Inteligência Artificial e Redes Neurais

Autor Mensagem
alibear
Membro Novato
# 13/jul/19 00:28 · Editado por: alibear


IA, redes neurais e afins vão causar muitas mudanças na sociedade. Não sei se se para o bem ou para o mal. Essa tecnologia é capaz de feitos incríveis.

"Em tecnologia da informação (TI), redes neurais artificiais são sistemas de hardware ou software padronizados baseados no funcionamento de neurônios no cérebro humano. Redes neurais – também chamadas de redes neurais artificiais – são uma variedade de tecnologia de aprendizagem profunda, que também se enquadra no âmbito da inteligência artificial, ou IA."

fonte: O que são Redes Neurais Artificiais? Tipos e Aplicações

Black Fire
Gato OT 2011
# 13/jul/19 03:01
· votar




Ken Himura
Veterano
# 16/jul/19 23:53
· votar


Os efeitos na sociedade são mais que superestimados. Nossa inteligência artificial é, por projeto, "burra". Até uma real inteligência emergir disso aí com poder suficiente pra causar uma mudança pesada vai demorar umas boas décadas. Talvez séculos. E talvez até milênios.

Agora, efeitos menores vão ser mais sentidos - mas isso sempre acontece quando surge uma nova mídia ou tecnologia. Profissões e objetos perdem a funcionalidade e vão sendo extintos. Não se adaptar a isto é, no mínimo, burrice (igual ou pior que a da IA).

Lelo Mig
Membro
# 17/jul/19 00:11 · Editado por: Lelo Mig
· votar


alibear

Vai demorar muito ainda, séculos, mas é o caminho natural da evolução. A vida sintética irá, óbviamente, ganhar "vida própria" e superar a biológica.

A cada ciclo de milhares de séculos a vida biológica evolui a ponto de desenvolver vida sintética superior a si mesma. Esta vida sintética extingue a biológica mantendo somente planetas com vida primitiva. Essa vida evolui, o ciclo se repete e têm sido assim por toda eternidade.

A inteligência biológica é destinada a destruir o universo e produzir o caos, a vida sintética é destinada a nos superar, nos destruir, manter biológicos apenas em estágios primitivos e estabelecer a ordem.

Por isso estamos desenvolvendo a vida sintética, para manter a ordem e o infinito.

Capiche?

Pleonasmo
Membro Novato
# 17/jul/19 09:37
· votar


Lelo Mig
Vai demorar muito ainda, séculos, mas é o caminho natural da evolução. A vida sintética irá, óbviamente, ganhar "vida própria" e superar a biológica.

A cada ciclo de milhares de séculos a vida biológica evolui a ponto de desenvolver vida sintética superior a si mesma. Esta vida sintética extingue a biológica mantendo somente planetas com vida primitiva. Essa vida evolui, o ciclo se repete e têm sido assim por toda eternidade.

A inteligência biológica é destinada a destruir o universo e produzir o caos, a vida sintética é destinada a nos superar, nos destruir, manter biológicos apenas em estágios primitivos e estabelecer a ordem.

Por isso estamos desenvolvendo a vida sintética, para manter a ordem e o infinito.

Capiche?


Você anda jogando muito mass effect.

Sobre IA e redes neurais: Estou começando a mexer com isso, quando você não sabe como funciona parece algo de outro mundo, parece que estão desenvolvendo uma skynet, mas não, é um amontoado de IF mais elaborados com weights e com base no treinamento. Você treina o programa e ele vai colocando valor nos weights para que os neurônios possam fazer decisões. No começo ela é bem burra, mas é divertido e em breve terei a minha.

-Dan
Veterano
# 17/jul/19 10:29
· votar


Lelo Mig
Vai demorar muito ainda, séculos, mas é o caminho natural da evolução. A vida sintética irá, óbviamente, ganhar "vida própria" e superar a biológica.

tamos numa simulação cara. nao existe isso de vida biológica

Lelo Mig
Membro
# 17/jul/19 10:51
· votar


Pleonasmo

"Você anda jogando muito mass effect."

Mass Effect é muito mais verdadeiro e inteligente do que a bíblia.

Buja
Veterano
# 17/jul/19 10:58
· votar


Eu venho estudando isso a um tempo. Na verdade meu objetivo é trabalhar com IA dentro de no maximo 10 anos. Ja tracei esse plano.
Porque? É simples. Na minha área, daqui a 10 anos, se quiser sobreviver com isso, TERÁ que saber IA.

Nao é nada de outro mundo, como o Pleonasmo bem disse.
Hoje, é so um amontoado de IFs.

Mas nosso cérebro tambem é! Alias, tal qual uma maquina funciona com eletricidade, nosso cerebro tambem. Uma corrente eletrica corre de um neuronio a outro e nesse caminho existem varias bifurcações. A corrente ir pra esquerda ou pra direita depende só de uma decisão, SIM ou NAO.
E a corrente so corre pro lado em que tem menor resistencia. Logico, o cerebro tambem controla o fluxo de correntes neurais, por controlar a resistencia que cada neuronio oferece a corrente eletrica. É um "circuito" eletrônico por assim dizer! Mega complexo e biologico. Mas é.

IA é só uma representação do cerebro humano. So que muito menos complexa, e com muito menos capacidade.

Mas um dia teremos processadores ai capazes de executar em milhoes de calculos ultra fracoes de nanossegudos. Ao invez de clocks de 4 Ghz, teremos clocks de 4 mil ou 40 mil Ghz. Ou muito mais.
Ao inves de pentes de memoria de 32gb ou 64gb, teremos pilhas de pentes de varios pentabytes baseados em transferencia de informações quanticas só de memoria ram.

De armazenamento, nao sei nem mensurar. Acho que conseguiremos guardar 1 bit por atomo de material. Um "HD" de 1cm² de carbono, vai dar pra guardar quase 1 mol de bits, ou na conversão legivel ai, 5,6 heptabytes.
É coisa pra xuxú!

Nesse dia, que nao demora tanto milênios assim, a IA sim, vai ter chegado a ser igual ou até a superar o cerébro humano.

alibear
Membro Novato
# 18/jul/19 12:54 · Editado por: alibear
· votar


Se liguem nisso
Inteligência Artificial do Google prevê risco de morte melhor que hospitais

john s mill
Membro
# 19/jul/19 09:26
· votar


saudosismo da minha dissertação abandonada de redes neurais para gestão de riscos

só saudosismo mesmo porque mestrado é um pé no saco

entamoeba
Membro Novato
# 07/ago/19 12:13
· votar


Ken Himura
real inteligência

O que é isso?

As pessoas falam como se soubessem, mas não sabem.

Ken Himura
Veterano
# 07/ago/19 17:53
· votar


entamoeba
O que é isso?
Não há consenso, mas disse no sentido de aparecer uma Skynet, por exemplo. Ou Matrix.

makumbator
Veterano
# 07/ago/19 18:54
· votar


Lelo Mig
Mass Effect é muito mais verdadeiro e inteligente do que a bíblia.


Depende, se for o mass effect Andromeda aí não passa de merda.

Black Strat
Membro Novato
# 08/ago/19 17:12
· votar


Ken Himura
Até uma real inteligência emergir disso aí com poder suficiente pra causar uma mudança pesada vai demorar umas boas décadas. Talvez séculos. E talvez até milênios.

Felizmente, ou talvez infelizmente, você está muito errado.

Pleonasmo
Membro Novato
# 09/ago/19 08:49
· votar


Black Strat
Até uma real inteligência emergir disso aí com poder suficiente pra causar uma mudança pesada vai demorar umas boas décadas. Talvez séculos. E talvez até milênios.

Felizmente, ou talvez infelizmente, você está muito errado.


Para uma mudança pesada, não é preciso uma IA 100% inteligente. As IAs como estão agora, já começam a ameaçar empregos em todas as áreas.

Ken Himura
Veterano
# 09/ago/19 20:24
· votar


Black Strat
Felizmente, ou talvez infelizmente, você está muito errado.
Não é isso que as pesquisas de ponta no mundo andam mostrando. Pega aí os papers na área só de 2018 e 19 pra você ver o que tem de avanço real. Fora alguns problemas de classificação mais pesados (por exemplo, separar galáxias numa imagem de telescópio), o que tem de mais avançado aí pelo mundo é o carro autônomo do Google/Tesla que está longe de ser autônomo e máquinas que jogam videogame.

Várias topologias de redes neurais estão surgindo ano a ano e a gente nem entende como funcionam direito ainda. Pra uma evolução desse nível alarmista da parada, vai demorar muito. É tipo pensar na discussão Iphone XS Max versus Galaxy S10+ quando a tecnologia atual é o ábaco de pedra.

Mesma coisa é o carnaval que estão fazendo em cima do computador quântico. O chip quântico mais avançado confirmado tem 50 q-bits (tem um anunciado de 75 q-bits mas não confirmaram se é de verdade ou só propaganda ainda). Só que esses chips quânticos tem um grande problema: não conseguem garantir o emaranhamento - a propriedade que tornaria o q-bit em quântico de verdade. Ainda não se consegue uma maneira para garantir a topologia do emaranhamento ou de superposições de estados quânticos, isso gera ruído na forma de erros, dados corrompidos e perda de estabilidade - esse defeito recebeu o nome de decoerência. Não existe solução possível para contornar a decoerência com nenhum modelo de hardware ou software conhecidos - é um problema em aberto tanto para a engenharia quanto para a física teórica. Por causa da decoerência, os caríssimos computadores "quânticos" que custam hoje milhões de dólares processam dados mais lentos que um Atari 2600. Ou seja, você gasta muitos milhões de dólares hoje para produzir um computador tradicional dos anos 60, com 50 bits de memória.

Como eu disse em relação à IA, vai demorar bastante, séculos no mínimo. Principalmente porque estão indo pelo caminho tecnológico errado.

Pleonasmo
As IAs como estão agora, já começam a ameaçar empregos em todas as áreas.
Qualquer trabalho de repetição braçal já está ameaçado, e não só pela inteligência artificial.

Viciado em Guarana
Veterano
# 10/ago/19 01:16
· votar


Principalmente porque estão indo pelo caminho tecnológico errado.

Ora... então nos ilumine!
Qual é o caminho certo?

Black Strat
Os chinês já estão metendo o loco.

Ken Himura
Veterano
# 10/ago/19 14:36
· votar


Viciado em Guarana
Ora... então nos ilumine!
Qual é o caminho certo?

Seria algum que garantiria a coerência mesmo com flutuação quântica. Claramente não é o caminho que a IBM está seguindo.

Existem algumas propostas na física da informação quântica até antigas, como o topological quantum computer, que resumidamente funcionaria assim: codificaria as informações em spinores de Majorana, partículas cujas linhas de universo formam braids, que seriam usados para formar as portas lógicas do computador. Como o braid é como um nó de cadarço em 2 dimensões, qualquer partícula do "cordão" ficaria capturada pela topologia do grupo e isso preveniria a decoerência por garantir a estrutura independentemente do estado. Kitaev teorizou isso no fim da década de 90.

Pra isso ser possível de ser feito, a pesquisa em Matéria Condensada deve avançar, porque os spinores de Majorana ainda são férmions teóricos segundo o Modelo Padrão, mas algumas pesquisas já indicaram que estas partículas podem ser construídas por "quasipartículas" em semicondutores a temperaturas beirando o zero absoluto reagindo a campos magnéticos fortes.

E por que a IBM ou outra gigante não investe nisso? Porque não é criação deles, logo não poderão cobrar royalties. E também seria sinalizar pro mercado que os milhões gastos até agora foram inúteis, o que com certeza causaria uma flutuação nas ações.

entamoeba
Membro Novato
# 10/ago/19 15:01
· votar


O caminho certo é entender o cérebro antes de imitá-lo! Onde já se viu fazer uma cópia daquilo que não se conhece?!

Inteligência artificial só se aproximará da inteligência real quando for capaz de emitir juízos a partir da experiência.

Viciado em Guarana
Veterano
# 10/ago/19 15:08
· votar


Só que esses chips quânticos tem um grande problema: não conseguem garantir o emaranhamento - a propriedade que tornaria o q-bit em quântico de verdade. Ainda não se consegue uma maneira para garantir a topologia do emaranhamento ou de superposições de estados quânticos, isso gera ruído na forma de erros, dados corrompidos e perda de estabilidade - esse defeito recebeu o nome de decoerência.

Isso aí é o poder de Deus agindo, rapaz.
Ai dos homens que tentam descobrir seus mistérios!

Ken Himura
Veterano
# 10/ago/19 18:58
· votar


entamoeba
O que é inteligência real?

entamoeba
Membro Novato
# 11/ago/19 17:58
· votar


Ken Himura
O que é inteligência real?

I: experiência; O: comportamento.

Ken Himura
Veterano
# 11/ago/19 19:25
· votar


entamoeba
I: experiência; O: comportamento.
E as demais inteligências que não se encaixam nisso?

entamoeba
Membro Novato
# 11/ago/19 22:21
· votar


Ken Himura
E as demais inteligências que não se encaixam nisso?

Você conseguiu pensar em um exemplo? Eu não.

sandroguiraldo
Veterano
# 12/ago/19 09:21
· votar


Inteligência artificial só se aproximará da inteligência real quando for capaz de emitir juízos a partir da experiência.

lol

The Man Who Sold The World
Veterano
# 13/ago/19 08:47
· votar


Eu troquei de celular semana passada e o que diz aqui é que ele usa inteligência artificial kkkkkkkk
Basicamente ele "prevê" algumas funções pelo seu histórico de uso, vamos supor que as 18:00 você sai do trampo e pede um Uber pra casa, ele vai começar a te recomendar o Uber as 18 hrs todo dia, você clica e ele pede pra você
Na câmera também, você vai tirar uma foto, aparece na tela o conteúdo da imagem e ele ajusta automaticamente, sendo sincero as vezes essa função é meio falha

Casper
Veterano
# 13/ago/19 09:57
· votar


IA por enquanto só em sistemas fechados, como jogo de xadrez. Mas em breve começa uma geração de IA consciente. Creio que veremos isso em poucas décadas.

sandroguiraldo
Veterano
# 13/ago/19 12:01
· votar


Eu pego Uber dia sim dia não pra vir trabalhar.
Coloco o endereço da empresa, mas peço pro motorista vir por outro caminho.
Peço pra vir pela rodovia, ele pára no acostamento e eu atravesso um gramado pra subir na rua do lado, que é a da minha empresa.

Faço isso ao invés de dar a volta toda pelo bairro, pois embora a rua seja paralela à pista, não tem acesso.

Para minha surpresa, depois de umas 10 corridas fazendo isso, toda vez que peço um Uber de casa pro trabalho ele dá essa rota automaticamente, mandando parar na pista, no mesmo ponto onde eu pedia pra parar.

Dá medo...

The Man Who Sold The World
Veterano
# 13/ago/19 17:30
· votar


sandroguiraldo
estamos partindo pra uma sociedade onde o celular deixou de ser apenas um meio de se comunicar via ligação e está se tornando parte de nós, quando meu celular começou a aparentar dar problema eu já comprei outro, tem outras questões vinculadas ao trabalho e etc, mas é dificil viver sem celular hoje em dia, trabalhamos com ele, nos comunicamos com ele e muitas funções dele nos "facilitam" a vida
o que mais me chama a atenção, é que o celular sabe nossa rotina, onde estamos e pra onde vamos, se vamos a pé, de carro, de bicicleta, ônibus, sabe o limite do seu cartão, voce pode até pagar coisas com ele, ele agora sabe ainda mais a sua rotina e sabe até do que voce está tirando foto, sabe-se lá pra onde vai esse monte de informação e quem tem acesso a isso..
tudo isso em "troca" apenas de te permitir algumas facilidades (que nós com certeza conseguiríamos contornar, pois 10 anos atrás nós conseguíamos)
Por mais que eu ja tenha nascido "conectado" na decada de 90 era internet discada, poucos tinham computador, a internet mais atrapalhava do que ajudava, então peguei a transição do que tinhamos antes e do que temos hoje, acho que isso ainda me permite questionar muita coisa e optar por ter algumas coisas ou não (sou muito seletivo com redes sociais, e principalmente sobre o que posto nelas), mas a proxima geração, essa nascida nos anos 2000 e principalmente a partir de 2010, já nasceu com internet banda larga, smartphone, ipad e etc, acho que a tendencia vai ser eles perderem um pouco essa distinção que temos da vida real e da vida virtual, as duas vão andar de mãos dadas

makumbator
Veterano
# 13/ago/19 18:59
· votar


sandroguiraldo
Para minha surpresa, depois de umas 10 corridas fazendo isso, toda vez que peço um Uber de casa pro trabalho ele dá essa rota automaticamente, mandando parar na pista, no mesmo ponto onde eu pedia pra parar.

O Uber já entendeu que ali na rodovia é seu ponto de michê. Facilidades do dia a dia.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Inteligência Artificial e Redes Neurais