UK elege Boris Johnson (O Trump do outro lado do Atlântico)

Autor Mensagem
makumbator
Veterano
# 23/jul/19 17:05 · Editado por: makumbator


Britânicos elegeram Boris Johnson para o cargo de primeiro ministro (substituindo Theresa May). BJ foi uma das figuras chaves do referendo de saída da Grã-Bretanha da União Européia, e agora vai meter o loko pra negociar o acordo final com os comunas do parlamento europeu.

Agora Poderemos finalmente ter uma bela aliança conservadora Brunística entre USA/UK/Brazil.

Dissertem rumo ao Brexit!


https://br.noticias.yahoo.com/boris-johnson-%C3%A9-eleito-novo-1737009 92.html

https://mobile.twitter.com/borisjohnson

Fidel Castro
Veterano
# 23/jul/19 18:53 · Editado por: Fidel Castro
· votar


Se isso não é indicador da Grande Crise Econômica Mundial (tm), eu não sei o que é

Black Fire
Gato OT 2011
# 23/jul/19 18:57
· votar


Outro retrasado, pelo menos lá cai rápido.

brunohardrocker
Veterano
# 23/jul/19 19:02
· votar


Grande dia. (Sinal de positivo)

entamoeba
Membro Novato
# 23/jul/19 19:38
· votar


Hardrocker se sente representado por retardados.

renatocaster
Moderador
# 23/jul/19 22:17
· votar


Eu li rápido o título do tópico e pensei que era Ukulele

makumbator
Veterano
# 23/jul/19 22:28
· votar


renatocaster
e pensei que era Ukulele

Ukelele era o Obama, aquele havaiano esquerdista...

JJJ
Veterano
# 23/jul/19 22:53
· votar


Eu acho que o mundo pirou.

Esse cara é uma cruza entre o Trump e o Nerso da Capitinga. E não só fisicamente.

makumbator
Veterano
# 23/jul/19 23:58
· votar


JJJ

Ele vai fazer a Grã-Bretanha grã de novo!

Jonas Kahnwald
Membro Novato
# 24/jul/19 00:16
· votar


makumbator
Hahahahaha

renatocaster
Moderador
# 24/jul/19 08:20
· votar


makumbator

Ukelele era o Obama, aquele havaiano esquerdista...

Que isso, respeita o mito Barack OBINA!

brunohardrocker
Veterano
# 24/jul/19 08:47
· votar


23:59 tem que legalizar o aborto porque no primeiro mundo é legalizado

00:00 primeiro mundo elege um conservador de direita

entamoeba
Membro Novato
# 24/jul/19 10:32
· votar


brunohardrocker
primeiro mundo elege um conservador de direita

Pra você ver como a jumentice não tem fronteiras!

brunohardrocker
Veterano
# 24/jul/19 11:12
· votar


Ouvi dizer que o JN passou um tempo falando mal dele, mais um motivo para avaliá-lo como um bom sujeito.

Synth-Men
Veterano
# 24/jul/19 12:22
· votar


Prezados!

Entendam que nada que estou relatando abaixo, está tratando dos usuários deste fórum, mas sim do mundo a fora.


O mundo está boçal demais. Porra eu navego na internet desde 1995, leio jornais desde criança e atualmente tudo está insuportável. Tudo é no grito, na ignorância, na falta de leitura e conhecimento. Tudo na base do mimimi, maria vai com as outras. Mimimi de direita. Mimimi de esquerda. Mimimi do Centro. Mimimi religioso. Mimimi liberalista. Mimimi moralista e tudo quanto é mimimi.

Estamos voltando a idade média, na concepção de mentalidade e atitudes. Porra! Foi assim que iniciou-se a primeira guerra e regeu na segunda.

Não há dialogo, não há conversa, não há estudo, não há analises, não há opções.

Houve um referendo de comum acordo entre os blocos políticos britânicos, para decidir a saída ou permanência da União Européia e quase 30% da população do Reino Unido votou a favor, outros não foram e os votos contra, não foram o suficiente para que permanecesse.

Foi a própria população que escolheu. Não adianta quem perdeu ficar de gritinho, chic-chic, nhéco-nhéco. Não interessa agora quem está lá. Se o cara parece o Trump com Tiririca ou o Roberto Leal com o Batoré. O povo escolheu a saída do Reino Unido da União Européia e a votação foi legitima.

Ninguém se preocupa em saber do porque o povo decidiu escolher esta opção. Talvez isto seja mais interessante.

Aqui é a mesma história. Qual é a causa que motivou os brasileiros a votarem nos políticos que governam cada município, estado e a nação?

Porra! Fica uma palhaçada do caralho de tudo quanto é lado! Uma porrada de opiniões desobjetivas, usando lente de aumento em detalhes irrelevantes e insignificantes. A população está parecendo cada vez mais com os maus políticos. Só que sem poder influência e capital, só nas babaquices mesmo.

entamoeba
Membro Novato
# 24/jul/19 12:48 · Editado por: entamoeba
· votar


Synth-Men
Foi a própria população que escolheu.

Mais ou menos.

Aqui no Brasil, por exemplo, tem uma massa que defende a reforma da previdência porque acredita na narrativa da mídia, que está alinhada aos interesses dos grandes agentes econômicos do País. Essa massa não conhece os números e não é capaz de avaliar como o dinheiro público é gasto. Também não é capaz de imaginar que possam existir saídas alternativas.

Uma democracia de idiotas nunca é plena. As pessoas engolem tudo que lhes é empurrado e, muitas das vezes, acabam sendo manobrados para ir contra os próprios interesses.

Então, só dá para chamar de escolha quando há informação e quando o indivíduo é instrumentalizado para a crítica.

makumbator
Veterano
# 24/jul/19 13:47 · Editado por: makumbator
· votar


entamoeba
Mais ou menos.

Mas se o resultado do referendo fosse o que o establishment e a grande mídia queriam (ou seja, a permanência na UE) não haveria esses comentários sobre o percentual de participação da população na escolha.

Mesma coisa acontece agora com o Boris, como ele é meio Trump, a mídia destaca que foram apenas os eleitores registrados do partido conservador que votaram. Essa é uma forma de veladamente negar o resultado. Sendo que se o candidato fosse um Tony Blair da vida não falariam nada. E o sistema não mudou apenas para eleger o Boris, já era assim antes.

Só é "democrático" quando o resultado confirma a preferência desejada.


Então, só dá para chamar de escolha quando há informação e quando o indivíduo é instrumentalizado para a crítica.



Discordo totalmente dessa sua afirmação. Muitas vezes é preciso tomar decisões sem todas as informações, ou contando com o imponderável (ou seja, condições que não temos controle). Não acho que decidir nessas condições seja uma "não-escolha".

Uma democracia de idiotas nunca é plena.

Os idiotas também precisam ter voz. Caso contrário vão falar que você prescreve algo mais para o lado ditatorial.

Jonas Kahnwald
Membro Novato
# 24/jul/19 13:49
· votar


entamoeba
você acredita que não há deficit previdenciário?

entamoeba
Membro Novato
# 24/jul/19 14:54
· votar


Jonas Kahnwald
você acredita que não há deficit previdenciário?

Não se trata de acreditar ou não nesse déficit, mas de reconhecer as variáveis envolvidas e vislumbrar soluções possíveis. Se há déficit, em que condições ele se formou? Ele é de fato irreversível mantendo o modelo atual? Grande parte dos babaquinhas que defendem a reforma não têm conteúdo para responder com decência a questões simples como as postas.


makumbator
Mas se o resultado do referendo fosse o que o establishment e a grande mídia queriam

Essas posições anti-establishment não surgem espontaneamente. Há uma história por detrás, e, nesse caso, tem a ver com temores de gente muito burra sendo manobrada a partir de crenças escrotas sobre os outros.


Muitas vezes é preciso tomar decisões sem todas as informações, ou contando com o imponderável (ou seja, condições que não temos controle).

Você discorda da minha afirmação, mas eu não discordo da sua. Não sou positivista a ponto de achar que teremos total domínio sobre os problemas, de modo que toda decisão tomada possa ter base unicamente racional.

O caso é que algumas motivações imbecis podem ser desarmadas pela instrumentalização do sujeito para o uso da razão. Imagine se começassem a considerar o horóscopo do dia na tomada de decisões políticas? Algo assim é facilmente derrubado pelo exercício da razão.


Os idiotas também precisam ter voz.

Mas não disse que os idiotas não deveriam ter voz. Os idiotas não deveriam ser produzidos!!

-Dan
Veterano
# 24/jul/19 15:14 · Editado por: -Dan
· votar


makumbator
não haveria esses comentários sobre o percentual
não falariam nada

Gosto dessa argumentação futurística freestyle.

Só é "democrático" quando o resultado confirma a preferência desejada.

O lado que perdeu vai sempre espernear. Não é só o lado que você não se conecta ideologicamente que faz isso.

Se tivesse vencido o outro lado, seria a sua turma esperneando.

makumbator
Veterano
# 24/jul/19 15:25
· votar


entamoeba
Os idiotas não deveriam ser produzidos!!

Impossível né?

Há uma história por detrás, e, nesse caso, tem a ver com temores de gente muito burra sendo manobrada a partir de crenças escrotas sobre os outros.

Algo semelhante pode ser dito de qualquer posição. Minha implicância nem é com isso, e sim com a dimensão e cobertura que é dada a eventuais "manobras" feitas sobre as pessoas (que não nego, ocorrem em certa medida). Mas elas existem no oposto do espectro também.


-Dan
Gosto dessa argumentação futurística freestyle.

Não é futurística, é multidimensional, o que é bem diferente. Mas mesmo assim são calcadas em eventos anteriores que sugerem que ocorreria justamente dessa forma. Um exemplo: referendos em outros países europeus e que confirmaram a permanência na UE antes do que ocorreu na Grã-Bretanha. A análise nesses casos passados nunca foi sobre a quantidade percentual de pessoas que votou, se houve maquiagem nos discursos, etc...foi tudo sempre uma "festa da democracia".

O lado que perdeu vai sempre espernear.

Mas a cobertura e amplitude do esperneio não ocorre de maneira semelhante. Não reclamo do esperneio.

Fidel Castro
Veterano
# 24/jul/19 15:30
· votar


ele é melhor do que ele parece, recomendo:


https://www.google.com.br/amp/s/www.newyorker.com/magazine/2019/06/24/ the-empty-promise-of-boris-johnson/amp

Ele é uma sátira dele mesmo, intencional e talvez o primeiro PM niilista. Desde 1980 tendo certeza que o mundo é uma grande piada, só quer ser o piadista


Avante crise

makumbator
Veterano
# 24/jul/19 15:35
· votar


Fidel Castro
e talvez o primeiro PM niilista

Por isso que ele é bom.

Lelo Mig
Membro
# 24/jul/19 16:11 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Eu vi um video dele... grande, brancão, gordo, cara de corno, derrubando uma criança numa brincadeira estúpida e achei que fosse um débil mental ou, para os bem mais velhos, "Huguinho o bebê gigante (Huguinho quer brincar de cowboy)".

Aí vi que se tratava do primeiro ministro britânico.

Entendo perfeitamente a tendência, no mundo todo, à direita, devido a presepada das esquerdas.

Mas não entendo esse fetiche por adultos infantilizados e idiotas.

makumbator
Veterano
# 24/jul/19 16:30 · Editado por: makumbator
· votar


Lelo Mig
grande, brancão, gordo, cara de corno, derrubando uma criança numa brincadeira estúpida e achei que fosse um débil mental ou, para os bem mais velhos

Praticamente descreveu o grande Winston Churchill (também do mesmo partido). O Sr. Churcill era gordo, velho, bebia pra cacete (segundo um de seus assessores, ele consumia meia garrafa de whisky por dia durante os piores momentos da segunda guerra), fumava vários charutos por dia, e no parlamento gostava de dar umas tiradas machistas hilárias. Tinha origem na elite nobre da Inglaterra.

Hitler era esguio, jovem para o padrão de políticos, não fumava ou consumia drogas, vegetariano, adepto de exercícios físicos, só bebia socialmente quando a função o obrigava em jantares e reuniões oficiais, amante de animais. Cidadão modelo e vindo do povo.

Resumindo. Boris é o novo Churchill. Veio para salvar a Grã-Bretanha dos neo-Hitlers da lacrosfera.

Die Kunst der Fuge
Veterano
# 24/jul/19 16:54
· votar


makumbator
lacrosfera

Ótimo termo. Lacrou.

brunohardrocker
Veterano
# 24/jul/19 17:16
· votar


Era esse que o Mino gostava porque andava de metrô em Londres?

Lelo Mig
Membro
# 24/jul/19 17:33
· votar


makumbator

Churchill era inteligente, perspicaz e com senso de humor. Longe de ser um bonachão abestalhado.

Die Kunst der Fuge
Veterano
# 24/jul/19 17:35
· votar


Churchill era inteligente, perspicaz e com senso de humor.

E um ótimo personagem de filmes.

makumbator
Veterano
# 24/jul/19 17:49
· votar


Lelo Mig
Churchill era inteligente, perspicaz e com senso de humor. Longe de ser um bonachão abestalhado.

Não era o que pensavam as feminazis que debatiam com ele no parlamento. Achavam ele um nojo e não riam das piadas. Ah, e ele era pró imperialismo britânico, tá bom?

E Hitler também era inteligente e perspicaz. Só não era conhecido por ter um grande senso de humor. Resumindo, Boris é diferente do Hitler, e não é isso que a lacrosfera mais valoriza? Ser muito diferente do titio Adolf?

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a UK elege Boris Johnson (O Trump do outro lado do Atlântico)