Estão muito bem integrados...difícil conseguir isso tb. Parabéns de novo!


Poxa, muito obrigado mesmo! \o\
Fico feliz que o resultado tenha agradado alguém que é do meio :D
Valeu mesmo, fico feliz que tu tenha gostado.

Não fui solista profissional. Essa gravação é de um recital na faculdade. Tenho outras sim, desse recital e de outro, tb, um evento sobre as obras de Beethoven para solistas (violino e cello). Eu fui o solista no cello. Toquei profissionalmente somente em orquestras. Como solista, só alguns concertos, mas nada comercial (sem cobrança de ingressos). Abraços!! Quando postar o arquivo, aviso! Valeu!


Entendi!
Pode citar algumas peças em que você já foi solista? E quais você mais gostou de tocar com orquestra?

Comprometeu um pouco a qualidade, mas ainda dá prá ouvir. Aqui vai o link:

http://www.4shared.com/account/dir/FTZomWEb/_online.html?&rnd=55#dir=1 22631795


Muito bom!!
Adorei, achei muito lindo!
Não tenho muita propriedade pra falar, mas adorei seu timbre, seu vibrato, sua expressividade. Eu não vejo diferença no que você tocou pros concertos profissionais que eu vou, parabéns mesmo =']

Tem mais aí? Essa do Popper tem uns temas que o Liszt também usou, bem legal quando eu identifiquei.

cellolover
Veterano
# out/11
· votar


Oi makumbator
Aqui eu recoloquei o link para abrir no tocador integrado ao site(assim quem quiser ouvir em streaming pode fazê-lo)

Legal, agradeço! Tentei ouvir em streaming mas a página que abriu só ofereceu opção de download, então acho que preciso configurar alguma coisa....o que seria? Assim posso ouvir outros posts em streaming tb. :)

A gravação soa muito bem tecnicamente. Gostei muito da reverberação do local, fundiu bem o piano e cello.Musicalmente está muito bonito!
Obrigado por ouvir e pelos comentários....Que bom que gostou. A acústica do anfiteatro da faculdade é excelente e quem gravou foi o pessoal técnico de lá, então ficou legal.
A pianista que me acompanhou era colega de faculdade. Tocamos muito juntos e ela era realmente ótima. Legal vc. ter notado! Muito obrigado pelos elogios! Fazia tempo que não ouvia essas gravações, é engraçado como agora percebo quanta influência meu professor teve nessa interpretação! Hoje, se pudesse, tocaria diferente rsssss....

Vc diz que está parado profissionalmente na música, mas ainda toca nesse nível técnico da gravação ou houve alguma queda perceptível?

Na realidade, como comentei em outro post, parei justamente porque perdi a possibilidade de manter o nível das performances. Do contrário, continuaria sendo músico profissional até hoje, com certeza. Lesionei meu braço esquerdo num acidente e isso comprometeu minha performance. Estava me preparando para ser solista profissional. Poderia dar certo e poderia não dar, em todo caso, ainda tenho contato com ex-colegas e sempre que posso frequento Master- Classes, mesmo só como ouvinte...É ótimo tb. Então acho que eu não vou poder satisfazer sua curiosidade especificamente, mas acho que quando vc. está trabalhando como músico, como era meu caso, a própria atividade te obriga a manter um alto rendimento. Sem trabalhar no meio, provavelmente eu hoje tb. não teria o mesmo desempenho da época, acredito. Abraços, valeu!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Violoncelo chinês bom?