Das dificuldades com os números ordinais

    Autor Mensagem
    LeandroP
    Moderador
    # ago/16 · Editado por: LeandroP


    A grande maioria das matérias jornalísticas onde o repórter precisa dizer qual a delegacia de polícia está cuidando do caso, em vez de dizer "Trigésima Terceira DP", diz "Trinta e Três DP".

    É muito comum ver os jornalistas dizendo "Estamos em frente à noventa e cinco DP".

    Por que essa dificuldade com os números ordinais?

    Certa vez meu pai precisou da segunda via do título de eleitor, e o atendente perguntou qual era a zona eleitoral. O meu pai respondeu "ducentésima vigésima segunda", e o atendente insistia "senhor, eu quero saber o número". Ele só se deu por satisfeito quando meu pai disse "222".

    Jack Holland
    Veterano
    # ago/16
    · votar


    Tb já reparei nisso, mas me parece nada mais que uma questão de usar o coloquial por mera praticidade, ainda mais no universo jornalístico onde é tudo muito corrido e tem que ser passado pro público da forma mais direta e clara possível.

    Tenho certeza que a maioria deles sabe o correto e certamente o faria se estivesse defendendo uma tese acadêmica ou em outra situação na qual pudesse desenvolver mais o raciocínio.

    Agora esse lance do seu pai, ele está correto mas as pessoas já estão tão acostumadas com o coloquial "dois dois dois" (bem mais prático) que às vezes ficar falando o ordinal por aí, principalmente na casa das centenas, as pessoas tendem a achar meio almofadinha.

    É que nem na hora de falar o CPF, quando a pessoa começa a me falar "seteceeentos e sessenta e cindo, trezeeentos e oitenta e oito, noveceeentos a trinta e sete..." (o pessoal mais velho adora falar assim) eu internamente já fico puto e penso "cacete, pq ela não fala "sete-meia-cinco, três-oito-oito, nove-três-sete..." logo de uma vez?

    LeandroP
    Moderador
    # ago/16 · Editado por: LeandroP
    · votar


    Jack Holland

    O que você disse a respeito do número do cpf eu até entendo. Mas acerca dos números ordinais não vejo como ser um "almofadinha". Mas como você foi o "um" a postar vou aguardar por mais opiniões :p

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # ago/16
    · votar


    A educação no Brasil é muito precária, lembre-se sempre disso. O reporter provavelmente sabe que é o trigésimo sétimo DP, mas fala trinta e sete DP pq se não o povo que tá assistindo não entende, como ocorreu com o negócio do título eleitoral.

    Sabe, a minha mãe é graduada em psicologia e pós-graduada em alguma coisa a ver com comunicação, e segundo ela, a partir do momento que vc é "mais sabido" que fulano e precisa falar com ele, é sua a maior parcela da responsabilidade de se fazer entender, e não dele de entender o que vc tá falando.

    O que eu to querendo dizer é que vc tem que saber o que deve ser falado (qual a informação), quando deve ser falado (tempo), e como deve ser falado (dependendo da pessoa que vc tá falando e do contexto também). A maneira que vc conversa com seus amigos no boteco é diferente da maneira que vc fala com as mesmas pessoas no trabalho, por exemplo. E na mesma empresa vc vai falar com uma linguagem mais "fácil" com os peão, e pode falar mais "almofadinha" com o diretor. Não porque pega bem, mas porque usando uma linguagem diferente (interprete adequada) vc pode ter mais recursos pra se fazer entender.

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # ago/16
    · votar


    universo jornalístico onde é tudo muito corrido e tem que ser passado pro público da forma mais direta e clara possível.
    exatamente, todos tem que entender o cara

    Tenho certeza que a maioria deles sabe o correto e certamente o faria se estivesse defendendo uma tese acadêmica ou em outra situação na qual pudesse desenvolver mais o raciocínio.
    certamente

    Agora esse lance do seu pai, ele está correto mas as pessoas já estão tão acostumadas com o coloquial "dois dois dois" (bem mais prático) que às vezes ficar falando o ordinal por aí, principalmente na casa das centenas, as pessoas tendem a achar meio almofadinha.
    independente de achar almofadinha ou não, o negócio é que o certo é o certo (no caso do DP), falar errado tá errado. Nesse caso do CPF vc tá falando de dizer número por número ou dizer centenas, é diferente de ordinais, isso aí vai de preferência.

    Jack Holland
    Veterano
    # ago/16 · Editado por: Jack Holland
    · votar


    LeandroP

    Tranquilo, como eu disse, pra mim ele está correto e se fosse comigo eu teria entendido de primeira, só quis dizer que por aí o povão tende a achar isso =)


    acabaramosnicks
    Sabe, a minha mãe é graduada em psicologia e pós-graduada em alguma coisa a ver com comunicação, e segundo ela, a partir do momento que vc é "mais sabido" que fulano e precisa falar com ele, é sua a maior parcela da responsabilidade de se fazer entender, e não dele de entender o que vc tá falando


    Exato, exemplo disso foi esse caso recente do médico que ficou zuando o paciente no facebook por ele ter falado "peleumonia". É foda, tá errado, mas infelizmente a educação nesse país é terrível, com a idade aprendi que não adianta me estressar por coisas que não posso mudar. Ainda mais uma pessoa mais velha, se ela a vida inteira cagou e andou para a própria instrução, não serei eu em um contato que irá mudar alguma coisa. Se fosse numa situação em que ele estivesse sendo entrevistado por mim, para trabalhar na minha empresa ou me prestar algum serviço, o máximo que eu poderia fazer é não contratá-lo caso ter um português impecável fosse indispensável; tirando isso, se não for mudar nada, apenas ignoro e dane-se.


    independente de achar almofadinha ou não, o negócio é que o certo é o certo (no caso do DP), falar errado tá errado. Nesse caso do CPF vc tá falando de dizer número por número ou dizer centenas, é diferente de ordinais, isso aí vai de preferência.


    Ah sim, eu sei que são coisas diferentes, só aproveitei o tópico pra comentar isso.

    One More Red Nightmare
    Veterano
    # ago/16
    · votar


    pedantismo. fala "dois dois dois" e ja era

    LeandroP
    Moderador
    # ago/16
    · votar


    É isso mesmo!
    Conqüordo!

    One More Red Nightmare
    Veterano
    # ago/16
    · votar


    Malandrão

    Wade
    Membro Novato
    # ago/16 · Editado por: Wade
    · votar


    Falo os seguintes ordinais:

    1-59
    90-109

    Qualquer coisa fora desses intervalos, tendo a dar um jeito de falar os números.

    LeandroP
    Moderador
    # ago/16
    · votar


    O jeito é ouvir um Maiden.

    "Seven Son of a Seven Son"
    °,°


    https://www.youtube.com/watch?v=AEOmJ_OeVhU

    adamantoise
    Membro Novato
    # ago/16
    · votar


    Falo os seguintes ordinais:

    1-59
    90-109

    Qualquer coisa fora desses intervalos, tendo a dar um jeito de falar os números.


    A mesma coisa comigo, e olha que estudo engenharia. haahhaha

    Peter_MusicoIniciante
    Membro Novato
    # ago/16
    · votar


    Verdade.

    Até eu me atrapalho e esqueço alguns às vezes.

    Marco Andriotti
    Membro Novato
    # ago/16
    · votar


    LeandroP
    esse negócio de usar numeros ordinários é da mídia golpista, não caia na deles

    LeandroP
    Moderador
    # ago/16
    · votar


    Marco Andriotti

    São uns ordinários!

    brunohardrocker
    Veterano
    # ago/16
    · votar


    Trigésima Terceira FDP

    LeandroP
    Moderador
    # ago/16
    · votar


    kkkkkk

    Pedro_Borges
    Veterano
    # ago/16 · Editado por: Pedro_Borges
    · votar


    Quanto a distritos e delegacias policiais, aqui até os bandidos analfas falam ordinariamente, afinal temos no máximo umas 15. Moleza. Kkk

    basstreble
    Veterano
    # 20/nov/18 22:23
    · votar


    LeandroP
    Também acho estranho. Estudam tando pra cometer um deslize tão simples. Na verdade os jornalistas brasileiros não sabem nem dar uma notícia, ou então exageram porque audiência é dinheiro kkkk. Boa noite, Leandro!!

    qew
    Veterano
    # 22/nov/18 09:19
    · votar


    primeiro, segundo, terceiro, quarto, sala, cozinha, banheiro °.°

    basstreble
    Veterano
    # 22/nov/18 14:17 · Editado por: basstreble
    · votar


    Claro que ninguém sabe tudo e erramos, mas eles tem obrigação de passar uma informação ao menos confiável. É igual quando vão dar notícia sobre algum problema com um avião, chamam o motor de turbina sendo que a turbina é só uma parte do motor kkkkkk.

    entamoeba
    Membro Novato
    # 22/nov/18 14:35
    · votar


    Dois-feira, três-feira, quatro-feira, cinco-feira....

    Engata a cinco marcha.

    Cavalo quatro de milha.

    Vou visitar a Cinco da Boa Vista.

    Sete menor, quatro justa, cinco aumentada.

    Cem de segundo.

    É minha um vez.

    Apartamento três quatros.

    Cinco dos infernos.

    Joga no seis de lixo.

    Pizzaria da nove.

    Buja
    Veterano
    # 22/nov/18 16:19
    · votar


    Legal é quando vamos pros prefixos
    Bi, Tri, Tetra...

    Os prefixos existem desde a grecia antiga, mas o brazileiro só aprendeu a falar penta em 2002.
    E em se tratando de brasileiro, o galo não aprendeu a falar nem bi ;)

    LeandroP
    Moderador
    # 22/nov/18 21:44
    · votar


    basstreble

    Eu acho que eles preferem não se embananar com os números ordinais mesmo rs

    qew

    °,°

    entamoeba

    Pizzaria da nove foi foda kkkkkkkk

    Buja

    E o Palmeiras não tem mundial °;°

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Das dificuldades com os números ordinais