Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      O Som do Ensaio em Estúdio

      Autor Mensagem
      JJJ
      Veterano
      # 15/fev/17 20:56 · Editado por: JJJ


      Sabe aquele som que só se obtém de ensaio em estúdio?

      Eu adoro esse som...

      Ele não aparece em outras gravações de nenhum tipo. É diferente de gravação em fita em casa ou estúdio "de gravação", é diferente de gravação digital em qualquer dispositivo computacional, é diferente de qualquer música finalizada em vinil ou CD, é diferente de som ao vivo em teatros ou ao ar livre, é diferente de ensaio em garagem ou no quarto do baterista...

      Enfim, é um som "único", intimista, warm, mesmo com a bateria um pouco alta, os instrumentos com pans esquisitos, o vocal algumas vezes no limite de estourar e até mesmo os erros... alguns dirão que é ruim, mas eu acho delicioso.

      É delírio meu? Só eu que acho isso?

      strinbergshredder
      Veterano
      # 15/fev/17 22:27
      · votar


      JJJ
      É delírio meu? Só eu que acho isso?

      Não é delírio seu nao! Eu confesso que prefiro as gravações. Sou um pouco mais perfeccionista quanto a isso..rsrs

      Mas entendo perfeitamente o que você quer dizer! É a vibe, o feeling, a pressão de todo mundo tocando junto. E convenhamos, é realmente muito diferente do som editadinho que a gente ouve nos álbuns...

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 15/fev/17 23:24
      · votar


      JJJ
      Cara, eu já nem esquento mais com isso...
      Em qualquer lugar ou circunstância que eu toco, o que importa é o som, som bom, dentro dos parâmetros que eu tenho na minha cabeça e que são fruto da minha experiência de vida e das minhas referências. Mesmo assim, isso não passa de um parâmetro mesmo... Tem dia que mesmo no estúdio o som fica uma m....!
      Abç

      Ismah
      Veterano
      # 15/fev/17 23:37
      · votar


      Algumas coisas dá pra tirar dali... Geralmente é mais natural, ninguém tá com medo de errar, e nem de olho num rabo de saia, essa segurança e concentração já somam bastante... O som mais cru, é meio que a banda por si mesmo, o lance de quantização torna a banda quadrada.

      NOTA: voltou a usar drogas Jojo?

      Adler3x3
      Veterano
      # 16/fev/17 08:33
      · votar


      É um som mais solto e livre.

      Casper
      Veterano
      # 16/fev/17 08:49
      · votar


      Caros JJJ, strinbergshredder, Ismah:

      Podem fazer a experiência: no meio do ensaio
      que está rolando perfeitinho, aperte o REC do
      gravador. Tudo vai por água abaixo em segundos...

      JJJ
      Veterano
      # 16/fev/17 08:50 · Editado por: JJJ
      · votar


      strinbergshredder
      é realmente muito diferente do som editadinho que a gente ouve nos álbuns...

      É isso! Muito mais natural. Uma das poucas bandas que eu acho que consegue captar um pouco dessa vibe nos discos são os Stones.

      Mauricio Luiz Bertola

      Sim, às vezes fica uma merda. Tinha um estúdio aqui que eu ensaiei um tempo atrás que a bateria ficava em cima de uns ladrilhos... pqp... som de lata do cacete... kkkkkkkkkkkkkkkk
      Claro que o estúdio tem que ter uma estrutura razoável.

      Ismah

      Que raios de conclusão é essa? hauhauhauhauhauha
      Talvez você tenha ficado se perguntando "Pra quê o cara me vem com um tópico desses?"
      Explico: estava ouvindo umas gravações de ensaios em estúdio aqui e reparei o quanto é diferente de qualquer outro tipo de gravação!

      Adler3x3

      Isso explica a música. Mas me refiro também à sonoridade, à ambiência. Únicas.

      Casper

      Eu deixo ligado full time...

      Lelo Mig
      Membro
      # 16/fev/17 10:30 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      Passei pelo menos 10% de minha vida ensaiando em garagens!

      Nada como o "gosto" de garagem.......principalmente com cerveja.

      Com relação a este som "Ensaio em Studio"... Muitas, muitas tentativas foram feitas para conseguir registrar esse "ambiente místico".....bilhões de dólares investidos, engenheiros contratados, NASA, CIA, KGB, ... mas, apesar de tudo, para a tristeza de muitos e por mais incrível que pareça... o mais próximo a esse som que já se chegou, está aqui:



      JJJ
      Veterano
      # 16/fev/17 11:19 · Editado por: JJJ
      · votar


      Lelo Mig

      Verdade. Machine Head tem um pouco dessa vibe, sim.

      Mas isso tem seus motivos, né? kkkkkkk (tenho certeza de que você sabe bem a história desse disco e sua gravação...)

      Lelo Mig
      Membro
      # 16/fev/17 12:06 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      "(tenho certeza de que você sabe bem a história desse disco e sua gravação...)"

      Sim... a gravação deste álbum contraria tudo que já foi teorizado sobre condições e métodos ideais de gravação em ambiente controlado....rs.

      Ele é a maldição dos teóricos de studio... e a prova que os ouvidos de músicos como Blackmore e Glover têm de ser respeitados em uma gravação.

      Detalhe interessante: Vi uma entrevista do Blackmore, (que ao contrário do Led Zepp), sempre conta de onde plagiou (se inspirou) seus riffs, disse que "plagiou" Space Truckin do tema do Batman, original, dos 60.....kkkk.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 16/fev/17 13:00
      · votar


      JJJ
      Minha banda utiliza gravador digital zoom para gravar os ensaios.
      O posicionamento do gravador é uma arte, e só pode ser conseguida através de um método totalmente empírico, e não há, no mais das vezes, tempo para isso.
      Daí, sempre acontece o que o Casper falou acima... Kkkkkk.....
      Quanto ao clássico absoluto "Machine Head", realmente é muito bacana como o lugar, à princípio, inadequado e o equipo de gravação móvel, foram utilizados com uma sabedoria e uma sorte imensa!
      Abç

      Lelo Mig
      Membro
      # 16/fev/17 13:05 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      "foram utilizados com uma sabedoria e uma sorte imensa!"

      Fora os cobertores, colchões, travesseiros e tudo que a galera costuma, nos tópicos sobre gravação, dizer que NÃO adianta nada e para NÃO usar...kkk

      MMI
      Veterano
      # 16/fev/17 20:10
      · votar


      Lelo Mig

      Sim... a gravação deste álbum contraria tudo que já foi teorizado sobre condições e métodos ideais de gravação em ambiente controlado....rs.
      Ele é a maldição dos teóricos de studio... e a prova que os ouvidos de músicos como Blackmore e Glover têm de ser respeitados em uma gravação.


      Não é bem isso, não acho que contraria tudo, apenas contraria uma conversa fiada mais moderna de "estúdio ideal", "sala perfeita" etc.

      Esse disco, Machine Head, foi gravado num hotel vazio com o "Rolling Stones Mobile Studio". Mas o mesmo Mobile Studio foi usado (e uma das razões de existir") em gravações externas, não propriamente gravações ao vivo. Os Stones mesmo usaram bastante em Stargroves (que foi a casa de Mick Jagger), mas também foi usado em Headley Grange pelo Led - ambos casarões, sem nenhum tratamento acústico feito pela NASA. Outro casarão inglês que foi muito usado em gravações foi Clearwell Castle (Led, Sabbath, Purple, entre outros) e quem se interessar hoje em dia é alugado para casamentos. Até o Elvis gravou discos na sala da casa dele em Graceland.

      Ainda assim, alguns dos estúdios mais marcantes da história, Sun, Chess, Stax (pelo menos estes que conheci), mas mesmo outros com Abbey Road, tem salas que nenhum dos grandes projetistas de estúdio fariam hoje e diriam que tem "conceitos errados". Então, acho que Machine head tem de impressionante a situação de maneira geral e não o fato de ser gravado num imóvel qualquer simplesmente.

      Sobre essa questão de fazer uma "gravação profissional" numa sala "fora de padrão" acho que é bem viável. Não é simples e barato, tem suas manhas e dificuldades, mas possível. Na verdade prefiro não falar muito mais dessas ideias aqui, já que também nunca falei disso e nem pretendo. Apenas adianto que nós, mortais, das músicas que ouvimos na vida nem 1% foi em salas acusticamente perfeitas.

      Lelo Mig
      Membro
      # 16/fev/17 22:00 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      MMI

      "Não é bem isso, não acho que contraria tudo..."

      Eu, geralmente, escrevo de uma forma exagerada e generalizada... Sei que não é bem assim e sei, muito bem, todo o processo utilizado na gravação deste álbum em especial.

      Inclusive o fator "sorte", ou pelo menos o "acaso" não premeditado, conspirou muito neste caso.

      Foram gravar em Montreaux para diminuir o custo (os famosos impostos ingleses); Blackmore assumiu a frente do trabalho para agilizar as coisas já que Gillan adoeceu e as coisas iriam atrasar; eram prá gravar no Cassino que pegou fogo, o hotel não havia sido pensado; O hotel estava "meio vazio" por que era fora de temporada; tinham chamado o Martin Birch, que diante de todos estes "acidentes" era o cara mais certo na época para pilotar a "nave improvisada"...e etc.

      Ou seja, para os céticos uma sucessão de acasos ocorreram e influenciaram o resultado. Para os crentes....o Universo conspirou para este álbum ser o que é!

      De qualquer forma... é o melhor registro sonoro com as características que nosso amigo JoJo gosta!


      Abraço!

      Ismah
      Veterano
      # 16/fev/17 22:21 · Editado por: Ismah
      · votar


      Não conheço o álbum, mas não acho que seja lá a coisa mais fabulosa...

      Passei a acompanhar a Sylvia Massy, e ela grava meio que dentro de casa, sem divisão de sala técnica e sala de gravação. É um lugar bem cheio de quinquilharias apenas e só.

      EDIT descobri a pouco que ela tem um livro sobre o gravações no modo gambiarra... Uma palinha no link (em espanhol)

      http://diffusionmagazine.com/index.php/biblioteca/categorias/banco-de- pruebas/456-recording-unhinged

      JJJ

      Peace! Apenas uma brincadeira, pois é um pouco estranho pra mim, os temas que trouxe a tona, nos dois últimos tópicos. Abertamente inesperado. rsrs

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 16/fev/17 23:16
      · votar


      Ismah
      Não conheço o álbum, mas não acho que seja lá a coisa mais fabulosa...
      Putz!

      Ismah
      Veterano
      # 17/fev/17 00:11
      · votar


      Erro de comunicação, não acho que a gravação lá não seja a coisa mais fabulosa. O álbum só posso falar depois de ouvir!

      Wade
      Membro Novato
      # 17/fev/17 00:28
      · votar


      Mas é sobre a gravação mesmo.

      É meio confortável pensar em tal evento (porque considero a gravação desse disco um evento) hoje em dia, com paradigmas já quebrados. Mas em 1971 foi joia rara.

      Lelo Mig
      Membro
      # 17/fev/17 07:55
      · votar


      Ismah

      "Não conheço o álbum, mas não acho que seja lá a coisa mais fabulosa..."

      O Conselho Superior do Tribunal do FCC decidiu empala-lo em praça pública por tamanha heresia.

      Aguarde...

      JJJ
      Veterano
      # 17/fev/17 08:49
      · votar


      Ismah
      Peace! Apenas uma brincadeira, pois é um pouco estranho pra mim, os temas que trouxe a tona, nos dois últimos tópicos. Abertamente inesperado. rsrs

      Melhor assim. Ficar concordando em quase tudo, quando somos de gerações diferentes, é meio esquisito... kkkkkkkkkkkkkkk

      Quanto ao Machine Head... seria interessante ouvir, cara... É um dos mais icônicos álbuns de rock já gravados no planeta Terra; inclusive com a música que tem o riff mais pegajoso e fdp que existe... hehehe

      Ismah
      Veterano
      # 20/fev/17 00:54
      · votar


      Lelo Mig
      JJJ

      Já me retratei, o que eu disse não foi o que quis dizer!

      Prometo ouvir, mas abertamente não to no clima para coisas novas... Tenho carnaval de quinta a terça (vou ouvir "Deu onda" até decorar, isso é certo), numa cidade praiana bem boca braba... Ademais to deveras preocupado com a entrevista pro trampo em cruzeiro dia 9.

      Ismah
      Veterano
      # 24/fev/17 22:23
      · votar


      É esse o som que eu mais curto!

      https://www.youtube.com/watch?v=mkFHgWT02vw


      boblau
      Veterano
      # 25/fev/17 05:02
      · votar


      Para refletir na madrugada:

      NOTA: voltou a usar drogas Jojo?
      Não conheço o álbum, mas não acho que seja lá a coisa mais fabulosa...

      não acho que a gravação lá não seja a coisa mais fabulosa.
      O álbum só posso falar depois de ouvir!
      o que eu disse não foi o que quis dizer!

      Gente... o que está acontecendo??? Eu tô sonhando?

      A minha velhice definitivamente começou hoje.... conheci o primeiro roqueiro que nunca ouviu o Machine Head..... forte sinal dos tempos....

      O Conselho Superior do Tribunal do FCC decidiu empala-lo em praça pública por tamanha heresia.


      perdoe, ele não sabe o que está dizendo....

      Casper
      Veterano
      # 25/fev/17 08:15
      · votar


      Caro Ismah:

      Fiquei interessado no livro.
      Vou adquirir.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 25/fev/17 09:51
      · votar


      boblau
      Kkkkkkkkkkk...............

      Ismah
      Veterano
      # 25/fev/17 11:07
      · votar


      Casper

      Se achar por aqui, me comunique.

      boblau
      conheci o primeiro roqueiro que nunca ouviu o Machine Head

      O título de " roqueiro " é por sua conta.

      Purple não está muito nas minhas listas, apesar de ser um grande fã do finado John Lord. Sou mais de bandas americanas dessa geração. Posso ter ouvido o álbum em partes, ou até na íntegra, mas não conscientemente procurando algo em como que ele foi gravado.

      De qualquer modo, me entristece ver que para ser " rockeiro " existe curso, e algumas obrigações a serem seguidas, sempre tive ideia que o espírito rock era outra coisa...

      Casper
      Veterano
      # 25/fev/17 11:15
      · votar




      boblau
      Veterano
      # 25/fev/17 15:15
      · votar


      Ismah

      O título de " roqueiro " é por sua conta

      Claro que é por minha conta! Tirei isso do seu gosto musical amplamente divulgado por vc aqui!

      De qualquer modo, me entristece ver que para ser " rockeiro " existe curso, e algumas obrigações a serem seguidas, sempre tive ideia que o espírito rock era outra coisa...

      Não achei este curso ainda. Me passa aí o link do curso que eu faço ele. Não fique triste não. Escutar Deep Purple é um curso prazeroso. Interessante é ser fã do Lord sem escutar Deep Purple. Vc escuta muito Whitesnake?

      MMI
      Veterano
      # 25/fev/17 17:09
      · votar


      boblau

      Huahuahauahauahuahua

      JJJ
      Veterano
      # 25/fev/17 20:56
      · votar


      Ismah
      É esse o som que eu mais curto!

      Let it Bleed está no meu top 10, sem dúvida nenhuma. Já contei isso uma vez, mas vou falar de novo, pra quem não leu: certa vez, o saudoso Zeca Jagger (Ezequiel Neves, misto de guru, muso e mentor intelecto-musical do Made in Brazil e, posteriormente, do Barão Vermelho) disse que, se tivesse que escolher apenas um vinil pra levar pra uma ilha deserta, seria exatamente esse aí.

      E tu não é roqueiro? Se não fosse, escolheria Thriller, a trilha sonora do Titanic ou mesmo um de rock mais "caretão". Se escolheu Let it Bleed, é roqueiro... kkkkkkkkkkk

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O Som do Ensaio em Estúdio

      302.355 tópicos 7.829.371 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital