TDAH é uma mentira? o que mais nos empurram como verdade?

    Autor Mensagem
    Rednef2
    Veterano
    # fev/15 · Editado por: Rednef2


    Notícia antiga, mas vale a pena ler:

    http://www.tdahiperatividade.com.br/leon-eisenberg-o-tdah-e-uma-mentir a/

    Lendo esse tipo de notícia, fico me perguntando quais seriam as outras mentiras que nos contam.

    Dissertem.

    Viciado em Guarana
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    por que os pais submeteriam seus filhos a remédios com efeitos colaterais tão alarmantes?
    Pra se livrar dos pestinhas!
    heuehuehueheuheuheuehuehuehuhuehueheuheuheuehueheu!

    Mas é sério, tu já viu criança com hiperatividade? Não dá não, mano! Tem mais é que chapar essa molecada mesmo.

    Insufferable Bear
    Membro
    # fev/15
    · votar


    criança com hiperatividade
    aka criança normal e saudável

    Dica: todas elas são insuportáveis.

    Thiago Livgren que toca mais ou menos
    Membro Novato
    # fev/15
    · votar


    TDAH é uma mentira?
    Os caras que eu conheço e que tem essa parada diriam que não. : P

    Tmusic
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    TDAH é verdade, só que muita gente confunde piá elétrico com piá hiperativo.
    Aí não dá!

    Black Fire
    Gato OT 2011
    # fev/15
    · votar


    Toda criança "hiperativa" que eu conheci até hoje era simplesmente um piá mal educado filho de um banana.

    Mr. Rosa
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    Eu tenho 3 enteados, 2 meninas, 1 com 10a e 6a respectivamente e 1 menino com 8.

    O menino possui TDAH em seu estágio mais leve e é nítido a diferença dele para as outras crianças. A dificuldade em entender algo que exija concentração, o temperamento mais sensivel, as formas de agir peculiares...
    Eu e minha esposa (mãe) procuramos utilizar métodos alternativos aos medicamentos, como conversar com ele de forma clara e suscinta, incentivá-lo a atividades que estimulem o intelecto, premiá-lo pelas evoluções e integrá-lo na família visto que devido ao TDAH ele aparente estar alienado da realidade, sempre tendendo a fantasia e tal.

    Talvez alguém possa dizer: "mas as crianças são assim"... Sim amigo, compreendo vc... Mas uma criança com TDAH possui um "q" a mais que exige atenção especial e técnica.

    guizimm
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    Do jeito que o autor do texto colocou parece que esses efeitos colaterais alarmantes ocorrem com toda a criança que toma o remédio, o que nem chega perto de corresponder com a realidade.

    Rednef2
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    Fico com o pé meio atrás com esse tipo de coisa.
    Já que o próprio cara disse ser invenção dele.


    Será que apenas pelo fato dessas pessoas não se encaixarem 100% no pacote do que é considerado uma "criança normal", dizemos que elas possuem um transtorno mental?

    shoyoninja
    Veterano
    # fev/15 · Editado por: shoyoninja
    · votar


    Minha mãe é psicopedagoga e trabalhou com muitos casos de crianças que tinham dificuldades em aprender.

    Pelo que eu conversei com ela, de fato há crianças que tem necessidades diferentes. Mas necessidade diferente quer dizer que aprendem de formas diferentes, não que precisem ser dopadas para prestar atenção.

    Na grande maioria dos casos, o "déficit de atenção" existia, mas por parte da família. A ponto de esquecerem de levar o filho nas sessões e acharem que não é responsabilidade deles acompanhar o desempenho escolar .

    Simonhead
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    ... a ponto de esquecerem de levar o filho nas sessões e acharem que não é responsabilidade deles acompanhar o desempenho escolar.

    Jesus!

    Wuju Wu Yi
    Membro Novato
    # fev/15
    · votar


    Só quem tem sabe.

    makumbator
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    guizimm
    Do jeito que o autor do texto colocou parece que esses efeitos colaterais alarmantes ocorrem com toda a criança que toma o remédio, o que nem chega perto de corresponder com a realidade.

    Muito alarmista mesmo. Basta ler qualquer bula de remédios simples e encontrar entre as possíveis reações adversas coisas igualmente escabrosas (ou até piores). Muita gente desistiria de tomar boa parte dos remédios se lesse essa parte das bulas.

    Mr. Rosa
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    Tomei Fluxeotina durante 1a. e 1/2 sob laudo de Bipolarismo, parei depois que casei. Olho pra trás e penso no efeito placebo da coisa.

    Existem formas muito mais eficazes de lidar com pseudo-problemas ou subjetivo problemas do que se entupir de rem´pedio.

    Lembranbdo que cada caso é um caso, digo empiricamente, porém reconheço que há realmente pessoas que precisam de drogas para sobreviver, porém creio como muitos que sejam casos raros e isolados, geralemnte associados a disfunções neurológicas

    Mr. Rosa
    Veterano
    # fev/15
    · votar


    Sim a Indústria Farmacêutica não vai hesitar em te empurar guela a baixo um problema e uma solução, como o fdp aí em cima do link.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a TDAH é uma mentira? o que mais nos empurram como verdade?